fbpx

O lado vermelho das full-frame de entrada: Canon EOS 6D

Normalmente eu diria que esta câmera Canon EOS 6D é resposta da marca à Nikon D600, mas dada a simultaneidade dos rumores e a grande proximidade de tempo entre o lançamento de uma e da outra, estou considerando um disparate dizer que uma é resposta à outra. Logo, tomo ambas como lados diferentes da mesma moeda, que é o recém-inaugurado mercado das câmeras fotográficas de quadro cheio de entrada (entry level full-frame). Moeda esta que pode tornar-se um prisma, se outras marcas decidirem seguir esta abordagem (a Sony mesmo poderia seguir por aí, para ter um contraponto à sua cara mas compacta FF RX1).

Mas o que tem a Canon 6D, afinal, além de um sensor maior, sem fator de corte, como as câmeras topo de linha da marca rubro-negra? Vejamos:

Tipo de corpo: SLR de corpo médio (mid-size)
Pixels efetivos: 20.2 megapixels
Dimensões do sensor: 36 x 24mm
Tipo de sensor: CMOS
Processador: Digic 5+
Viewfinder: cobertura de 97%, magnificação de 0,71x
Monitor: Clear View II TFT LCD fixo de 3,2” e 102.400 pontos
ISO: Auto, 100 – 25600 in 1/3 stops, expansível para 50, 51200 e 102400
Compensação de exposição: ±5 EV (graus de ⅓ EV e ½ EV)
Nº de pontos de AF: 11
Tipos de autofoco: detecção de contraste, de fase e de rosto, multi-área, ponto único selecionado, simples, contínuo e Live View
Velocidade: de 1/4000 a 30 segundos – modo contínuo de 4,5fps
GPS, WiFi: sim, incorporados (marcações de GPS por tagging ou tracking)
Vídeo: sim, Full HD de 24 a 30fps; HD a até 60fps
Selamento: sim, contra poeira e respingos de água
Controle remoto: sim, via controle com contato N3, controle sem fio LC-5 e controle remoto RC-6
Gravação time lapse: sim, por cabo ou PC
Flash embutido: não
Microfone e auto-falantes: mono
Bateria: tipo LP-E6
Cartões de memória compatíveis: SD, SDHC e SDXC
Dimensões: 145 x 111 x 71 mm
Peso: 680g (corpo)

Mais técnicas da Canon 6D podem ser vistas no Canon USA

Em resumo: a Canon EOS 6D tem o último processador da marca, apenas um pouco menos megapixels que o modelo também full-frame mais acima (ou seja, a EOS 5D mark III), não possui flash embutido (assim como as de linhas superiores, e diferente da EOS 7D), apenas 02 pontos de AF a mais que as câmeras de entrada (11, contra 9 das xxxxD e xxxD, como a touch Rebel T4i / 650D), e outras semelhanças com modelos lançados anteriormente (incluindo a interface de toque, recurso inaugurado pela supracitada T4i). Onde está o destaque, então? No preço (corpo a US$ 2.099 – mesmo da Nikon D600) e na presença de GPS embutido. Sim, embutido! Há ainda a presença agora de wireless, que assim como o GPS também era um recurso que normalmente só se utilizava em DSLR com acessório à parte.

Isso certamente contribui para que a Canon 6D não canibalize o mercado da 7D, de modo que ambas continuem bastante atraentes, cada uma a seu modo (para comparação, vide o Snapsort). Vi várias pessoas reclamarem do preço anunciado da D600, e obviamente o da Canon 6D também não é dos mais interessantes, tendo em conta os rumores que afirmavam que ambas “FF de entrada” sairiam por menos de 2 mil dólares, mas considerando que o corpo da 5D mark III sai por cerca de US$ 1400 a mais e tem certas desvantagens em relação à sua “prima pobre” 6D, penso ser justo.

fontes: Canon Europe, Dpreview, CanonRumors e Canon USA

Alexandre Maia

Clico, viajo, olho, analiso, converso, e repito — em qualquer ordem!