Home » Atualidade

Confiram as fotos ganhadoras do World Press Photo 2016

Finalistas foram escolhidos dentre 5775 fotógrafos, que enviaram quase 83 mil imagens a partir de 128 países. Bem-vindos mais uma vez ao magnâmico World Press Photo

 

E mais uma vez sai a lista de ganhadores escolhidos pelo júri do renomado (e por vezes polêmico) World Press Photo. Como sempre, temos motivos variados, imagens a cores, imagens em preto, branco e cinza, além de posadas, espontâneas, na terra, debaixo d’água e no ar, pessoas ou animais (ou ainda ambos).

Um tema que se repete (está presente em duas imagens), e é fácil entender o porquê, é o dos migrantes. Evidente que a atualidade urgente do tema não foi o único motivo para que a ganhadora fosse uma delas, mas certamente contribuiu — e é uma imagem bastante forte, há quem diga que já pode ser considerada a foto da década.

Vejamos, portanto, a grande ganhadora e o relato do fotógrafo…

Migrantes cruzando a fronteira entre a Sérvia e a Hungria.
“Hope for a new life”: migrantes cruzando a fronteira entre a Sérvia e a Hungria. — © Warren Richardson (Austrália)

Eu acampei com os refugiados por cinco dias na fronteira. Um grupo de cerca de 200 pessoas chegou, e passou por baixo das árvores ao longo da cerca de arame farpado. Mandaram mulheres e crianças primeiro, antes dos pais e idosos. Precisei ficar com a equipe por cerca de cinco horas e ‘brincamos’ de gato e rato com a polícia por toda a noite. Eu estava exausto na hora que tirei essa foto. Eram cerca de 3 da manhã e você não pode usar flash enquanto a polícia está tentando achar essas pessoas, porque eu só iria espantá-los. Então tive que usar somente a luz da lua.

…e também algumas das outras imagens que chegaram perto, em seleção feita pelo site Colossal:

1º lugar entre os ensaios de Natureza: “Tough Times for Orangutans” — © Tim Laman
1º lugar nos ensaios de Natureza: “Tough Times for Orangutans” — © Tim Laman (EUA)

 

2º lugar nos ensaios de Esportes: “The Gris-gris Wrestlers of Senegal” — © Christian Bobst (Suíça)

 

Colima Volcano in Mexico shows a powerful night explosion with lightning, ballystics and some incandescent rockfalls. Photo taken on dec. 13 at 22:24 hours, 12.5 km away from the crater near a lagoon named Carrizalillos on Comala municipality in the state of Colima. Colima Volcano had a period of enormous activity on july of 2015, at least 700 inhabitants were evacuated from their settlements. The volcano mantains activity with 3 to 6 explosions by day. Lightning on Colima Volcano explosions became common on last months. This particular lightning is more than 600 meters long, so the big light made clear some details of the south portion of volcano. It's an 8 seconds shot, time enough to catch the explosion and the lightning. Photo: Sergio Velasco
3º lugar nas fotos isoladas de Natureza: “The power of Nature” — © Sergio Tapiro (México)

 

An overcrowded rubber dinghy sailed from the Libyan coast is apprached by the M.S.F. (Médecins Sans Frontières - Doctors Without Borders) search and rescue ship Bourbon Argos in the Mediterranean Sea, in international waters. The migrants on board the dinghy in distress have issued an emergency call and are waiting to be rescued. On the horizon, an offshore oil platform just off the Libyan coast. 26 August 2015. In 2015 the ever-increasing number of migrants attempting to cross the Mediterranean Sea on unseaworthy vessels towards Europe led to an unprecedented crisis. Nearly 120 thousand people have reached Italy in the first 8 months of the year. While the European governments struggled to deal with the influx, the death toll in the Mediterranean reached record numbers. Early in May the international medical relief organization Médecins Sans Frontières (M.S.F.) joined in the search and rescue operations led in the Mediterranean Sea and launched three ships at different stages: the Phoenix (run by the Migrant Offshore Aid Station), the Bourbon Argos and Dignity.
2º lugar nos ensaios de Questões Contemporâneas: Bote superlotado saído da costa da Líbia é abordado pelos Médicos Sem Fronteiras — © Francesco Zizola (Itália)

 

Furcifer ambrensis, female foraging for insects with extendable tongue.
3º lugar nos ensaios de Natureza: “Chameleon under pressure” — © Christian Ziegler (Alemanha)

 

© Jonas Lindkvist — Malmö FF- PSG på Malmö stadion
3º lugar nas fotos isoladas de Esportes: “Neptun synchro” — © Jonas Lindkvist (Suécia)

 

Sunbather oblivious to the ominous shelf cloud approaching - on Bondi beach. A massive “cloud tsunami” looms over Sydney in a spectacular weather event seen only a few times a year. The enormous shelf cloud rolled in from the sea, turning the sky almost black and bringing violent thunderstorms in its wake.
1º lugar nas fotos isoladas de Natureza: “Storm front on Bondi Beach” — © Rohan Kelly (Austrália)

 

Lamon Reccord, left, scolds a police sergeant during a police violence protest and march at State and Randolph streets Wednesday, Nov. 25, 2015, in Chicago. (John J. Kim/Chicago Tribune)
3º lugar nas fotos isoladas de Questões Contemporâneas: “March against police violence” — © John J. Kim (EUA)

 

© Anuar Patjane Floriuk
2º lugar nas fotos isoladas de Natureza: “Whale whisperers” — © Anuar Patjane Floriuk (México)

 

A 'Maya' girl sits in an altar during the traditional celebration of 'Las Mayas' on the streets of the small village of Colmenar Viejo, near Madrid, Spain Saturday, May 2, 2015. The festivity of 'Las Mayas' comes from pagan rites and dates from at least the medieval age, appearing in ancient documents. It takes place every year in the beginning of May and celebrates the arrival of the spring. A girl between 7 and 11years is chosen as 'Maya' and should sit still, serious, and quiet for a couple of hours in an altar on the street decorated with flowers and plants, afterwards they walk to the church with their family where they attend a ceremony. Not more than four, or five girls are chosen as a Maya each year.
2º lugar nos ensaios de Pessoas: “La Maya tradition” — © Daniel Ochoa de Olza (Espanha)

 

E os maiores ganhadores na edição deste ano do World Press Photo, juntamente com Warren Richardson, que levou o prêmio de foto do ano, foram o canadense Kevin Frayer, o australiano Daniel Berehulak e o brasileiro Maurício Lima. O primeiro ‘abocanhou’ os prêmios de 1º lugar nas fotos isoladas (single images) da categoria Vida Cotidiana (Daily Life) e mais o 2º lugar nos ensaios da mesma categoria. O segundo, por sua vez, que foi um dos australianos que marcaram presença nos pódios do concurso, ganhou 1º lugar entre os ensaios de Vida Cotidiana e 3º nos ensaios de Notícias Gerais (General News). Já Maurício Lima levou o 2º lugar nas isoladas de Vida Cotidiana e o 1º nas isoladas de Notícias Gerais. Vejam abaixo (e não esqueçam de visitar o site do WPP para ver os ensaios completos — link ao final).

 

1. Tapajós River, Itaituba, Pará State, Brazil, on February 10, 2015. Indigenous children jump into the water as they play around the Tapajós river, in the Munduruku tribal area called Sawré Muybu.
2º lugar nas fotos isoladas de Vida Cotidiana: “Amazon’s Munduruku tribe” — © Maurício Lima (Brasil)

 

© Maurício Lima - IS fighter treated at Kurdish Hospital
1º lugar nas fotos isoladas de Notícias Gerais: “IS Fighter Treated at Kurdish Hospital” — © Maurício Lima (Brasil)

 

© Kevin Frayer
2º lugar nos ensaios de vida cotidiana: “Bliss Dharma assembly” — © Kevin Frayer (Canadá)

 

<> on December 10, 2015 in UNSPECIFIED, China.
1º lugar nas fotos isoladas de Vida Cotidiana: “China coal’s addction” — © Kevin Frayer (Canadá)

 

© Daniel Berehulak — An Antartic Advantage
1º lugar nos ensaios de Vida Cotidiana: “An Antartic Advantage” — © Daniel Berehulak (Austrália)

 

© Daniel Berehulak - An Earthquake's Aftermath
3º lugar nos ensaios de Notícias Gerais: “An earthquake’s aftermath” — © Daniel Berehulak (Austrália)

via Colossal / World Press Photo

Agora que leu, avalie o artigo e deixe um comentário mais abaixo:

 

Gosta de algum dos artigos abaixo?

Abrir Chat
1
Close chat
Olá! Obrigado por nos visitar. Por favor, pressione o botão Iniciar para conversar com o nosso suporte :)

Iniciar