Home » Atualidade

Flickr torna uploader pago, Google sorri

O retorno da mudança vem sendo negativo. Será que a equipe do Flickr reativará o recurso para os usuários não-pagantes?

 

Quase três anos após disponibilizar um impressionante aumento gratuito aos seus usuários (que em suas contas gratuitas passaram a ter 1TB de espaço), e após abrir frente na área de stock photos, o Flickr deu nestes dias mais um passo focando nos usuários pagantes, demonstrando que aqueles que usufruem de seus serviços sem pagamento em troca não serão mais tão beneficiados pela plataforma de armazenamento e publicação: o Uploadr, seu software para desktop para subir fotos, só poderá ser utilizado gratuitamente agora em planos pagos.

O Flickr Uploadr, segundo bem resume o The Next Web, permitia o upload de milhares de imagens automaticamente, além de excluir duplicatas,  tudo a partir de seu HD, do iPhoto ou dispositivos externos — e com o recurso Magic View tínhamos as fotos visualizadas em seções surpreendentemente precisas. Essa facilidade toda, que veio com a versão 4.0 do programa, era um dos grandes atrativos do serviço.

A mudança vem menos de um ano após o Flickr dar aos usuários a possibilidade de subir suas fotos automaticamente a partir de seu disco rígido (à semelhança de serviços como o Google Drive). Ou seja, é basicamente como se o Yahoo, dono do Flickr, tivesse decidido que implantaria um período de teste, porém sem avisar de tal detalhe. Provavelmente esse detalhe renderá um feedback bastante negativo (na verdade eu diria que já está), junto ao fato do site restringir o uso de uma de suas ferramentas mais práticas. O recurso ainda está disponível para usuários que possuem contas pagas, mas é de estranhar-se que a equipe do Flickr tenha decidido tornar justamente o Uploadr restrito, e não algum outro recurso.

A jogada parece ter sido impensada, de forma a parecer desespero para captar dinheiro, além de falta de vigilância em relação à concorrência — especialmente o Google Photos. Falando no Photos, ele oferece, ainda segundo o Next Web, tudo que o Flickr pode oferecer, e gratuitamente, além de ter extras como possibilidade de criar GIFs a partir de suas imagens e montar slideshows com fundo musical.

Atualmente o Flickr oferece um desconto de 30% para a inscrição anual, que custa 50 dólares, mas, como bem dito por Rich McCormick, do The Verge, os usuários podem simplesmente optar pelo Google Photos, que oferece de graça o recurso que muitos perderam no Flickr, que optou por cobrar por algo fundamental para uma experiência proveitosa.

 

via The Verge e The Next Web

Agora que leu, avalie o artigo e deixe um comentário mais abaixo:

Gosta de algum dos artigos abaixo?

  • Elton

    Ah não! Não mesmo! Engano seu pensar que flickr e Google Photos são idênticos e concorrentes! Escolhi o flickr, não por caisa do Uploader, mas pela capacidade de armazenamento em alta resolução! A capacidade de armazenamento no Google Photos em alta resolução é bem menor com uma conta gratuita.

    • Não disse serem idênticos. Quanto a serem concorrentes, em certos pontos são. Um deles é exatamente o que você citou: o de armazenamento.

Abrir Chat
1
Close chat
Olá! Obrigado por nos visitar. Por favor, pressione o botão Iniciar para conversar com o nosso suporte :)

Iniciar