Home » Artigos » Dicas

Lucro e reconhecimento através de fotos corporativas

Muitos fotógrafos no início de carreira pensam em se especializar em casamentos, eventos, shows porque para muitos é a vertente que pode dar mais retorno rapidamente. Entretanto, existe um nicho de mercado que a maioria ignora: as fotos corporativas.

Grandes empresas costumam realizar diversos eventos, de apresentações para acionistas a festas comemorativas de fim de ano, e muitas delas gostam de registrar esses momentos contratando um profissional para fazer a cobertura. Ao passo que muito fotógrafos se mostram desinteressados com esse tipo de trabalho, muitas organizações têm buscado os seus serviços e houve um aumento muito grande na demanda.

Acontece que os fotógrafos estão perdendo uma grande chance de lucrar e de se tornarem reconhecidos no meio empresarial por, justamente, acreditarem que não há oportunidades no ramo. Rogério von Krüger, fotógrafo corporativo, diz que “A área corporativa é ótima para se trabalhar e, ao contrário do que se pensa, a facilidade de se adquirir uma câmera semiprofissional ou até mesmo profissional não fez com que as contratações para cobrir esses tipos de evento diminuíssem”.

lucro-reconhecimento-através-fotos-corporativas-rvk1

Para Rogério, as pessoas costumam chamar os amigos e fotógrafos amadores para festas de família, aniversários e até casamentos, mas num evento da organização em que trabalham “Geralmente a preferência é pela qualidade e pela credibilidade que um profissional inspira”.

A fotografia corporativa pode ser conceitual

Outro motivo que faz com os fotógrafos não escolham o ramo corporativo para atuar é a aquela máxima equivocada de que as fotos empresariais são sempre iguais e seguem um mesmo padrão. Sim, existem muitos contratantes que exigem que o trabalho seja igual ao que costumamos ver por aí, mas muitos têm entendido que um resultado criativo é bem mais bonito e original que o “mais do mesmo” exigido por tantos outros.

Especializado nessa área, von Krüger dá um conselho: “No início, nós não podemos escolher muito, mas tão logo você fizer seu nome na fotografia escolha seus trabalhos de acordo com aquilo em que você acredita. Se é um estilo padrão, ótimo. Se você se sente mais confortável sendo conceitual e artístico, assim como eu, aceite apenas aqueles em que seu estilo seja respeitado e que você possa se orgulhar futuramente”.

Agora que leu, avalie o artigo e deixe um comentário mais abaixo:

 

Gosta de algum dos artigos abaixo?

  • bianeves2016

    Obrigada, Marcelo! Fico feliz que gostou! :)

  • Marcelo Rubio

    Parabéns pelo texto Bia, atuo nesta área e sua matéria resumiu muito bem a realidade

Abrir Chat
1
Close chat
Olá! Obrigado por nos visitar. Por favor, pressione o botão Iniciar para conversar com o nosso suporte :)

Iniciar