Mylio: acesse e organize fotos de qualquer lugar 5/5 (1)

Juntar em um único produto mais de uma etapa do workflow fotográfico é a ideia — conheça o Mylio

 

Um dos produtos mais interessantes da PhotoPlus neste ano não foi uma câmera ou uma objetiva, nem um peculiar esconderijo de acessórios em uma de suas cabines fora de série. Foi um serviço chamado Mylio, que tem conseguido deixar a todos (incluindo nós [do Petapixel]) bastante animados acerca de tudo do serviço de organização e acesso a fotos.

Esta não é uma tarefa fácil, pensa você. Programas que permitem organizar e ordenar suas imagens existem às dúzias, e serviços de acesso/armazenamento baseados na nuvem que garantem acesso permanente a suas imagens podem ainda ser mais baratos.

Mylio

O que faz o Mylio — que, a propósito, vem de “My Life Is Organized” (Minha Vida é Organizada) — excitante é que ele trata de trazer as melhores partes de cada opção para um único produto, que é ao mesmo tempo intuitivo e poderoso, sem a necessidade de fazer upload de qualquer coisa para algum sistema de armazenamento na nuvem que lhe cobre por Gigabyte.

O seguinte guia de introdução rápida oferece um ótimo resumo geral do que o Mylio tem disponível, e como funciona:

 

Nossa primeira impressão do Mylio foi de que ele foi feito para combinar o poder de organização de fotos do Lightroom com a sincronização instantânea e a funcionalidade acesse-suas-coisas-de-qualquer-lugar-a-qualquer-hora do Dropbox — um sentimento que Kevin Gilbert, da Mylio, assegurou-nos ter ouvido antes.

Quando você abre o programa no seu Mac ou PC e começa a importar as imagens — algo que pode fazer a partir de pastas individuais, do Lightroom, do Facebook, do Flickr ou outro — você é abençoado com uma interface no estilo do Lightroom que permite-lhe organizar imagens dentro de pastas, pontuá-las com um sistema de estrelas, ou marcá-las.

Você pode também separar coisas em álbuns, e o Mylio automaticamente preenche com suas fotos as visualizações de Calendário (Calendar), Pessoas (People) e Local (Location), baseado nos dados de tempo, marcadores faciais (no caso de importação via Facebook) e dados de GEO tagging que estejam já incorporados no arquivo.

mylioipad

Uma vez importadas, você pode instalar o aplicativo Mylio em todos seus outros computadores e dispositivos iOS (compatibilidade com Android virá em 2015) e determinar que tipo de arquivos você quer usar em qual dispositivo.

Provavelmente você cogitará ter pré-visualizações ou miniaturas no iPhone e no iPad, e deixar os arquivos originais para os computadores Windows ou Mac, mas o controle extra vai bem além do básico.

Pode-se decidir como cada pasta será sincronizada individualmente, basear tipos de arquivo em álbuns, ou mesmo separá-los por classificação por estrelas. Quer certificar-se de ter suas fotos 5 estrelas sempre sincronizadas em alta resolução em todos lugares? Sem problemas. Seus melhores cliques estarão sempre à disposição em alta caso vá visitar um cliente.

mylioipad2

Finalmente, mais um adendo, mas ainda utilizável: Mylio permite-lhe editar seus arquivos dentro do aplicativo [à semelhança do Lightroom Mobile].

Edições básicas são tudo à sua disposição e, assim como tudo no Mylio, qualquer mudança que você faça em um dispositivo serão sincronizadas com os outros instantaneamente, mesmo quando você estava fazendo edições apenas num arquivo de pré-visualização em seu iPad.

mylioipad3

A beleza do Mylio é que ele lhe desprende do computador ou do disco rígido onde você normalmente deixa seus arquivos.

Você pode organizar suas fotos no metrô indo para casa em seu iPad ou iPhone, redescobrir fotos que desapareceram entre seus arquivos através do calendário do Mylio, e talvez o mais importante, você nunca mais terá que escolher que fotos vai manter com você.

Todo seu acervo está sempre à sua disposição em qual seja a resolução você escolha, em simplesmente qualquer dispositivo.

mylioiphone

O contra, claro, é que um serviço do tipo não é gratuito. O Mylio tem uma versão de testes que lhe permitirá testar o serviço de graça com até mil fotos, mas qualquer coisa além disso requer pagamento.

O plano básico (Basic Plan — previsto para dezembro) permitirá que organize até 50 mil JPEGs em até três dispositivos por US$ 50/ano. O plano padrão (Standard Plan) adiciona suporte a visualização e edição de RAW, subindo ainda o limite de fotos para 100 mil e o de dispositivos para 5, ao preço de US$ 100/ano. E, por último e melhor, o plano avançado (Advanced) lhe permitirá organizar até 500 mil fotos na quantia de 10 dispositivos.

Por agora, se você quiser saber mais ou dar um retorno à Mylio, pode ir no site deles clicando aqui. E se tem alguma grande funcionalidade que você acha que falta, fique ligado. Como nos disse o Kevin Gilbert na PhotoPlus ontem, “Se você gostou da versão um, apenas aguarde.”

via Petapixel (traduzido), Mylio.com

Agora que leu, avalie o artigo e deixe um comentário mais abaixo:

Abrir Chat
1
Close chat
Olá! Obrigado por nos visitar. Por favor, pressione o botão Iniciar para conversar com o nosso suporte :)

Iniciar