Home » Resenhas » DVDs

Review DVD Direção na Fotografia de Casamento

A Autora

Márcia Charnizon é mineira de Belo Horizonte, e começou a fotografar com apenas 13 anos de idade. Da fotografia de teatro à de moda colecionou experiências e foi alinhavando os frutos de cada uma delas para congregá-las todas na fotografia de casamento.

Tão surpreendente quanto seu histórico profissional são suas fotografias em si. Diante de tamanho talento, não surpreende que a palestra de Marcia Charnizon no Wedding Brasil de 2010 tenha arrancado aplausos de pé dos congressistas. Da palestra tão elogiada e aplaudida, nasceu este DVD para deleite dos fotógrafos que não puderam conferir ao vivo o maior congresso de fotografia de casamento da América Latina.

700x0_DVD Direção na Fotografia de Casamento

Compre este DVD aqui

A palestra

Charnizon resume sua carreira, e sua fotografia, a um tripé que ela define como: Movimento – Música – Intuição. A maneira como ela une estes três elementos é o pilar de sua direção de cena, e por consequência da sua fotografia. Naturalmente, é sobre esta base de sustentação que a palestra de Charnizon se inicia e percorre, dividindo sua explanação sobre tópicos fundamentais, que vou pontuar abaixo:

– Falar todas as línguas

Charnizon faz uma crítica ao trabalho puramente “narcisista”, no qual o fotógrafo apropria-se dos seus gostos particulares e vontades e se mantém alheio ao desejo do cliente. A fotógrafa defende que ao trabalharmos com os sonhos dos outros é complicado impormos a nossa arte sem ao menos ouvir o cliente, sem sermos flexíveis.

– Ser um bom anfitrião

Ao sabermos falar todas as línguas, e a língua dos nossos clientes fundamentalmente, passamos a lidar com o segundo aspecto principal, que é sabermos ser bons anfitriões para estes, para que possamos “Encontrar – Revelar – Se Apropriar” dos personagens incultos neles.

Charnizon exemplifica esta tríade de “Encontrar – Revelar – Se Apropriar” dos personagens incultos, com o típico caso do cliente que não gosta de sorrir (ou ser fotografado sorrindo), e muitas vezes é “forçado” pelo fotógrafo para tanto. Quando isto ocorre, não estamos sabendo falar a língua do nosso cliente, e ao não respeitar sua personalidade não estamos sendo bons anfitriões, eis que a fotógrafa nos celebra com a simples constatação (que muitas vezes esquecemos) que há uma grande distinção entre fotografar “Serenidade e fotografar Seriedade”

– Dê estímulo sensorial

Para encontrarmos, revelarmos e nos apropriarmos dos personagens de nossos clientes, respeitando sua intimidade, personalidade, ou seja, falando sua língua, é necessário que peçamos permissão. Charnizon nos explica que a permissão não é aquela explícita, e sim implícita, e nos ensina que uma das maneiras de pedirmos tal permissão é dando estímulo sensorial aos fotografados. Em outras palavras, afirma que precisamos “enganar a mente” daqueles que estamos fotografando, seja através de uma conversa ou através da música.

– Música é fundamental

Nas palavras de Charnizon “a música aconchega, a música povoa a mente”, sendo fundamental na direção de cena, e para enganar a mente. A importância da música remete ao seu inverso, quando Charnizon assevera que “o silêncio mata” a direção de cena.

– Mantenha o clima

Ao estimularmos nossos clientes, seja através da música ou através de uma conversa, ou seja “enganando a mente”, é necessário que consigamos manter o clima da sessão. Charnizon cita como exemplo um caso onde a cerimonialista indicava poses aos noivos para serem fotografados, fato que seria suficiente para criar um desentendimento entre este profissional e o fotografo, mas que na verdade deve ser tratado com flexibilidade, aceitando algumas intervenções externas para que não se perca o clima, a relação já criada.

– Toda pose é fake

Neste momento, Charnizon passa a fazer uma análise sobre a diferença entre fotografar pose e fotografar momentos. Enfatiza sua avaliação com a frase de André Rouillé: “A pose submete as coisas e os corpos a ordem das formas pré-estabelecidas… a pose não é um movimento interrompido e sim formas regradas e convencionais”. Através desta afirmação, Charnizon demonstra na prática a diferença entre fotografar uma pose e fotografar movimento, interrompendo-o através da fotografia.

A prática no palco do Wedding Brasil também leva a outra conclusão sobre um erro que normalmente os fotógrafos acabam incidindo: “Não adianta exigir ou esperar de nossos clientes uma atuação de modelo ou ator”.

Um dos conselhos dados por Charnizon para que possamos provocar o movimento e capturá-lo é provocando brincadeiras, pois possibilita a experimentação do lúdico, pois segundo a fotógrafa “a leveza das pessoas mora no lúdico”, e é esta leveza que deve ser fotografada.

– Papel do Intuitivo

Compondo o último requisito do tripé “Música – Movimento – Intuição”, Charnizon define este último, a intuição, como “saber as entrelinhas”, ou seja, precisamos saber ler também o silêncio e explorar dele nas situações mais desafiadoras.

O DVD é repleto daquilo que sustenta a fotografia de Marcia Charnizon: Movimento, música e intuição. Através da maneira lúdica como a fotógrafa dirige seus noivos ela também conduz essa brilhante e inspiradora palestra, que foi das mais aplaudidas no Wedding Brasil 2010.

Uma verdadeira obra que vale a pena ser vista e, acima de tudo, experimentada.

Você pode conferir todo o conteúdo desta palestra, adquirindo o DVD “Direção na Fotografia de Casamentoclicando aqui.

Até a próxima! Boa sorte e muita luz para todos!

Agora que leu, avalie o artigo e deixe um comentário mais abaixo:

Diogo Ramos

Diogo Ramos, 26 anos, é fotografo e advogado, especialista em Direito de Imagem e Autoral. Desde criança esteve envolvido com a fotografia, vendo os trabalhos da coleção de seu pai. O interesse em fotografar surgiu somente após concluir a faculdade de direito, há dois anos atrás, quando realizou uma pesquisa sobre o Direito a Imagem e a Liberdade de Imprensa. A paixão pela fotografia foi tamanha que hoje se sente mais fotógrafo do que advogado, e exerce ambas as profissões conjuntamente.

Adicionar Comentário

Clique aqui para comentar

Páginas Úteis

Abrir Chat
1
Close chat
Olá! Obrigado por nos visitar. Por favor, pressione o botão Iniciar para conversar com o nosso suporte :)

Iniciar