Fotografia-DG – Dicas Fotografia http://www.fotografia-dg.com O nosso blog é uma referência em dicas fotografia. Temos muitas dicas fotografia para amadores e profissionais que você não pode perder. Acesse agora! Sat, 26 Jul 2014 13:42:36 +0000 pt-BR hourly 1 http://wordpress.org/?v=3.9.1 Filtros antiestática Hoya EVOhttp://www.fotografia-dg.com/filtros-antiestatica-hoya-evo/ http://www.fotografia-dg.com/filtros-antiestatica-hoya-evo/#comments Fri, 25 Jul 2014 15:28:03 +0000 http://www.fotografia-dg.com/?p=23531 A Hoya acaba de anunciar uma novidade que irá agradar bastante aos fotógrafos que trabalham em ambientes muito empoeirados, os filtros antiestática Hoya EVO.

The post Filtros antiestática Hoya EVO appeared first on Fotografia-DG – Dicas Fotografia.

]]>
A Kenko Tokina, detentora da marca Hoya famosa por fabricar alguns dos melhores filtros para objetivas que existem, acaba de anunciar uma novidade que irá agradar bastante aos fotógrafos que trabalham em ambientes muito empoeirados: os filtros antiestática Hoya EVO.

Filtros antiestática Hoya EVO Filtros antiestática Hoya EVO

Olhando para eles parecem filtros comuns, mas são revestidos com uma camada antiestática que repele poeira e água, além de serem resistentes a riscos e podendo ser facilmente limpos quando ocorrerem manchas ou marcas de impressões digitais. Os filtros Hoya EVO estão disponíveis nos modelos Protetor, UV e polarizador circular variando entre 37 e 82mm. Os preços variam atualmente entre 28 e 112 dólares. A note triste fica por conta da disponibilidade apenas para os EUA.

Costumeiramente os filtros Hoya possuem um aro bem fino não causando vinhetas mesmo usando-os em objetivas grande-angular e a promessa da fabricante é de que a taxa de transmissão é de 99,8% praticamente não alterando em nada o contraste, nitidez e equilíbrio de cores das imagens. Os filtros Hoya EVO já estão disponíveis para venda e um vídeo de apresentação pode ser visto em seguida.

The post Filtros antiestática Hoya EVO appeared first on Fotografia-DG – Dicas Fotografia.

]]>
http://www.fotografia-dg.com/filtros-antiestatica-hoya-evo/feed/ 0
Novidades na área de fotografia de aventura na Photoimage Brasilhttp://www.fotografia-dg.com/novidades-na-area-de-fotografia-de-aventura-na-photoimage-brasil/ http://www.fotografia-dg.com/novidades-na-area-de-fotografia-de-aventura-na-photoimage-brasil/#comments Fri, 25 Jul 2014 14:50:21 +0000 http://www.fotografia-dg.com/?p=23527 Garmin e Polaroid irão mostrar aos visitantes seus lançamentos para registros de imagens em movimento. Feira acontece em agosto, em São Paulo

The post Novidades na área de fotografia de aventura na Photoimage Brasil appeared first on Fotografia-DG – Dicas Fotografia.

]]>
Garmin e Polaroid irão mostrar aos visitantes seus lançamentos para registros de imagens em movimento. Feira acontece em agosto, em São Paulo

De olho no mercado de fotografias de aventura que vem crescendo a cada ano no Brasil e no mundo, a 22ª edição da PHOTOIMAGE BRASIL, maior feira de imagem da América Latina, trará grandes novidades e lançamentos para profissionais que pretendem se dedicar a esse nicho. As marcas Polaroid e a Garmin, por exemplo, apresentarão produtos que ainda são pouco conhecidos no Brasil e que garantirão qualidade na arte de fotografar. A Feira, organizada pela Reed Exhibitions Alcantara Machado, acontece de 26 a 28 de agosto, no Pavilhão Verde do Expo Center Norte (Rua José Bernardo Pinto, 333), em São Paulo.

PIB1 Novidades na área de fotografia de aventura na Photoimage Brasil

Para quem trabalha com vídeo e foto, a Garmin, uma das maiores empresas em navegação por satélite, irá levar para a PHOTOIMAGE BRASIL o seu lançamento VIRB, uma câmera de ação True Full HD (1080p). A máquina possui uma característica única: facilitar a captura de cenas da vida em movimento. Os modelos VIRB e VIRB Elite são as mais recentes soluções para o segmento outdoor da marca, que concentra tecnologia e inovação para práticas de ciclismo, trilhas, corridas, esportes aquáticos ou qualquer atividade ao ar livre, independente do nível. A VIRB captura imagens de alta qualidade, inclusive embaixo d’água, já que possui uma caixa externa robusta a prova de água padrão IPX7 (pode resistir à imersão acidental em um metro de água por até 30 minutos), o que dispensa cases extras para enfrentar condições adversas, como atividade de esqui e passeios de caiaque.

Sua tela colorida Chroma™ possui 1.4, que facilita a configuração e reprodução utilizando o mínimo de energia para a câmera poder gravar até três horas de True HD com uma única carga. Os recursos de aprimoramento de vídeo inclusos, como a estabilização digital de imagem e correção da distorção da lente garantem que as imagens gravadas com a VIRB estarão de ótima qualidade, mesmo antes de editá-las. Além das características técnicas, ela tem um design fino e aerodinâmico. O modelo VIRB Elite incorpora todas as funcionalidades da VIRB, porém, agrega novas características como GPS de alta sensibilidade, acelerômetro, wi-fi e altímetro. Ela vem equipada ainda com perfis de atividades específicos, para que o usuário possa rastrear a localização, velocidade, altitude e frequência cardíaca. A máquina também possui o modo Ski, capaz de reconhecer a diferença entre descer a montanha e subir no teleférico.

Polaroid

Marca conhecida mundialmente por ser pioneira em fotografia instantânea, a Polaroid volta a expor as suas novidades na PHOTOIMAGE BRASIL. Entre seus lançamentos está a sua linha Polaroid Action, com as câmeras POLXS100, POLXS80, POLXS20 e POLXS9. As três primeiras têm sensor de 5MP Profissional, com desempenho de pouca luz, leves, à prova de choque e minimizam o ruído do vento. Também são à prova d’água que variam de 20 a 30 metros (conforme o tipo de câmera) e não tem distorção para ângulo de visão entre 120 e 170 graus, dependendo do modelo. As POLXS100 e POLXS20 podem ser acopladas a bicicletas e capacetes. Já a POLXS9 é uma câmera impermeável para esportes de ação. Possui 1.3MP e lentes ultra-wide. Sua tela de LCD tem 2 polegadas e é touch screen. A marca lançará também sua linha Polaroid Cube, uma câmera filmadora para esportes de ação, à prova de choque, água, mais resistente, montável e construída para todos os tipos de atividades.

PIB2 Novidades na área de fotografia de aventura na Photoimage Brasil

Confira a lista completa de expositores no site www.photoimagebrasil.com.br

The post Novidades na área de fotografia de aventura na Photoimage Brasil appeared first on Fotografia-DG – Dicas Fotografia.

]]>
http://www.fotografia-dg.com/novidades-na-area-de-fotografia-de-aventura-na-photoimage-brasil/feed/ 0
Investimentos da Sony em sensores para dispositivos móveishttp://www.fotografia-dg.com/investimentos-da-sony-em-sensores-para-dispositivos-moveis/ http://www.fotografia-dg.com/investimentos-da-sony-em-sensores-para-dispositivos-moveis/#comments Fri, 25 Jul 2014 09:46:42 +0000 http://www.fotografia-dg.com/?p=23520 A Sony percebeu que a moda do momento na fotografia digital em dispositivos móveis são as chamadas selfies, aquilo que até pouco tempo atrás era chamado de autorretrato.

The post Investimentos da Sony em sensores para dispositivos móveis appeared first on Fotografia-DG – Dicas Fotografia.

]]>
Via Reuters

A Sony percebeu que a moda do momento na fotografia digital em dispositivos móveis são as chamadas selfies, aquilo que até pouco tempo atrás era chamado de autorretrato. E pensando nisso a Sony, que é uma das maiores fabricantes de sensores de imagem para câmeras de dispositivos móveis (incluindo a do último iPhone lançado), aumentou seu investimento em 3 fábricas no Japão em 35 bilhões de ienes, cerca de 345 milhões de dólares, para se dedicarem a novos e melhores sensores para as câmeras frontais de dispositivos móveis.

iphone exmor 3 e1406281499752 Investimentos da Sony em sensores para dispositivos móveis

Atualmente muitas câmeras frontais possuem resolução baixa e qualidade muito pobre de imagem, a Sony está disposta a mudar isso e afirma que o investimento permitirá a produção de 68 mil unidades por mês até agosto de 2015, mas a meta é chegar às 75 mil unidades mensais. A concorrência com a Omnivision Technologies fica mais acirrada, esta que é famosa por fabricar sensores de imagem para câmeras frontais de baixa resolução e foi a responsável pelo sensor da câmera principal do iPhone 4.

Do total de 35 bilhões de ienes investidos na produção dos sensores de imagem, 9 bilhões serão investidos agora e sairão do investimento de outros 65 bilhões já anunciados pela Sony em maio para a produção de semicondutores, e os 26 bilhões restantes em 2015, a partir de março.

The post Investimentos da Sony em sensores para dispositivos móveis appeared first on Fotografia-DG – Dicas Fotografia.

]]>
http://www.fotografia-dg.com/investimentos-da-sony-em-sensores-para-dispositivos-moveis/feed/ 0
Pentax K-3 Prestige Editionhttp://www.fotografia-dg.com/pentax-k-3-prestige-edition/ http://www.fotografia-dg.com/pentax-k-3-prestige-edition/#comments Thu, 24 Jul 2014 21:09:58 +0000 http://www.fotografia-dg.com/?p=23515 A Pentax K-3 Prestige Gunmetal Edition nasceu para comemorar os vários prêmios e indicações recebidos do DPReview, PC Magazine, Imaging Resource e da TIPA.

The post Pentax K-3 Prestige Edition appeared first on Fotografia-DG – Dicas Fotografia.

]]>
A Ricoh, detentora atual da marca Pentax, anunciou uma edição especial da sua super bem-sucedida câmera DSLR Pentax K-3 que inovou na época com um filtro OLPF que pode ser usado ou não, de acordo com a necessidade e vontade do usuário. A Pentax K-3 Prestige Gunmetal Edition nasceu para comemorar os vários prêmios e indicações recebidos do DPReview, PC Magazine, Imaging Resource e da Technical Image Press Association (TIPA).

Pentax K 3 Prestige Gunmetal Edition Pentax K 3 Prestige Edition

As diferenças da Pentax K- Prestige Edition para a versão original são o belo corpo cinza metálico (com grip removível na mesma cor, como o modelo original) e alça de couro preta. Serão disponibilizadas apenas 2 mil unidades desta edição especial para o mundo todo e começará a ser comercializada a partir do início do mês de agosto.

A Pentax K-3 Prestige Edition teve seu preço estipulado em 1100 libras/1400 dólares. Não foi divulgado o preço em euros e esta edição especial é apenas o corpo da câmera, não há nenhum kit contando com alguma objetiva.

The post Pentax K-3 Prestige Edition appeared first on Fotografia-DG – Dicas Fotografia.

]]>
http://www.fotografia-dg.com/pentax-k-3-prestige-edition/feed/ 0
O suicídio da fotógrafa Francesca Woodman, segundo o filósofo Arthur Dantohttp://www.fotografia-dg.com/o-suicidio-da-fotografa-francesca-woodman-segundo-o-filosofo-arthur-danto/ http://www.fotografia-dg.com/o-suicidio-da-fotografa-francesca-woodman-segundo-o-filosofo-arthur-danto/#comments Wed, 23 Jul 2014 11:06:46 +0000 http://www.fotografia-dg.com/?p=23462 O filósofo e crítico de arte Arthur Danto, na revista The Nation, na coluna “Darkness Visible”, em 15 de novembro de 2004, comentou sobre a fotógrafa Francesca Woodman e os mistérios da sua morte em sua própria arte.

The post O suicídio da fotógrafa Francesca Woodman, segundo o filósofo Arthur Danto appeared first on Fotografia-DG – Dicas Fotografia.

]]>
O filósofo e crítico de arte Arthur Danto, na revista The Nation, na coluna “Darkness Visible”, em 15 de novembro de 2004, comentou sobre a fotógrafa Francesca Woodman e os mistérios da sua morte em sua própria arte.

99fwdmn O suicídio da fotógrafa Francesca Woodman, segundo o filósofo Arthur DantoFrancesca Woodman na foto acima.

A artista extremamente talentosa Francesca Woodman terminou abruptamente sua breve vida e carreira em 19 de janeiro de 1981, saltando para a morte de uma janela do seu estúdio em Nova York. Francesca tinha 22 anos, quando cometeu suicídio. A obra de seus oito anos produtivos foi exposta, entre outros lugares, no Museu de Arte da Cidade de Helsínquia, na Finlândia; na Marian Goodman Gallery, em Nova York, em 2004; e na Galeria Mendes Woode (Mendes Wood DM), em São Paulo, em 2012.

Francesca Woodman ficou famosa pelos seus trabalhos em preto e branco, onde utilizou da sua própria imagem ou modelos femininos. Muitas das suas fotografias mostram jovens mulheres nuas, desfocadas (devido ao movimento e longos tempos de exposição), fundindo com os seus arredores, ou com os seus rostos velados.

Arthur Danto afirma que teria sido mágico e enigmático qualquer que fosse o destino da jovem fotógrafa Francesca Woodman, mas o seu suicídio causou aos espectadores uma curiosidade em saber se ele foi prenunciado em suas fotografias.

Mas, segundo Danto, a relação entre a vida de um artista e o seu trabalho é sempre provisória, mesmo quando a vida parece, obviamente, ter sido o objeto do trabalho, como é o caso do famoso escritor Marcel Proust. A melhor razão para a leitura da biografia de Proust, por exemplo, é aprender como diferente são a sua vida e o seu grande romance literário, apesar da interna relação entre os dois. A diferença entre esse autor e o narrador da sua obra “Em Busca do Tempo Perdido” é uma intrincada questão de interpretação.

It+must+be+time+for+lunch+now+1979 O suicídio da fotógrafa Francesca Woodman, segundo o filósofo Arthur Danto

Estando ou não o suicídio de Francesca projetado em sua arte, o seu trabalho parece revelar sua vida interior, não só porque Francesca é tipicamente o seu próprio modelo para as suas fotografias, mas por causa do jeito que em Francesca cria imagens de si mesma: as fotografias são de uma mulher jovem, freqüentemente nua, muitas vezes usando tipos de roupas vintage (retrógrada) ou íntimas roupas que os amigos de Francesca diziam que ela usava a todo tempo. A jovem fotógrafa geralmente aparece sozinha em quartos, em grande parte vazios, com paredes manchadas e peças de móveis de segunda mão, que ela usava como estúdio ou espaço de trabalho ou ambos. Então, as pessoas têm debruçado muito sobre as fotografias dela, com olhos forenses, à procura de pistas sobre o seu suicídio.

Enfim, até hoje estudiosos continuam a buscar evidências, realmente embasadas, de um prenúncio do seu suicídio em suas obras fotográficas, as quais Francesca utilizou de elementos como o simbolismo, o Barroco, o Surrealismo e o Futurismo. Hoje, muitos consideram uma arte mais conceitual.

foto 2 O suicídio da fotógrafa Francesca Woodman, segundo o filósofo Arthur Danto

Francesca conseguiu revelar sua alma — o romantismo, a alegria, o medo, a ambição, o feminismo e a angústia de uma menina — por meio da exposição do corpo. Agora reconhecida pelo mundo das artes, deixou obras lindas. Alguns textos de seu diário mostram como era intensa, ambiciosa, ansiosa por reconhecimento. Em uma de suas frases afirma que é vaidosa e masoquista e se indaga como pode ser as duas coisas.

Suas fotografias são, como toda arte dessa natureza, tão poderosas que é impossível passar por elas sem ser atraído, sem sentir certa perturbação e angústia, sem pensar nos limites do corpo. Francesca explora o corpo humano, seus limites e temas como a solidão, a morte e o feminino.

Para os interessados, em 2010 foi lançado o documentário “The Woodmans”, realizado por C. Scott Willis (ainda não legendado em português). O filme fala sobre a família e vida da fotógrafa Francesca, traz depoimentos de familiares próximos, como seu irmão, fala sobre a relação e importância da arte na vida de Francesca e seu trágico fim. Sem dúvida, a arte era o sentido da sua vida e foi após um bloqueio criativo que afetou todo o seu processo lhe impedindo de produzir, que ela entrou numa crise e desequilibrou-se a ponto de se matar, segundo o “The Woodmans”.

Na atualidade, um jovem que tem se destacado na fotografia como arte mais conceitual ou, em alguns casos, surreal, é o fotógrafo Kyle Thompson, que tem também Francesca Woodman como fonte de inspiração. Vale á pena conhecer igualmente o seu trabalho.

Confira abaixo algumas fotografias da jovem fotógrafa Francesca Woodman:

110 400x200 O suicídio da fotógrafa Francesca Woodman, segundo o filósofo Arthur Danto 04+Francesca+Woodman 400x200 O suicídio da fotógrafa Francesca Woodman, segundo o filósofo Arthur Danto 177927 400x200 O suicídio da fotógrafa Francesca Woodman, segundo o filósofo Arthur Danto 4794588134 a5ccb9d6cf z 400x200 O suicídio da fotógrafa Francesca Woodman, segundo o filósofo Arthur Danto 7601753392 792398a086 z 400x200 O suicídio da fotógrafa Francesca Woodman, segundo o filósofo Arthur Danto 8065620673 8f051fe17e o 400x200 O suicídio da fotógrafa Francesca Woodman, segundo o filósofo Arthur Danto 8323058764 172e78996e z 400x200 O suicídio da fotógrafa Francesca Woodman, segundo o filósofo Arthur Danto AR00359 10 400x200 O suicídio da fotógrafa Francesca Woodman, segundo o filósofo Arthur Danto Francesca Woodman Boulder estate 1976 400x200 O suicídio da fotógrafa Francesca Woodman, segundo o filósofo Arthur Danto Francesca Woodman untitled Boulder Colorado 1976 400x200 O suicídio da fotógrafa Francesca Woodman, segundo o filósofo Arthur Danto francesca woodman 6192 7511426542 1024x768 400x200 O suicídio da fotógrafa Francesca Woodman, segundo o filósofo Arthur Danto francesca woodman13 400x200 O suicídio da fotógrafa Francesca Woodman, segundo o filósofo Arthur Danto Francesca+Woodman+3 400x200 O suicídio da fotógrafa Francesca Woodman, segundo o filósofo Arthur Danto Francesca Woodman 13 400x200 O suicídio da fotógrafa Francesca Woodman, segundo o filósofo Arthur Danto Francesca Woodman 22 400x200 O suicídio da fotógrafa Francesca Woodman, segundo o filósofo Arthur Danto Francesca Woodman Book 9 400x200 O suicídio da fotógrafa Francesca Woodman, segundo o filósofo Arthur Danto  O suicídio da fotógrafa Francesca Woodman, segundo o filósofo Arthur Danto It+must+be+time+for+lunch+now+19791 400x200 O suicídio da fotógrafa Francesca Woodman, segundo o filósofo Arthur Danto o 400x200 O suicídio da fotógrafa Francesca Woodman, segundo o filósofo Arthur Danto On being an Angel Providence 1977 400x200 O suicídio da fotógrafa Francesca Woodman, segundo o filósofo Arthur Danto TheMasters FrancescaWoodman01 400x200 O suicídio da fotógrafa Francesca Woodman, segundo o filósofo Arthur Danto TheMasters FrancescaWoodman05 400x200 O suicídio da fotógrafa Francesca Woodman, segundo o filósofo Arthur Danto TheMasters FrancescaWoodman08 400x200 O suicídio da fotógrafa Francesca Woodman, segundo o filósofo Arthur Danto TheMasters FrancescaWoodman10 400x200 O suicídio da fotógrafa Francesca Woodman, segundo o filósofo Arthur Danto tumblr lv5glgbqJt1r1w31so1 1280 400x200 O suicídio da fotógrafa Francesca Woodman, segundo o filósofo Arthur Danto Woodman+Francesca+ +Emmaus 400x200 O suicídio da fotógrafa Francesca Woodman, segundo o filósofo Arthur Danto

The post O suicídio da fotógrafa Francesca Woodman, segundo o filósofo Arthur Danto appeared first on Fotografia-DG – Dicas Fotografia.

]]>
http://www.fotografia-dg.com/o-suicidio-da-fotografa-francesca-woodman-segundo-o-filosofo-arthur-danto/feed/ 0
Tire todas suas dúvidas | Congresso Livre de Fotografiahttp://www.fotografia-dg.com/tire-todas-suas-duvidas-congresso-livre-de-fotografia/ http://www.fotografia-dg.com/tire-todas-suas-duvidas-congresso-livre-de-fotografia/#comments Wed, 23 Jul 2014 09:00:23 +0000 http://www.fotografia-dg.com/?p=23408 Mas que raios de congresso é esse? Online? Como assim? De graça? Por quê tem opção paga? Vale a pena? Qual a diferença? E quem são os palestrantes? Eu consigo ver pelo menos um teaser de alguma palestra? Bem.. seus problemas acabaram! Bem, agora, se você não quer perder mais nada, corre e seja um ...

The post Tire todas suas dúvidas | Congresso Livre de Fotografia appeared first on Fotografia-DG – Dicas Fotografia.

]]>
Mas que raios de congresso é esse?

Online? Como assim? De graça? Por quê tem opção paga?
Vale a pena? Qual a diferença? E quem são os palestrantes?
Eu consigo ver pelo menos um teaser de alguma palestra?
Bem.. seus problemas acabaram!

Bem, agora, se você não quer perder mais nada, corre e seja um MEMBRO OURO!
News FAQ 2 620x168 Tire todas suas dúvidas | Congresso Livre de Fotografia

Deixe o vídeo acima carregando e já acompanhe as vantagens!
a1 620x488 Tire todas suas dúvidas | Congresso Livre de Fotografia
a2 620x409 Tire todas suas dúvidas | Congresso Livre de Fotografia

Agora volte e assista ao vídeo com calma e aproveite!!!
Nos vemos nessa quinta feira as 10h da manhã!

ARTE INDIVIDUALa 620x383 Tire todas suas dúvidas | Congresso Livre de Fotografia

The post Tire todas suas dúvidas | Congresso Livre de Fotografia appeared first on Fotografia-DG – Dicas Fotografia.

]]>
http://www.fotografia-dg.com/tire-todas-suas-duvidas-congresso-livre-de-fotografia/feed/ 1
Use todos os benefícios da internet ao seu favor!http://www.fotografia-dg.com/use-todos-os-beneficios-da-internet-ao-seu-favor/ http://www.fotografia-dg.com/use-todos-os-beneficios-da-internet-ao-seu-favor/#comments Tue, 22 Jul 2014 09:44:36 +0000 http://www.fotografia-dg.com/?p=23420 Como todos sabem, a internet atualmente é o maior e melhor meio de comunicação e divulgação. O mundo inteiro se conecta a ela, muitas pessoas usam a internet ao seu favor e conseguem ter sucesso profissional ao divulgar seus serviços.

The post Use todos os benefícios da internet ao seu favor! appeared first on Fotografia-DG – Dicas Fotografia.

]]>
Olá leitores do Fotografia-DG!

Como todos sabem, a internet atualmente é o maior e melhor meio de comunicação e divulgação. O mundo inteiro se conecta a ela, muitas pessoas usam a internet ao seu favor e conseguem ter sucesso profissional ao divulgar seus serviços.

Com tantas possibilidades que a internet nos permite, podemos citar que temos ao nosso alcance, os sites, portfolios, redes sociais como facebook, instagram, twitter, site de anúncios gratuitos entre outras plataformas.

camera Use todos os benefícios da internet ao seu favor!

Hoje destaco uma delas que serve para dois segmentos:

  • Anunciar seus serviços de fotografia;
  • Vender ou comprar equipamentos para atualizar seu material fotográfico.

Uma alternativa a mais no quesito “ferramentas de divulgação” é o site OLX Brasil, que é uma das maiores páginas da internet focada em anúncios gratuitos do mundo (a OLX está presente em 96 países).

Além de sua grande expansão e de estar conectada praticamente com o mundo inteiro, a OLX apostou também em anúncios televisivos sempre usando muito bom humor e criatividade, conseguindo assim alcançar um número ainda maior de pessoas.

Fazendo seu cadastro, você pode anunciar seus serviços, seja ele na área de fotografia, produção, eventos, casamentos, álbuns, diagramação entre outros. A sua área restrita, permite que você adicione imagens que divulgue melhor este serviço, portanto, uma dica importante é: saiba escolher suas imagens, porque é a partir delas que seus clientes vão aparecer e entrar em contato, ainda mais se tratando de serviços fotográficos, o cuidado com as imagens divulgadas é redobrado.

O outro segmento que citei acima que a OLX oferece, é anunciar seus equipamentos fotográficos para venda e também para procurar equipamentos para comprar. Caso tenha alguma dúvida a respeito sobre a compra, você encontra os anúncios anteriores do usuário e pode comparar seu histórico. Além de prático, é seguro,  pois você pode fazer todos os trâmites dentro da sua casa ou local de trabalho. E caso não tenha um computador por perto, a OLX, disponibiliza um aplicativo para que você possa baixar e fazer seus anúncios através do celular.

Uma ferramenta simples, prática e últil para agregar ao seu dia-a-dia. icon wink Use todos os benefícios da internet ao seu favor!

The post Use todos os benefícios da internet ao seu favor! appeared first on Fotografia-DG – Dicas Fotografia.

]]>
http://www.fotografia-dg.com/use-todos-os-beneficios-da-internet-ao-seu-favor/feed/ 0
O Fotojornalismo e suas ligações com a foto documentalhttp://www.fotografia-dg.com/fotojornalismo-fotografia-documental/ http://www.fotografia-dg.com/fotojornalismo-fotografia-documental/#comments Fri, 18 Jul 2014 10:01:56 +0000 http://www.fotografia-dg.com/?p=23374 Neste artigo irei estabelecer uma diferenciação entre a fotografia documental e o fotojornalismo, visto que são separados por uma tênue linha que os conceitua.

The post O Fotojornalismo e suas ligações com a foto documental appeared first on Fotografia-DG – Dicas Fotografia.

]]>
Neste artigo irei estabelecer uma diferenciação entre a fotografia documental e o fotojornalismo, visto que são separados por uma tênue linha que os conceitua. A acepção de fotojornalismo pelo autor Jorge Pedro Sousa define o termo em sentido lato e em sentido estrito. No sentido lato, o fotojornalismo é a “atividade de realização de fotografias informativas, interpretativas, documentais ou ilustrativas para a imprensa ou outros projetos editoriais ligados à produção de informação de atualidade”.

No sentido estrito, entretanto, o fotojornalismo é a atividade que visa informar, contextualizar, oferecer conhecimento, formar, esclarecer ou marcar pontos de vista através da fotografia de acontecimentos e da cobertura de assuntos de interesse jornalístico.  O fotojornalismo, em sentido exato, tem como meta transmitir informação de maneira objetiva e instantânea, diferenciando-se da fotografia documental, que tem como prioridade desenvolver um trabalho mais interpretativo e elaborado.

shutterstock 154948676 O Fotojornalismo e suas ligações com a foto documental

A fotografia documental é um gênero fotográfico que engloba uma grande diversidade de propostas éticas e estéticas, constituindo uma verdadeira espiral de contradições e aderências sobre a sua prática, valores e propósitos. Temas sociais, impressões sobre o mundo, vida cotidiana, cenas de guerra, registros de viagens, os mais diferentes tipos de fotografias podem ser classificados como documentais. Alguns autores como Gisèle Freund consideram o caráter documental inato à fotografia, o que significa que toda foto pode ser considerada um documento e representação da estrutura social de uma época. Outros, como o português Jorge Pedro Sousa, apresentam o documentarismo social – que está relacionado diretamente a temas de caráter social – como a forma mais comum de fotodocumentarismo.

A fotografia documental atual possui, ainda, em suas veias, características da estrutura clássica do documentarismo, o qual fora solidificado nos anos 1930. Esse modelo foi esculpido no século XIX, com os primeiros documentaristas, a exemplo do escocês John Thomson (1837-1921), o dinamarquês Jacob Riis (1849-1914), a americana Margaret Sanger (1879-1966) e o alemão Heinrich Zille (1858- 1929), que se dedicaram de forma apaixonada à fotografia social. Nos anos 30, auge do modelo, os fotodocumentaristas procuravam se estabelecer sob o tripé: verdade, objetividade e credibilidade. Para o inglês Derrick Price  “o arquetípico projeto documental estava preocupado em chamar a atenção de um público para sujeitos particulares, frequentemente com uma visão de mudar a situação social ou política vigente”.

Desta maneira, podemos compreender que a fotografia documental se utiliza de técnicas e processos específicos, que têm como decorrência um material com características próprias. Incumbe ressaltar que este trabalho exige um prévio estudo do tema e também a criação de uma plataforma de abordagem, bem como pesquisas auxiliares.

Vale assegurar que para um enfoque documental do patrimônio é necessário que seja realizada uma avaliação precedente do mesmo, com o intuito de blindar nesta documentação todos os pormenores históricos, sociais, culturais e artísticos do bem, que fazem a caracterização da identidade dos indivíduos, bem como da nação e do povo que se vê refletido naquele patrimônio, a fim de que obtenha como resultado um trabalho documental de validade intemporal.

shutterstock 187404479 O Fotojornalismo e suas ligações com a foto documental

Ao contrário do fotojornalismo diário, a fotografia documental produz de maneira mais impactante efeitos perceptivos que transcendem ao que é mostrado na imagem. Mencionando Sontag , “fotografar é atribuir importância” . Neste fato, podemos perceber que em muitos episódios o patrimônio carece desta importância atribuída por uma imagem. Compete aqui advertir acerca da subvalorização do patrimônio e sua consequente degradação através de fatores naturais, e a má conservação por parte da sociedade na qual se encontra inserido, gerando a necessidade de que tudo seja documentado para gerações vindouras.

É imprescindível destacar que a fotografia documental já flui marcada como representante da verdade, ou seja, é a paladina da veracidade dos eventos, e ainda hoje seguramente labora como vigilante da autenticidade dos fatos. Como observa a pesquisadora espanhola Margarita Ledo, “a foto será sinônimo de imagem transparente, sem armadilha nem mentira, de imagem informativa, sobre fatos reconhecíveis e legíveis, entendíveis [...]”

O instantâneo documental é, enfim, a documentação de um fato real por intermédio da imagem. Traz como objeto essencial a construção da realidade, se propõe a narrar a história por meio de uma sequência de imagens. Acena totalmente com algo palpável, de forma material, já existente, que se fixa com a finalidade de registrar e reproduzir com fidelidade a aparência. Para consolidar a confiança, para sustentar tal valor, apesar de não poder garanti-lo totalmente.

É através da fotografia documental que se apresentam os maiores relatos da história, laborando como uma máquina do tempo, com função testemunhal. É imperativo proferir que a foto documental não inventa e, por isso, desempenha um papel de documento. Documento este que deve ser preservado e valorizado como fonte de história, memória e cultura de um povo.

Fonte das Imagens: shutterstock.com

The post O Fotojornalismo e suas ligações com a foto documental appeared first on Fotografia-DG – Dicas Fotografia.

]]>
http://www.fotografia-dg.com/fotojornalismo-fotografia-documental/feed/ 3
Atrás de Canon e Nikon existe uma pessoahttp://www.fotografia-dg.com/atras-de-canon-e-nikon-existe-uma-pessoa/ http://www.fotografia-dg.com/atras-de-canon-e-nikon-existe-uma-pessoa/#comments Thu, 17 Jul 2014 17:26:33 +0000 http://www.fotografia-dg.com/?p=23356 Bem, vou começar pedindo desculpas por fazer um texto tão grande. Mas, confesso, não seria capaz de sintetizar tanta coisa que acredito ser importante, pois foram para mim.

The post Atrás de Canon e Nikon existe uma pessoa appeared first on Fotografia-DG – Dicas Fotografia.

]]>
Bem, vou começar pedindo desculpas por fazer um texto tão grande. Mas, confesso, não seria capaz de sintetizar tanta coisa que acredito ser importante, pois foram para mim.

Vejo em todos os fóruns pessoas, jovens basicamente, preocupadas com modelos de câmeras, megapixels, lentes claras, flashes, full frames e muito mais…

A fotografia, assim como grande parte das profissões, tem dois lados que se destacam: conhecimento e dom. E, para se ter sucesso, que é diferente de fama, tem que desenvolver os dois SEMPRE.

Hoje, fica parecendo que é muito fácil ser fotógrafo… Claro, tecnicamente você tem: view, asa (ISO) puxada até 4000/6000, pode dar um monte de clicks num só assunto, depois photoshop e lightroom e um monte de filtros e efeitos que mascaram uma foto, para, finalmente, entregá-la ao cliente… Não é demérito para quem faz, eu trabalho com essas ferramentas também… Contudo, o que falo é que falta um pouco mais de preparo e desenvolvimento no dom da fotografia. E isto eu tive por ter o “privilégio” de ser velho.

Trabalhei com câmeras mecânicas, com flashes de carga cheia e meia carga, filmes de 36 poses e, depois do evento, você tentava dormir e não conseguia, pois ficava preocupado se acertou o diafragma na hora em que a noiva beijou o noivo… Sim, você não tinha um segundo click… Trabalhava-se com três corpos de câmeras pesadas e barulhentas, se virava em vinte para não perder um momento…

Mas esses sufocos criaram uma “casca”, uma forma de ver a profissão que me dá tranquilidade de pensar antes de clicar, de antecipar o que você verá na hora do trabalho, de planejar e, claro, isto reflete no resultado final. Não sou um profissional famoso que tem somente a fotografia como sobrevivência, mas ganho minha graninha “de boa” como falam hoje… Contudo, estou sempre buscando a informação técnica e emocional para essa profissão… E o que é isto, informação emocional? É buscar referências para a formação profissional que não estão diretamente ligadas à atividade: artes plásticas, história da arte, psicologia, sociologia, tudo onde a imagem tem significado… Um tal de Rafael, da escola holandesa, já sacava de iluminação lá nos anos 1400… Leonardo da Vinci sabia composição lá nos anos 1500!!!

A atividade comercial da fotografia séria não é uma arte. É uma profissão que vem a todos os dias se aprimorando com leitura, estudo, treinos, testes e muita, muita observação do mundo… Quando vejo uma foto legal, que me interessa, pergunto para mim: ”cara, como é que ele conseguiu fazer isto?” e tento responder tecnicamente… E, até mesmo, tentando na prática fazer igual…

Atrás de Canon e Nikon existe uma pessoa Atrás de Canon e Nikon existe uma pessoa

Fotografia tem dois aspectos que se diferenciam bem: dominar e ser dominado pelo assunto. Vou dar um exemplo simples. Pôr do sol, todo mundo faz a mesma foto, de quem tem celular até o último modelo de Hasselblad 3hd mega plus high tecnolgy plus… Agora, se, na mesma cena, o cliente pediu que tenha um casal fazendo um piquenique na contraluz, tendo que realçar uma garrafa de vinho colocado à esquerda, próxima ao primeiro plano, aí a coisa complica… E complica muito MESMO!!!

A foto acima (a hora do tigre foi beber água) foi feita com uma contraluz, sombras duras e pele escura. Para registrar o tigre, flash direto sobre o objetivo, uma subexposição…

Vejo muita gente seguindo um caminho curto querendo o sucesso rápido e preocupado entre CANON e NIKON… Moçada, se pedirem para eu escolher entre uma Ferrari ou um Porsche, só saberia escolher na teoria, para mim não adianta nada, não sei dirigir…

Por trás da câmera está a ferramenta mais importante: o conhecimento humano…

Desculpem, falei demais e não ajudei a quem quer decidir entre Canon e Nikon.

The post Atrás de Canon e Nikon existe uma pessoa appeared first on Fotografia-DG – Dicas Fotografia.

]]>
http://www.fotografia-dg.com/atras-de-canon-e-nikon-existe-uma-pessoa/feed/ 7
A fotografia do ponto de vista de fotógrafos amadoreshttp://www.fotografia-dg.com/fotografia-ponto-de-vista-de-fotografos-amadores/ http://www.fotografia-dg.com/fotografia-ponto-de-vista-de-fotografos-amadores/#comments Wed, 16 Jul 2014 11:15:11 +0000 http://www.fotografia-dg.com/?p=23290 4 perguntas com resposta sobre o que é a fotografia do ponto de vista de vários fotógrafos amadores.

The post A fotografia do ponto de vista de fotógrafos amadores appeared first on Fotografia-DG – Dicas Fotografia.

]]>
4 PERGUNTAS COM RESPOSTA  SOBRE O QUE É A FOTOGRAFIA DO PONTO DE VISTA DE VÁRIOS FOTÓGRAFOS AMADORES

Expressões Fotográficas publica neste artigo do Fotografia-DG uma FAQ de 4 perguntas com resposta efectuadas a fotógrafos amadores sobre  o que é a fotografia e ser fotógrafo.

Por uma questão de privacidade, todos os entrevistados pediram anonimato,  pelo que selecionou-se as 5 melhores respostas para a realização deste artigo de opinião. O intuito é servir de inspiração a novos fotógrafos e fornecer algumas dicas úteis a todos os que abraçam a fotografia com paixão.

Imagem Final A fotografia do ponto de vista de fotógrafos amadores

1 – O QUE É PARA SI A FOTOGRAFIA?

Para mim Fotografia, mais do que a “arte de pintar com a luz”, é:

  • PERSISTÊNCIA na obtenção do assunto a ser fotografado
  •  OBSERVAÇÃO sem um poder de observação intuitivo, o momento certo não aparece
  •  CRIATIVIDADE pois nem só de observação vive o fotógrafo. Por vezes haá que ser criativo na composição para se obter o resultado final desejado.
  •  TÉCNICA é sempre aconselhável saber o que se faz e como se deve fazer. Isso pode transformar uma imagem banal numa grande fotografia.
  •  DIFERENCIAÇÃO pois nenhum fotógrafo é igual. Toda a fotografia é uma imagem conseguida a partir da observação e interpretação que cada pessoa (fotógrafo ou não) faz de uma ssunto específico num momento específico.

2 - A CÂMERA DIGITAL E O SMARTPHONE SÃO MITOS A ABATER?

Vou responder fazendo-lhe uma pergunta: Os dedos da mão são iguais? Não, não são, mas no fim todos interagem para um fim comum – fazer determinada acção. Para mim, fotografia é, acima de tudo, um exercício de paciência e observação. Claro que um equipamento topo de gama pode fazer a diferença no resultado final, mas se você não sabe ou não consegue ver não é o equipamento que vai fazer a diferença. Tudo tem de partir de você. Pois é vocÊ que vai interpretar um momento e deixar ao critério do espectador aquilo que você viu e como ele vai ver. Então, eu não acho que uma câmera digital ou smartphone produzam “olhares” diferenciados e menosprezados daquilo que você viu no momento e quer transmitir a quem vai ver o seu trabalho. Já o resultado final pode ditar que a utilização de uma câmera difgital ou smartphone é adulterar o príncipio básico da fotografia que é a “arte de pintar com a luz”, no sentido em que o resultado final, geralmente gravado como JPEG não vai imprimir o impacto que tem quando você fotografa em RAW utilizando o modo manual para controlar todo o processo de criação e edição de uma fotografia.

3 - O QUE VOCÊ ACHA DA EDIÇÃO DIGITAL?

A edição digital, quando utilizada com moderação pode conseguir resultados espantosos. Mas atenção, tudo o que é amsi, sobra. Isto quer dizer, que se uma fotografia não tem o impacto necessário para ser  exibida deve-se realçar certos aspectos da fotografia, como cores, iluminação, composição através de um novo reenquadramento. Quanto a efeitos, o HDR funciona bem em algumas fotos, efeitos retor e vintage funcionam bem em outras fotos e o monocromático (preto e branco) funciona quase sempre bem em todas as fotos. O que vocÊprecisa entender é que a edição digital não faz milagres numa foto, apenas realça o que a fotografia tem de melhor para prender mais a sua atenção.

4 - QUER DEIXAR AQUI ALGUMAS DICAS PARA TODOS AQUELES QUE COMEÇAM AGORA NA FOTOGRAFIA?

Ok. A primeira pergunta que você deve fazer a si próprio é que tipo de fotógrafo você quer ser: Fotógrafo de Moda, Foto-jornalista, Fotógrafo de paisagens, etc. A seguir, você deve decidir se vai investir ou não na fotografia, pois é um hobby ou uma profissão que requer mmuita disponibilidade finaceira e de tempo pessoal para aprimorar técnicas e desenvolver o chamado “poder de observação”. Se você quer investir a sério na fotografia, procure ler e ver o que outros fotógrafos fazem até encontrar o seu estilo. A internet, neste caso é um ótimo veiculo de informação. Crie uma página no facebook, uma conta numa galeria on-line e procure investir numa formação que vai-lhe alargar horizontes e aprimorar técnicas basicas e,acima de tudo, pegue na sua máquina, seja qual for  e pratique bastante.

The post A fotografia do ponto de vista de fotógrafos amadores appeared first on Fotografia-DG – Dicas Fotografia.

]]>
http://www.fotografia-dg.com/fotografia-ponto-de-vista-de-fotografos-amadores/feed/ 2
Fotografia, Marketing, Velhos e Novos Mercadoshttp://www.fotografia-dg.com/fotografia-marketing-velhos-e-novos-mercados/ http://www.fotografia-dg.com/fotografia-marketing-velhos-e-novos-mercados/#comments Tue, 15 Jul 2014 17:12:41 +0000 http://www.fotografia-dg.com/?p=23274 Não se sabe ao certo onde ou quando foi realizada a primeira feira na História. Existam fontes, entretanto, que permitem afirmar que, em 500 a.C., já se realizava essa atividade no Médio Oriente, nomeadamente na cidade-estado Fenícia de Tiro.

The post Fotografia, Marketing, Velhos e Novos Mercados appeared first on Fotografia-DG – Dicas Fotografia.

]]>
Não se sabe ao certo onde ou quando foi realizada a primeira feira na História. Existam fontes, entretanto, que permitem afirmar que, em 500 a.C., já se realizava essa atividade no Médio Oriente, nomeadamente na cidade-estado Fenícia de Tiro.

Na Idade Média, com a crise do feudalismo a partir de fins do século XI, a afirmação das feiras medievais indica o momento em que ressurge o comércio na Europa, associando-se à afirmação do poder régio, à génese dos burgos e da burguesia enquanto classe social.

Desse modo, com a reabertura do Mar Mediterrâneo a partir das Cruzadas, os europeus puderam vivenciar um maior contato com o Oriente, de onde chegavam mercadorias raras e exóticas (cravo, canela, pimenta, seda, perfumes, porcelana). Registrou-se, assim, o chamado Renascimento Comercial, de vez que esses produtos começaram a ser vendidos nas feiras que surgiam nas cidades que então “renasciam”. Foram chamadas de “burgos”, em virtude de seus muros fortificados, e os habitantes de “burgueses”, termo que posteriormente se aplicaria especificamente aos comerciantes enriquecidos com a sua prática.

enio leite historia 450x245 Fotografia, Marketing, Velhos e Novos Mercados

Durante a realização das feiras medievais, interrompiam-se guerras; a paz era garantida para que os vendedores, dispostos lado a lado, pudessem trabalhar com segurança. Da mesma maneira, guardas vigiavam todo o perímetro do local do evento, de modo a evitar que algum desordeiro pudesse causar incómodos àqueles que por ali passavam e desejavam efetuar as suas compras..

A ocasião era aproveitada por saltimbancos e outros artistas de rua, que procuravam atrair a atenção e a generosidade da população que afluía a esses eventos, quer para comerciar, quer para simplesmente se distrair. Alguns afirmam que estas atividades artísticas eram chamarizes para garantir a presença de publico a estas feiras.

As feiras medievais instalavam-se em locais estratégicos, como povoações que se pretendiam desenvolver, ou o cruzamento de rotas comerciais. Algumas chegaram mesmo a ter abrangência internacional.

O renascimento do comércio tornou necessário o uso da moeda, prática que havia desaparecido quase que totalmente nos séculos anteriores. Nas feiras, que atraíam pessoas de vários lugares, havia uma grande variedade de moedas em circulação, o que desenvolveu os bancos e o câmbio.

As grandes expedições portuguesas, por exemplo, eram financiadas por grandes comerciantes, pois em caso de sucesso, a margem de lucro era inestimável.  Depois disso, no século VVII, nas principais metrópoles europeias, já  surgia algo rudimentar, idêntico a Bolsa de Valores, mas de menor tamanho e repercussões limitadas que financiavam o comercio, navegações e expedições comerciais. As Companhias das Índias Orientais.

Um dos personagens interessantes dessa época foi Maurício de Nassau. Conde e príncipe no Sacro Império Romano-Germânico do século XVII. Trabalhou para a Companhia Holandesa das Índias Ocidentais. Era responsável por administrar o Ciclo da Cana de Açúcar, na região do Nordeste Brasileiro, conquistado pelos holandeses na terceira década do século XVII. Tal fato ocorrera pelo simples motivo da Holanda ter sido impedida pela Espanha e Portugal de comercializar em suas rotas marítimas.

Mas, porque toda essa história? Bem a maioria confunde marketing por publicidade. Embora ambos tenham estratégias, custos e metas cada um atinge propósitos distintos e bem definidos.

Os menos avisados poderiam dizer que os espetáculos circenses dos saltimbancos eram marketing. O objetivos deles, contudo era atrair o publico, diverti-los e arrecadarem algo com essa atividade, como fazem as “estátuas vivas” e outras manifestações artísticas e espontâneas  nas grandes capitais brasileiras.

Introdução ao Marketing

Marketing já é outra coisa. Imagine você em uma feira livre em dúvida, se compra esse queijo ou outro, de outra barraca. Se vais leva essa ou aquela fruta? O feirante esperto, logo pega a sua faca, corta um pedaço e nos oferece “prove”!

O fato de provar faz que  definitivamente compremos ou vamos a procura de novas opções em outras barracas. Mas, na maioria das vezes o negócio já foi fechado. Essa antiga técnica de marketing, por mais simples que seja, ultrapassa os mercados de escambo, com mais de 1.000 anos.

O ato de provar não deixa de ser um convite ao seu cliente de conhecer melhor o seu produto, aquilo que você tem a oferecer.  O mercado está sempre em busca de algo novo, que seja bom, que agregue valor que o consumir sinta orgulho em mostrar aos seus amigos. Aquilo que você gosta ou quer não pesa muito nesse universo.

Para pedir ao cliente que “prove” seu produto, você antes deve conhecer seu mercado, quais os produtos oferecidos, quem são seus concorrentes e o que ele fazem. A partir disso vamos oferecer serviços ou produtos diferenciados. O concorrente hoje em dia, não é necessariamente seu inimigo! Voltemos a feira livre. Estamos na banca de frutas, basicamente já provei de tudo e fiz uma ótima compra! De repente, bate aquela vontade inexplicável de querer provar um pêssego. E o feirante não tem pêssego. O que ele faz? Pede para você esperar um pouco, vai na barraca do vizinho, pega um pêssego, corta e pede para você provar. O feirante vizinho vai se sentir ofendido? Ele está vendendo o pêssego dele, de maneira direta ou indireta, o dinheiro do pêssego volta para ele. O primeiro feirante, caso queira, poderá cobrar um pouco a mais para manter sua margem de lucro. Ou simplesmente dá a caixa de pêssego, como “brinde” esperando que o cliente volte na próxima semana.

Vender a caixa de pêssego ou dá-la como brinde são estratégias de marketing. Se eu preciso vender já,  se o dinheiro é muito importante, vamos vender o pêssego. Mas, se quero o cliente de volta, vamos investir nele. É mais fácil contar com clientes já “fidelizados” do que com clientes que “possam cair do céu”. Em minhas aulas sempre explico aos meus alunos: “o imediatismo faz com que você ganhe uma única vez”. Estratégia, planejamento e respeito ao cliente poderá fazê-lo ganhar o resto da vida.

Marketing Político

Alguém conhece Nicolau Florença, 3 de maio de 1469 — Florença, 21 de junho de 1527)? Foi um historiador, poeta, diplomata e músico italiano do Renascimento.  É reconhecido como fundador do pensamento e da ciência política moderna, pelo fato de ter escrito sobre o Estado e o governo como realmente são e não como deveriam ser.

Nicolau Maquiavel (em italiano: Niccolò di Bernardo dei Machiavelli; Florença, 3 de maio de 1469 — Florença, 21 de junho de 1527) foi um historiador, poeta, diplomata e músico italiano do Renascimento.1 É reconhecido como fundador do pensamento e da ciência política moderna,1 pelo fato de ter escrito sobre o Estado e o governo como realmente são e não como deveriam ser. Os recentes estudos do autor e da sua obra admitem que seu pensamento foi mal interpretado historicamente.

Desde as primeiras críticas, feitas postumamente pelo cardeal inglês Reginald Pole, as opiniões, muitas vezes contraditórias, acumularam-se, de forma que o adjetivo maquiavélico, criado a partir do seu nome, significa esperteza, astúcia, aleivosia, maldade.

Mas, recentes estudos do autor e da sua obra admitem que seu pensamento foi mal interpretado historicamente. O “Príncipe” é provavelmente o livro mais conhecido de Maquiavel e foi completamente escrito em 1513 para Lourenço II de Médici, enquanto esteve na cadeia. Maquiavel viu a possibilidade de um príncipe finalmente unificar a Itália e defendê-la contra os estrangeiros.

Maquiavel, na realidade cria uma estratégia que o estadista moderno deve recorrer para se manter no poder. Para isto deverá saber como administrar os anseios do povo e da oposição. O certamente não previu, foi que sua obra se manteria atual nesses últimos 500 anos e também seria a fonte de inspiração do marketing político moderno.

No atual cenário,  utilizando as mídias eletrônicas, noticiários da Televisão, TV a Cabo, redes sociais, You Tube e outros recursos que a internet disponibiliza, consegue sensibilizar maior número de leitores, desde que saiba levar o recado correto e de forma transparente. Mesmo assim, os oponentes, na maioria das vezes não  são  éticos  nem um pouco corretos,  vão utilizar tudo que tiverem nas mãos para derrubar seus adversários.

O marketing político tem desenvolvido técnicas mais agressivas, estratégias a curto prazo, conquistar metas a qualquer custo. Considerando que tudo isto acontece a cada 4 anos de mandato, tudo bem! Mas querer aplicar estes conceitos no mercado de cada dia é destruí-lo em pouco tempo. Mas há alguns loucos que fazem isso!

Fotógrafo é como médico ou dentista. Não adianta fazer anúncios em jornais, revistas e mídias de grande alcance. A confiança e credibilidade são seus aliados. A recomendação ainda é o que impera. Um fotógrafo mediano poderá ter como público alvo, sua família, seus  amigos. Para adentrar ao mercado, você irá precisar muito mais do que isso.  Terá que crescer e crescer muito!  Sua criatividade, planos de estratégia e como se diferenciar dos demais concorrentes será seu primeiro passo. Não faça nada sem planejamento sem pesquisa e sem metas. Procure errar o mínimo possível. Há erros que não se revertem.  Conhecer as necessidades de seus clientes, orienta-los  e  adequar seus preços e serviços é um deles. Se eu, por exemplo, for fotografar um casamento, procuro me informar sobre tudo relacionado a igrejas, rituais, lojas de roupas, tendências da moda de casamento, qual o melhor chapéu, sapato, véu, etc.  Se o meu cliente tem uma confecção de roupas, vou pesquisar sobre os produtos que ele fabrica, seus concorrentes, o que há de novo do mercado. Além de fotografo, atuo como consultor especializado, sempre ofereço a mais em relação a minha concorrência, sem cobrar nada por isso. (Na realidade há um percentual embutido em meus preços). Não se esqueça de que o marketing é seu aliado, ajuda a conquistar novos amigos, novos clientes e novos mercados. Use-o com moderação e sempre ao seu favor, ok?  Saiba cuidar e não sacrifique sua galinha dos ovos de ouro!

The post Fotografia, Marketing, Velhos e Novos Mercados appeared first on Fotografia-DG – Dicas Fotografia.

]]>
http://www.fotografia-dg.com/fotografia-marketing-velhos-e-novos-mercados/feed/ 1
Nova superzoom Pentax XG1http://www.fotografia-dg.com/pentax-xg1/ http://www.fotografia-dg.com/pentax-xg1/#comments Tue, 15 Jul 2014 16:35:23 +0000 http://www.fotografia-dg.com/?p=23270 A Ricoh volta a dar atenção às compactas e anuncia o lançamento da nova Pentax XG1, desde setembro de 2012 não havia um lançamento desta marca na área das superzoom.

The post Nova superzoom Pentax XG1 appeared first on Fotografia-DG – Dicas Fotografia.

]]>
A Ricoh volta a dar atenção às compactas e anuncia o lançamento da nova Pentax XG1, desde setembro de 2012 não havia um lançamento desta marca na área das superzoom. Com 52x de zoom (mais que o dobro do alcance da última câmera nesse estilo da Pentax) entra em uma briga que conta com várias concorrentes como Canon SX50, Fuji HS50, Nikon P600, Panasonic FZ70, entre outras.

Pentax XG1 450x422 Nova superzoom Pentax XG1

A Pentax XG1 é equipada com sensor CMOS de 16MP (1/2.3 de polegada com 16.79MP de resolução total); sua objetiva com 52x de zoom cobre distância focal entre 24-1248mm com abertura f/2.8-5.6 e macro de 1cm; possui estabilização pelo sensor; sensibilidade ISO 100-3200; o tempo de exposição varia entre 1/2000 e 30 segundos; modo contínuo de até 10fps limitado a 20 imagens; possui controles manuais e modos dedicados a HDR e time-lapse; o alcance do flash é de até 6.1 metros em ISO 800; faz vídeos Full HD com taxa de 30fps em formato MOV e som estéreo; possui monitor LCD inclinável de 3 polegadas; é alimentada por bateria com capacidade para 240 fotos por carga.

A Ricoh anunciou que esta câmera é totalmente compatível com os cartões Eye-Fi (além dos SD e SDHC) e a disponibilidade da Pentax XG1 para a segunda quinzena de agosto ao custo de 250 euros/400 dólares. Ainda não foi divulgado oficialmente o preço em euros.

The post Nova superzoom Pentax XG1 appeared first on Fotografia-DG – Dicas Fotografia.

]]>
http://www.fotografia-dg.com/pentax-xg1/feed/ 0
Briefing – Como planejar os seus trabalhoshttp://www.fotografia-dg.com/briefing-como-planejar-trabalhos/ http://www.fotografia-dg.com/briefing-como-planejar-trabalhos/#comments Fri, 11 Jul 2014 11:53:33 +0000 http://www.fotografia-dg.com/?p=23184 Para falar de Briefing preciso ilustrar o tema com uma pequena história sobre um homem que resolveu atravessar o oceano com uma canoa e só depois de 15 dias em alto mar percebeu que não conseguiria realizar o seu desejo e acabou morrendo por falta de planejamento.

The post Briefing – Como planejar os seus trabalhos appeared first on Fotografia-DG – Dicas Fotografia.

]]>
Para falar de Briefing preciso ilustrar o tema com uma pequena história sobre um homem que resolveu atravessar o oceano com uma canoa e só depois de 15 dias em alto mar percebeu que não conseguiria realizar o seu desejo e acabou morrendo por falta de planejamento.

shutterstock 69648940 450x441 Briefing   Como planejar os seus trabalhos

Claro que na vida real ninguém atravessaria o oceano em uma canoa, muito menos se atreveria a se aventurar em alto mar sem o mínimo necessário de planejamento.

O que podemos aprender com esta história é que sem planejamento não devemos nos arriscar em áreas desconhecidas pois corremos o risco de morrer na praia. Então como deve ser o planejamento para que consigamos no mínimo atender as expectativas do cliente?

O briefing é o ato de reunir todas as ideias, todas as possibilidades e assim organiza-las de maneira que sejam possíveis atender a demanda da melhor forma possível.

Nenhum fotógrafo nasce sabendo o que gosta de fotografar, só com a experiência vamos descobrindo qual área queremos atuar, mas mesmo sem experiência é possível iniciar os trabalhos, muitos recomendam que os aspirantes a fotógrafos trabalhem como assistentes com outros fotógrafos para entender como é o dia a dia deste ofício.

Mesmo iniciando a sua carreira como assistente você não terá todo o conhecimento necessário para realizar os primeiros trabalhos, e por mais experiente que seja sempre vai existir aquele frio na barriga antes de iniciar o evento agendado com meses de antecedência, isso é normal e esse medo ajuda a evitar erros cometidos pelo excesso de confiança.

Briefing = Planejamento

Existem várias maneiras de escrever um briefing, vai depender do nível de detalhes que está disposto a trabalhar, lembrando que tudo da trabalho, seja um pequeno ou um grande planejamento este trabalho vai existir e não tem como evitar, acostume-se com isso e esteja pronto para alterar o seu planejamento caso tudo que esteja planejado saia do controle.

shutterstock 189811220 Briefing   Como planejar os seus trabalhos

Reunião com o cliente

Uma reunião com o cliente possibilita ao fotógrafo realizar o levantamento necessário para realizar o trabalho, nesta reunião você consegue através de imagens ou perguntas saber que tipo de trabalho ou que tipo de fotografia o seu cliente mais se identifica.

Troca de emails

Através do e.mail é possível montar um escopo do projeto, como looks, temas e questionários que possam lhe auxiliar é importante porém montar questionários personalizados para cada tipo de trabalho.

Não adianta perguntar se o cliente pretende levar um pet se você vai fotografar um parto.

Momentos antes do ensaio

Na maioria das vezes não temos oportunidade de ver os looks antes do ensaio, sendo assim é preciso que nestes minutos antes do ensaio o profissional seja capaz de mentalmente montar um briefing de poses e locais dentro da locação escolhida que possa combinar com cada look que o cliente levou para aquele dia.

O briefing pode ajudar nas poses?

Vamos supor que o ensaio seja de uma gestante e neste caso seja a primeira vez que irá realizar tal trabalho.

Chegar no ensaio completamente cru sem noção nenhuma de nada é como navegar em alto mar com uma pequena canoa, dentro de 30 minutos todas as suas opções terão se esgotado.

Neste planejamento inicial é importante ter um pequeno catálogo de poses, ele pode ser o seu guia, ele vai lhe auxiliar neste início e no futuro as poses virão naturalmente, você pode navegar por diversos trabalhos de fotógrafos na internet e montar o seu próprio catálogo de poses.

shutterstock 77579770 620x401 Briefing   Como planejar os seus trabalhos

O briefing e as fotos espontâneas

Para criar um ensaio espontâneo onde o fotógrafo não vai se preocupar com poses é fundamental que se tenha um roteiro, seja uma história, seja um conto ou até mesmo diversas interferências intencionais que possam dar sequencia em uma história que faça algum sentido, desde que as pessoas envolvidas se divirtam de alguma forma com o tema proposto, para que o fotógrafo consiga registrar momentos espontâneos sem forçar uma situação.

Neste caso vai exigir um pouco mais do fotógrafo que vai ter que usar toda a sua imaginação para criar situações que pareçam naturais, dentro de uma locação que foi pensada para aquela situação, é importante treinar porque não dá pra ficar lendo um roteiro durante o ensaio, ele tem que sair da cabeça do fotógrafo como se fosse de improviso mas com um ar profissional.

O que eu preciso saber para montar um briefing?

Você precisa do tema do ensaio, do tipo de fotos que as pessoas envolvidas mais gostam, você precisa conhecer um pouco da história desta pessoa ou do grupo de pessoas, você precisa saber do que elas gostam, você precisa estudar algumas poses clássicas, você precisa escrever pequenos roteiros, precisa conhecer a locação com antecedência para saber os melhores locais para se fotografar e principalmente os locais onde existem maior ou menor incidência de luz, você precisa estar 110% concentrado no trabalho que será realizado, você precisa de um check – list dos materiais que irá utilizar assim como dos equipamentos, você precisa entender que este trabalho é o trabalho mais importante da sua vida, porque ele é especial não só pra você mas sim para o cliente que está buscando na fotografia guardar um momento único de suas vidas.

Imagens shutterstock.com

Se quiser conhecer um pouco do meu trabalho acesse o meu site WBertoni Fotografia e me siga no Facebook Bertoni Fotógrafo.

The post Briefing – Como planejar os seus trabalhos appeared first on Fotografia-DG – Dicas Fotografia.

]]>
http://www.fotografia-dg.com/briefing-como-planejar-trabalhos/feed/ 1
Abertas inscrições para workshops do Confluência — Encontro de Olhareshttp://www.fotografia-dg.com/inscricoes-workshops-confluencia/ http://www.fotografia-dg.com/inscricoes-workshops-confluencia/#comments Thu, 10 Jul 2014 19:47:12 +0000 http://www.fotografia-dg.com/?p=23116 São 35 vagas no total, entre os dois workshops, ministrados por Maíra Gamarra e Rafael Medeiros.

The post Abertas inscrições para workshops do Confluência — Encontro de Olhares appeared first on Fotografia-DG – Dicas Fotografia.

]]>
Estão abertas as inscrições para as oficinas na área de fotografia que ocorrerão no Confluência — Encontro de Olhares, em Petrolina (PE). O evento ocorrerá de 06 a 10 de agosto.
texto: Divulgação

O projeto Confluência – Encontro de Olhares abre inscrições nesta terça-feira (08) para os workshops “Fotografia Básica” e “Fotografia de Gastronomia” previstos na programação do evento, que acontece em Petrolina de 06 a 10 de agosto. As atividades, gratuitas e abertas ao público, acontecem no período de 06 a 09 de agosto, das 09 às 13h, no Centro de Convenções Senador Nilo Coelho.

O primeiro workshop, “Fotografia Básica: A construção da linguagem fotográfica”, pretende estimular uma percepção mais ampla e atenta sobre as diferentes possibilidades criativas da linguagem fotográfica. A proposta é mostrar como a fotografia pode ser usada como uma ferramenta de expressão e comunicação acessível a todos. A atividade tem carga horária de 20h, e será ministrada pela fotógrafa Maíra Gamarra. Para participar é necessário ter mais de 16 anos de idade e levar sua própria câmera fotográfica digital profissional ou semi-profissional. Serão disponibilizadas 20 vagas.

foto gastronomia rafael medeiros 450x290 Abertas inscrições para workshops do Confluência — Encontro de Olhares

O segundo workshop, “Fotografia de Gastronomia: Desafio à criatividade”, abordará as técnicas e ensinamentos necessários para a fotografia de alimentos, uma área em plena expansão. Serão realizados exercícios práticos de fotografia, edição de imagens e dicas sobre o melhor uso da luz e da cor.

Serão disponibilizadas 15 vagas. A atividade, com carga horária de 20h, tem como pré-requisitos conhecimentos básicos em fotografia e que o(a) participante leve seu próprio equipamento fotográfico. O workshop será ministrado pelo fotógrafo Rafael Medeiros.

O Confluência é idealizado pela produtora cultural Gabriela Izidoro e tem incentivo do Fundo Pernambucano de Incentivo à Cultura  – Funcultura, do Governo do Estado de Pernambuco, com apoio da Prefeitura de Petrolina.

Site do evento: www.confluenciaencontrodeolhares.com

The post Abertas inscrições para workshops do Confluência — Encontro de Olhares appeared first on Fotografia-DG – Dicas Fotografia.

]]>
http://www.fotografia-dg.com/inscricoes-workshops-confluencia/feed/ 0
Muitos rumores sobre a Sigmahttp://www.fotografia-dg.com/muitos-rumores-sobre-sigma/ http://www.fotografia-dg.com/muitos-rumores-sobre-sigma/#comments Thu, 10 Jul 2014 17:19:02 +0000 http://www.fotografia-dg.com/?p=23127 Hoje é inegável a importância e a qualidade da Sigma, sobretudo suas novas lentes, na fotografia digital. Ela vem mudando aos poucos a opinião de fotógrafos do mundo inteiro

The post Muitos rumores sobre a Sigma appeared first on Fotografia-DG – Dicas Fotografia.

]]>
Via Sigma Rumors

Hoje é inegável a importância e a qualidade da Sigma, sobretudo suas novas lentes, na fotografia digital. Ela vem mudando aos poucos a opinião de fotógrafos do mundo inteiro, principalmente no Brasil onde só se enxergava Canon e Nikon nos últimos anos. A partir disso, todos aguardam os próximos lançamentos da empresa japonesa já que algumas de suas últimas lentes impressionaram e surpreenderam positivamente, principalmente a Sigma 18-35mm f/1.8 que é uma das queridinhas dos fotógrafos de eventos sem ser muito cara. Vamos a alguns dos futuros produtos que ela poderá anunciar:

highres sigma 120 300mm f28 lens 1368440318 Muitos rumores sobre a Sigma

Objetiva 16-20mm f/2.0 DG Art – Lente de zoom muito curto, praticamente uma fixa. 60% de probabilidade.

Objetiva 24mm f/1.4 DG Art – Lente necessária para cobrir o espaço deixado pela 24mm f/1.8 que foi descontinuada recentemente. 99% de probabilidade.

Objetiva 85mm f/1.4 DG Art – Seu primeiro indício foi na ocasião de lançamento da 50mm f/1.4. 99% de probabilidade.

Objetiva 135mm f/1.8 Art – Os rumores apontam que pode ser também f/2.0, com ou sem estabilizador de imagem. 70% de probabilidade.

Objetiva 120-400mm DG OS f/4.5-5.6 Contemporary – Serviria para substituir a lente similar que a Sigma descontinuou há alguns meses perdendo terreno para os concorrentes, a distância focal pode ser diferente dessa. 70% de probabilidade.

Objetiva 300-600mm DG OS Sports – Seria um complemento para a já existente 120-300mm, mas ainda não há abertura definida de acordo com os rumores. 80% de probabilidade.

Objetiva 17-50mm f/2.8 DC OS Art – Seria uma alternativa à patente já existente de uma objetiva similar, mas sem estabilização. 70% de probabilidade.

Objetiva DG super grande-angular – É provável que seja com alguma distância focal diferente da 12-24mm f/3.5-5.6 já existente. 80% de probabilidade.

Objetiva DC super grande-angular – Provavelmente alguma atualização das versões já existentes de sua 10-20mm que devem ser também descontinuadas em breve. 70% de probabilidade.

Câmera SD1 Quattro – Atualização normal e esperada da SD1 Merrill, já que a Sigma declarou que pretende continuar produzindo câmeras DSLR. 95% de probabilidade.

Alguma outra câmera DP Quattro – O CEO da empresa já considerava algo assim, com uma distância focal maior que as três já existentes. 60% de probabilidade.

Estes rumores são esperados ainda para este ano e também 2015, faz parte da reestruturação total e reorganização das séries de lentes da Sigma, que começou muito bem com objetivas de altíssimo nível e preços bastante competitivos. No site de rumores sobre a Sigma há outras objetivas e câmeras esperadas, mas com probabilidade menor de ocorrer.

The post Muitos rumores sobre a Sigma appeared first on Fotografia-DG – Dicas Fotografia.

]]>
http://www.fotografia-dg.com/muitos-rumores-sobre-sigma/feed/ 2
Vídeo aula Photoshop – Efeito em uma fotohttp://www.fotografia-dg.com/video-aula-photoshop-efeito-em-uma-foto/ http://www.fotografia-dg.com/video-aula-photoshop-efeito-em-uma-foto/#comments Thu, 10 Jul 2014 15:07:43 +0000 http://www.fotografia-dg.com/?p=23124 Cada vez mais estamos em busca de novas formas de melhorar nossas imagens, tendo em vista que aumenta diariamente o número de novos profissionais da fotografia não apenas sabendo fotografar, mas tendo uma criatividade muito bacana em proporcionar grandes imagens no Photoshop.

The post Vídeo aula Photoshop – Efeito em uma foto appeared first on Fotografia-DG – Dicas Fotografia.

]]>
Cada vez mais estamos em busca de novas formas de melhorar nossas imagens, tendo em vista que aumenta diariamente o número de novos profissionais da fotografia não apenas sabendo fotografar, mas tendo uma criatividade muito bacana em proporcionar grandes imagens no Photoshop.

Partindo deste pensamento, gostaria de ajudá-los a entender melhor o Photoshop neste vídeo que irei lhe mostrar abaixo. É importante que você foque sua atenção no uso dos comandos que serão abordados para a realização do efeito final. Prestando a atenção adequada, você estará mais a vontade para realizar futuros efeitos com estes comandos, uma vez que você já sabe o direcionamento que eles poderão te dar.

Ao assistir ao vídeo, se você se interessou em aprender detalhadamente o Photoshop, recomendo da uma olhada na grade do curso Photoshop CC para Fotografos – Fundamental e Photoshop CC para Fotografos – Camera Raw 8 Fundamental ou Avançado.

Bom conhecimento para todos.

The post Vídeo aula Photoshop – Efeito em uma foto appeared first on Fotografia-DG – Dicas Fotografia.

]]>
http://www.fotografia-dg.com/video-aula-photoshop-efeito-em-uma-foto/feed/ 2
Fotometria Chave – O que é e quando usarhttp://www.fotografia-dg.com/fotometria-chave/ http://www.fotografia-dg.com/fotometria-chave/#comments Wed, 09 Jul 2014 14:55:38 +0000 http://www.fotografia-dg.com/?p=23097 Muita gente acha que quando a situação da luz é complexa demais, a câmera no modo automático vai resolver tudo, como se ela tivesse o dom de colocar luz onde não tem ou de saber onde está o principal ponto de interesse do fotógrafo.

The post Fotometria Chave – O que é e quando usar appeared first on Fotografia-DG – Dicas Fotografia.

]]>
Muita gente acha que quando a situação da luz é complexa demais, a câmera no modo automático vai resolver tudo, como se ela tivesse o dom de colocar luz onde não tem ou de saber onde está o principal ponto de interesse do fotógrafo.

Os fotômetros não são equipamentos a prova de falhas, prontos a conseguir soluções mágicas em qualquer condição de luz.  Sem exceção, eles erram quando a cena que estão fotografando tem predominância de tons claros ou escuros ou tem partes muito iluminadas ao lado de outras pouco iluminadas.

Fotometria Tom claro Fotometria Chave – O que é e quando usar

Fotometria – Tom claro

Fotometria Meio tom Fotometria Chave – O que é e quando usar

Fotometria – Meio tom

Fotometria Tom escuro Fotometria Chave – O que é e quando usar

Fotometria – Tom escuro

Nestes casos, para saber onde fotometrar, é preciso fazer duas perguntas:

1) O motivo principal está numa região pouco ou muito iluminada ?

2) O meu motivo tem tom muito claro, muito escuro ou é meio tom ? Devemos aqui entender que motivo claro não é motivo muito iluminado, e sim de tonalidade clara, um objeto amarelo-claro é um objeto de tom claro. Uma mala preta é um objeto de tom escuro.

Respondendo à pergunta 1, devemos escolher o lugar onde está o motivo principal. Se ele está sob luz intensa é em algo na luz intensa que devemos fotometrar; se ele está sob sombra, é em algo na sombra que devemos fotometrar.

Em seguida devemos nos guiar pela resposta da pergunta 2. Se o motivo da foto for meio tom , não há com que se preocupar, é só medir a luz no motivo, cuidando para que o fotômetro em usado seja pontual.

Se o motivo não for meio tom, pode ver se há algo meio tom na cena. Se houver meça a luz nele.

Se não houver nada meio tom meça a luz no motivo e: se ele for de tom muito claro, compense a exposição com +1/2 pt e + 1 pt. Se ele for de tom muito escuro, compense a exposição com -1/2 pt e -1 pt.

Na foto abaixo a fotometria foi feita no rosto da criança a compensada em +1/2 ponto.

curso de fotografia techimage Fotometria Chave – O que é e quando usar

Quer aprender mais sobre fotometria? Faça um curso de fotografia presencial ou online na Techimage.

The post Fotometria Chave – O que é e quando usar appeared first on Fotografia-DG – Dicas Fotografia.

]]>
http://www.fotografia-dg.com/fotometria-chave/feed/ 0
Shutterstock dá dicas para fotografar melhor com smartphoneshttp://www.fotografia-dg.com/shutterstock-da-dicas-para-fotografar-melhor-com-smartphones/ http://www.fotografia-dg.com/shutterstock-da-dicas-para-fotografar-melhor-com-smartphones/#comments Wed, 09 Jul 2014 09:12:15 +0000 http://www.fotografia-dg.com/?p=23088 É difícil encontrar alguém que ande com uma câmera fotográfica no dia a dia. Os smartphones, por sua praticidade, cumprem hoje essa função e ainda facilitam o compartilhamento de imagens nas redes sociais.

The post Shutterstock dá dicas para fotografar melhor com smartphones appeared first on Fotografia-DG – Dicas Fotografia.

]]>
É difícil encontrar alguém que ande com uma câmera fotográfica no dia a dia. Os smartphones, por sua praticidade, cumprem hoje essa função e ainda facilitam o compartilhamento de imagens nas redes sociais. Mas tirar fotos de qualidade com um celular ou tablet nem sempre é fácil.

Algumas dicas simples, entretanto, podem melhorar muito a qualidade de uma foto, além de torná-la mais atraente para receber compartilhamentos e likes nas redes sociais. Sarah Maloy, gerente de Social Media da Shutterstock, líder global no fornecimento de imagens digitais comerciais, indica algumas práticas para tirar fotos melhores com seu smartphone:

Imagem ilustração shutter Shutterstock dá dicas para fotografar melhor com smartphones

- Se sua câmera tem tecnologia HDR (High Dynamic Range ou Grande Alcance Dinâmico), você pode ajustar a luminosidade tanto das áreas mais claras quanto das mais escuras da foto, conseguindo um resultado final com melhor iluminação e nitidez;

- Fotos internas e externas devem ser capturadas com a melhor luminosidade possível. Quanto mais escura a imagem, mais prejudicada fica a visualização em dispositivos móveis;

- Se uma parte da foto está muito clara ou escura, experimente tocar em diferentes áreas da tela touchscreen do seu smartphone ou tablete para estabilizar o foco sem expor a imagem exageradamente à luz;

- Apesar de muitos dos celulares terem uma configuração quadrada do formado das imagens, você pode ter outras opções. Após tirar foto neste formato tradicional, você pode cortar ou reposicionar a imagem para adequá-la ao formato-padrão para postagem no Instagram, por exemplo.

- Compartilhe imagens adequadas ao estilo de cada rede social. Para o Instagram, prefira fotos quadradas e com uso de filtros. Já no Facebook e Twitter, o ideal é postar fotos horizontais.

Divulgação: Shutterstock

The post Shutterstock dá dicas para fotografar melhor com smartphones appeared first on Fotografia-DG – Dicas Fotografia.

]]>
http://www.fotografia-dg.com/shutterstock-da-dicas-para-fotografar-melhor-com-smartphones/feed/ 1
Dicas fotografia de rua – Foto Ruta’shttp://www.fotografia-dg.com/dicas-fotografia-de-rua/ http://www.fotografia-dg.com/dicas-fotografia-de-rua/#comments Tue, 08 Jul 2014 09:44:24 +0000 http://www.fotografia-dg.com/?p=23015 Aqui estão algumas dicas fotografia de rua básicas, mas úteis que aprendemos ao longo do caminho para manter a sua fotografia de rua...

The post Dicas fotografia de rua – Foto Ruta’s appeared first on Fotografia-DG – Dicas Fotografia.

]]>
Muito de nós somos fãs de muitas coisas de rua… As coisas que vivem na rua, o lixo deixado na rua, cafés de rua, festivais de rua, mercados de rua, comida de rua, brigas de rua e até sair sem destino pela rua… Nós amamos tudo isso. Mas, acima de tudo, amamos a fotografia de rua. Por isso, aqui estão algumas dicas fotografia de rua básicas, mas úteis que aprendemos ao longo do caminho para manter a sua própria fotografia de rua:

Menos é mais

Dicas Fotografia de Rua Dicas fotografia de rua   Foto Ruta’s

Não carregue muito equipamento para sair fotografando pelas ruas. Ele vai fazer você menos intrusivo e você será capaz de se mover com mais facilidade para obter a melhor foto rapidamente. É bom ter uma lente extra, mas às vezes é mais incômodo tê-la. Embale, então, a sua inteligência, seja criativo com o que você tem em mãos.

Fora do caminho

Fotografia de Rua Dicas fotografia de rua   Foto Ruta’s

Não basta ir a todos os pontos turísticos – tente obter “nos bastidores” as cenas da ‘vida real’ nas ruas. Faça uso da fotografia se aventurando fora do caminho batido e assim não será preso pelo clichê, ou seja, procure fotografar nas ruas o que é normalmente não percebido. Às vezes algo é óbvio, mas, por falta de sensibilidade, outros nunca repararam ou não perceberam que existe um belo a ser fotografado por de trás do cotidiano das ruas. Fuja dos caminhos manjados.

Colorido versus Preto e Branco

taxi man 8000 copy Dicas fotografia de rua   Foto Ruta’s 

A cor preta e branca é muitas vezes presente na fotografia de rua, mas de vez em quando surgem situações que precisam de uma fotografia colorida e assim pode realmente dar o seu tiro fotográfico. Acima de tudo, tente ambas as fotos: preta e branca e colorida, para depois saber qual a melhor composição. Câmeras digitais são livres, você pode tirar quantas fotos quiser, então teste o mesmo assunto com diversas possibilidades. Na verdade, isso serve para qualquer tipo de fotografia, nunca se confie em um registro só.

Background ou fundo 

Five types street photography up close 1 1024x688 Dicas fotografia de rua   Foto Ruta’s

O que está acontecendo por de atrás do objeto ou do assunto de sua fotografia pode realmente “fazer” o tiro fotográfico acontecer com sucesso ou não. Outdoors, cartazes, pichações e outros elementos visuais podem realmente fazer uma composição boa para seu disparo fotográfico. Da mesma forma, deve tomar cuidado, como olhar se há postes “saindo da cabeça” das pessoas e luz indesejada. O fundo das fotos é essencial para uma boa composição e nas ruas, diferente de muitos ambientes, há muitos objetos de fundo que podem ajudar, mas também podem prejudicar muito o resultado final de sua fotografia. Se você pensou em fotografar ruas, não se esqueça jamais dos fundos do seu objeto principal.

Atreva-se a ter um ângulo diferente

exeter street photography 16072011 163 of 387 1024x681 Dicas fotografia de rua   Foto Ruta’s

Não basta segurar a câmera horizontalmente ou ao nível dos olhos – tenha experiência com ângulos. Fotografia de rua é um meio menos formal – é evitar fazer mais do mesmo. Deve-se ser solto e rápido, é o que nós gostamos de dizer.

Atrações opostas

street fashion Dicas fotografia de rua   Foto Ruta’s

Fotografias que desafiam a “norma” em termos de composição e em termos de história / assunto podem ser poderosas. Por exemplo, quando você mistura um pouco de glamour com granulado, os resultados podem ser impressionantes.

A sorte favorece aos corajosos

4442988248 570cfbebec o Dicas fotografia de rua   Foto Ruta’s

Às vezes, a melhor coisa que você pode fazer é ficar perto do seu assunto – isso pode ser um pouco desafiador, mas irá produzir imagens poderosas. Há ocasiões em que se aproximar do seu assunto é mais fácil do que parece. Ter coragem de chegar perto e depois mais perto novamente é sensacional, mas com bom senso, ou, quem sabe, sem tanto bom senso. Contudo, para isso leva tempo para construir confiança entre você e seu assunto, caso esse assunto seja uma pessoa, por exemplo, porém vale à pena. As melhores fotos são capturadas dessa maneira.

Se divertindo com o sol

9249487.f2be56f8.1024 Dicas fotografia de rua   Foto Ruta’s

Muitas vezes tentamos evitar fotografar de contra ao sol e as sombras direcionadas pela luz solar – mas, em fotografia de rua, quebrar essas “regras” pode levar à grandes fotografias. Na verdade, a quebra de todas essas regras pode levar à fotografias maravilhosas. Encoraje-se. Veja como ficou a foto acima.

Rever e dar meia-volta

img 1028 Dicas fotografia de rua   Foto Ruta’s

Fotografia de rua não se resume à espontaneidade – se você ver uma cena com potencial não tenha medo de dar meia-volta até à ela e realizar sua foto. Às vezes, o retorno a tal cena, devido ao um insight, pode levá-lo para o seu melhor tiro fotográfico.

Congelando Movimento

20110129 Addis Abeba 33 Dicas fotografia de rua   Foto Ruta’s

A rua é um lugar de movimento – para capturá-lo e ainda obter fotografias nítidas certifique-se a velocidade do obturador. 1/125 ou mais, com um ISO de 400 é o que é recomendado como uma base para essa fotografia acima, por exemplo. Eu também acho que pode ser divertido experimentar com velocidades de obturação mais lentas na rua e assim captar o movimento como um borrão, isso pode ser legal.

Ser discreto, quando preciso

street photography   by jeffzz1111 Dicas fotografia de rua   Foto Ruta’s

Misturar-se com a cena – filme discretamente e até ficar despercebido. Ou fique ali até que as pessoas ao redor pareçam estar confortáveis com sua presença.

Localização, localização…

street photography tips 06 Dicas fotografia de rua   Foto Ruta’s

Enfim, para finalizar as dicas básicas: a localização. Realmente isso é o que está em causa. Escolha lugares onde as pessoas interagem umas com as outras. As pessoas interagindo umas com as outras criam um clima natural ou espontâneo e sempre fazem a foto ficar com mais originalidade. Procure lugares frescos que te inspire.

Fonte: Foto Ruta Londres

The post Dicas fotografia de rua – Foto Ruta’s appeared first on Fotografia-DG – Dicas Fotografia.

]]>
http://www.fotografia-dg.com/dicas-fotografia-de-rua/feed/ 0
Flashes Metz agora para multi interface Sonyhttp://www.fotografia-dg.com/flashes-metz-agora-para-multi-interface-sony/ http://www.fotografia-dg.com/flashes-metz-agora-para-multi-interface-sony/#comments Mon, 07 Jul 2014 19:00:42 +0000 http://www.fotografia-dg.com/?p=22864 A fabricante alemã de TVs e equipamentos de iluminação Metz atualiza sua linha de flashes de sapata hot shoe com dois modelos totalmente funcionais para as novas câmeras Sony que contam com a Sony Multi Interface.

The post Flashes Metz agora para multi interface Sony appeared first on Fotografia-DG – Dicas Fotografia.

]]>
A fabricante alemã de TVs e equipamentos de iluminação Metz atualiza sua linha de flashes de sapata hot shoe com dois modelos totalmente funcionais para as novas câmeras Sony que contam com a Sony Multi Interface. Os modelos são o Metz Mecablitz 44 AF-1 e Metz Mecablitz 52 AF-1 que agora funcionam perfeitamente nas novas câmeras Sony dotadas desta interface sem necessidade de nenhum adaptador.

Metz Mecablitz 44 AF 1 e Metz Mecablitz 52 AF 1 Flashes Metz agora para multi interface Sony

As especificações básicas dos dois flashes continua sendo a mesma: o Metz 44 AF-1 é uma unidade de flash mais simples e possui número-guia 44, inclinação vertical em 90° e horizontal em 300°, zoom motorizado entre 24-105mm; enquanto o Metz 52 AF-1 é mais avançado e possui número-guia 52, inclinação vertical em 90° e horizontal em 300°, zoom motorizado entre 24-105mm e LCD sensível a toque.

Como de costume, ambas as unidades de flash Metz 44 AF-1 e Metz 52 AF-1 podem ter seu firmware atualizado via cabo USB e são alimentadas por 4 pilhas AA. Para usar estes novos flashes nas antigas câmeras Sony e Minolta será necessário um adaptador para a sapata invertida que será incluída nos kits. Ainda não foram divulgados os preços mas não deve ser diferente das versões anteriores que custam respectivamente 200 e 300 dólares nos EUA.

The post Flashes Metz agora para multi interface Sony appeared first on Fotografia-DG – Dicas Fotografia.

]]>
http://www.fotografia-dg.com/flashes-metz-agora-para-multi-interface-sony/feed/ 0
Como fazer ensaio fotográfico externo de bebêshttp://www.fotografia-dg.com/como-fazer-ensaio-fotografico-externo-de-bebes/ http://www.fotografia-dg.com/como-fazer-ensaio-fotografico-externo-de-bebes/#comments Mon, 07 Jul 2014 10:26:51 +0000 http://www.fotografia-dg.com/?p=22831 Fotografar bebês é como uma caixinha de surpresas, nunca sabemos se a sessão vai ser tranquila ou se terá muitos choros, manhas e pirracinhas...

The post Como fazer ensaio fotográfico externo de bebês appeared first on Fotografia-DG – Dicas Fotografia.

]]>
Olá, me chamo Aline Amorim, sou mãe do Daniel e da Ariel. Depois que meu primeiro filho nasceu me interessei completamente pela fotografia infantil e de 2010 pra cá é a minha especialidade fotografar esses anjinhos.

Fotografar bebês é como uma caixinha de surpresas, nunca sabemos se a sessão vai ser tranquila ou se terá muitos choros, manhas e pirracinhas…  Essas sessões geralmente nos trazem dezenas de dúvidas e como dicas nunca são demais, vou passar algumas para realizar um lindo ensaio.

Toda vez que pensamos em fotografar bebês ou crianças pensamos em mil coisas: locação, cenário, acessórios, se o tempo vai estar bom, se terá sol, e tudo isso gera um enorme estresse e ansiedade…   São dúvidas frequentes e comuns para quem está iniciando no universo fotográfico. Então vamos lá!

Ensaio fotográfico externo de bebês Como fazer ensaio fotográfico externo de bebês

Não existe nada melhor que capturar os momentos dos bebês. Eles são lindos, fofos, espontâneos e nos rendem ótimas imagens. Mas eles têm mudanças de humor constantes, uma hora estão super bem, pulando, sorrindo, brincando, e quando você pisca os olhos, a criança muda de humor completamente, o sono e a fome vêm chegando, começam a ficar irritados e desconfortáveis, é incrível! A mudança de humor é rápida mesmo!  O importante é ter planejamento e paciência.

Antes do seu modelinho chegar, tente ter em mente o que irá fazer. Se puder chegar um pouquinho mais cedo e deixar o ambiente preparado para a sessão, já adiantará boa parte!

Deixe o bebê se socializar com o ambiente, interaja com ele e depois fotografe…  O que mais gosto na fotografia infantil é que bebês não fazem pose, então tente capturar ao máximo os momentos de descontração e naturalidade que eles têm. Não há nada mais lindo que um sorriso espontâneo, um olhar de curiosidade e de descoberta. Use e abuse desse momento.

Não deixe de registrar os pais e irmãos na sessão. O amor e carinho que eles transmitem um para o outro é tão verdadeiro e contagiante que esse momento não pode ficar fora de suas lentes…

Fotografar bebês Como fazer ensaio fotográfico externo de bebês

Evite chamar a criança todo o tempo, isso gera um estresse com o decorrer da sessão.

“-Fulanooo, Fulanooo…, olha pra cá fulano… olha aqui pra tia…” Isso estressa e cansa a criança.

Uma vez ou outra não tem problema algum chamar o bebê, até porque ficam muito bonitas as fotos as crianças olhando diretamente para a câmera.

Não estabeleça horários precisos para o fim da sessão, pode ser que você não consiga seguir o horário planejado…   Talvez 1 ou 2 horas sejam até pouco…  O importante é nunca marcar com menos de 1 hora, pois é praticamente impossível, até porque os bebês precisam trocar fralda, se alimentar, tem a hora do soninho, enfim…   Aqui quem faz o horário é o bebê, e devemos respeitá-los, precisamos ser muito pacientes…   Pacientes mesmo!

Planejamento

Procure dar um toque especial na composição, faça uso de cestas, mantas, brinquedos do bebê. Só tenha cuidado para não exagerar na produção, aqui o menos é mais! O foco principal é o bebê. Fique na mesma altura que o bebê na hora de clicá-lo, então agache, sente, ajoelhe e se precisar deite-se no chão. Fotografe de cima para baixo também, ficam lindas! Quem nunca ouviu: “não se deve fotografar criança de cima para baixo”? Eu já ouvi várias vezes e continuo fazendo, acho que fica legal sim! Você pode fazer o mesmo, mas não durante toda a sessão.

Composição Fotografia Bebês Como fazer ensaio fotográfico externo de bebês

Evite fazer muitas fotos centralizadas, use e abuse da regra dos terços, mexa-se! Teste vários ângulos, mude de posição no decorrer da sessão.  Fotografe os detalhes, mãos, pés, cabelos… Não tenha medo de se aproximar, chegue perto do bebê, faça close, detalhe suas expressões. Nisso eles dão um show. Acredite!

Regra dos terços fotografia infantil Como fazer ensaio fotográfico externo de bebês

Local e cenário

Na hora de escolher a locação, o mais importante é verificar se a mesma oferece segurança e conforto. Antes de colocar o bebê no chão certifique se não tem nenhum inseto ou algum objeto perigoso (vidros ou ferro enferrujado). Estando tudo certo, é só clicar!

Escolha lugares arborizados, gramados e floridos. Aproveite o que a natureza tem de melhor! Não há nada mais lindo que um pôr do sol, uma grama verdinha e flores. Até mesmo as folhas secas dão um resultado incrível nas fotos, experimente e terá um resultado incrivelmente lindo!

Local e cenário Fotografia Bebês Como fazer ensaio fotográfico externo de bebês

Para que não seja estressante para o bebê, converse com a mamãe e faça no máximo duas trocas de roupas, ou se puder faça com a mesma roupa em toda a sessão, assim poderá aproveitar melhor o tempo e o humor do bebê. Se por ventura não conseguir fazer a sessão, mesmo que tenha dado o tempo suficiente para ele se socializar com o ambiente, mesmo que tenho oferecido a pausa para a troca e alimentação, não se desespere! É normal o bebê ter dias em que fica mais choroso e sensível, o ideal nesse caso seria reagendar uma nova sessão. Não force! Nenhuma mãe quer receber um monte de fotos com seu bebê chorando, não é mesmo?  Então procure reagendar.

Fotografia bebê Como fazer ensaio fotográfico externo de bebês

Registro fotográfico

Procure realizar os ensaios quando o sol e o calor são mais leves. No início da manhã, ou no finalzinho da tarde. Nesses horários a luz sol é mais difusa e muito harmoniosa!

Nada de colocar a criança no calor insuportável de meio dia ou das 14 horas, até porque nem você e muito menos o bebê vai aguentar o calor…  E a luz que chega é tão dura e sem forma que irá comprometer todo seu trabalho. Você não quer que seu trabalho fique comprometido. Portanto, evite os horários de maior intensidade de sol e calor.

Registro fotográfico Como fazer ensaio fotográfico externo de bebês

Em todas minhas sessões ao ar livre, não faço o uso de flash ou rebatedor. Tudo que uso é uma Nikon D800, uma lente 50 mm 1.4, os acessórios para compor e só, mas nada!

Boas fotos!

The post Como fazer ensaio fotográfico externo de bebês appeared first on Fotografia-DG – Dicas Fotografia.

]]>
http://www.fotografia-dg.com/como-fazer-ensaio-fotografico-externo-de-bebes/feed/ 16
Resenha do Livro Manual do Speedliterhttp://www.fotografia-dg.com/resenha-livro-manual-speedliter/ http://www.fotografia-dg.com/resenha-livro-manual-speedliter/#comments Mon, 07 Jul 2014 09:12:22 +0000 http://www.fotografia-dg.com/?p=22823 O título Manual do Speedliter não dá uma ideia ampla da qualidade total desta biblioteca de conhecimento, o livro é excelente!

The post Resenha do Livro Manual do Speedliter appeared first on Fotografia-DG – Dicas Fotografia.

]]>
O título Manual do Speedliter (aprendendo a trabalhar a luz com Speedlite da Canon) não dá uma ideia ampla da qualidade total desta biblioteca de conhecimento, o livro é excelente! Bem, afirmo isso, pois comprei, li e ando relendo sempre. E tem outra coisa importante: o nome “Canon” no título não impede de quem usa Nikon ou outras marcas de flash aproveitar TUDO.

manual do speedliter Resenha do Livro Manual do Speedliter

Syd Arena dá um show de informação nas mais de 400 páginas, onde tudo é “preenchido” com conhecimento. Dos esquemas de iluminação mais simples aos mais complexos, tudo é bem explicado e fundamentado não só na teoria, mas principalmente na prática que esse fotógrafo realizou.

Retratos diferentes, flash fora da câmera, várias fontes de luz, modificadores, iluminação e temperatura de cor, funções personalizadas de flash, e muitos outros assuntos vibrantes e essenciais para quem quer conhecimento e prática. Do fotógrafo iniciante ao mais avançado, tem informação para todos, pois o livro é totalmente ilustrado, bem diagramado e com muitas dicas. Este compêndio valoriza muito o investimento.

Ás vezes aconselho pessoas em sua formação: “Leiam, leiam, leiam, estudem…”. Esse é um grande exemplo. Boas leituras.

O livro Manual do Speedliter está disponível na nossa loja, leia algumas páginas: www.fotografia-dg.com/produto/livro-manual-speedliter/

The post Resenha do Livro Manual do Speedliter appeared first on Fotografia-DG – Dicas Fotografia.

]]>
http://www.fotografia-dg.com/resenha-livro-manual-speedliter/feed/ 0
Rokinon Cine Lens 85mm T1.5 | Hands Onhttp://www.fotografia-dg.com/rokinon-cine-lens-85mm-t1-5-hands/ http://www.fotografia-dg.com/rokinon-cine-lens-85mm-t1-5-hands/#comments Mon, 07 Jul 2014 02:45:17 +0000 http://www.fotografia-dg.com/?p=22817 Uma lente Cine de uma marca pouco conhecida, mas tenho certeza que vai impressionar!

The post Rokinon Cine Lens 85mm T1.5 | Hands On appeared first on Fotografia-DG – Dicas Fotografia.

]]>
Bem vindos a mais um vídeo aqui pelo canal Fotografia Moderna!
E especialmente para os VídeoMakers!

Isso mesmo!
Uma lente Cine de uma marca pouco conhecida, mas tenho certeza que vai impressionar!

Para acompanhar nossos vídeos.. basta se inscrever no nosso canal.. ou curtir nossa FanPage icon smile Rokinon Cine Lens 85mm T1.5 | Hands On Até a próxima!

Não deixe de conferir nossa Playlist clicando aqui!

Conteudo 660x165 Rokinon Cine Lens 85mm T1.5 | Hands On

The post Rokinon Cine Lens 85mm T1.5 | Hands On appeared first on Fotografia-DG – Dicas Fotografia.

]]>
http://www.fotografia-dg.com/rokinon-cine-lens-85mm-t1-5-hands/feed/ 4
Acordo entre Canon e Microsofthttp://www.fotografia-dg.com/acordo-entre-canon-e-microsoft/ http://www.fotografia-dg.com/acordo-entre-canon-e-microsoft/#comments Sat, 05 Jul 2014 18:08:17 +0000 http://www.fotografia-dg.com/?p=22803 O dia 2 de julho de 2014 foi marcado pela assinatura de um acordo de compartilhamento de licenças entre Canon e Microsoft, gigantes da fotografia e da informática, respectivamente.

The post Acordo entre Canon e Microsoft appeared first on Fotografia-DG – Dicas Fotografia.

]]>
O dia 2 de julho de 2014 foi marcado pela assinatura de um acordo de compartilhamento de licenças entre Canon e Microsoft, gigantes da fotografia e da informática, respectivamente. Os termos do acordo não foram expostos, mas especula-se que a queda vertiginosa na venda de câmera e o aumento substancial na venda de smartphones tenha contribuído significativamente para a assinatura de tal acordo.

Acordo entre Canon e Microsoft Acordo entre Canon e Microsoft

Nick Physogeos, gerente-geral da Microsoft, afirmou que “esta abordagem colaborativa com a Canon nos permite entregar tecnologias inventivas que beneficiam consumidores ao redor do mundo e que a Microsoft acredita licenciamento cooperativa é uma forma eficaz para acelerar a inovação, reduzindo as disputas de patentes”. Ou seja, a ordem é unir-se a alguém que pode contribuir para a evolução das duas empresas em vez de gastar tempo, dinheiro e aborrecimento em disputas judiciais envolvendo patentes.

Hideki Sanatake, gerente geral sênior da Canon, complementou: “Este acordo é uma extensão natural do nosso relacionamento de longa data com a Microsoft e compromisso com o desenvolvimento de tecnologias inovadoras”. Agora resta aguardar o que este acordo pode trazer na prática para o consumidor final, lembrando que o compartilhamento de licenças não é uma ideia nova, só a Microsoft já possui mais de 1100 acordos de licenças compartilhadas com outras empresas. Será que podemos esperar por uma câmera digital dotada de sistema operacional Windows Phone?

The post Acordo entre Canon e Microsoft appeared first on Fotografia-DG – Dicas Fotografia.

]]>
http://www.fotografia-dg.com/acordo-entre-canon-e-microsoft/feed/ 0
Vídeo aula Photoshop CC – Trabalhando com Objeto Inteligentehttp://www.fotografia-dg.com/video-aula-photoshop-cc-trabalhando-com-objeto-inteligente/ http://www.fotografia-dg.com/video-aula-photoshop-cc-trabalhando-com-objeto-inteligente/#comments Wed, 02 Jul 2014 17:17:11 +0000 http://www.fotografia-dg.com/?p=22727 Neste Podcast de hoje, gostaria de ajudá-lo a utilizar sempre que necessário o comando Objeto Inteligente.

The post Vídeo aula Photoshop CC – Trabalhando com Objeto Inteligente appeared first on Fotografia-DG – Dicas Fotografia.

]]>
Para um profissional não existe momento mais chato do que refazer todo um projeto por uma pequena falta de atenção. Imagine um cliente lhe pedindo para realizar algumas alterações onde de imediato você já sabe que não teria como editar e sim refazer todo o processo novamente. Chato não é?

Neste Podcast de hoje, gostaria de ajudá-lo a utilizar sempre que necessário o comando Objeto Inteligente. Com ele você terá a segurança de realizar edições futuras, caso venha a ter a necessidade. No vídeo abaixo irei lhe mostrar dois exemplos com e sem o uso do objeto inteligente e poderás verificar o quanto um comando poderá nos ajudar e muito em nosso trabalho no Photoshop.

Bom conhecimento para todos.

The post Vídeo aula Photoshop CC – Trabalhando com Objeto Inteligente appeared first on Fotografia-DG – Dicas Fotografia.

]]>
http://www.fotografia-dg.com/video-aula-photoshop-cc-trabalhando-com-objeto-inteligente/feed/ 0
Fotografia de gestantes com animais de estimaçãohttp://www.fotografia-dg.com/fotografia-de-gestantes-com-animais-de-estimacao/ http://www.fotografia-dg.com/fotografia-de-gestantes-com-animais-de-estimacao/#comments Tue, 01 Jul 2014 21:55:20 +0000 http://www.fotografia-dg.com/?p=22715 Nós sabemos que os animais fazem parte da nossa vida e da família, por isso acho importante o fotógrafo perguntar se o casal deseja incluir seu animal na sessão de fotos.

The post Fotografia de gestantes com animais de estimação appeared first on Fotografia-DG – Dicas Fotografia.

]]>
Esse é meu primeiro artigo aqui no Fotografia DG e fico muito feliz em poder participar.

A fotografia de gestantes é uma arte que marca um momento tão especial na vida de um casal.

Nós sabemos que os animais fazem parte da nossa vida e da família, por isso acho importante o fotógrafo perguntar se o casal deseja incluir seu animal na sessão de fotos. Além de tudo ficar mais descontraído, o animal representa muito naquela família, ainda mais com a chegada de um filho, no qual alguns animais ficam enciumados.

Fotografia com cavalos

Tive a sorte de fotografar uma gestante que é veterinária, mora em uma chácara e possui cavalos, ou seja, cenário perfeito! Ela adorou a ideia. Seu pai preparou os animais um dia antes para a sessão (banho e escovação). O resultado também é apaixonante e o casal ficou muito feliz!

gestantes com animais 500x338 Fotografia de gestantes com animais de estimação

Fotografia com cavalos 500x344 Fotografia de gestantes com animais de estimação

Foto espontânea

Quando os animais entram em cena, temos que ter muita atenção para não perder um só momento. No caso dos cavalos, eles levantam e abaixam a cabeça toda hora, colocam a orelha para trás e quando estão prestando atenção, as orelhas ficam retinhas e em pé.

Atente-se sempre e abuse do espontâneo quando o casal ou só a gestante estiver interagindo com eles. Esqueça um pouco as poses e se preocupe em enquadrar aquela cena!

Foto espontânea 500x333 Fotografia de gestantes com animais de estimação

Cachorros

A mesma mamãe também tem uma cadela de estimação e fez questão de fotografar com ela. Enquanto elas brincavam e interagiam no banco, fui clicando sem parar! Mesmo que o fotografado não olhe para a lente, não importa! O momento de descontração é o mais importante, pois conseguimos registrar com muita verdade e emoção!

Gestante com Cachorros 500x355 Fotografia de gestantes com animais de estimação

Prefiro sempre fotografar com luz natural. Não uso flash.
Preste atenção sempre no background da imagem que você quer registrar.
Use sempre sua criatividade e tudo que seu olhar possa captar. Dê o máximo de si para registrar esse momento tão especial ao casal. Fotografia emociona e reforça os laços!

Termino com uma frase de Leonardo da Vinci, que é muito inspiradora para nós!
Nunca imites ninguém. Que a tua produção seja como um novo fenômeno da natureza”.
Crie seu olhar, sua particularidade. E pratique muito!

Um grande abraço!

The post Fotografia de gestantes com animais de estimação appeared first on Fotografia-DG – Dicas Fotografia.

]]>
http://www.fotografia-dg.com/fotografia-de-gestantes-com-animais-de-estimacao/feed/ 1
“Pôgrama” Fotografia Moderna #12http://www.fotografia-dg.com/pograma-fotografia-moderna-12/ http://www.fotografia-dg.com/pograma-fotografia-moderna-12/#comments Tue, 01 Jul 2014 10:00:38 +0000 http://www.fotografia-dg.com/?p=22705 Bem vindos a mais um vídeo aqui pelo canal Fotografia Moderna! Hoje vamos falar de novos projetos..  nossas últimas viagens e claro.. novos vídeos que gravamos! Para acompanhar nossos vídeos.. basta se inscrever no nosso canal.. ou curtir nossa FanPage Até a próxima! Não deixe de conferir nossa Playlist clicando aqui!

The post “Pôgrama” Fotografia Moderna #12 appeared first on Fotografia-DG – Dicas Fotografia.

]]>
Bem vindos a mais um vídeo aqui pelo canal Fotografia Moderna!

Hoje vamos falar de novos projetos..  nossas últimas viagens e claro.. novos vídeos que gravamos!

Para acompanhar nossos vídeos.. basta se inscrever no nosso canal.. ou curtir nossa FanPage icon smile Pôgrama Fotografia Moderna #12 Até a próxima!

Não deixe de conferir nossa Playlist clicando aqui!

Conteudo 660x165 Pôgrama Fotografia Moderna #12

The post “Pôgrama” Fotografia Moderna #12 appeared first on Fotografia-DG – Dicas Fotografia.

]]>
http://www.fotografia-dg.com/pograma-fotografia-moderna-12/feed/ 0
RETRATO – do latim retrahere, copiar.http://www.fotografia-dg.com/retrato-latim-retrahere-copiar/ http://www.fotografia-dg.com/retrato-latim-retrahere-copiar/#comments Mon, 30 Jun 2014 11:59:49 +0000 http://www.fotografia-dg.com/?p=22668 O retrato é a forma mais importante da construção da memória fotográfica de uma família, todas as pessoas valorizam uma boa fotografia, é algo que tem um valor sentimental imensurável o que vale nessa hora é aproveitar este valor sentimental para promover o seu trabalho.

The post RETRATO – do latim retrahere, copiar. appeared first on Fotografia-DG – Dicas Fotografia.

]]>
Existem diversas linhas de trabalho e características importantes sobre o tema retrato neste primeiro artigo em parceria com o site Fotografia-DG e com aquele friozinho na barriga típico de estreia irei falar um pouco acerca deste tema.

Pin up RETRATO   do latim retrahere, copiar.

A primeira coisa é deixar claro que retratos podem ser classificados como fotografias mas fotografias não podem ser classificados como retratos, retratos são fotografias onde o rosto da pessoa obrigatoriamente deve aparecer, ela é o tema principal, uma fotografia de uma paisagem por exemplo não é um retrato um retrato ou Portrait é quase como um 3×4 só que neste artigo trataremos das nuances de um retrato profissional.

Cada fotógrafo tem um olhar específico sobre o tema, alguns simplesmente se dedicam a estuda-lo incansavelmente enquanto outros se dedicam a copiar e aperfeiçoar o olhar a partir de trabalhos de outros fotógrafos, pode-se assim dizer que estão a pegar um atalho para chegar ou alcançar o objetivo pretendido.

O retrato é uma fotografia realizada com o enquadramento na vertical, respeita-se a regra dos terços colocando a altura dos olhos no primeiro ou segundo ponto de ouro, a pessoa a ser retratada nunca fica de frente e centralizada na foto, mas sim de perfil ou um semi-perfil com as costas voltadas para o lado menor da fotografia.

Menino no parque RETRATO   do latim retrahere, copiar.

Eu poderia falar sobre algumas regras básicas de iluminação para retratos, mas a verdade é que as regras existem apenas para ensinar didaticamente o que é possível realizar em termos de iluminação, na verdade os fotógrafos em sua grande maioria não seguem essas regras, mesmo porque o interessante nessa hora é deixar a criatividade fluir, o que vai diferenciar o seu trabalho de outro fotógrafo é justamente a maneira como interpreta e utiliza a luz.

Fotografar é escrever com a luz, alguns escrevem poesias, outros escrevem textos jornalísticos, outros preferem escrever um livro, ou um documentário, o importante é ter domínio do que será realizado, para cada tipo de texto existe um tipo de leitor, é fundamental ter autoconhecimento para que você descubra o que gosta de escrever com a sua câmera e assim ao publicar o seu trabalho o público pode gostar ou não, mas o fato do público não admirar ou o trabalho não ser comercial não significa que ele é ruim.

O retrato é a forma mais importante da construção da memória fotográfica de uma família, todas as pessoas valorizam uma boa fotografia,  é algo que tem um valor sentimental imensurável o que vale nessa hora é aproveitar este valor sentimental para promover o seu trabalho.

Vejo o profissional de fotografia e o retratista como profissões distintas como o pintor de quadros e o pintor de catedrais, todos tem o seu valor e todos tem a sua área de atuação, o que vale é a harmonia do trabalho de acordo com o público com o qual você gostaria de trabalhar.

Gostamos de expor nossos trabalhos, mas não gostamos de ouvir as críticas, lidamos melhor com os elogios, mas só com as críticas somos capazes de aperfeiçoar e melhorar o nosso olhar.

Eu prefiro e só realizo fotografias ao ar livre, outros preferem a comodidade de um estúdio, ao optar por fotografar ao ar livre tenho limitações com relação ao trabalho, tenho que escolher dois horários do dia para realizar as sessões, na parte da manhã até as 10hs ou na parte da tarde após as 15hs, na parte da manhã o ideal é começar por volta das 06hs, quem em plena consciência levanta as 05hs pra se arrumar para uma sessão fotográfica? Nesse caso tenho que iniciar os trabalhos por volta das 08hs, onde a luz ainda está lateral e suave mas tenho que correr porque só tenho duas horas de luz lateral pra realizar as minhas fotos.

A intenção não é escrever um tutorial mesmo porque eu não gosto de seguir tutoriais, (a não ser tutoriais sobre softwares) gosto de ler e aprender dentro da perspectiva de vários autores, todas as dicas passadas servem apenas como um norteador para o futuro Retratista e o seu trabalho.

Não existe uma regra geral para um bom retrato mas existe uma regra geral para um bom enquadramento, uma boa luz, uma bom equipamento para realização de retratos e assim por diante.

Menina na Parede RETRATO   do latim retrahere, copiar.

Um bom retrato é o resultado do conjunto de vários requisitos, eu não realizaria um retrato com uma objetiva 16mm, sendo que o indicado é uma objetiva 50mm, eu não faço com uma 16mm e não indico a fazerem um retrato com tal objetiva, simplesmente porque não fica bom, toda objetiva tem distorção, a 50mm é a objetiva que se aproxima mais do olho humano, algumas são mais recomendadas para fotografia de ambientes, outras para fotografia de pessoas e outras para fotografia de paisagem assim como as objetivas específicas para fotografias macro e still.

Eu uso luz suave mas não quer dizer que não utilize flash, mesmo o flash pode ser suave se bem posicionado, eu não indico os horários em que o sol está sob nossas cabeças, suas fotos não ficariam boas e o cliente agradece não ter que ficar com sol sob sua cabeça.

Muitos gostam do fundo desfocado, pra isso precisam de uma objetiva clara, mas nem sempre é interessante o fundo desfocado isso vai depender da locação, em certos locais é interessante que o fundo apareça nítido na foto. O fotógrafo é que define isso através da sua percepção do ambiente.

Com o tempo e depois de inúmeros trabalhos a sua percepção sobre a luz, sobre as pessoas e o ambiente é ampliada quase que automaticamente, você passa a perceber o mundo e tudo que o permeia com outro olhar, eu diria que com um olhar quase que cinematográfico.

O importante é treinar, dedicar-se, aperfeiçoar e entender que por mais experientes que sejam sempre há algo novo a aprender.

Familia no parque 500x332 RETRATO   do latim retrahere, copiar.

Muitos fotógrafos que vieram da fotografia analógica hoje percebem que o trabalho de pós-produção que antes era feito pela empresa que revelava as suas fotos hoje depende de softwares específicos como o Lightroom, uma analogia ao que era o quarto escuro do artista da era analógica.

Uma boa captura inicial vai lhe poupar horas de pós-produção, mas você não vai ter que deixar de realiza-ló, acostume-se com isso, ou terceirize.

A regra dos terços como toda regra pode ser ou não seguida, é importante conhecer a regra dos terços, como é importante realizar vários retratos seguindo esta regra e outros sem utilizar a regra e assim definir qual estilo mais lhe agrada.

Se quiser conhecer um pouco do meu trabalho acesse o meu site WBertoni Fotografia e me siga no Facebook Bertoni Fotógrafo.

The post RETRATO – do latim retrahere, copiar. appeared first on Fotografia-DG – Dicas Fotografia.

]]>
http://www.fotografia-dg.com/retrato-latim-retrahere-copiar/feed/ 1
Equipamentos Xerox conquistam mercado nacional de fotografiahttp://www.fotografia-dg.com/equipamentos-xerox-conquistam-mercado-nacional-de-fotografia/ http://www.fotografia-dg.com/equipamentos-xerox-conquistam-mercado-nacional-de-fotografia/#comments Fri, 27 Jun 2014 15:31:12 +0000 http://www.fotografia-dg.com/?p=22600 Soluções Xerox em destaque este ano na Expoprint são apontadas por empresários do setor gráfico como componentes diferenciais em qualidade, diversidade de recursos e economia de operação

The post Equipamentos Xerox conquistam mercado nacional de fotografia appeared first on Fotografia-DG – Dicas Fotografia.

]]>
Soluções Xerox em destaque este ano na Expoprint são apontadas por empresários do setor gráfico como componentes diferenciais em qualidade, diversidade de recursos e economia de operação

A Xerox ganha espaço no mercado fotográfico brasileiro com portfólio de equipamentos mais velozes, econômicos e sustentáveis. A nova tecnologia do toner Xerox EA, que potencializou a qualidade da imagem na impressão é outro fator de destaque. Para as empresas especializadas em serviços fotográficos, como foto book, revelação 10×15, comunicação visual, brindes corporativos, cartazes, revistas, adesivos, impressão frente e verso, entre outros, a aceitação do produto Xerox é explicada pelo custo x benefício: a qualidade do resultado final e o valor de cópia mais econômico. Durante a Expoprint, entre 16 e 22 de julho, no Transamerica Expo Center, a Xerox apresenta importantes ferramentas para o setor em uma área exclusiva de soluções em Fotografia.

Impressora Xerox Color J75 e C75 500x227 Equipamentos Xerox conquistam mercado nacional de fotografia

De acordo com Paulo Câmara, proprietário da Photoalbum Universal, a fidelidade da imagem feita pela J75 foi determinante para aquisição deste modelo de impressora. Após utilização do equipamento, o negócio apresentou um crescimento de 30%. “A Universal hoje consegue fazer um trabalho 360 graus, pois inicia com a recepção do arquivo bruto vindo dos fotógrafos e empresas de formatura, separação, tratamento, ordenação, diagramação, impressão e confecção dos álbuns. Foi possível aumentar a credibilidade junto aos clientes em função da qualidade e pontualidade, além da redução no desperdício de matéria prima”, comemora Câmara.

Para Aladim Marciano, proprietário da Akimagem, a excelência da imagem impressa pela C75 foi apontada como principal motivação para escolher o equipamento Xerox. “Na minha empresa, a C75 representa qualidade da imagem aliada à rapidez de impressão com simplicidade para manusear. Fato que contribuiu para aumentar da produtividade e o leque de serviços oferecidos aos clientes”, conta.

As impressoras Xerox, como os modelos C75 e J75, são três vezes mais rápidas que as existentes no mercado e eco-friendly, segundo Jander Ledres, gerente de Canais, que atua diretamente no segmento fotográfico de São Paulo. “A nova tecnologia de toner, que reduz o custo de impressão entre 20% e 30%, aumentou a aceitação. As modernas ferramentas de software inclusas permitem diversificar a oferta de produtos ao consumidor, como foto book, foto revista, cartões de visita, convites de casamento, por exemplo. Outra vantagem é que os frascos dos toners da Xerox, quando vazios, são recolhidos. Acabando com o risco de descarte indevido”, afirma.

O portfólio diversificado para o segmento xilográfico oferece desde máquinas pequenas até grande porte, como os modelos X1000, C75 e J75. São equipamentos cuja resolução chega até 2400 x 2400 dpi e imprimem gramaturas de até 350 gramas em frente e verso, um diferencial. Podem ser encontrados em revendas distribuídas por todo o Brasil e nowww.xerox.com.br.

High End/ Software

- X1000 (colorida):
Velocidade de até 100 ppm
Resolução de 2.400 x 2.400 dpi
Tamanho do papel máximo de 330 x 488 mm
Volume mensal recomendado de 400.000 páginas

- J75 (colorida):
Velocidade de até 76ppm
Resolução de até 2400 x 2400 dpi
Tamanho de papel máximo de 330 mm x 488 mm
Volume mensal médio recomendado de 75.000 páginas

- C75 (colorida):
Velocidade de até 76ppm
Resolução de até 2400 x 2400 dpi
Tamanho de papel máximo de 330,2 mm x 487,6 mm
Volume mensal médio recomendado de 75.000 páginas

The post Equipamentos Xerox conquistam mercado nacional de fotografia appeared first on Fotografia-DG – Dicas Fotografia.

]]>
http://www.fotografia-dg.com/equipamentos-xerox-conquistam-mercado-nacional-de-fotografia/feed/ 0
Nikon Capture NX-Dhttp://www.fotografia-dg.com/nikon-capture-nx-d/ http://www.fotografia-dg.com/nikon-capture-nx-d/#comments Fri, 27 Jun 2014 15:17:05 +0000 http://www.fotografia-dg.com/?p=22597 A Nikon anunciou o download gratuito do seu software de edição de imagens, o Capture NX-D, com suporte para várias de suas câmeras DSLR

The post Nikon Capture NX-D appeared first on Fotografia-DG – Dicas Fotografia.

]]>
Via Photography Blog

A Nikon anunciou o download gratuito do seu software de edição de imagens, o Capture NX-D, com suporte para várias de suas câmeras DSLR (incluindo a novíssima Nikon D810), mirrorless e Coolpix, e com a vantagem de ser compatível também com sistemas de 32 bits (ao contrário do software de sua principal rival que só contempla os sistemas de 64 bits) incluindo Windows Vista/7/8 e OS X 10.7.5, 10.8.5 e 10.9.2, e poderá ser baixado a partir do dia 15 de julho.

Nikon Capture NX 500x312 Nikon Capture NX D

Esta será a primeira versão oficial do aplicativo (1.0) e entre as melhorias sobre a versão beta estão uma interface mais amigável e a inclusão de um pincel automático de retoque para áreas específicas de cada imagem. A edição de arquivos RAW não foi esquecida e o software, inclusive, já está pronto para ser trabalhado com a mais recente Full-frame Nikon D810.

Haverá suporte para uso de vários monitores e um sistema de paletas flutuantes que facilitam o uso do aplicativo em grandes monitores. A partir do dia 15 de Julho é só acessar esta página da Nikon para fazer o download gratuito da versão oficial do Capture NX-D.

The post Nikon Capture NX-D appeared first on Fotografia-DG – Dicas Fotografia.

]]>
http://www.fotografia-dg.com/nikon-capture-nx-d/feed/ 4
Anunciada Nikon D810http://www.fotografia-dg.com/anunciada-nikon-d810/ http://www.fotografia-dg.com/anunciada-nikon-d810/#comments Thu, 26 Jun 2014 15:41:54 +0000 http://www.fotografia-dg.com/?p=22579 Foi anunciada hoje pela Nikon sua mais nova DSLR Full frame, a Nikon D810 que serve para unir os modelos anteriores D800 e D800E.

The post Anunciada Nikon D810 appeared first on Fotografia-DG – Dicas Fotografia.

]]>
Foi anunciada hoje pela Nikon sua mais nova DSLR Full frame, a Nikon D810 que serve para unir os modelos anteriores D800 e D800E. Não há mais a diferenciação de uma câmera com e outra sem o filtro OLPF, a nova Nikon D810 já vem sem o filtro e não parece que haverá outro modelo semelhante com o filtro. Este filtro é responsável por evitar o aparecimento do efeito moiré e das cores falsas em troca de alguma perda de nitidez, mas os processadores atuais prometem compensar isso e o EXPEED 4 que equipa esta câmera está entre eles.

Nikon D810 Anunciada Nikon D810

A Nikon D810 possui corpo em liga de magnésio e é equipada com sensor CMOS de 36.3MP (FX com resolução total de 37.09 megapixels); possui 51 pontos de foco (sendo 15 pontos cruzados); sensibilidade ISO 64-12800 (expansível até 32 e 51200); o tempo de exposição varia entre 1/8000 e 30 segundos incluindo modo bulb e a velocidade de sincronia com flash é de 1/250; processa arquivos RAW de 12 ou 14 bits (RAW de 12 bits disponível em tamanhos menores); o modo contínuo é de até 5fps em formato FX, podendo chegar a 7fps em formato DX; o flash possui número-guia 12; faz vídeos Full HD com taxas que variam entre 24 e 60fps e HD em formato MOV limitados a 20 minutos (ou 10 minutos em alta qualidade) com som estéreo; seu LCD mede 3.2 polegadas; e é alimentada por bateria com capacidade para 1200 fotos por carga.

nikon d810 02 500x420 Anunciada Nikon D810

Um dos destaques da Nikon D810 é a possibilidade de se fazer vídeos sem compressão, ideais para quem faz vídeos profissionais, e a câmera dispõe de uma saída HDMI permitindo que se grave o vídeo em alguma unidade externa e também se veja o vídeo em algum monitor ou TV. Outra possibilidade é a de gravar ao mesmo tempo o vídeo com compressão em uma unidade externa e sem compressão no cartão inserido na câmera, seja ele Compact Flash ou SD. A câmera é compatível com os adaptadores wi-fi e GPS disponíveis da Nikon. Seu obturador composto de kevlar e fibra de carbono possui vida útil estimada em 200 mil cliques.

nikon d810 03 500x640 Anunciada Nikon D810

A Nikon D810 estará disponível no final do mês de julho ao custo de 3300 dólares/3230 euros/2700 libras, apenas o corpo. A Nikon dos EUA disponibilizará um kit específico para cinegrafistas contendo, além da câmera: objetivas AF-S Nikkor 35mm f/1.8, 50mm f/1.8 e 85mm f/1.8; gravador externo de vídeo Atomos Ninja 2; filtros densidade neutra variável Tiffen 58 e 67mm; um cabo HDMI; e duas baterias EN-EL15 ao custo de 5 mil dólares.

The post Anunciada Nikon D810 appeared first on Fotografia-DG – Dicas Fotografia.

]]>
http://www.fotografia-dg.com/anunciada-nikon-d810/feed/ 6
4 maiores e mais enganadoras MENTIRAS sobre a Fotografia Digitalhttp://www.fotografia-dg.com/4-maiores-e-mais-enganadoras-mentiras-sobre-a-fotografia-digital/ http://www.fotografia-dg.com/4-maiores-e-mais-enganadoras-mentiras-sobre-a-fotografia-digital/#comments Wed, 25 Jun 2014 15:29:32 +0000 http://www.fotografia-dg.com/?p=22534 Opa, aqui é o Ricardo Polesso do CaraDaFoto.com.br e hoje eu estou aqui no Fotografia-DG.com pra bater um papo rápido neste artigo especial.

The post 4 maiores e mais enganadoras MENTIRAS sobre a Fotografia Digital appeared first on Fotografia-DG – Dicas Fotografia.

]]>
Opa, aqui é o Ricardo Polesso do CaraDaFoto.com.br e hoje eu estou aqui no Fotografia-DG.com pra bater um papo rápido neste artigo especial. Quero contar pra você o que acredito serem as 4 maiores e mais enganadoras MENTIRAS sobre a Fotografia Digital de todos os tempos! Então relaxe, sente-se confortavelmente na sua cadeira e simbora.

Ah! Antes de começar, tenho certeza que você já escutou pelo menos duas dessas infelizes mentiras, então respire fundo, porque hoje a gente vai brindar a ANIQUILAÇÃO total delas, hehe!

shutterstock 182638835 4 maiores e mais enganadoras MENTIRAS sobre a Fotografia Digital

1 – Começando pela mais infeliz de todas: “Equipamento GARANTE fotos sensacionais!”

Dois tipos de pessoas falam isso: aquele que tem mais equipamento que competência e o típico “muleteiro”, que acha desculpa pra tudo! A verdade é que equipamento garante NADA! A competência, sim, garante. Hoje qualquer celular e camerazinha de bolso filma em HD, tira fotos em alta resolução e boa qualidade. Então o que realmente separa o CARA, do amador, é a manipulação da câmera, composição, aproveitamento da luz, escolha e o enquadramento da cena, enfim… a ARTE!

Pega um cara que fala que equipamento faz foto bonita e coloca na mão dele a câmera mais cara do mundo. Você vai olhar as fotos e rachar o bico, qualquer criança consegue fazer igual e não precisava ter gasto trilhões de dinheiros! Mas calma lá, não tô dizendo que equipamento é tudo igual e tanto faz, mas sim que me parece bastante lógico comprar pela NECESSIDADE e não pela crença de que isso vai garantir bons resultados. Nada mais frustrante que gastar muita grana e descobrir, depois, que o que faltava mesmo era o seu domínio. Inclusive, deixamos isso muito claro no nosso curso oficial de Introdução à Fotografia Digital do Cara Da Foto! As pessoas saem tirando fotos incríveis e com o equipamento que já têm!

Então é um grandessíssimo de um mito acreditar que equipamento, SOZINHO, vai levar suas fotos para um outro nível! Câmeras e lentes são meios de capturar e expressar a arte que você cria através da SUA competência e visão artística! Quanto mais experiente você for, mais liberdade vai querer ter e consequentemente vai investir naquilo que te propicie isso!

2 – A inocente: “Fotógrafo que é fotógrafo não PROCESSA fotos”.

Essa é de matar, né não? Minhas fotos NUNCA saíram perfeitas da câmera, não importa o que eu faça nas configurações. Sabe por quê? Porque o sensor simplesmente não “pega” o contraste e as cores como elas realmente eram. A distribuição da luz, a perda de nitidez, as distorções da lente e etc, deixam cada vez mais longe aquela imagem linda que seus olhos viram.

Processar uma foto é tão importante quanto tirá-la! Eu costumo dizer que o processamento começa na hora que você usa algum tipo de filtro físico na lente, e vai até o software depois. A foto PRECISA fazer jus ao momento que você fotografou! Você deve deixar suas fotos tão bonitas quanto elas merecem.

Concordo que quando a gente fala em processar fotos, hoje em dia, é tudo muito fácil e as opções são infinitas. Mas eu, particularmente, não pratico (nem gosto) da manipulação que descaracteriza a cena, como por exemplo: substituir nuvens, recortar árvores, colocar passarinhos e arcoíris onde não tinha, etc. Agora, tirar uma aberração cromática, trabalhar na nitidez e contraste das cores, isso eu faço em TODAS minhas fotos. Acho que todo fotógrafo precisa meter a mão naquilo que a câmera fez um mau trabalho, ou nem fez. Pra isso você encontra vários softwares, como o Adobe Lightroom, por exemplo, que recomento fortemente!

Se isso ainda não faz sentido pra você, saca só: sabe AQUELA sua foto preferida? Aquela que você capturou o momento exato, naquele lugar fantástico? Aquela foto PERFEITA, que… bem, ficou com o horizonte um pouquinho torto, o céu meio esbranquiçado e sem vida… as cores pouco vibrantes? Pois é, ajeita a coitada! A cena que você viu aquele dia é melhor que isso.  Foi sua câmera que não conseguiu “pegar” tudo. Exceto o lance do horizonte torto, que a culpa foi inteiramente sua, hahahah!

3 – A lamentável: “Estude e leia MUITO para tirar fotos impressionantes”.

Ótimo se você, em algum momento, enfiou a cara nos livros e sabe TUDO que tem pra saber sobre a óptica, mecânica, a origem e o passado da fotografia! Conhecimento é conhecimento e isso não se discute. Agora você há de aceitar que isso, definitivamente, NÃO garante boas fotos! Ajuda, SIM, mas não garante.

Mais importante que estudo, técnica e equipamento, é a visão artística. Tá cheio de fotógrafos (“natos” ou não) que saem impressionando sem ter lido absolutamente NADA a respeito. A arte flui naturalmente e a prática vai aperfeiçoando os resultados. Pessoas assim tiram fotos inacreditáveis com iphone também, sem nunca ter visto um tutorial, se quer.

Mas claro, é sempre bom que se domine, pelo menos, os três pilares da fotografia (sensibilidade do ISO, abertura do diafragma e a velocidade do obturador). Tendo o domínio completo destes 3 pilares, você meio que libera todo o seu poder de fotógrafo facilmente, até por isso que 3 módulos inteiros do curso oficial do Cara Da Foto focam neles. Dessa forma você aproveita o melhor de cada situação e evolui a cada foto!

4 – Pra fechar, a comum: “Use o modo AUTO da sua câmera”.

Amigo(a), sua câmera é BURRA, sabia? A coitada se esforça para adivinhar o que você quer, mas quase nunca acerta. Isso é básico, o modo AUTO é um atraso! Suas fotos só vão ESBUGALHAR os olhos das pessoas, quando você assumir o controle total da câmera.

Você não quer que ela escolha sozinha qual a melhor abertura do diafrágma, que calcule uma velocidade do obturador e, muito menos, que soque um ISO alto quando tiver pouca luz. Você precisa e deve ser o responsável pela foto que vai bater, não a máquina! Ah… vou nem entrar no mérito do flash automático, heim!

Valorize suas fotos e a si mesmo: FUJA do AUTO! Explore sua criatividade em fotos de longa exposição, escuras, dramáticas, desfocadas, etc… Analise o fotômetro e configure você mesmo os pilares!

Sabe, me frustra muito ver esse tipo de mentira todos os dias. Fotografia é fantástica demais para ser TEDIOSA e DESAFIADORA! Fotografia é ARTE, é VIDA… é DIVERSÃO!

É isso aí, sei que concorda comigo, então deixo você jogar a última pazada de terra nessas 4 mentiras, beleza? A gente se vê no CaraDaFoto.com.br - O Único Site De Fotografia Que Te Ensina a ESBUGALHAR Os Olhos Dos Seus Amigos Com Suas Fotos.

Ah sim, claro, se você estiver pronto para começar à tirar as fotos que sempre quis tirar, sem equipamento super profissional, dê uma olhada no nosso já famoso curso oficial em vídeo de Introdução à Fotografia Digital.

Fonte imagem shutterstock.com

Um grande abraço,
Ricardo Polesso

The post 4 maiores e mais enganadoras MENTIRAS sobre a Fotografia Digital appeared first on Fotografia-DG – Dicas Fotografia.

]]>
http://www.fotografia-dg.com/4-maiores-e-mais-enganadoras-mentiras-sobre-a-fotografia-digital/feed/ 24
Quanto vale uma foto? Ou “CON/CON”…http://www.fotografia-dg.com/quanto-vale-uma-foto-ou-concon/ http://www.fotografia-dg.com/quanto-vale-uma-foto-ou-concon/#comments Tue, 24 Jun 2014 12:59:29 +0000 http://www.fotografia-dg.com/?p=22523 Muito se discute sobre preços diferentes para serviços fotográficos. E, claro, todos acham que têm razão e, aí, não há consenso. Não espero o consenso com este texto, mas sim, jogar novas luzes sobre a discussão e mostrar alguns pontos que acho interessantes e que compõem o preço de uma imagem.

The post Quanto vale uma foto? Ou “CON/CON”… appeared first on Fotografia-DG – Dicas Fotografia.

]]>
Muito se discute sobre preços diferentes para serviços fotográficos. E, claro, todos acham que têm razão e, aí, não há consenso. Não espero o consenso com este texto, mas sim, jogar novas luzes sobre a discussão e mostrar alguns pontos que acho interessantes e que compõem o preço de uma imagem.

Para começar, vivemos no capitalismo, onde a liberdade de preços é praticada, mas o mercado e a demanda ajudam a regular alguns valores mínimos e máximos.

A fotografia é uma prestação de serviço, não podemos comparar com o preço de um produto industrializado e padrão. Dessa forma, a composição de preço é formada também por elementos muitas vezes imensuráveis como: credibilidade, dedicação, qualidade, presteza, simpatia, comunicação pessoal, experiência, etc. São fatores que não aparecem numa planilha de custos, mas muitas vezes são decisivos na escolha de um profissional. A famosa frase: “Faz tuas fotos com Fulano de Tal, ele é um fotógrafo muito legal…” Mas para ser merecedor dessa indicação, tem que ter vivência, muitas horas de trabalho, pois a experiência, moçada, é teoria e prática. Como dizia minha mãe: “tem que andar para criar calo”.

shutterstock 26171725 Quanto vale uma foto? Ou “CON/CON”...

Vamos agora para o bolso, falar de coisas mensuráveis. Estes itens sim devem constar numa planilha e deles não podemos nos afastar sob pena de termos prejuízo. Aluguel de sala, equipamentos (taxa de depreciação), seguro, deslocamentos, hora de trabalho, impostos (isso é outro assunto polêmico), custos de pós-produção, forma de parcelamentos dos recebimentos, taxas bancárias, etc. Isso tudo define o valor do clique também.

Agora vamos jogar aberto, e talvez seja uma grande dificuldade de se precificar um trabalho de investimento pessoal do fotógrafo. Vejo muitos mostrando trabalhos ruins, pobres de qualidade geral e excessivamente “consertadas” no computador e o fotógrafo batendo no peito reclamando dos preços da concorrência e de quem faz foto quase de graça. Vamos investir em qualidade, técnica, treinamento, testando e se dedicando mais ao ofício e aí, com certeza, a qualidade, os trabalhos e o dinheiro vão melhorar.

Fala-se muito dos valores muito baixo dos trabalhos, mas nem todos podem ter uma Mercedes Benz, mas conseguem um carrinho popular que vai levar ao mesmo lugar que levaria um carro de luxo.

Pessoas simples também querem registrar seus momentos marcantes. Juntam suas economias para eternizar suas emoções pela fotografia. Tem pessoas pagando e fotógrafos fazendo: liberdade de mercado… Deixa a turma trabalhar em paz.

Depois de tudo isso, um depoimento pessoal. Para melhorar a qualidade do meu trabalho muitas vezes fiz de graça. Não só de graça, mas investindo em equipamentos caros, tempo e muito suor… Foram muitos cliques sem um centavo e não me arrependo.

Para terminar, vivemos num tempo de liberdade de mercado, competição ferrenha, vários compromissos financeiros e coisa e tal… E muitas vezes quem define o preço de um serviço fotográfico é o fator “CON /CON”: CONcorrência e CONta bancária.

Sejamos francos, se você está apertado, com a conta no banco negativa, é difícil deixar um trabalho passar por questão de preço, não é?

Fonte da imagem shutterstock.com

The post Quanto vale uma foto? Ou “CON/CON”… appeared first on Fotografia-DG – Dicas Fotografia.

]]>
http://www.fotografia-dg.com/quanto-vale-uma-foto-ou-concon/feed/ 8
Canon Digital Photo Professional 4.0http://www.fotografia-dg.com/canon-digital-photo-professional-4-0/ http://www.fotografia-dg.com/canon-digital-photo-professional-4-0/#comments Sat, 21 Jun 2014 15:03:19 +0000 http://www.fotografia-dg.com/?p=22494 A Canon anunciou o lançamento da versão 4.0 do seu editor avançado de imagens, o Digital Photo Professional. São várias atualizações e uma delas é a compatibilidade com os modelos Full-frame EOS-1D X, EOS-1D C, EOS 5D Mark III e EOS 6D. Para outros modelos será lançada a versão 3.14 do DPP.

The post Canon Digital Photo Professional 4.0 appeared first on Fotografia-DG – Dicas Fotografia.

]]>
Via Photography Blog

A Canon anunciou o lançamento da versão 4.0 do seu editor avançado de imagens, o Digital Photo Professional. São várias atualizações e uma delas é a compatibilidade com os modelos Full-frame EOS-1D X, EOS-1D C, EOS 5D Mark III e EOS 6D. Para outros modelos será lançada a versão 3.14 do DPP.

DPP 4 Screenshot 500x299 Canon Digital Photo Professional 4.0

Esta é a primeira grande atualização do software de processamento de arquivos RAW da Canon e inclui agora total integração com o EOS Utility, compartilhando suas funções sem necessidade de manter dois programas abertos. O fluxo de trabalho de arquivos RAW ficou mais rápido, a nova paleta de ajuste de cores permite o controle isolado de matiz, saturação e luminosidade em uma cor específica sem afetar o restante das cores da imagem. Outra grande novidade é o suporte ao uso de dois monitores em conjunto tornando possível agora que os ajustes sejam realizados em um monitor principal e uma janela de pré-visualização seja usada em um monitor secundário.

A versão 4.0 funcionará apenas em sistemas operacionais de 64 bits como Windows 7.8 e 8.1, além de Mac OS X 10.8 e 10.9 e estará disponível para download gratuito no final deste mês de junho no próprio site da Canon.

The post Canon Digital Photo Professional 4.0 appeared first on Fotografia-DG – Dicas Fotografia.

]]>
http://www.fotografia-dg.com/canon-digital-photo-professional-4-0/feed/ 2
Novas objetivas “faz-tudo” Tamronhttp://www.fotografia-dg.com/novas-objetivas-faz-tudo-tamron/ http://www.fotografia-dg.com/novas-objetivas-faz-tudo-tamron/#comments Thu, 19 Jun 2014 19:52:59 +0000 http://www.fotografia-dg.com/?p=22474 A Tamron sempre foi especialista neste tipo de lente e não poderia ser outra a não ser ela a desenvolver uma objetiva deste tipo para um sistema que andava um pouco esquecido, o Canon EF-M.

The post Novas objetivas “faz-tudo” Tamron appeared first on Fotografia-DG – Dicas Fotografia.

]]>
Via DP Review

A Tamron sempre foi especialista neste tipo de lente e não poderia ser outra a não ser ela a desenvolver uma objetiva deste tipo para um sistema que andava um pouco esquecido, o Canon EF-M. Além de uma lente para este sistema, ainda foram anunciadas versões para Micro 4/3 e uma para DSLR Canon e Nikon Full-frame, e esta última deve receber uma versão também para Sony em breve. Por enquanto anunciadas apenas com valores em dólares.

Micro43 Novas objetivas “faz tudo” Tamron

A Tamron 18-200mm F/3.5-6.3 Di III VC para Canon EF-M e Sony NEX (equivalente a 29-320mm) possui construção interna de 19 elementos (sendo 2 de baixa dispersão, 3 asféricos, 1 de índice extra-refrativo e 1 asférico híbrido) em 15 grupos; possui estabilização óptica de 4-stop; abertura mínima f/22-40; diafragma de 7 lâminas; distância mínima de foco de 50cm; diâmetro para filtro de 62mm; mede aproximadamente 6.8 x9.7cm e pesa aproximadamente 460 gramas. Disponível a partir de 26 de junho nas cores prata e preta ao custo de 500 dólares.

A Tamron 28-300mm F/3.5-6.3 Di VC PZD para DSLR Full frame Canon e Nikon possui construção interna de 17 elementos em 13 grupos; motor de foco piezelétrico; possui estabilização óptica (exceto a futura versão para Sony); abertura mínima f/22-40; diafragma circular de 7 lâminas; distância mínima de foco de 49cm; diâmetro para filtro de 67mm; mede aproximadamente 7.4×9.6cm e pesa aproximadamente 540 gramas. Disponível a partir de 26 de junho na cor preta ao custo de 850 dólares.

A Tamron 14-150mm F/3.5-5.8 Di III para Micro 4/3 (equivalente a 28-300mm) possui construção interna de 17 elementos (sendo 1 de baixa dispersão, 2 de dispersão anômala, 2 asféricos e 1 asférico híbrido) em 13 grupos; não possui estabilização (embora estivesse previsto no projeto inicial desta lente); abertura mínima f/22; diafragma circular de 7 lâminas; distância mínima de foco de 50cm; diâmetro para filtro de 52mm; mede aproximadamente 6.4 8cm e pesa aproximadamente 285 gramas. Disponível a partir de 26 de junho nas cores prata e preta ao custo de 590 dólares.

The post Novas objetivas “faz-tudo” Tamron appeared first on Fotografia-DG – Dicas Fotografia.

]]>
http://www.fotografia-dg.com/novas-objetivas-faz-tudo-tamron/feed/ 8
Guia prático para fotografia gastronómicahttp://www.fotografia-dg.com/guia-pratico-para-fotografia-gastronomica/ http://www.fotografia-dg.com/guia-pratico-para-fotografia-gastronomica/#comments Thu, 19 Jun 2014 10:41:59 +0000 http://www.fotografia-dg.com/?p=22407 Você sabia que existem algumas regras básicas que precisa ter em conta quando o assunto é fotografia gastronómica?

The post Guia prático para fotografia gastronómica appeared first on Fotografia-DG – Dicas Fotografia.

]]>
Segundo Ivan Lima, “a fotografia, antes de tudo é um testemunho. Quando se aponta a câmara para algum objeto ou sujeito, constrói-se um significado, faz-se uma escolha, seleciona-se um tema e conta-se uma história. Cabe a nós, espectadores, o imenso desafio de lê-las.

VOCÊ SABIA QUE… Existem algumas regras básicas que precisa ter em conta quando o assunto é fotografia gastronómica?

Food Xperience 500x372 Guia prático para fotografia gastronómica

Siga estas dicas e…EXPERIMENTE.

DICA 1: Fotografar comida, não envolve só um sentido visual estético. Envolve todos os sentidos harmoniosamente. Para tal a nítidez ocupa um factor fundamental na hora do clique final.

DICA 2: Jogue com a luz natural. Experimente fotografar junto de uma janela e de preferência com uma cortina branca para uma melhor difusão da luz. Se tiver que recorrer a luz artifial NÃO UTILIZE FLASH.Os alimentos são assuntos muito sensíveis. Se recorrer ao flash poderá alterar as suas caracteristicas naturais e transformar uma bela textura numa imagem grundge sem qualquer tipo de interesse. Não caia no erro de iluminar os alimentos de frente. É um dos erros mais frequentes neste tipo de fotografia! “Brinque” com a iluminação e as sombras para conseguir bons resultados.

DICA 3: Utilize um ISO baixo. Utilizar um ISO alto corta o contraste e adiciona o indesejado “grão” ás suas fotos.

DICA 4: Controle a abertura para que seja possivel manter uma profundidade de campo mais interessante, jogando com o foco nos alimentos.

DICA 5: Dependente do ISO + ABERTURA, jogue com a velocidade. Caso necessário, utilize um tripé ou coloque a câmera apoiada numa superficie plana para evitar imagens tremidas.

DICA 6: Sempre que possivel, fotografe em RAW.

DICA7: Embora estas dicas se apliquem a todo o tipo de equipamentos fotográficos, incluindo máquinas compactas e smartphones, se dispõe de equipamento DSRL utilize sempre o MODO MANUAL para obter total controlo da exposição e composição finais. Se utilizar um smartphone ou máquina compacta, procure no MODO CENA qual o modo que lhe permite tirar mais proveito do seu equipamento para obter os melhores resultados possiveis.

DICA 8: Na idéia base deste tipo de fotografia está o 3D. Para tal, a escolha de um ângulo que favoreça a tridimensionalidade dos alimentos vai favorecer o seu resultado final. Regral geral, quanto mais baixo fotografar, mais bonita vai ficar a sua fotografia.

The post Guia prático para fotografia gastronómica appeared first on Fotografia-DG – Dicas Fotografia.

]]>
http://www.fotografia-dg.com/guia-pratico-para-fotografia-gastronomica/feed/ 0
Nova objetiva Canon EF-M 55-200mmhttp://www.fotografia-dg.com/canon-ef-m-55-200mm/ http://www.fotografia-dg.com/canon-ef-m-55-200mm/#comments Wed, 18 Jun 2014 17:38:00 +0000 http://www.fotografia-dg.com/?p=22328 A Canon dá mostras de que o seu sistema mirrorless não está abandonado e anuncia o lançamento de uma teleobjetiva (inédita para o sistema EF-M) dotada do novo sistema de foco STM expandindo o horizonte dos usuários de suas mirrorless e, finalmente, dando-lhes uma opção de longo alcance que até agora ainda não existia, a Canon EF-M 55-200mm que é bastante leve e ideal para câmeras do porte das mirrorless.

The post Nova objetiva Canon EF-M 55-200mm appeared first on Fotografia-DG – Dicas Fotografia.

]]>
A Canon dá mostras de que o seu sistema mirrorless não está abandonado e anuncia o lançamento de uma teleobjetiva (inédita para o sistema EF-M) dotada do novo sistema de foco STM expandindo o horizonte dos usuários de suas mirrorless e, finalmente, dando-lhes uma opção de longo alcance que até agora ainda não existia, a Canon EF-M 55-200mm que é bastante leve e ideal para câmeras do porte das mirrorless.

EF M 55 200mm Nova objetiva Canon EF M 55 200mm

A Canon EF-M 55-200mm f/4.5-6.3 IS STM (equivalente a 88-320mm) possui construção interna de 17 elementos (sendo um de ultra baixa dispersão e elemento frontal não-rotatório) em 11 grupos; possui estabilização óptica de 3.5-stop; abertura mínima f/22-32; diafragma de 7 lâminas; distância mínima de foco de 1 metro; diâmetro para filtro de 52mm; mede aproximadamente 6.1 x8.6cm e pesa aproximadamente 260 gramas.

A Canon EF-M 55-200mm foi anunciada apenas nos mercados europeu e asiático, sem previsão de chegada ao mercado americano. Estará disponível a partir de julho ao custo de 330 libras/390 euros.

The post Nova objetiva Canon EF-M 55-200mm appeared first on Fotografia-DG – Dicas Fotografia.

]]>
http://www.fotografia-dg.com/canon-ef-m-55-200mm/feed/ 0
Faça um fotógrafo feliz, apresente o Vimember a elehttp://www.fotografia-dg.com/faca-um-fotografo-feliz-apresente-o-vimember-ele/ http://www.fotografia-dg.com/faca-um-fotografo-feliz-apresente-o-vimember-ele/#comments Wed, 18 Jun 2014 16:27:57 +0000 http://www.fotografia-dg.com/?p=22320 Desde de sempre os profissionais da fotografia tem procurado atender com excelência seus clientes renovando equipamentos e aprimorando habilidades, ficando atento aos mínimos detalhes.

The post Faça um fotógrafo feliz, apresente o Vimember a ele appeared first on Fotografia-DG – Dicas Fotografia.

]]>
Desde de sempre os profissionais da fotografia tem procurado atender com excelência seus clientes renovando equipamentos e aprimorando habilidades, ficando atento aos mínimos detalhes. Nada mais gratificante que ver o sorriso estampado no rosto e a cara de surpresa das pessoas ao ver e rever cada foto.

Chegou a hora de devolver um pouco desse sorriso e surpreender os fotógrafos. Conheça o Vimember.

Vimember é uma rede social de fotografias voltada para fotógrafos e seus clientes. Ela resolve aquele velho problema das provinhas e ainda promove o trabalho do fotógrafo. Lançada no início do ano por três jovens brasileiros, a rede vem crescendo exponencialmente não só em mercado mas em funcionalidades.

Recentemente o time do Vimember lançou dezenas de melhorias na plataforma como opções para bloquear o botão de salvar e compartilhar as fotos nas redes sociais.

Outra grande novidade é a integração com o Lightroom. Quando o cliente finaliza a escolha, você pode importar as fotos selecionadas diretamente no Lightroom.

Além disso, eles adicionaram o modo de evento coletivo como formaturas. Agora você envia as fotos de todos os formandos de uma única vez e cada cliente escolhe as fotos separadamente.

Segundo Cristian Cremonini, diretor da equipe de pesquisa e desenvolvimento do Vimember, ainda serão lançadas grandes novidades como plugin para Lightroom, procura por fotógrafos em uma cidade ou região e a compra de fotos avulsas em eventos como casamentos, formaturas e até mesmo baladas e convenções.

Com pouco tempo de vida o Vimember promete fazer um marco na história da fotografia. Não deixe de conhecer a plataforma, acesse vimember.com.

The post Faça um fotógrafo feliz, apresente o Vimember a ele appeared first on Fotografia-DG – Dicas Fotografia.

]]>
http://www.fotografia-dg.com/faca-um-fotografo-feliz-apresente-o-vimember-ele/feed/ 0
Lentes Grandes Angulares | Hands-Onhttp://www.fotografia-dg.com/lentes-grandes-angulares-hands/ http://www.fotografia-dg.com/lentes-grandes-angulares-hands/#comments Mon, 16 Jun 2014 19:49:42 +0000 http://www.fotografia-dg.com/?p=22166 Hoje vamos falar de 3 lentes grandes angulares.. qual melhor custo benefíco. distorções, nitidez e muito mais!

The post Lentes Grandes Angulares | Hands-On appeared first on Fotografia-DG – Dicas Fotografia.

]]>
Bem vindos a mais um Hands-On aqui pelo canal Fotografia Moderna!

Hoje vamos falar de 3 lentes grandes angulares.. qual melhor custo benefíco. distorções, nitidez e muito mais!

Para acompanhar nossos vídeos.. basta se inscrever no nosso canal.. ou curtir nossa FanPage icon smile Lentes Grandes Angulares | Hands On Até a próxima!

Não deixe de conferir nossa Playlist clicando aqui!

Conteudo 660x165 Lentes Grandes Angulares | Hands On

The post Lentes Grandes Angulares | Hands-On appeared first on Fotografia-DG – Dicas Fotografia.

]]>
http://www.fotografia-dg.com/lentes-grandes-angulares-hands/feed/ 0
e-Book Fotometria Simples – Você no controle da luz – by Simxerhttp://www.fotografia-dg.com/e-book-fotometria-simples-voce-no-controle-da-luz-simxer/ http://www.fotografia-dg.com/e-book-fotometria-simples-voce-no-controle-da-luz-simxer/#comments Mon, 16 Jun 2014 18:20:41 +0000 http://www.fotografia-dg.com/?p=22133 Quero pedir licença na sua leitura aqui no site pra compartilhar com você a realização de um projeto que levei bastante tempo estudando e resultou em um e-book que tenho certeza que será muito útil na sua jornada fotográfica.

The post e-Book Fotometria Simples – Você no controle da luz – by Simxer appeared first on Fotografia-DG – Dicas Fotografia.

]]>
Quero pedir licença na sua leitura aqui no site pra compartilhar com você a realização de um projeto que levei bastante tempo estudando e resultou em um e-book que tenho certeza que será muito útil na sua jornada fotográfica, que é o Fotometria Simples – Você no controle da luz, e neste artigo eu quero conversar com você sobre como ele foi desenvolvido, e como ele pode te ajudar a conseguir fotos realmente interessantes.

Bom, primeiro porque somo iguais, tanto eu quanto você, nos interessamos por fotografia e queremos aprender cada vez mais e não temos muita paciência para ler e reler a mesma informação dita da mesma maneira.

Queremos mais, queremos fazer as fotos que a gente vê em muitos lugares e que temos certeza que nossos equipamentos, que não custaram barato, fazem, mas que às vezes falta um detalhe, uma configuração, que vai fazer toda a diferença!

E justamente por isso resolvi escrever este e-book, queria muito falar dos conceitos vitais para uma boa foto, mas a informação teria que ser simples, direta e suficiente! E acredito que consegui.

e Book Fotometria Simples e Book Fotometria Simples – Você no controle da luz – by Simxer

Este ebook é resultado não só da minha experiência como fotógrafa profissional, mas principalmente das questões que são frequentemente trazidas pelos meus alunos do “Workshop Fotografia Profissional para Amadores”, onde além de ensinar fotometria, aprendo como estes conceitos são melhores assimilados, tanto por alunos com conhecimentos de níveis diferentes, como também pelos mais variados modelos de câmeras.

O que é o “Fotometria Simples”?

Estão reunidos em mais de 80 páginas com fotos, ilustrações e exercícios, os três conceitos universais da fotografia para que você faça a foto que você quer, ou a melhor foto que seu equipamento permite, que são: Abertura, velocidade e ISO.

37 e Book Fotometria Simples – Você no controle da luz – by Simxer

É com eles que você vai controlar a fotometria, e fotometrar é medir a luz para uma exposição correta, ou ainda fazer a exposição que você deseja, já que a partir de agora, você vai estar no controle. E quando você aprende a dominar a exposição, um mundo de possibilidades se abre.

19 e Book Fotometria Simples – Você no controle da luz – by Simxer

Como fotógrafos, tentamos fazer com que a luz represente o que queremos expressar, mas pra isso acontecer, precisamos primeiro entender como funciona a nossa principal ferramenta, a câmera.

59 e Book Fotometria Simples – Você no controle da luz – by Simxer

Como um carro, onde existem vários tipos e modelos, uns com direção hidráulica, outros com câmbio automático, ou ainda os carros de passeio até os de fórmula-1, as câmeras também possuem tipos que podem facilitar a maneira de fotografar ou não, mas se para se ter um carro é indispensável aprender a dirigir, da mesma maneira que para ter uma câmera e fotografar bem, é preciso aprender a fotometrar. Comprar um carro sem ter carteira é a mesma coisa que fotografar no modo automático em sua câmera que permite o modo manual.

Você não precisa ser mecânico para dirigir, mas quanto mais você entender do funcionamento do seu equipamento, mais seguro vai se sentir em usá-lo.

68 e Book Fotometria Simples – Você no controle da luz – by Simxer

Pra quem é o “Fotometria Simples”?

Eu envie o e-book para algumas pessoas para revisão, e metade delas não eram fotógrafos e nem possuíam câmeras fotográficas em modo manual, e todas disseram que entenderam e que seriam capazes de reproduzir os conceitos explicados, na prática! Por isso tenho convicção que se você se interessa por fotografia, você irá tirar proveito deste ebook.

E junto dele você recebe gratuitamente a Dica de bolso – Fotometria descomplicada, com instruções de como imprimir pra ficar como na imagem abaixo.

DicadebolsoSemFundo 500x596 e Book Fotometria Simples – Você no controle da luz – by Simxer

Este é um produto muito legal por um preço que todos podem comprar, nesta semana de lançamento o valor será de R$24,90 e essa vai ser a diferença entre as suas fotos de antes e depois icon wink e Book Fotometria Simples – Você no controle da luz – by Simxer

Esse é o índice do ebook pra te deixar por dentro do que você vai encontrar:

Pag4 660x919 e Book Fotometria Simples – Você no controle da luz – by Simxer

Pag5 660x925 e Book Fotometria Simples – Você no controle da luz – by Simxer

Pag6 660x929 e Book Fotometria Simples – Você no controle da luz – by Simxer

Você pode comprar o ebook Fotometria Simples – Você no controle da luz
clicando no botão abaixo!

 compre agora e Book Fotometria Simples – Você no controle da luz – by Simxer

The post e-Book Fotometria Simples – Você no controle da luz – by Simxer appeared first on Fotografia-DG – Dicas Fotografia.

]]>
http://www.fotografia-dg.com/e-book-fotometria-simples-voce-no-controle-da-luz-simxer/feed/ 0
Fujinon 18-135mm f/3.5-5.6 à prova d’águahttp://www.fotografia-dg.com/fujinon-18-135mm-f3-5-5-6-prova-dagua/ http://www.fotografia-dg.com/fujinon-18-135mm-f3-5-5-6-prova-dagua/#comments Mon, 16 Jun 2014 15:19:12 +0000 http://www.fotografia-dg.com/?p=22128 Dando sequência à sua bem-sucedida incursão pelas câmeras mirrorless, a Fuji anuncia o lançamento de uma versátil objetiva com 7.5x de zoom, 20 áreas de selamento contra respingos e poeira incluindo um sistema de ventilação interno, além da promessa de contar com o mais avançado sistema de estabilização do mundo, com 5-stop.

The post Fujinon 18-135mm f/3.5-5.6 à prova d’água appeared first on Fotografia-DG – Dicas Fotografia.

]]>
Dando sequência à sua bem-sucedida incursão pelas câmeras mirrorless, a Fuji anuncia o lançamento de uma versátil objetiva com 7.5x de zoom, 20 áreas de selamento contra respingos e poeira (é a sua primeira objetiva deste tipo) incluindo um sistema de ventilação interno, além da promessa de contar com o mais avançado sistema de estabilização do mundo, com 5-stop. Estamos falando da Fujinon 18-135mm f/3.5-5.6, uma lente capaz de agradar a todo tipo de usuário, desde o mais amador até o profissional.

Fujinon 18 135mm 660x495 Fujinon 18 135mm f/3.5 5.6 à prova dágua

A Fujinon XF18-135mmF3.5-5.6 R LM OIS WR (equivalente a 27-206mm) possui construção interna de 16 elementos (sendo 4 asféricos e 2 de dispersão anômala) em 12 grupos; abertura mínima f/22; diafragma circular de 7 lâminas; distância mínima de foco de 45cm; diâmetro para filtro de 67mm; mede aproximadamente 9.8 x7.6cm e pesa aproximadamente 490 gramas.

Uma outra promessa desta lente é o autofoco de, no máximo, 0.1 segundo, principalmente se usada nas Fuji X-T1 e Fuji X-E2. Também em conjunto com a Fuji X-T1 aproveita-se o máximo de seu desempenho já que ela também possui selamento em seu próprio corpo. A Fujinon 18-135mm estará disponível para compra em meados de julho ao custo de 759 libras/900 dólares.

The post Fujinon 18-135mm f/3.5-5.6 à prova d’água appeared first on Fotografia-DG – Dicas Fotografia.

]]>
http://www.fotografia-dg.com/fujinon-18-135mm-f3-5-5-6-prova-dagua/feed/ 1
Vídeo aula Lightroom 5 – Efeito de esporteshttp://www.fotografia-dg.com/video-aula-lightroom-5-efeito-de-esportes/ http://www.fotografia-dg.com/video-aula-lightroom-5-efeito-de-esportes/#comments Mon, 16 Jun 2014 15:13:25 +0000 http://www.fotografia-dg.com/?p=22125 Todo processo de retoque, efeito ou ajuste sempre começa do básico. Em meus cursos ou até mesmo através dos Podcast que disponibilizo semanalmente, sempre reforço para nunca menosprezar qualquer ferramenta ou comando, por mais simples que ele seja.

The post Vídeo aula Lightroom 5 – Efeito de esportes appeared first on Fotografia-DG – Dicas Fotografia.

]]>
Todo processo de retoque, efeito ou ajuste sempre começa do básico. Em meus cursos ou até mesmo através dos Podcast que disponibilizo semanalmente, sempre reforço para nunca menosprezar qualquer ferramenta ou comando, por mais simples que ele seja. Um exemplo muito direto é o que você irá assistir neste vídeo de hoje.

Procurei mostrar para você que obtendo o conhecimento básico dos oito sub-painéis do módulo revelação do Lightroom, permiti-rá realizar transformações surpreendentes nas fotos. Vou lhe mostrar como proporcionar  um efeito de esporte utilizando apenas três sub-painéis, tendo ainda como opção um quarto, caso sinta a necessidade de ampliar o seu ajuste.

Por favor, não prenda a sua atenção apenas no efeito. Analise cuidadosamente como cada controle esta sendo usado para se chegar aquele resultado. Tendo esta ação, você passará a conhecer melhor a funcionalidade daquela ferramenta e posteriormente se sentir muito mais confortável e confiante no uso da mesma.

 

The post Vídeo aula Lightroom 5 – Efeito de esportes appeared first on Fotografia-DG – Dicas Fotografia.

]]>
http://www.fotografia-dg.com/video-aula-lightroom-5-efeito-de-esportes/feed/ 0
O Coletivo Fotográfico e o Direito de Autorhttp://www.fotografia-dg.com/coletivo-fotografico-direito-autor/ http://www.fotografia-dg.com/coletivo-fotografico-direito-autor/#comments Fri, 13 Jun 2014 15:19:09 +0000 http://www.fotografia-dg.com/?p=22053 Nos últimos tempos surgiu uma nova figura associativa no universo fotográfico: os coletivos de fotógrafos. Esses coletivos a principio poderiam ser confundidos com agências ou cooperativas de fotógrafos, mas pode estar mais próximo de um laboratório de experimentação de linguagens ou um grupo de estudos e pesquisas.

The post O Coletivo Fotográfico e o Direito de Autor appeared first on Fotografia-DG – Dicas Fotografia.

]]>
Um tema conhecido no mundo das artes, mas recente na fotografia

Nos últimos tempos surgiu uma nova figura associativa no universo fotográfico: os coletivos de fotógrafos. Esses coletivos a principio poderiam ser confundidos com agências ou cooperativas de fotógrafos, mas pode estar mais próximo de um laboratório de experimentação de linguagens ou um grupo de estudos e pesquisas.

Os diversos coletivos fotográficos pelo Brasil adentro possuem trabalhos muito distintos, mas na maioria dos casos o resultado final tende para uma linha mais voltada para o artístico e/ou autoral, portanto uma obra intelectual.  É nesse quesito que eu gostaria de levantar algumas questões com base na Lei Autoral vigente em nosso país.

O Coletivo Fotográfico e o Direito de Autor O Coletivo Fotográfico e o Direito de Autor

- Uma obra fotográfica criada em um coletivo é uma obra em co-autoria?

Se assim for entendida, então é uma obra criada em comum, por dois ou mais autores.

- Nesse caso um simples colaborador é co-autor?

Não. É co-autor aquele que através de uma efetiva participação acrescentou com sua colaboração uma criação intelectual de fato à obra. O mero auxílio em tarefas não criadoras não constitui criação intelectual.

O colaborador é aquele que somente auxilia o autor na produção da obra intelectual, revendo-a, atualizando-a, bem como fiscalizando-a, aconselhando sua edição ou sua apresentação pelo teatro, fotografia, cinematografia, radiodifusão sonora ou audiovisual. Portanto não se confunde com o conceito de co-autor. Ele não é um co-autor da obra intelectual.

- O que é obra coletiva?

Obra coletiva é aquela que resulta da reunião de obras ou partes de obras que conservem sua individualidade, desde que esse conjunto, em virtude de trabalho de seleção e coordenação realizado sob a iniciativa e direção de uma pessoa física ou jurídica, tenha um caráter autônomo e orgânico. Desse conceito de obra coletiva, extraem-se os dois elementos constantes do art. 7.º da Lei Autoral (9.610/98): o critério de seleção e organização e a individualidade das contribuições singulares perante a autonomia do conjunto.

Entendemos então, pelas perguntas e respostas acima que uma obra intelectual coletiva não é uma figura nova no mundo jurídico. No entanto entende-se que no caso dos coletivos fotográficos, é dada uma nova importância para os atos de fazer e o criar. A afetividade dos participantes e o compartilhamento da experiência são pontos fundamentais para o resultado final da obra.

Outra característica é que alguns coletivos não incluem apenas fotógrafos, mas também profissionais de outras áreas, como design, tratamento de imagens, jornalismo e artes visuais. A participação de cada um dos integrantes é valorizada e a discussão ocorre durante todo o processo de produção, sempre em busca de uma identidade coletiva.

Enquanto a agência fotográfica valoriza a criação individual, o coletivo prefere a criação em grupo e a inteligência coletiva.

“A autoria na fotografia também é fruto de tais negociações e construções, mas geralmente é determinada pelo operador da câmera, por aquele que coloca o olho no visor e o dedo no disparador. Mas como pensar dessa maneira num mundo com tantas conexões e num processo que abrange tantas etapas e ligações externas? É possível resumir a autoria a apenas um ator?”, questiona Eduardo Queiroga em sua dissertação apresentada para a obtenção do título de mestre em Comunicação.

A pré e a pós-produção das imagens digitais, feitas por outras pessoas que não o autor do clique, também abre margem para essas perguntas.

Conflitos relativos ao Direito Patrimonial de obras realizadas em coletivos fotográficos não serão muito difíceis de solucionar. Mas e os conflitos relativos ao Direito de Autor? No cinema já se resolveu o problema dos créditos, pois geralmente ao final da obra temos os créditos de todos aqueles que participaram de sua criação, em menor ou maior grau. Mas e a fotografia? Não existe espaço para tantos créditos.

O tema é amplo e novo, vamos aguardar os acontecimentos e deixar que os juristas atuem conforme a demanda social exigir.

Fontes:

The post O Coletivo Fotográfico e o Direito de Autor appeared first on Fotografia-DG – Dicas Fotografia.

]]>
http://www.fotografia-dg.com/coletivo-fotografico-direito-autor/feed/ 0
Panasonic FZ1000, uma superzoom premiumhttp://www.fotografia-dg.com/panasonic-fz1000/ http://www.fotografia-dg.com/panasonic-fz1000/#comments Fri, 13 Jun 2014 00:14:56 +0000 http://www.fotografia-dg.com/?p=20753 Dando sequência ao momento de revolução na fotografia digital, temos uma superzoom com sensor de 1 polegada e a fabricante que ousou fazer isso foi a Panasonic, que já havia ousado anteriormente com a Panasonic FZ200 e sua lente com abertura constante por todo o zoom.

The post Panasonic FZ1000, uma superzoom premium appeared first on Fotografia-DG – Dicas Fotografia.

]]>
Dando sequência ao momento de revolução na fotografia digital, temos uma superzoom com sensor de 1 polegada e a fabricante que ousou fazer isso foi a Panasonic, que já havia ousado anteriormente com a Panasonic FZ200 e sua lente com abertura constante por todo o zoom. Agora é a vez da Panasonic FZ1000 e esta nomenclatura com 4 dígitos indica que ela não é uma sucessora da FZ200, e sim uma nova categoria acima dela, e o preço não está tão absurdo!

Panasonic FZ1000 500x375 Panasonic FZ1000, uma superzoom premium

A Panasonic FZ1000 é equipada com sensor CMOS de 20.1MP (1 polegada com 20.9MP de resolução total); sua objetiva Leica com 16x de zoom cobre distância focal entre 25-400mm com abertura f/2.8-4.0 e macro de 3cm; possui estabilização óptica; sensibilidade ISO 80-25600; o tempo de exposição varia entre 1/16000 e 60 segundos, incluindo modo bulb de até 120 segundos; modo contínuo de até 12fps; produz arquivos RAW e possui wi-fi integrado; o alcance do flash é de até 13.5 metros e possui sapata para flash externo; faz vídeos Full HD com taxa de 50fps em formato AVCHD e em resolução 4k em formato MP4, ambos com som estéreo (possui entrada para microfone externo); possui monitor LCD móvel de 3 polegadas e visor eletrônico; é alimentada por bateria com capacidade para 360 fotos por carga; e sua lente possui rosca para filtros de 62mm.

A Panasonic FZ1000 é, sem dúvida, um marco na história das câmeras superzoom e é a câmera a ser batida nesta categoria. Uma informação importante é que nem todas as versões desta câmera possuem o idioma português em seu menu, a versão que possui é a FZ1000EG. Estará disponível para vendas em meados de julho ao custo de 750 libras / 900 dólares.

The post Panasonic FZ1000, uma superzoom premium appeared first on Fotografia-DG – Dicas Fotografia.

]]>
http://www.fotografia-dg.com/panasonic-fz1000/feed/ 5
Suas fotos para o mundo – Dicas de divulgaçãohttp://www.fotografia-dg.com/suas-fotos-para-o-mundo-dicas-de-divulgacao/ http://www.fotografia-dg.com/suas-fotos-para-o-mundo-dicas-de-divulgacao/#comments Thu, 12 Jun 2014 15:23:38 +0000 http://www.fotografia-dg.com/?p=20734 Neste artigo, darei algumas dicas de como divulgar seu nome, suas fotos de modo eficiente.

The post Suas fotos para o mundo – Dicas de divulgação appeared first on Fotografia-DG – Dicas Fotografia.

]]>
Neste artigo, darei algumas dicas de como divulgar seu nome, suas fotos de modo eficiente.

Além de fotografar, precisamos ter consciência de que, para que possamos nos destacar no mercado, é fundamental que as pessoas/empresas conheçam nosso trabalho e para isso temos inúmeras ferramentas para nos auxiliar. Para começar, podemos trabalhar com as possibilidades da internet, que no momento é um dos meios mais importantes de divulgação.

Depositphotos 12858973 m Suas fotos para o mundo – Dicas de divulgação

Dentro deste campo podemos destacar uma ferramenta bem interessante, o depositphotos (banco de imagens) e outras ferramentas de divulgação como redes sociais e sites.

Depositphotos

O Depositphotos é um site de banco de imagens, vetores e fotografia, onde o fotógrafo pode se cadastrar como colaborador e divulgar suas fotos para o mundo, tendo a possibilidade de ganhar dinheiro vendendo suas fotos. Uma ótima vantagem para o fotógrafo que já tem sua coleção de imagens e trabalhos já executados que atualmente estão “arquivados e sem uso” em várias pastas no computador. Não há trabalho algum em se tornar colaborador, basta acessar o site, se cadastrar e seguir as instruções para divulgar suas imagens. Vale a pena adicionar mais essa ferramenta para a divulgação do seu trabalho! icon wink Suas fotos para o mundo – Dicas de divulgação

Redes Sociais

Facebook: Ter uma FanPage hoje em dia é fundamental para o contato direto com seu cliente. Lá, você pode divulgar seu trabalho e adicionar informações extras ou imagens que faça seus seguidores ter interesse em acompanhar seu trabalho.

Instagram: Outro meio de divulgação é o instagram que é 100% direcionado para imagens. Adicione fotos do dia-a-dia do seu trabalho, de making of e do resultado final de seus Jobs, aproxime os clientes de você.

Portfolio/Site

Ter um portfolio hoje em dia também é indispensável para apresentar seu trabalho ao mercado. Você pode conferir algumas dicas de como criar o seu no meu artigo anterior.

Blog

Nesta plataforma, você pode detalhar mais seus trabalhos e sua história com textos e imagens. O blog pode trazer seu cliente mais pertinho de você, conhecendo melhor sua personalidade, seu estilo fotográfico e seu modo de trabalhar.

Saindo do mundo virtual

E saindo um pouco do mundo virtual, vale destacar dois pontos interessantes de divulgação do seu trabalho:

  • Cartão de visita
  • Portfolio impresso

Quando visitar um cliente, além de todas as apresentações da web, você pode deixar seu contato através de um cartão de visita e seu portfolio impresso, para que seu cliente não “esqueça” de você.

Depositphotos 3723527 m Suas fotos para o mundo – Dicas de divulgação

Nesta área tão concorrida que é a fotografia, toda informação e atualização é bem-vinda para que você consiga um destaque profissional. Não basta apenas fotografar, você precisa fazer com que seu talento seja reconhecido entre as pessoas, seja reconhecido no mundo, por isso, mão na massa sempre!!!

Até a próxima!!

The post Suas fotos para o mundo – Dicas de divulgação appeared first on Fotografia-DG – Dicas Fotografia.

]]>
http://www.fotografia-dg.com/suas-fotos-para-o-mundo-dicas-de-divulgacao/feed/ 3
Curtinhas da Semana #20http://www.fotografia-dg.com/curtinhas-da-semana-20/ http://www.fotografia-dg.com/curtinhas-da-semana-20/#comments Thu, 12 Jun 2014 02:00:04 +0000 http://www.fotografia-dg.com/?p=20724 Notícias rápidas que estão rolando essa semana! Confira no video do canal Fotografia Moderna!

The post Curtinhas da Semana #20 appeared first on Fotografia-DG – Dicas Fotografia.

]]>
Notícias rápidas que estão rolando essa semana! Confira no video do canal Fotografia Moderna! 

Para acompanhar nossos vídeos.. basta se inscrever no nosso canal.. ou curtir nossa FanPage icon smile Curtinhas da Semana #20 Até a próxima! Não deixe de conferir nossa Playlist clicando aqui!

unnamed 660x163 Curtinhas da Semana #20

The post Curtinhas da Semana #20 appeared first on Fotografia-DG – Dicas Fotografia.

]]>
http://www.fotografia-dg.com/curtinhas-da-semana-20/feed/ 0
Rumor compacta premium Panasonichttp://www.fotografia-dg.com/rumor-compacta-premium-panasonic/ http://www.fotografia-dg.com/rumor-compacta-premium-panasonic/#comments Wed, 11 Jun 2014 18:44:27 +0000 http://www.fotografia-dg.com/?p=20296 Normalmente os meses de maio e junho são marcados por quase nenhum lançamento, mas muitos rumores na área da fotografia digital, e neste ano de 2014 não está sendo diferente.

The post Rumor compacta premium Panasonic appeared first on Fotografia-DG – Dicas Fotografia.

]]>
Normalmente os meses de maio e junho são marcados por quase nenhum lançamento, mas muitos rumores na área da fotografia digital, e neste ano de 2014 não está sendo diferente. A Panasonic está trabalhando em uma compacta premium que deve ser anunciada no dia 16 de julho e normalmente a fabricante japonesa anuncia uma nova compacta sempre em meados de julho a cada dois anos, desde a Panasonic LX2 lançada em 2006. A grande novidade parece ser o sensor que sempre variou entre 1/1.6 e 1/1.7 de polegada: os rumores apontam que este ano será usado um sensor de 1 polegada para rivalizar diretamente com a Sony RX100 III.

Panasonic LF1 product shot 4 Rumor compacta premium Panasonic

As principais informações dão conta de que a lente desta nova compacta premium será uma 24-90mm f/2.0-2.8, apenas um pouco mais escura em grande angular que a objetiva usada na concorrente da Sony, mas com um ganho considerável de 20mm de zoom. Outras duas grandes especulações informam que haverá um visor eletrônico e vídeos em resolução 4k. O site 43rumors, especializado neste tipo de informação, considera que este rumor é do nível FT4, o que quer dizer que há entre 61 e 80% de chances destes rumores serem verdadeiros. Podemos esperar algo que irá balançar o mercado dentro de pouco mais de um mês.

The post Rumor compacta premium Panasonic appeared first on Fotografia-DG – Dicas Fotografia.

]]>
http://www.fotografia-dg.com/rumor-compacta-premium-panasonic/feed/ 0
Reformulação completa da Loja Fotografia-DGhttp://www.fotografia-dg.com/reformulacao-completa-da-loja-fotografia-dg/ http://www.fotografia-dg.com/reformulacao-completa-da-loja-fotografia-dg/#comments Wed, 11 Jun 2014 09:34:57 +0000 http://www.fotografia-dg.com/?p=20245 É com muita satisfação que o Fotografia-DG, maior portal de fotografia do Brasil, anuncia a seus clientes, parceiros e amigos, a reformulação completa de sua loja online.

The post Reformulação completa da Loja Fotografia-DG appeared first on Fotografia-DG – Dicas Fotografia.

]]>
É com muita satisfação que o Fotografia-DG, maior portal de fotografia do Brasil, anuncia a seus clientes, parceiros e amigos, a reformulação completa de sua loja online.

O objetivo é que, através desta nova loja, o cliente possa fazer suas compras com mais agilidade e simplicidade no fechamento da compra.

Nossa missão é oferecer sempre produtos da mais alta qualidade, reunindo em nossa loja o que há de melhor no mercado, tanto para fotógrafos que estão iniciando, até os profissionais que procuram se manter atualizados.

Reformulação completa da Loja Fotografia DG Reformulação completa da Loja Fotografia DG

O Fotografia-DG iniciou suas atividades em 2009, e desde então se tornou referência na área, apresentando conteúdo atualizado diariamente com notícias, artigos, avaliações e dicas de interesse para os amantes da fotografia.

Em 2011, com a inauguração da loja online, o Fotografia-DG reafirmou seu compromisso em levar produtos de qualidade a clientes de todo o Brasil e até do exterior, atendendo a mais de 70 mil pedidos desde então, com 100% de satisfação de seus clientes, que adquiriram desde livros e DVDs até ebooks e cursos online exclusivos, de material criado e produzido por renomados profissionais do mercado nacional e internacional.

Assim, o nosso compromisso com sua satisfação continua mais do que nunca. Convidamos a todos a conhecerem nossa nova loja em www.fotografia-dg.com/loja e a nos enviarem seus comentários. Queremos que sua experiência de compra, assim como nossos produtos, seja sempre a melhor possível.

Aguardamos sua visita!

The post Reformulação completa da Loja Fotografia-DG appeared first on Fotografia-DG – Dicas Fotografia.

]]>
http://www.fotografia-dg.com/reformulacao-completa-da-loja-fotografia-dg/feed/ 0
A relação entre cliente, fotógrafo e fotografiahttp://www.fotografia-dg.com/relacao-entre-cliente-fotografo-e-fotografia/ http://www.fotografia-dg.com/relacao-entre-cliente-fotografo-e-fotografia/#comments Tue, 10 Jun 2014 17:00:46 +0000 http://www.fotografia-dg.com/?p=19998 Graziela Medeiros disserta sobre a equação feita pelo cliente antes de optar pelo fotógrafo X ou Y.

The post A relação entre cliente, fotógrafo e fotografia appeared first on Fotografia-DG – Dicas Fotografia.

]]>
O que norteia a percepção de valor por parte do cliente que lhe contrata? Que equação ele faz para decidir se lhe contrata?

 

Quais os motivos que levam você a contratar um fotógrafo? Preço? Valor? Localização? Qualidade? Confiança?

Este artigo é uma reflexão sobre alguns casos que têm acontecido comigo e talvez com mais fotógrafos e outros profissionais também.

Quando recebo um e-mail, mensagem ou ligação de alguém interessado em orçamento, a primeira sensação é de felicidade por ver que aquela pessoa tem interesse e vê valor em nosso trabalho, e depois, ansiedade, para que chegue o dia da produção das fotos. Porém, em alguns casos, a segunda sensação tem de ser adiada ou até mesmo não acontece por uma série de motivos.

Artigo Fotografia DG 1 500x332 A relação entre cliente, fotógrafo e fotografia

Sobre Clientes:

Entre vários tipos de clientes, existem os que pagam seu valor sem questionar, mesmo que isto tenha que ser feito com algum sacrifício; existem os que não questionam valor, mas preferem contratar o “mais barato”, nem ao menos agradecem sua atenção pelo orçamento enviado e saem satisfeitos, porque pra eles o mais importante é ter o que chamamos de “apertador de botão” apenas pra registrar aquele momento; existem também aqueles que podem pagar o seu valor, mas não o fazem porque não gostam do tipo do trabalho que você apresenta e, ultimamente, tive alguns (muitos) casos em que os clientes acompanham meu trabalho, me procuram, elogiam, entendem que é preciso dar valor à fotografia, mas ao solicitar um orçamento, percebem que “não tem grana” pra investir, acabam contratando outro profissional e, acreditem, muitos desses clientes acabam voltando a falar comigo dizendo que se arrependeu e que numa próxima oportunidade me contratarão.

Artigo Fotografia DG 2 500x332 A relação entre cliente, fotógrafo e fotografia

Sobre Fotógrafos:

Como não poderia ser diferente, também existem vários tipos de fotógrafos, os que trabalham por amor, os que trabalham por dinheiro, os que se acham fotógrafos, mas não saem do modo Automático da câmera, e por aí vai…

Há um tema recorrente na fotografia: “Existe um cliente para cada tipo de fotógrafo/fotografia” ou então “Você tem o cliente que você quer”. Quando comecei na fotografia, não concordava muito com isso, mas depois de passar por algumas situações e refletir um tanto sobre isso, concordo muito com esses dois temas.

“O que leva um cliente a contratar determinado fotógrafo?”

As respostas podem ser das mais diversas, mas pra quem dá o verdadeiro valor à arte e à fotografia, a mais completa é: o estilo da fotografia. Quando falo do estilo da fotografia, falo da própria produção fotográfica e aí então encontraremos alguns detalhes mais que essenciais: A técnica, a composição da fotografia, o comportamento do fotógrafo, a edição e a entrega do material (falarei um pouco disso em outros artigos). Pode parecer bastante simples, mas não é.

Na verdade, isso tudo está relacionado ao processo de maturação do fotógrafo e dos clientes também. Há que se entender e, depois, que fazer com que entendam que o valor da fotografia está, de fato, no que a grafia da palavra nos diz: escrita da luz. Não está nos programas de edição de imagem, na diagramação rebuscada e, muito menos, no fazer pelo dinheiro.

Artigo Fotografia DG 3 500x332 A relação entre cliente, fotógrafo e fotografia

Digo isso porque antes de começar a fotografar eu era assistente de fotógrafo e realizava serviços de diagramação de álbuns para alguns profissionais. Nessa época eu também já passei pelo processo de “excesso de edição”, fosse para agradar a clientes, para tentar estabelecer a minha própria clientela, ou por inexperiência (álbuns – que eu chamo de gibis – cheios de arabescos, montagens, mistura de cores, etc)

Sempre haverá um cliente para o seu produto, mas, para ter o cliente você quer você precisa oferecer o produto que o cliente quer e dá valor. Essa é a equação ideal.

 

The post A relação entre cliente, fotógrafo e fotografia appeared first on Fotografia-DG – Dicas Fotografia.

]]>
http://www.fotografia-dg.com/relacao-entre-cliente-fotografo-e-fotografia/feed/ 3
Rumor sobre nova objetiva 14.5x da Nikon para mirrorlesshttp://www.fotografia-dg.com/rumor-sobre-nova-objetiva-14-5x-da-nikon-para-mirrorless/ http://www.fotografia-dg.com/rumor-sobre-nova-objetiva-14-5x-da-nikon-para-mirrorless/#comments Tue, 10 Jun 2014 14:19:42 +0000 http://www.fotografia-dg.com/?p=20118 Vazou um esquema da construção óptica de uma objetiva da Nikon com 14.5x de zoom para sensor CX (medindo 1 polegada), o mesmo usado em suas mirrorless do sistema 1 e que possui fator de corte 2.7x.

The post Rumor sobre nova objetiva 14.5x da Nikon para mirrorless appeared first on Fotografia-DG – Dicas Fotografia.

]]>
Vazou um esquema da construção óptica de uma objetiva da Nikon com 14.5x de zoom para sensor CX (medindo 1 polegada), o mesmo usado em suas mirrorless do sistema 1 e que possui fator de corte 2.7x. A descoberta foi do site japonês de tecnologia Egami e o site Nikon Rumors cobriu o pedido de patente feito no último de semana. Este esquema mostra uma lente que também poderia ser utilizada em uma superzoom com este sensor de 1 polegada, mas uma tradução do texto diz que trata-se de uma lente para câmera de sistema intercambiável.

esquema Rumor sobre nova objetiva 14.5x da Nikon para mirrorless

O esquema mostra uma objetiva 10-145mm f/4.0-5.6 (equivalente a 27-391.5mm) que se traduz em uma lente do tipo “faz-tudo” que poderia muito bem ser a lente única de muitos fotógrafos entusiastas, que fotografam apenas por hobby, e atenderia muito bem a necessidade destes. Ficamos agora no aguardo do anúncio de uma lente assim nos próximos meses, mas não há nenhuma promessa de que esta lente seja realmente produzida ou comercializada em curto prazo.

Via Imaging Resource

The post Rumor sobre nova objetiva 14.5x da Nikon para mirrorless appeared first on Fotografia-DG – Dicas Fotografia.

]]>
http://www.fotografia-dg.com/rumor-sobre-nova-objetiva-14-5x-da-nikon-para-mirrorless/feed/ 0