fbpx

Arsenal: um assistente ou sua câmera independente? 4.72/5 (29)

Essa não vai agradar em nada aos puristas: vem aí um assistente (?) que automatiza tudo em sua câmera. Conheçam o Arsenal.

 

O que aconteceria se alguém decidisse automatizar praticamente todo o trabalho de fotografar cenas complexas para muitos iniciantes? Seria uma afronta aos professores e ‘padrinhos’ fotográficos mundo afora, além dos profissionais da área; ou uma belíssima mão na roda que pode agilizar trabalhosas criações fotográficas?

Eis que foi criado tal invento — que em nada lembra geringonças dignas do Inspetor Bugiganga —, e já ultrapassou imensamente sua meta de campanha no Kickstarter, site de financiamento coletivo. Os 50 mil dólares que o programador e fotógrafo amador Ryan Stout pedia ao público para lançar sua invenção foram irrisórios frente ao interesse massivo dos doadores, que doaram mais de 10 vezes a quantia.

 

De proporções bastante amigáveis e, apesar disso, um sugestivo nome de Arsenal, a pequena caixinha anunciada por Stout conecta-se ao seu celular (seja iOS ou Android) via WiFi ou Bluetooth e funciona como um modo automático turbinado (como bem classificou o Gilson Lorenti, do MeioBit). A diferença é que ao contrário do que acontece no famoso modo verdinho — aquele do quadrado verde que automatiza tudo — o Arsenal permite-lhe sim que você tenha controle, tudo pelo móvel, e vá ainda além dos resultados que você conseguiria normalmente apenas com uma longa série de exames de luz e circunstâncias, ajustes e um bom tempo gasto para poucos cliques. Em suma, é tecnologia em sua essência: algo criado para facilitar, seja melhorando a eficiência; seja assegurando a eficácia (ou ambos).

O que exatamente o Arsenal leva em conta na hora de ajustar completamente a câmera, quando se seleciona o modo de inteligência artificial? Uma longa série de aspectos técnicos e circunstâncias da hora do clique, como vento, distância hiperfocal, movimento do motivo, questões óticas da objetiva… Segundo o informe da campanha, o Arsenal considera 18 pontos e, tendo como referências milhares de ótimas fotos, procura a melhor forma de produzir uma bela imagem no local onde o fotógrafo posicionou a câmera. E, claro, a localização, a composição, além da escolha do equipamento evidentemente ainda são papeis do(a) fotógrafo(a) (não chegamos ainda fase Jetsons da evolução e difusão tecnológica).

 

Assim, encaixando o Arsenal na sapata para flash da câmera e conectando-o ao celular pode-se produzir rapidamente, numa distância de até pouco mais de 30 metros (!) uma imagem em high dynamic range (alta faixa dinâmica — as famosas HDR), empilhamento de foco (focus stacking) e exposições longas, beeem longas — com direito a pré-visualização ao vivo. Depois de tudo isso, estarão lá as imagens prontas no celular para serem examinadas em resolução total e compartilhadas na mesma hora pelas redes sociais.

Reparem só no vídeo de divulgação e vejam se não é interessante…

 

E abaixo podem ver fotos publicadas como produzidas com o dispositivo:

 

Como ficam os fotógrafos profissionais? Bom, os de paisagem podem se complicar um pouco, talvez. Por outro lado vejam, por exemplo, os de eventos: como usariam um Arsenal? Pouquíssimo provável que façam uso intenso desse dispositivo. E assim como eles, fotógrafos de várias outras áreas ainda terão sua expertise extremamente valorizada — e nem falo do preço do ‘brinquedo’. Então não vejo motivo para maiores temores.

Prevê-se que o Arsenal estará disponível para câmeras Canon, Nikon, Fujifilm e Sony. Se quiser desde já ver se sua câmera é suportada pode conferir aqui. Ah, a campanha está rolando ainda!*

Para mais informações sobre o dispositivo, visitem o site oficial.

___

* Só não esqueçam que campanhas tão bem-sucedidas como essa nem sempre saem como esperado, como bem lembrou o MeioBit aqui e aqui.

Ajude-nos! Avalie, compartilhe e deixe um comentário mais abaixo:

Alexandre Maia

Clico, viajo, olho, analiso, converso, e repito — em qualquer ordem!

Chat

Este site usa Cookies & Política de Privacidade para lhe proporcionar a melhor experiência. Clique em "Aceitar" para consentir a sua utilização.