Home » Atualidade » Acessórios » Canon revela novos acessórios profissionais

Canon revela novos acessórios profissionais

A Canon ampliou a sua gama de acessórios, revelando novos modelos desenvolvidos para oferecer flexibilidade e um novo controlo criativo às suas câmaras EOS Digital SLR profissionais e de gama média.

No topo da gama encontra-se o Speedlite 600EX-RT, a primeira unidade de flash Canon a integrar conectividade wireless por radiofrequência que vem substituir o avançado Speedlite 580EX II. Em conjunto com o novo Transmissor Speedlite ST-E3-RT, este novo modelo oferece aos fotógrafos maiores possibilidades para explorar técnicas de luz criativas. Adicionalmente, a Canon lança também o punho de bateria BG-E11, que complementa a nova EOS 5D Mark III – oferecendo uma maior versatilidade em várias situações de disparo com um tamanho compacto e configuração fácil.

Speedlite 600EX-RT – maior criatividade com flash

O Speedlite 600EX-RT é uma unidade de flash TTL de elevada performance desenhada para ir ao encontro das crescentes necessidades criativas dos fotógrafos modernos. O disparo por radiofrequência para além do controlo wireless do flash por infravermelhos permite aos fotógrafos obter excelentes resultados com configurações de iluminação complexas. Usando um flash principal 600EX-RT ou o novo transmissor Speedlite wireless por radiofrequência ST-E3-RT, podem ser activadas 15 unidades de flash 600EX-RT posicionadas até 30m de distância – oferecendo um grande potencial para fazer experiências com técnicas de iluminação e efeitos mais criativos. As câmaras EOS com um Speedlite 600EX-RT conectado também podem ser activadas remotamente, permitindo aos fotógrafos explorar ângulos de disparos extremos para produzir resultados criativos surpreendentes.

Um número de guia de 60m[i] e a uma ampla cobertura da objectiva de 20 – 200m permite a iluminação criativa ou a exposição equilibrada de motivos a diferentes distâncias. Para disparos grande angulares, um adaptador difusor pode também reduzir a distância focal para 14mm e a cabeça de flash giratória e basculantes cria efeitos mais bonitos e sem sombras. Ideal para retratos, um painel de captura de luz naturais de luzes nos olhos de um sujeito quando se está a fotografar com flash indirecto. Adicionalmente, as opções de cobertura do flash personalizáveis proporcionam uma maior criatividade usando a prioridade ao número de guia para iluminar o sujeito, enquanto escurece ligeiramente as margens do enquadramento.

Tal como o seu antecessor, o Speedlite 600EX-RT comunica as definições do equilíbrio de brancos à câmara através da sapata de conexão. No entanto, para equilibrar o flash e a luz ambiente, um novo adaptador do filtro de cor e duas gelatinas de cor podem ser aplicados para criar um efeito mais natural quando se está a fotografar com iluminação de tungsténio ou mercúrio. Ao fotografar em ambientes escuros, os fotógrafos podem também usar o feixe de assistência à AF para uma auto focagem mais precisa com objectivas de 28mm ou mais, assegurando que os motivos se mantêm focados quando o flash dispara.

Desenhados para profissionais, o Speedlite 600EX-RT e o Transmissor Speedlite ST-E3-RT possuem um design robusto e à prova de intempéries, com um ecrã LCD nítido para tornar fácil a selecção das definições e a mudança de modo flash normal para modos wireless. Utilizando quatro pilhas AA/LR6 para maior comodidade, o Speedlite 600EX-RT oferece tempos de reciclagem rápidos e silenciosos, permitindo aos fotógrafos continuar a fotografar e a explorar efeitos de luz criativos em todas as condições.

WFT-E7 – Controlo wireless de alta velocidade

O WFT-E7 é um novo transmissor de ficheiros wireless para uma ampla variedade de modelos EOS. Para aqueles que necessitam de transferir as suas imagens de forma rápida e fácil como fotojornalistas ou fotógrafos de desporto, o novo WFT-E7 oferece uma maior versatilidade através do Wi-Fi de alta velocidade e suporte para ligação de cabo de rede Gigabit Ethernet. Disponibilizando suporte 802.11a/b/g/n para velocidades de transferência de ficheiros de até 150mbps e Bluetooth para ligação a unidades externas GPS, o WFT-E7 proporciona transferência de ficheiros ultra rápida directamente para um servidor FTP ou até para um televisor HD com DLNA[ii].

Quando disparos criativos ou condições mais difíceis exigem que o fotógrafo controle a câmara à distância, a função WFT Server do WFT-E7 permite que as definições da câmara e o enquadramento da cena no visor sejam controlados através de uma página web em qualquer dispositivo com acesso à internet, como smartphones, tablets ou portáteis. As definições da câmara podem também ser modificadas remotamente através do EOS Utility, permitindo aos fotógrafos controlar e activar a câmara através de uma ligação LAN com ou sem fios.

O WFT-E7 possui um design leve e pode ser montado na parte inferior da câmara, ao novo suporte AB-E1 ou até à alça. Para maior versatilidade, também suporta disparos simultâneos com até dez câmaras, com a sincronização do Wireless Time a assegurar que o tempo em todos os equipamentos está alinhado com o equipamento principal para garantir consistência em todas as unidades. Durante o disparo simultâneo, a função de servidor do WFT pode também ser activada para permitir acesso remoto à câmara principal e às restantes para maior controlo criativo dos efeitos de luz durante disparos multi-câmara.

GP-E2 – Classifique geograficamente as suas imagens com o compacto e leve GPS

Também apresentado hoje é o receptor GPS GP-E2 – uma unidade de compacta, leve e de elevado desempenho que torna fácil a organização geográfica das imagens. Compatível com as câmaras EOS-1D X, EOS 7D[iii] e com a nova EOS 5D Mark III, o GP-E2 classifica as fotos segundo os dados de longitude, latitude e altitude bem como a direcção na qual a foto foi tirada, adicionando a informação ao ficheiro EXIF da imagem.

A função GPS Logger também permite aos fotógrafos registar o seu percurso fazendo o download dos dados do GPS a intervalos regulares, quer a unidade esteja montada no corpo da câmara ou guardada na bolsa. Depois de regressar ao estúdio, os fotógrafos podem classificar as suas imagens com os dados GPS guardados nos ficheiros registados e o seu percurso pode ser visualizado usando o Google Maps ou o software Map Utility integrado.

Para uma maior precisão quando se está a registar a hora da imagem, os fotógrafos podem também sincronizar os relógios das suas câmaras com o relógio atómico global através de informação UTC descarregada a partir do satélite. Esta função é particularmente útil para fotógrafos profissionais que fotografam com vários corpos EOS 5D Mark III, que possam querer processar todas as imagens em conjunto e classificá-las de acordo com a hora em que cada uma foi gravada.

BG-E11 – Melhor manuseamento na EOS 5D Mark III

Para fotógrafos que pretendem fotografar durante longos períodos de tempo com a EOS 5D Mark III, o novo punho de bateria ergonómico BG-E11 duplica a vida útil da bateria com duas baterias LP-E6 adicionais, e permite ainda usar pilhas AA para uma emergência. Para aqueles que frequentemente fotografam na vertical, como fotógrafos de desporto ou retrato, o punho disponibiliza os botões AF start, ponto de Foco e controlos bloqueio AE para além de um segundo Multi Controller e de um Control Dial para tornar a fotografia vertical mais cómoda e intuitiva.

Tal como a EOS 5D Mark III, o BG-E11 é construído em liga de magnésio e oferece o mesmo padrão elevado de protecção contra intempéries – ideal para fotografar nas condições mais adversas.

Speedlite 600EX-RT – principais características

  • Número de guia 60 (m, ISO 100, a 200mm)
  • Activação por radiofrequência a 30m
  • Utilização de até 15 unidades em conjunto
  • Funcionalidade wireless por infravermelhos
  • Activação remota da câmara
  • Cabeça giratória e basculante com controlo do zoom
  • Filtros de correcção com balanço de brancos
  • Reciclagem rápida e silenciosa

Speedlite Transmitter ST-E3-RT – principais características

  • Activação do flash remota por radiofrequência
  • Activação dos Speedlites a 30m de distância
  • Controlo até 15 unidades de flash
  • Activação remota da câmara
  • Protecção contra pós e humidade

Transmissor de Ficheiros Wireless WFT-E7 – principais características

  • Suporta IEEE 802.11n
  • Bluetooth integrado
  • Design versátil
  • Fácil acesso Wi-Fi protegido
  • Transferência para servidor FTP
  • Funções de controlo remotas
  • Compatível com o servidor de media DLNA
  • Disparos Simultâneos

Receptor GPS GP-E2 – principais características

  • Unidade GPS para câmaras EOS compatíveis
  • Incorpora dados da localização e altitude nos metadados de cada ficheiro
  • Registos digitais de informação geográfica
  • Modo de classificação por data
  • Design portátil, utilização de uma pilha AA
  • Definição precisa da hora usando o UTC

BG-E11 – principais características

  • Melhor manuseamento da EOS 5D Mark III
  • Controlos no punho para disparos verticais
  • Punho maior para mãos maiores
  • Usa duas baterias LP-E6 ou quarto AA/LR6 como alternativa

[i] ISO 100 a 200mm
[ii] Digital Living Network Alliance
[iii] Através da actualização do firmware – conexão apenas através de um cabo

Ajude-nos, avalie este artigo:

Diogo Guerreiro

Diogo Guerreiro é o fundador do Fotografia-DG e tem como objetivo a divulgação prática e profunda de técnicas, dicas e recomendações de novas tendências da área do mercado.

3 Comentários

Clique aqui para comentar

  • Gostaria de saber se vc tem informação sobre o lance do disparo do celula.
    Usando o 600, vai ser necessario continuar apontando um flash para o outro para que haja o disparado? Ou é como o da Nikon, que é por wireless e não há necessidade de apontar um flash para que o outro dispare.

    Sobre o transmissor ST-E3-RT não tem infravermelho, não é?! Mesmo eu vendo em fotos e tudo mais, eu não consigo achar um review completo sobre ele, sobre o que tem e o que não tem.
    Se não tiver um infrared, não acha burrice da Canon tirar algo que é importantissimo para a fotografia com flash, que normalmente é utilizada em condições de pouca luz e necessita muito do infrared.?!

    Obrigado

    • Olha, o flash 600 pelo que se vê nas principais características tem infravermelho, então a necessidade, creio eu, de apontá-lo diretamente a outro flash é variável apenas com o suporte do flash receptor a infravermelho. Quanto a disparar por célula, posso estar enganado, mas a célula tem sempre que perceber a luz, e disparar indiretamente não dá certo.

      Já o ST-E3 parece não ter mesmo infravermelho, pelo que leio aqui nas características. Mas posso estar enganado – é bom dar uma pesquisada básica. Se isto for mesmo primordial para disparo em condições de baixa luz, realmente é bem chato a Canon não colocar o recurso – pra não dizer que é burrice da marca (mas não sabemos se o fizerem por questões técnicas, afinal a Canon que eu me recorde não tem uma linha premium de transmissores – apenas a linha STx)

  • Não sei se é engano meu, mas não faz nem 1 ano que saiu o GPS GP-E1! Aliás, talvez nem 06 meses… mas se a Canon o ançou agora, na certa é porque sentiu que era mesmo hora de lançá-lo! E achei bacana a coisa de registrar até a altitude do clique – não sei se a versão anterior tinha isso (acho que vou até investigar), mas de qualquer forma é bem interessante.

    Agora se eu fosse comprar já um desses acessórios, seria o transmissor ST-E3, pois já cansei de ouvir que o ST-E2 é um transmitter bom mas com falhas e etc, e eu mesmo tive que adquirir um genérico para não arriscar, fiquei temeroso mesmo.

    O flash eu não aguentaria, não tenho muque, hehe!

  • 30 fotos grátis na 1a compra