Dicas e Técnicas

Backup um BEM necessário – Parte 2 de 9

Na primeira parte da série “Backup, um BEM necessário” foi feita uma introdução sobre os assuntos que vamos abordar. E agora é que realmente vamos começar a entender. Espero que gostem!

Organização e simplificação

Organizar nossos documentos é algo que pode dar muito trabalho ao ser feito e quanto mais tempo você espera pior fica. Por isso aconselho o uso de algumas dicas que podem ajuda-lo, e que depois de um tempo elas podem (deveriam) se tornar um hábito.

Algumas vezes eu tive e ainda tenho (em arquivos muitos antigos ainda não organizados) dificuldades para encontrar o que procurava, por isso acabei adotando algumas técnicas que tem ajudado constantemente.

Para começar nosso trabalho aconselho o seguinte cenário.

1. Utilize um HD apenas para o seu sistema ( C: )
2. Três HDs Grandes de acordo com sua necessidade

  • Um para os arquivos originais
  • Um para Backup Interno
  • Um para Backup Externo Local

3. Separe os arquivos por datas e tipos.

  • Uma Pasta para Fotos Pessoais (Hobby)
    • Separe por ANO
    • Uma Pasta para Fotos de Trabalho
      • Separe por ANO
    • Uma pasta para Backup de Arquivos Originais
      • Separe por ANO
    • Pasta para DOCUMENTOS PESSOAIS
      • Separe por tipos de Arquivos
    • Pasta para DOCUMENTOS DE TRABALHO
      • Subpasta para Documentos de Clientes
      • Subpasta para Documentos da empresa
      • Subpasta para Pagamentos e Recibos

Dicas (obvias e não tão obvias)

1. Tudo tem seu lugar – Separe tudo e sempre deixe tudo organizado.

2. Remova arquivos duplicados – Arquivos duplicados podem ocupar muito espaço com o passar dos anos, evite isso organizando suas pastas.

3. Simplifique seu backup, crie filtros/pastas “inteligentes” para o Lightroom – Ao criar um filtro para exportar/salvar uma imagem, faça com que ele seja salvo em uma pasta padrão ou em uma pasta com um prefixo/sufixo padrão (exemplo: TMPPhotos_Arquivos_para_impressao). Assim você coloca para ignorar qualquer pasta que tenha “TMPPhotos”. Com isso você pode economizar mais de 50GB de backup dependendo do tamanho do seu trabalho anual.

4. Tenha a pasta da Bagunça (no meu caso é a Downloads) – Esse tipo de pasta não pode ter nada importante guardado, normalmente você tem que utiliza-la como uma pasta temporária, faça uma verificação semanal e transfira para as pastas corretas, você não leva mais de 5 minutos pra fazer isso.

5. Organize suas pastas de fotos – 2011.08.22_Nome_do_cliente” Assim é possível obter a informação de exatamente quando a foto foi feita e com qual cliente. Antigamente (também com o Lightroom) eu utilizava muito apenas as Datas (sem o nome), dessa maneira era fácil achar dentro do programa por causa das Palavras chaves (KeyWords), só que quando você não tem o software para procurar ocorre o problema de não conseguir encontrar facilmente.

6. Organize suas fotos – De forma semelhante às pastas é aconselhável criar uma rotina para que o Lightroom altere o nome dos arquivos para a seguinte nomenclatura “DSC_2384_20110822215601.jpg” (DSC_2384 2011/08/22 21:56:01 .jpg), esses dados são pegos através do metadados da foto. Dessa maneira consigo diminuir a probabilidade de ter arquivos iguais em qualquer momento, mesmo utilizando duas câmeras e ainda sei quando a foto foi tirada, sem precisar verificar o exif.

Detalhe de como ficam os nomes dos arquivos e pastas

7. Separe seus Documentos importantes – Utilize pastas padrões para guardar seus arquivos (Downloads, Favoritos, Documentos, Musicas, Vídeos e etc.), só que não deixe no HD de sistema ( C: ), escolha outro.

 

Na terceira parte da série, começo a explicar os processos utilizados para utilização de backups feitos direto da câmera e também dos backups de arquivos RAW em local interno.

Obrigado a todos e caso queiram ver um pouco mais do meu trabalho podem acessar o meu site www.guilhonfotografia.com.br e me seguir no Twitter @eduardoguilhon juntamente com o @fotografiadg.

Eduardo Guilhon

Eduardo Guilhon é brasileiro, nascido no ano de 1981 e residente na cidade de Florianópolis/SC, atua no mercado através Books/Retratos, ele também foi o primeiro Catarinense se especializar em Crianças com Necessidades Especiais através SpecialKids Brasil. Sua marca é a utilização de técnicas de iluminação criativa (Strobist) em conjunto com a luz ambiente. Tem como missão congelar a imagem de forma inovadora, refletindo e registrando com alto desempenho o momento único existente durante todo o trabalho, entregando ao cliente, um pedaço especial de sua vida em forma de fotografias.

1 Comentário

Clique aqui para comentar

Siga-nos nas Redes Sociais

Carrinho

Click Camera

O nosso Canal no YouTube

 

Subscreva o nosso Canal do YouTube clicando no botão em baixo para não perder nenhuma aula.

Anúncio

Links Úteis

Receba 15 livros de fotografia

Aprenda DE GRAÇA os principais segredos dos experts em fotografia com os nossos livros digitais.
Insira aqui o seu melhor email

Aprenda DE GRAÇA os principais segredos dos experts em fotografia

Insira aqui o seu melhor email