Fotografia Social para Iniciantes – Parte 1

 

A transição entre o amadorismo e a vida de fotógrafo profissional tem, muitas vezes, a fotografia social como pontapé inicial. Após uma série de cliques informais, começam a aparecer as primeiras oportunidades, normalmente em família, para registrar pequenos eventos.

Aniversários, festinhas, uma recepção de formatura ou até um casamento de pequeno porte são sempre um desafio para quem nunca esteve diante da responsabilidade de apresentar um resultado acima das expectativas.

As dúvidas mais comuns tratam do procedimento em si. Como fazer? O que não pode faltar no futuro álbum? Onde devo me posicionar? Qual equipamento levar? São apenas algumas das questões que incomodam o futuro profissional.

Nos parágrafos a seguir o fotógrafo em início de carreira vai encontrar um roteiro padrão, simples, mas que servirá como referência para dar os primeiros cliques e conseguir resultados que, tomados os devidos cuidados com a regulagem do equipamento, não vão decepcionar.

Para facilitar o entendimento e proporcionar uma leitura mais agradável o conteúdo será apresentado em dois grandes tópicos: aniversários e casamentos. Como este é um texto voltado para iniciantes todas as explicações e dicas foram formatadas para a realização do trabalho com equipamento básico, composto por: corpo de câmera, lente básica (18-55mm ou equivalente) e flash externo.

Nada impede que o fotógrafo utilize outros recursos, mas a intenção é justamente mostrar como dar os primeiros passos com um equipamento básico. Com a experiência, outras lentes e acessórios podem, e devem, ser incorporados ao set para permitir maior variedade de imagens.

Fotografia Social 619x411 Fotografia Social para Iniciantes   Parte 1

Network na Fotografia Social: lucre com seus contatos

Antes de começar a dar os primeiros cliques, é importante avaliar seu público-alvo: quem são seus prováveis clientes?

Uma boa rede de relacionamentos é tudo na vida de um fotógrafo social. É através destes contatos que você recebe pedidos de orçamentos ou, muitas vezes, indicações para realizar alguns trabalhos.

Se você está na faculdade, por exemplo, há um mercado muito bom para garimpar clientes. Amigos, amigos dos amigos, conhecidos dos amigos dos amigos, e por aí vai. Lembre-se que muitos casais se conhecem justamente neste período da vida. Se tiver uma boa rede de relacionamentos, não vai ser difícil alguém lembrar de você na hora de contratar um fotógrafo.

Além de ter os contatos, é preciso mostrar que você é fotógrafo. Se possível ande sempre com uma câmera disponível. Fotografe tudo o que seja interessante e envolva seus contatos. Posteriormente, disponibilize o material para que o maior número de pessoas tenha acesso, através de um blog ou site pessoal. Crie uma identificação em sua rede, onde todos saibam que você tem “talento” como fotógrafo.

Faça bom proveito das redes sociais: Orkut, Facebook, Linkedin, entre tantas outras, estão aí justamente para agregar pessoas. Mais pessoas agregadas, maior o número de clientes em potencial visualizando seu trabalho diariamente. Invista tempo para deixar seu portfólio online sempre atualizado para mostrar que você é bem requisitado.

E o mais importante: não esqueça da família. Seus parentes conhecem muita gente, e servem como grandes disseminadores do seu trabalho, principalmente se for bom. Esteja presente no maior número de eventos de família possível, registre tudo, e divulgue. Todos vão querer ver as fotos, e muitos vão mostrá-las para outras pessoas. De quebra, aproveite para deixar alguns cartões de visite. De nada adianta aquela sua tia fazer toda a propaganda e não ter o seu contato.

No próxima parte da série, tratarei dos requisitos básicos de um fotógrafo social e veremos como se comporta um fotógrafo social em ação.

... e agora ajude-nos e compartilhe com os seus amigos.


     

 

Sobre Thiago Antunes

Thiago Antunes é jornalista e fotógrafo esportivo há mais de 10 anos. Graduado em Comunicação Social - Jornalismo, atua também como freelancer em outros segmentos da fotografia como publicidade e social, e ministra cursos e workshops nos três estados do sul do Brasil.

11 comentários

  1. ja fazia isso antes de aprender aqui… to no caminho entao…

  2. Eu também!!! Tô no caminho verto então! Ansiosa pelos próximos posts! ;)

  3. Bacana, já faço outros tipos de trabalho onde isso é intensamente necessário…. aguardo demais artigos pois é nesta área que estou me especializando no inicio de carreira ;)

  4. anapaulafariasfotografia

    Gostei, estou ansiosa para ver a Parte II.
    Obrigada pelas dicas.

  5. muito boas dicas… tb to começando… semana q vem vou fotografar o aniversario de 60 anos do meu tio … com gente mt importante do futebol.
    esse final de semana vou fazer um workshop .. mas casamento ainda tenho que aprender mais pra poder me oferecer!!!

  6. Exatamente o que um iniciante gostaria de ler! Muito bom o texto.

    Eu possuo o equipamento básico (sem o flash externo) e tento extrair o máximo que consigo do equipamento para fazer fotos de qualidade e poder mostrar meu trabalho. Dessa forma, acredito que conseguirei mais clientes e, consequentemente, poderei investir em equipamento e conhecimento pra aprimorar mais minha técnica.
    Não adianta dar o passo maior que a perna. Precisamos tentar ser os melhores, mesmo que com limitações. Elas estão aí para podermos provar o quanto somos capazes.
    vlw galera, aguardo a segunda parte!

  7. Eu to começando agora e já adoto esse ensinamento. Tô no caminho…

  8. to como o Vinicius, equipamento basicao e ja dando algumas tacadas em mini eventos… assim acho q me aprimoro e futuramente invisto num equipamento mais proffissional

  9. Good site! I really love how it is easy on my eyes and the data are well written. I’m wondering how I could be notified when a new post has been made. I have subscribed to your feed which must do the trick! Have a great da
    haja.tongiledu.net
    blog.wholefoodsmarket.com
    <

  10. #Ótimas Dicas Básicas!!!!!_Uhuuu… Digamos q tbm to o meio do caminho…!!_Quero ler a proxima serie!! :)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>