Home » Atualidade » Getty processa por revenda de fotos no Facebook

Getty processa por revenda de fotos no Facebook

Se você comprou ultimamente qualquer foto das agências fotográficas “Spaghetti” ou “Apples” através do Facebook, cuidado, a Getty Images está atrás de você.

 

© Philafrenzy (CC — Wikimedia Commons)
Getty Images, Eastcastle Street, London — © Philafrenzy

 

A fotoagência está processando um homem que, alega-se, vendeu milhares de imagens roubadas da Spaghetti (uma corruptela para Getty) através de um grupo no Facebook.

O gigante da fotografia stock entrou na semana passada com processo legal contra um homem de Ohio chamado Walter Kowalczuk, que alegam ter baixado ilegalmente e vendido cerca de 3400 imagens em alta resolução do acervo da agência. De acordo com o site PDN, Kowalczuk teria adquirido as senhas de dois grandes clientes da Getty e utilizado suas contas para baixar imagens que anunciou para venda através de um grupo privado no Facebook. As imagens eram por vezes vendidas em pacotes por mixarias como $0,75 cada foto através de posts como o abaixo, identificando a Getty como “Spaghetti” e a Associated Press como “Apples”.

roubo ao Getty - Kowalczuk

“Mínimo de 400 imagens”, ele escreve no post. “Spaghetti e Apple estão disponíveis como sempre pelo menor preço por cerca de 75 centavos cada.”

O grupo entrou no radar da Getty por um parceiro em licenciamento em março, e desde então investiram este tempo adquirindo evidências comprando imagens de Kowalczuk, e assim teriam percebido como ele as obtinha. A Getty comprou um total de 29 imagens de Kowalczuk em três ocasiões distintas entre 29 de março e 29 de abril. A Getty afirma que em todas vezes foram dadas as mesmas instruções: dar a ele os números de catálogo Getty das imagens que desejasse, pagar, e Kowalczuk entrega as fotos através de um site de compartilhamento. Mas o pessoal, ao que parece, está de olho.

A Getty está indo atrás de Kowalczuk em juízo, pedindo indenização por infração intencional de direitos autorais, infração de contribuinte, fraude computacional e violações à Lei dos Direitos Autorais do Milênio Digital (Digital Millennium Copyright Act). Kowalczuk ainda deverá entrar com resposta às reivindicações da Getty.

via Petapixel / PDN Pulse
i
magem por Philafrenzy
(CC)

Ajude-nos, avalie este artigo:

Alexandre Maia

Clico, viajo, olho, analiso, converso, e repito — em qualquer ordem!

Também estou no blog da D&M Photo.

Adicionar Comentário

Clique aqui para comentar