Home » Artigos » Dicas » Ângulos pra fotografar pessoas

Ângulos pra fotografar pessoas 4.63/5 (16)

Quando você muda o ângulo da sua câmera, você muda completamente a sua foto!

E isso serve pra fotografar as pessoas. Só que no caso, você evidencia ou esconde algumas características da pessoa e também pode transmitir uma sensação que vai da fragilidade até a prepotência.

Quando vamos fotografar uma pessoa de corpo inteiro, normalmente fazemos a foto da altura dos nossos olhos ou de cima pra baixo. E isso acaba distorcendo as dimensões daquela pessoa, principalmente se você estiver bem próximo a ela. Não estou dizendo que isso é ruim ou bom, quero que você somente tenha a consciência do que está fazendo. Se você se abaixar e colocar a câmera, aproximadamente na metade da altura da pessoa que você está fotografando, e segurá-la num ângulo reto, você fará a foto sem nenhuma distorção. Da mesma forma, se segurar a câmera na altura do chão, e fizer a foto assim, o seu modelo aparentará ter pernas maiores do que realmente tem. Aí que está a grande vantagem de saber disso, poder tirar partido desses efeitos de perspectiva e usa-los ao seu favor.

Falando um pouco sobre a questão psicológica que cada ângulo provoca, principalmente em retratos, podemos dizer que o ângulo normal é o mais neutro, pois o fotografado está na mesma altura que a câmera. Já o ângulo superior (conhecido com Plongée) destaca a fragilidade, inferioridade ou mesmo intimidade do seu assunto e é amplamente utilizado no cinema pra essa finalidade. Já o ângulo inferior (contra Plongée) onde a câmera faz a tomada de baixo pra cima, o objetivo é exatamente o oposto: empoderar o seu personagem, mostrar confiança e superioridade.

E a selfie? Normalmente, por ser feita com a câmera de cima, e com uma objetiva mais aberta, ela acentua suas curvas do rosto e do corpo. Seus olhos aparentam ser um pouco maiores do que realmente são e você se coloca numa posição mais intima :)

Ajude-nos, avalie este artigo:

Leo Horta

Todo mundo ama ver fotos sensacionais e a maioria de nós compartilha fotos o tempo todo: nas redes, entre amigos e familiares e pessoalmente. Muitas vezes vejo que algumas pessoas se frustram por não conseguir se expressar da maneira que gostariam. Em alguns casos, usam também a fotografia pra divulgar o seu trabalho. E por isso eu iniciei uma missão de dar dicas de fotografia com uma linguagem simples e direta, pra ajudar quem deseja aprender a fotografar.

3 Comentários

Clique aqui para comentar