Home » Atualidade » Câmeras » Panasonic lança Lumix DMC-GX1

Panasonic lança Lumix DMC-GX1

Panasonic lança a sua câmara mais ‘retro’ apostando no sistema de objectivas intercambiáveis

  • A nova Lumix DMC-GX1 oferece qualidade e rendimento excelente num design superior.

A Panasonic soma mais uma Lumix à sua família de câmaras digitais com objectivas intercambiáveis. É a DMC-GX1, com alta qualidade de imagem e um rendimento impressionante em resposta e função. A gama LUMIX G Micro System é a nova geração de fotografia que elimina o sistema de espelho, baseando-se no novo standart em fotografia digital, que oferece a qualidade das reflex, mas num formato mais pequeno e ligeiro.

Aproveitando o máximo do sensor Live MOS de 16,0 megapíxeis e o processador Venus Engine, as imagens captadas em situações de pouca luminosidade são de grande qualidade. O sistema AF de Precisão por contraste da LUMIX G consegue uma velocidade de
aproximadamente 0,09 segundos. Também melhorou o sistema de disparo consecutivo para uma resolução completa de 16 megapíxeis e 4,2 fps.

A LUMIX DMC-GX1 pode gravar vídeo Full HD a 1920 x 1080 com som stereo e em formato AVCHD que permite uma maior eficiência na compreensão e maior facilidade para a sua reprodução em equipamentos AV. O seu avançado sistema AF, que inclui um prático AF contínuo e um AF de seguimento, também está disponível em vídeo, de forma a que cada fotógrafo poderá desfrutar de uma
gravação de vídeo em máxima qualidade com um mínimo esforço.

Como câmara pertencente à gama LUMIX G Micro System, o design externo foi desenvolvido tendo em atenção a todos os detalhes. O suporte na parte superior permite fixar a inclinação do visor (DMV-LVF2 opcional) de aproximadamente 1.4x (aproximadamente 0.71), equivalente a 1,44 milhões de pontos, 100% do campo de visão. Para além disso, para ampliar o seu rendimento, é compatível com UHSI standard para o cartão de memória SDXC/SDHC.

Disponível em preto, a DMC-GX1 apresenta um design único, mantendo a qualidade e altas prestações das câmaras LUMIX G Micro System.

Alta qualidade de imagem numa câmara com sistema de objectivas intercambiáveis

A LUMIX G Micro System permite conseguir umas imagens fotográficas de alta qualidade, com detalhes muito realistas graças à sua excelente resolução e reprodução de cores; as objectivas de alta qualidade e o AF de precisão permitem conseguir uma elevada resolução e um equilíbrio óptimo da mesma.

O sensor Live MOS de 16,0 megapíxeis tem um papel importante no grande resultado das fotografias. Con o seu circuito preciso, conseguiu-se reduzir o ruído em mais de 66%. Há que destacar que a DMC-GX1 alcança até ISO 12800, ou seja, tem a capacidade de ajustar-se a alta sensibilidade. Desta forma, conseguese um resultado 200% melhor que com una câmara com sensor de 12,1 megapíxeis. Este avançado sistema conseguiu melhorar a relação sinal/ruído (S/N) conseguindo 6db com ajuste ISO3200 até 9db em ISO6400. O resultado é uma imagem extraordinariamente nítida, ainda que se capte em lugares pouco iluminados.

Além disso, gracias ao processamento de sinais de alta velocidade com 3 CPU, o processador de imagens Venus Engine conta com um rendimento excelente para reduzir o ruído e obter uma maior qualidade de imagem. Este sistema separa o ruído cromático do ruído de luminância, inclusivamente com maior precisão mediante a aplicação da redução de ruído óptimo para cada um. Podem-se captar
imagens nítidas e belas, até quando se dispara a níveis altos de sensibilidade ISO.

Ao evitar a mescla de cores que tende a aparecer em redor dos contornos, qualquer ruído cromático, não apenas na parte de gradação, mas também na parte do contorno, descreve-se com claridade. Os detalhes são mantidos para uma óptima síntese da informação, a qual é processada dando prioridade à resolução para o marco e prioridade do NR para tornar a imagem mais ligeira.

Avançado sistema de focagem

Todas as câmaras LUMIX G Micro System utilizam o sistema de focagem por contraste, o qual controla a focagem mediante o sensor de imagem, pelo que não podem produzir-se erros mecânicos e, assim, consegue-se uma focagem precisa. A DMC-GX1 conta com o nível de Light Speed AF de aproximadamente 0,09 segundos3, reduzindo o tempo de detecção de focagem ao duplicar a velocidade de transmissão de 60 fps a 120 fps. Não apenas a detecção, mas também a velocidade supera as reflex digitais de gama alta com AF por detecção de fase, graças ao avançado sistema AF de contraste da DMC- GX1.

Como novidade, adicionou-se o modo AFF (AF Flexível) que bloqueia a fcagem quando o botão de disparo está meio pressionado; porém, se o objecto se move, o enfoque trabalha para obter os melhores resultados. Combinado com o controlo Touch AF (AF Táctil), focar o objecto é incrivelmente simples e rápido, sem nunca perder o momento único para fazer a foto. Aproveitando as vantagens do sistema de focagem de contraste, com la DMCGX1 é possível focar qualquer ponto do campo de visão.

O sistema de controlo táctil da DMC-GX1 permite aos utilizadores focar imediatamente o objecto simplesmente tocando no ecrã panorámico LCD de grande tamanho e 460.000 pontos, e inclusivamente pode-se captar uma foto. Uma vez fixado o objecto com um toque, a câmara o seguirá, ainda que se desloque, graças à função AF Tracking. O AF de multi-áreas com 23 zonas de AF permite seleccionar um grupo de pontos de AF em função do tipo de composição. Além disso, a função Pinpoint AF incorporada na DMC-GX1 facilita um ajuste mais preciso de enfoque ao ampliar a área que se vai focar. É uma grande ajuda, por
exemplo, para centrar a focagem na pupila de um olho.

Com o modo MF Assist, pode ampliar-se uma parte da imagem simplesmente tocando no ecrã, seleccionando 1x, 4x, 5x ou 10x e deslocando-a suavemente para o ecrã.

Fácil controlo manual com variedade de funções de disparo

Apesar do seu tamanho compacto excepcional, é cómodo e fácil utilizar a DMCGX1, devido ao óptimo design dos diferentes botões. A função de alteração na configuração faz-se com os dois botões exteriores e os dois menus na saliência de software de alcance directo. Além disso, podem-se memorizar até um total de 4 modos de ajustes personalizados na câmara (um em C1 para disparos directos e
em três em C2).

Agora a DMC-GX1 incorpora um indicador de nível que permite à câmara detectar o ângulo de visão horizontal/vertical, coisa que consegue através do seu nível interior que trabalha com o sensor de aceleração. Assim, as fotografias tiradas na vertical mostram-se automaticamente nesta posição com qualquer lente que se utilize.

O recém incorporado AE Push ajusta a exposição com uma única pulsação do botão Fn (Function) quando está com baixa ou alta claridade. É especialmente útil para realizar fotografias em exteriores ou interiores que necessitem de uma rápida velocidade de obturação. O zoom pode-se controlar de forma manual quando a objectiva de zoom motorizado se contrai. A velocidade pode-se ajustar em dois passos.

Os melhores ajustes em cada parte da câmara

Como câmara da gama LUMIX G Micro System, o design externo da DMC-GX1 foi fabricado sem descurar nenhum detalhe. O exterior ergonómico e a superfície plana facilitam a sua fixação, visto que a resina do material com que foi fabricada oferece a sensação de conforto. Assim, o funcionamento da DMC-GX1 é muito simples graças à óptima distribuição dos botões e ao novo dial de controlo. Esta nova câmara incorpora um suporte para um flash externo ou o novo Live View Zinder DMW-LVF2, que são acessórios opcionais.

Qualidade de gravação Full HD

O LUMIX G Micro System permite não só captar fotos de alta qualidade com a câmara, mas também gravar vídeos impressionantes. O formato AVCHD proporciona praticamente o dobro de tempo de gravação em qualidade HD que o formato Motion JPEG convencional. Um botão directo na parte superior permite ao utilizador começar a gravar vídeos no momento enquanto capta fotografias, sem ter de definir nenhum ajuste adicional. Agora a DMC-GX1 permite gravar vídeos em alta resolução Full HD 1920 x 1080 a 50i em formato AVCHD (a saída do sensor é de 25p) . Para além do práctico AF constante, a função Touch AF na gravação de vídeo também permite aos utilizadores conseguir uma focagem quase profissional. Igualmente, a função de conversão para teleobjectiva amplia na prática o alcance de zoom máximo até 4,8x, sem deteriorar a qualidade de imagem com uma resolução menor.

Os principiantes também podem gravar vídeos de alta qualidade com a DMC-GX1, já que os populares iA e iA Plus também estão disponíveis no modo de gravação. O estabilizador de imagem (O.I.S) ajuda a prevenir o movimento, mesmo quando se utiliza um grande zoom. A função de controlo de desfocagem do modo iA permite ajustar a área de desfocagem do fundo simplesmente movendo um deslizador para destacar o objecto. Com AF Tracking, a DMC-GX1 pode centrarse num objecto e mantê-lo focado, ainda que este se mova.

Por outro lado, o controlo Intelligent D-range permite conseguir um aspecto ainda mais natural, optimizando a exposição para cada uma das partes da imagem, evitando tanto as sombras negras como as zonas muito iluminadas e ajudando a garantir uma perfeita reprodução da gradação e dos detalhes, inclusivamente a cor azul do céu.

A função de compensação automática de contraluz activa-se sempre que a câmara detecta que o sujeito está em contraluz e a tecnologia Intelligent Resolution permite conseguir um aspecto mais natural e com uma nitidez mais equilibrada nos detalhes e nos contornos. Pode-se gravar som em alta qualidade conm o Dolby® Digital Stereo Creator. Também está disponível a função Wind Cut, que permite bloquear o ruído do vento. A DMC-GX1 pode tirar uma foto durante a gração de vídeo bastando pulsar o botão do obturador. Mais: as fotos podem-se recortar a partir do vídeo e a parte não desejada pode-se eliminar com a função de divisão de vídeo.

Os filmes podem-se gravar em formato MP4 para reproduzi-los directamente no PC ou noutros dispositivos electrónicos, sem ser necessário converter.

Longa duração da bateria

Com a optimização e racionalização no design eléctrico, a DMC-GX1 destaca-se pelo seu consumo energético. A bateria da nova Lumix dura mais 11% comparativamente com a sua antecessora, a DMC-G3, que também tem uma bateria DMW-BLD10. A DMC-GX1 é agora capaz de disparar 4.2 quadros por segundo consecutivo em 16,0 megapíxeis de resolução completa com obturador mecânico. Também se pode seleccionar o disparo de alta velocidade de rajada a 20 fps com o obturador electrónico.

As câmaras LUMIX G Micro System estão equipadas com um sistema de eliminação de pó altamente eficiente com um filtro de ondas supersónicas na frente do sensor Live MOS. O filtro, que vibra verticalmente 50.000 vezes por segundo, repele de forma eficaz o pó e as partículas de sujidade.

Expressividade artística ao limite

A DMC-GX1 é artística não só na sua forma, mas também na sua funcionalidade. Oferece uma série de funções que permitem aos utilizadores criar imagens próprias com uma grande riqueza expressiva. Por exemplo, o modo My Colour do LUMIX G Micro System está renovado para o “Creative Control”, permitindo seleccionar os modos de cor mais utilizados; Expressivo, Retro, Tom alto, Sépia, Dinâmico alto e o novo modo Efeito de miniatura. Por outro lado, no modo Efeito de miniatura, os objectos periféricos ficam desfocados e realça-se a saturação e o contraste, de forma a que a imagem se pareça a um diorama. O alcance e a posição da zona a desfocar podem ajustar-se segundo a composição da imagem, seja em orientação horizontal (paisagem) ou vertical (retrato). O vídeo gravado neste modo reproduz-se em avanço rápido de 10x, fazendo com que o seu visionamento se torne ainda mais divertido. Agora pode ajustar-se a compensação da exposição no modo Creative Control.

O chamado modo iA melhorou, tendo como resultado o modo iA Plus. Além disso, as potentes funções convencionais de suporte para la captação de fotografias, a área de desfocagem, a compensação da exposição e o balance de brancos podem ajustar-se a partir do modo iA Plus. Funciona tanto em modo de fotografia como em modo de gravação de vídeo.

Imagens em 3D

Em Setembro de 2010 apresentou-se ao mercado a primeira câmara de objectivas intercambiáveis com possibilidade de realizar fotografias em 3D. Uma grande prestação que também oferece a DMC-GX1. A DMC-GX1 permite visualizar as imagens e vídeos capturados num cartão SD directamente no ecrã de um televisor, DIGA ou Blu-ray Panasonic mediante a função Viera Link, ou a partir de um cabo HDMI.

Com a DMC-GX1 oferece-se o programa PHOTOfunSTUDIO 7.0 HD, que permite organizar e editar facilmente as fotos e vídeos, assim como o SILKYPIX® Developer Studio 3.1 para desenvolver arquivos RAW e o Super LoiloScope
(versão de prova).

Abaixo estão detalhados os PVRP’s disponíveis em 2 kits:

  • DMC- GX1KEC-K (com objectiva 14-42 mm ) – 649€
  • DMC- GX1XEC-K (com objectiva14-42 mm motorizado) – 799€

Ajude-nos, avalie este artigo:

Diogo Guerreiro

Diogo Guerreiro é o fundador do Fotografia-DG e tem como objetivo a divulgação prática e profunda de técnicas, dicas e recomendações de novas tendências da área do mercado.

Adicionar Comentário

Clique aqui para comentar