fbpx

Resenha do livro “More than a Rock” de Guy Tal

Olá leitor do Fotografia-DG.

Hoje vou fazer a resenha de um livro que li recentemente chamado “More than a Rock” de Guy Tal, um fotógrafo de paisagem dos Estados Unidos.

More than a Rock, quer dizer: “mais do que uma pedra” traduzindo ao pé da letra, na realidade o autor nomeou este título para falar justamente do que está além da fotografia. Este livro está em inglês e eu adquiri ele pela Amazon do Brasil, você pode encontra-lo diretamente neste link.

Quem é Guy Tal?

Guy Tal é um artista profissional, autor, fotógrafo, educador e palestrante. Guy acredita que a prática de atividades criativas se manifesta não só na arte da arte, mas também tem a capacidade de transformar e enriquecer a vida, facilitar experiências significativas e gratificantes e promover o contentamento e a satisfação através da descoberta e aprendizado ao longo da vida.

Este livro é publicado pela editora Rocky Nook, bastante conhecida por quem já tem outros livros de fotógrafos de paisagens dos Estados Unidos.

Este não é um livro com dicas, técnicas, passo a passo da fotografia, mas sim um livro provocador que te faz questionar a sua relação não só com a fotografia, mas com a arte de maneira geral, ele te ensina a viver o momento presente e apreciar verdadeiramente a paisagem, sem pressa, sem se preocupar em correr para baixar a fotografia e mostrar as outras pessoas e receber curtidas.

O livro é dividido em vários ensaios e em 4 capítulos com os temas: Arte, Profissão, Experiências e Meditação. Muitas vezes há momentos em que você viaja ao se aprofundar nas questões mais filosóficas do livro.

É um livro que traz uma série de fotografias do Autor, mas que não se preocupa com os detalhes técnicos, nem como a fotografia foi feita, nada disso; ao invés disso, ele procura em vários níveis provocar o leitor a ir mais a fundo, em compreender o porquê da fotografia. É um livro sobre criatividade e expressão, sobre estar na natureza e a busca que te faz fazer fotografias de paisagens, ou simplesmente estar em contato com paisagens naturais.

O autor procura deixar que o próprio leitor reflita, contando suas experiências com arte, criatividade e expressão artística e reflexões sobre a natureza e o lugar do homem na mesma, viver uma vida com propósito e como vive como um artista nos dias de hoje.

É um livro para o fotógrafo que quer retratar o seu trabalho como obra de arte e está procurando inspiração e digo mais, não só para fotógrafos de paisagem, mas para qualquer fotógrafo de qualquer área. Se você se considera um artista e vê o que cria como arte quando você está com sua câmera fotografando, então este livro é para você.

Um livro inspirador que faz você querer sair agora da frente da tela e ir fotografar e criar, vivendo a experiência de estar fotografando, aproveitando mais o processo do que o resultado final.

Com frases de Ansel Adams, Seneca, Paul Strand, Minor White, Van Gogh, Nietzsche, Alfred Stieglitz, Edward Weston entre outros artistas, filósofos e fotógrafos que ajudam a posicionar e preparar o leitor no início de cada ensaio, Guy Tal mergulha o leitor em um poço de inspiração, através do seu exemplo de vida, vivendo uma vida mais simples e isolado de grandes centros urbanos e mergulhado em seu quintal de casa com paisagens incríveis. Em vários momentos é possível se identificar com as falas do autor em nosso próprio trabalho.

Em nenhum momento ele fala sobre nenhuma das fotografias que estão no livro dele, nem dados técnicos, nem onde foi tirada, nem quando. Estão lá como suporte ao texto e as idéias muito bem escritas e delineadas em cada ensaio.

Após a leitura é bem capaz de você se fazer as seguintes pergunta: Por que eu faço o que eu faço? Eu fotografo para mim ou para obter elogios, curtidas ou comentários? Ao invés de ganhar uma gratificação instantânea, uma massagem no ego, porque ao invés disso não focar na exploração do desconhecido?

É possível ver mais desses ensaios em seu blog: https://guytal.com/wordpress/

Não é somente sobre fotografia, é sobre viver a vida!

Um abraço e até a próxima.

Ale Rodrigues

Ale Rodrigues é formado em Engenharia Mecânica. Nasceu em São Paulo, Brasil; começou a fotografar com filme em 2006 numa câmera Yashica, um presente de seu pai. Trabalha com fotografia de paisagens, arquitetura, eventos corporativos e still. Possui material publicado em várias revistas do ramo e se especializou em criar imagens autorais utilizando de técnicas de longa exposição em que tenta passar uma mensagem para que as pessoas estejam conectadas no momento presente.

Este website utiliza cookies para melhorar a experiência do usuário. Ao clicar em "Aceitar Cookies" ou continuar com a navegação está a consentir a sua utilização. Para saber mais sobre cookies ou para os desativar consulte a
Política de Privacidade.
Aceitar Cookies
Este website utiliza cookies para melhorar a experiência do usuário. Ao clicar em "Aceitar Cookies" ou continuar com a navegação está a consentir a sua utilização. Para saber mais sobre cookies ou para os desativar consulte a
Política de Privacidade.
Aceitar Cookies