Home » Cursos » Curso Fotografia DG » Objectiva

Objectiva 5/5 (1)

A objectiva é essencialmente o olho da câmara e tal como a abertura do diafragma e a velocidade do obturador é um elemento fundamental para o fotógrafo criativo.

A sua função principal é assegurar que o motivo aparece nítido na fotografia, outra função importante é o ângulo de visão, este determina qual é a parte do cenário que irá aparecer fotografia.

Objectivas grande angular

Estas objectivas têm como característica principal a capacidade de abranger uma área de visão bem maior que as objectivas normais e é mais apropriada para fotos de paisagem ou em ocasiões que se tem pouca distância para fotografar como em recintos pequenos ou salas em que precisamos enquadrar o máximo de área possível. Uma outra característica desta lente é proporcionar grandes profundidade de campo, desde pequenas distâncias até o infinito.

grande_angular

Objectivas olho-de-peixe

A maioria das objectivas são produzidas para criar uma imagem sem distorções, embora nem sempre consigam. A objectiva olho-de-peixe é uma excepção notável, esta produz imagens distorcidas, em que tanto as linhas verticais como horizontais ficam curvadas.

Existe dois tipos de objectivas olho-de-peixe, as circulares e as full-frame.
Com as objectivas olho-de-peixe circulares a imagem fica redonda sendo usada apenas a parte central da fotografia, os cantos ficam a preto. Ambas tem um ângulo de visão de 180°, a diferença é que as objectivas olho-de-peixe full-frame preenche toda a área da imagem e tem uma distancia focal maior que algumas grande angulares.
Estas lentes são salientes por isso não possibilitam a instalação de filtros fotográficos ou outros acessórios, algumas tem filtros incorporados e outras permitem o uso de filtros de gelatinas.

Objectiva olho-de-peixe

Imagem de Marco Olim

Objectivas Zoom

Objectivas zoom são aquelas que a distância focal e o campo de visão pode ser ajustado sem afectar a focagem. Estas equipam a grande maioria das câmaras digitais não SLR e as mais tentadoras são as que têm um alcance desde grande-angular a teleobjectivas.

objectiva_zoom

Objectivas rápidas

A distância focal normalmente é o primeiro elemento a ter em conta, mas não é o único a ponderar na escolha de uma objectiva. Considera-se que uma objectiva é rápida se tiver uma abertura máxima maior ou igual a 2.8, estas objectivas deixam passar mais luz, o que as torna ideias para fotografar em conduções de pouca luz.

As mais utilizadas são de distância focal fixa, porque as objectivas zoom normalmente tem aberturas máximas menores. As objectivas rápidas e de distancia focal fixa são a ferramenta de trabalho dos fotógrafos profissionais de desporto, elas são ideais para “congelar” a acção e reduzir a profundidade de campo para concentrar a nossa atenção no motivo.

objectiva_rapida

Objectivas macro

Pode ter distância focal normal ou de uma meia teleobjectiva (100mm). Mas é capaz de focar objectos a pequenas distâncias, e assim proporciona ao fotógrafo a possibilidade de fotografar detalhes minúsculos de objectos, pequenos insectos, plantas ou micro organismos.

objectiva_rapida

Objectivas de descentramentos ou de inclinação e desvio

É uma objectiva grande-angular de alta qualidade, com a possibilidade de deslocar o círculo de imagem, para baixo, para cima, ou para os lados, para reduzir por exemplo, o primeiro plano, sem que seja necessário inclinar a câmara. Estas objectivas fazem parte do equipamento de um arquitecto.

Super-teleobjectivas

Estas objectivas são muito caras devido ao seu difícil fabrico mas são indispensáveis a quem leva a fotografia de vida selvagem a serio. É essencial o uso de um tripé mesmo que esta seja topo de gama e possua estabilizador de imagem.

Super_teleobjectivas

Agora que leu, avalie o artigo e deixe um comentário mais abaixo:

Diogo Guerreiro

Diogo Guerreiro é o fundador do Fotografia-DG e tem como objetivo a divulgação prática e profunda de técnicas, dicas e recomendações de novas tendências da área do mercado.

4 Comentários

Clique aqui para comentar

  • Eating more meals per day is what works for me. It might sound like “hey i gonna pack on more weight” but it’s not true. Instead of eating 3 big meals per day, breaking your meals in 5-6 smaller ones has been proven to boost your metabolism, reduce hunger and aid in weight loss. Your body can only assimilate a certain number of calories per sitting so if you eat too much per sitting, your body will store the excess calories as fat. This is why the 3 big meals per day is not a good nutrition concept.

    [WORDPRESS HASHCASH] The poster sent us ‘1110010368 which is not a hashcash value.

Abrir Chat
1
Close chat
Olá! Obrigado por nos visitar. Por favor, pressione o botão Iniciar para conversar com o nosso suporte :)

Iniciar