Home » Artigos » Pós-Produção » As mudanças do Lightroom 4 – Parte 2 de 2

As mudanças do Lightroom 4 – Parte 2 de 2

Além do novo processo para ajuste de imagens, o Lightroom 4 coloca no módulo Revelação a função Soft Proof. Esta funcionalidade  veio ao encontro da necessidades de impressores e fotógrafos que utilizam seus serviços. Usando um perfil de cor ICC, o Lightroom simula o resultado do trabalho de impressão em tela.

O Lightroom 4 também passa a suportar a edição de vídeos. Embora essa funcionalidade seja muito bem-vinda, ainda não é possível substituir um programa específico para esta finalidade.

A primeira novidade em relação aos vídeos é que podemos executá-los diretamente do Lightroom, sem a necessidade de abrir outro player para isto:

Note na parte inferior do vídeo, uma barra com o controle de reprodução. Nesta barra ainda é possível definir pontos para início e fim do clipe, bastando clicar no ícone de engrenagem e arrastar as barras verticais, nas extremidades do controle:

Desta maneira, o vídeo ao ser reproduzido no Lightroom ou exportado, somente incluirá o conteúdo entre estas barras. Quem instalou o LR4 e tentou usar o módulo de Revelação com algum vídeo deparou-se com um aviso, dizendo não ser suportado. A tratamento da imagem do vídeo ocorre na verdade na Biblioteca, usando as predefinições, no painel Revelação Rápida:

Neste painel, podemos ajustar a exposição, opcionalmente usando o ajuste automático, e também a vibração. Outros ajustes são feitos selecionando uma predefinição, que pode ser alguma das incluídas com o Lightroom, ou então alguma criada pelo usuário. Porém nem todos os parâmetros definidos por uma predefinição podem ser aplicados a um vídeo, como o próprio software avisa:

No vídeo abaixo, uma amostra de como uma predefinição afeta o vídeo.

Mapa

Com o geotagging cada vez mais popular, e câmeras com GPS embutido estarem ficando cada vez mais comuns, o Lightroom 4 incorpora um novo módulo, chamado Mapa, onde as informações geradas pelo sistema de posicionamento de sua câmera podem ser vistas usando o sistema de mapas do Google.

No caso de câmeras que não dispõe de um receptor GPS embutido, é possível utilizar um aparelho dedicado de localização, e importar suas trilhas para o Lightroom, que serão associadas as fotos automaticamente.

Livro

Este novo módulo, por enquanto funcionando apenas com o serviço do Blurb, permite diagramar e encomendar foto livros diretamente pelo Lightroom. O preço já é calculado automaticamente. Também é possível salvar a diagramação resultante em formato PDF.

Agora que leu, avalie o artigo e deixe um comentário mais abaixo:

Luiz Fellipe Carneiro

Luiz Fellipe Carneiro é profissional de Tecnologia da Informação e fotógrafo. Reside no litoral de São Paulo, onde ensina Lightroom e fotografa. Você pode conhecer um pouco mais em seu site ou ainda segui-lo pelo Twitter!

5 Comentários

Clique aqui para comentar

Abrir Chat
1
Close chat
Olá! Obrigado por nos visitar. Por favor, pressione o botão Iniciar para conversar com o nosso suporte :)

Iniciar