Review do livro Adobe Photoshop Lightroom 3

 

Olá amigos. Quanto tempo, não?

Hoje trago a vocês, mais um excelente review oferecido pelo Fotografia-DG, em parceria com a Editora Photos. O livro que vou analisar, tenho certeza que muitos já leram, querem ler ou pelo menos já ouviram falar, é o Adobe Photoshop Lightroom 3 – O guia completo para fotógrafos Digitais, de Clicio Barroso.

Primeiramente gostaria de pedir desculpas à vocês e à editora pela demora em ler o livro e escrever o review. Quem me acompanha mais de perto nas redes sociais, sabe que estava em processo de conclusão de uma pós-graduação, que tirou boa parte do meu tempo. Agora, devidamente Especialista, posso retomar ao ritmo normal de artigos.

Sem mais delongas, vamos ao review.

Lightroom3.jpg.pagespeed.ce.ndrg2j7aRs Review do livro Adobe Photoshop Lightroom 3

CLIQUE AQUI PARA COMPRAR
(Adobe Photoshop LIGHTROOM 3)

Sobre o autor

Clicio Barroso Filho é fotógrafo profissional, professor de tecnologia digital, consultor da Adobe,consultor do Senac SP, presidente da Associação de Fotógrafos Fototech e publica o podcast Lightroom Dicas.

Natural de São Paulo, é filho e irmão de publicitários.

Iniciou seu percurso profissional em 1972, como assistente de câmera e de direção de cinema, enquanto cursava a Camera Photoagenthur / Nikon School of Photography; cursou também a Escola de Artes Visuais do Parque Lage, no Rio de Janeiro.

Já como fotógrafo profissional, morou e trabalhou em New York, São Paulo, Rio de Janeiro, Salvador, Madrid, Lisboa e Atenas, fotografando editoriais de moda e publicidade.

Atualmente, trabalha para clientes nacionais e norte-americanos, participa de exposições coletivas e individuais, e por três vezes recebeu o Prêmio Abril de Jornalismo, categoria Fotografia.

Na área digital, teve oportunidade de aprender com Dan Margulis, Scott Kelby, Deke McClelland, Jack Davis, Matt Kloskowski, Tim Grey, Peter Krogh, entre outros nomes. Com experiência em fotografia digital e gerenciamento de cores, Clicio tem ministrado cursos, palestras e seminários em escolas, faculdades e cursos de pós graduação, em instituições como o SENAC, SESC, UEL, Escola Panamericana, Escola São Paulo, entre outras. Clicio também é presidente da Associação de Fotógrafos Fototech, é colunista da revista PhotoMagazine, colaborador eventual das revistas Fotografe, Fhox, Desktop, Publish, e da Photos & Imagens.

É moderador e um dos “Lightroom Gurus” do Lightroom Forums.

Com formação em multimídia, é membro da National Association of Photoshop Professionals, faz parte da equipe de desenvolvedores do Lightroom nos EUA, é “ACE-Adobe Certified Expert” nos aplicativos Photoshop e Lightroom.

Membro do conselho curador do Paraty em Foco 2009 e 2010, e integrante da RPCFB desde 2009.

É autor dos livros:

  • “Adobe Photoshop: Os Dez Fundamentos”
  • “Adobe Lightroom: Guia Completo para Fotógrafos Digitais”

É claro que esta foi a parte da biografia que retirei de seu próprio blog, mas a verdade é que Clicio Barroso dispensa apresentações.

Venho acompanhando seu trabalho há pouco tempo, aproximadamente 1 ano e meio, desde que comecei a estudar e conhecer o software para fotógrafos da Adobe, o Lightroom (na época em sua segunda versão). Foi através de seus podcasts online gratuitos que aprendi boa parte do uso das ferramentas e agora, lendo seu livro, posso dizer que meu estudo está quase completo.

É difícil encontrar algum fotógrafo “da minha geração” que não o conheça, não admire seu trabalho ou nunca tenha utilizado de suas dicas.

Sobre o livro

Para quem já acompanha os lançamentos da Editora Photos há algum tempo, sabe que este não é o primeiro livro sobre Lightroom lançado por Clicio. Haviam versões anteriores que tratavam do Lightroom e Lightroom2. Não tive a oportunidade de lê-las, mas acredito que assim como esse, eram de excelente qualidade também.

Na versão do guia para o Lightroom 3, o livro veio completíssimo. Não há um canto do software que não seja minuciosamente desvendado.

Me surpreendi conhecendo funções que eu nem sabia que existiam, mesmo já usando o programa há algum tempo. E o mais valioso de tudo, que ajuda muito o iniciante no aplicativo, são as screenshots, ora no Windows, ora no MAC. Isso sem contar que os menus são todos explicados em português-br, mas os títulos vêm com o nome da função em inglês também, para aqueles (como eu) que preferem o idioma do Tio Sam.

O livro conta com 10 capítulos bastante abrangentes. Vamos analisá-los a seguir:

1 – Introduzindo o Lightroom 3

O primeiro capítulo, como não podia deixar de ser, é altamente introdutório. Clicio cita, explica e ilustra (não só no 1º capítulo), os passos iniciais para fotógrafos de primeira viagem que ainda não se familiarizaram com o software.

Quando nos deparamos com o Lightroom aberto pela primeira vez, é normal ficarmos perdidos pois ele conta com inúmeras funções. Com o tempo e a utilização das ferramentas, vamos descobrindo que ele é, na verdade, muito intuitivo.

O que achei interessante, é que além do tópico destinado a explicar o que é o Lightroom, Clicio se deu ao trabalho de explicar o que o Lightroom não é. Só imagino a quantidade de emails e tweets com besteiras que ele não recebe hehe.

Esse primeiro capítulo é destinado a explicar toda a interface do programa, além de informações extras, como calibragem da câmera, do monitor, equipamentos necessários (configuração do computador) e também sobre o fluxo de trabalho no Lightroom.

2 – Importando as Imagens

Neste segundo capítulo, Clicio trás tudo sobre importação das imagens dentro do Lightroom. Existem diversas maneiras de se fazer isso e cada uma delas é explicada, ainda com uma sugestão de em que momento usar cada opção.

O interessante nesse capítulo – que se segue nos demais – são as caixas de textos com dicas extras, como por exemplo, softwares independentes que complementam o trabalho do Lightroom.

Cada informação é bastante detalhada e completa. No trecho dedicado a fotografar conectado (tethered), ele não só explica como fazê-lo no Lightroom, mas também cita os diferentes acessórios e maneiras que essa captura pode ser feita.

O que me ajudou muito foram as dicas de como se organizar, criando arquivos com nomes que facilitam a localização e a organização hierárquica no Lightroom. Bastante útil.

3 – Organizando as Imagens

Sem dúvida que este era o capítulo que eu mais precisava ler. Não sou uma pessoa desorganizada com backups, que duplica arquivos ou que não consegue encontrá-los depois de um tempo. Mas com algumas dicas de inserção de metadados e outros meios de agilizar o fluxo de trabalho, pude melhorar muito meu tempo dedicado a isso.

Ao mesmo tempo foi bom saber que eu fazia bom uso de ferramentas como a coleção rápida, que sempre agilizou muito meu trabalho.

Aqui, Clicio explica como utilizar de maneira eficiente os recursos da Biblioteca, as pastas, os catálogos e as coleções. Sempre contando com capturas de tela (screenshots) que além de explicar como funciona, ainda sugere a maneira como a organização pode ser feita.

No capítulo ainda podemos aprender sobre os diversos serviços de publicação do Lightroom, como diretamente no HD ou em redes sociais como Flickr, Facebook e SmugMug.

Realmente muito útil foi a explicação de como escolher as imagens usando o sistema de bandeiras (flags) e como fazer a avaliação usando o sistema de estrelas e/ou cores. Nenhum dos dois métodos eu utilizava, portanto, ajudou bastante.

O capítulo é bastante extenso e ainda conta com explicações sobre o uso de dois monitores, sobre palavras-chave, exportação de JPEGs, contact sheet e também outras ferramentas e ajustes interessantes do modo Revelação. Se eu disser tudo, vocês não compram o livro rsrs.

4 –Buscando as Imagens

Uma vez que ao importar as imagens você foi responsável e prático: selecionou, nomeou e classificou (ufa) suas imagens, é hora de tirar proveito de tanta organização. Nesse capítulo Clicio explica como fazer buscas inteligentes das suas imagens, usando coleções, grupos, filtros, texto, metadados, entre outras formas.

Essa é outra maneira de se manter ágil e organizado no Lightroom.

5 – Gerenciando Catálogos

Logo no início do capítulo, me identifiquei com o argumento (parafraseando aqui) “muitos seguem trabalhando no primeiro catálogo, sem nem saber que existem outros. Em resumo: o Lightroom é o catálogo e você pode ter quantos quiser”.

Confesso que eu não tinha a menor ideia disso. Sempre trabalhei separando minhas fotografias em coleções, mas criar catálogos diferentes pode ser de extrema utilidade e praticidade.

Aqui nesse quinto capítulo, Clicio minuciosamente explica tudo sobre catálogos no Lightroom. O que são, como criar catálogos novos, qual o momento de se usar um novo catálogo, como renomeá-los, exportá-los e por aí vai. É uma aula de organização, na realidade.

6 – Processando as Imagens

O capítulo que todos (eu) estavam esperando! Eu não fiz isso, mas não duvido que tenha gente por aí que tenha pulado para “o que interessa”, que é a parte do livro destinada ao tratamento de imagens.

Lendo os primeiros capítulos, descobri que o Lightroom é muito mais do que um mero programa de tratamento de imagens e sim uma central de gerenciamento de fotografias, útil em todas as fases do trabalho do fotógrafo.  Mas isso não tira o mérito do Modo Revelação e é disso que esse capítulo trata.

É nesse sexto capítulo que você aprenderá, de maneira muito bem explicada, tudo o que viu nos tutoriais de Lightroom na internet. Clicio passa por todas as ferramentas do modo Revelação. Histograma, ferramenta crop, pincel de ajuste localizado, curva de tons, nitidez e muito mais.

O legal desse capítulo, é que as ilustrações contam com antes e depois do tratamento, que auxilia muito no aprendizado. Excelente ler sobre isso, ensinado de forma tão simples e muito bem ilustrado. Gostei muito dessa parte do livro.

7 – Apresentando as Imagens

Essa era uma área nunca antes explorada por mim. O Lightroom tem mesmo muito mais funções do que eu conhecia.

Nesse capítulo é explicado tudo sobre criar, configurar e editar um slideshow no Lightroom. Parece bastante útil para apresentar as imagens aos seus clientes. Ainda vou testar um dia.

Coisas que eu não sabia: da pra acrescentar música, exportar em pdf ou vídeo. Tudo bem, não deve ser novidade para vocês, mas eu fiquei toda boba quando li.

8 – Imprimindo as Imagens

Novamente um ensinamento de grande valia.  Para quem trabalha com impressões (ou seja, 80% dos fotógrafos, imagino) é de extrema importância conhecer conceitos de impressão.

E o Lightroom novamente me surpreendeu com a enorme possibilidade de configurações diferentes para impressão. Por exemplo, eu sabia que era possível fazer um copião (contact sheet), mas não sabia que haviam tantas possibilidades para fazê-lo.

Da mesma forma, Clicio explica sobre conceitos como dpi, ppi, “tantos” bits, que muitas vezes confunde os fotógrafos.

9 – Apresentando na Internet

Como o próprio título apresenta, este é um capítulo todo destinado as funções relacionadas à Web.

O Lightroom tem um sistema de galerias web, totalmente personalizável e muito interessante. Clicio ensina como criar, personalizar e usar (colocar no ar). Também explica um pouco sobre a diferença da galeria HTML e Flash e qual seria a melhor opção em cada situação.

10 – Finalizando o Fluxo

Algumas considerações finais do fluxo de trabalho normal de um fotógrafo. Depois de concluído todo o trabalho de selecionar fotos, processar, criar galeria web, folhas de contato, é hora de fechar o trabalho. Clico explica aqui como refinar metadados (com nomes mais específicos, para facilitar a busca futura), fala sobre calibração de câmeras e também sobre o arquivamento final (backup).

Ao final do capítulo, há ainda uma tabela de teclas atalhos do Lightroom, que pode ser usada para consulta futura.

E fim! Livro completíssimo. Sem dúvida um “must have”.

 

É isso aí pessoal, espero que tenham gostado. Não deixem de sugerir nos comentários que outro livro da Editora Photos vocês gostariam de ver um review por aqui.

Para quem quiser comprar este livro do Clicio o fotografia-DG tem ele à venda na sua loja, basta clicar aqui e fazer a sua compra.

Um abraço e até a próxima.

... e agora ajude-nos e compartilhe com os seus amigos.


     

 

Sobre Huaine Nunes

Vinda de uma família de fotógrafos, a fotógrafa Huaíne Nunes já nasceu em meio às câmeras fotográficas. Em 1999 ganhou sua primeira câmera de visor direto, tinha apenas 10 anos de idade. Com 16 anos começou a se interessar pelas técnicas, sempre tendo seu pai como principal instrutor. Com 19 comprou sua primeira reflex digital e agora, aos 21 atua como fotógrafa infantil. Perfeccionista e dedicada, é aficionada por livros de técnicas fotográficas e está sempre procurando aperfeiçoar-se. É formada em Design de Moda e ainda persiste em aprender a fotografar o mundo fashion. Mantêm também um blog com dicas para fotografia de bebês e crianças, que tem trazido um aprendizado constante.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>