Rod Stewart é processado por fotógrafa de celebridades 5/5 (2)

Bonnie Schiffman, renomada fotógrafa de celebridades, abriu um processo judicial no tribunal de Los Angeles contra o cantor Rod Stewart e a Caesars Entertainment. A acusação é de que uma foto do cantor feita por Bonnie em 1981 e usada na capa de uma coletânea de sucessos chamada “Storyteller” foi copiada e está sendo usada para divulgar um show em Las Vegas e sua turnê mundial. A fotógrafa pede uma indenização de 2,5 milhões de dólares.

Capa do álbum Storyteller que contém a referida foto de Bonnie Schiffman
Capa do álbum Storyteller que contém a referida foto de Bonnie Schiffman

Não é a foto feita por Bonnie em 1981 que está sendo usada e sim uma imitação, a fotógrafa afirma que foram usados a mesma pose e o corte de cabelo do veterano cantor vistos de costas, como está na foto do álbum Storyteller. William Hochberg, advogado da fotógrafa, diz que a pose em questão é bastante emblemática e reconhecida por milhões de fãs, e por isso ela vem sendo usada. Os representantes de Rod Stewart, que em 2013 ofereceram 1500 dólares a Bonnie que recusou a oferta por achar baixa demais, não puderam ser contactados para maiores explicações e um porta-voz da Caesars limitou-se a dizer que a empresa não comenta sobre processos judiciais pendentes.

Vale lembrar que não é a primeira vez que Rod Stewart se encontra em alguma situação desse tipo: o refrão da música Da Ya Think I’m Sexy gravada pelo roqueiro em 1978 possuía notas idênticas às da música Taj Mahal de 1972 do cantor brasileiro Jorge Ben Jor. O plágio foi admitido pelo próprio Rod Stewart apenas em 2012, abrindo mão dos royalties.

Via Reuters

Ajude-nos! Avalie, compartilhe e deixe um comentário mais abaixo:

Rodrigo Jordy

Fotógrafo amador que estuda muito sobre fotografia, principalmente equipamentos, e gosta de compartilhar o conhecimento que adquire.

Abrir Chat
1
Close chat
Olá! Obrigado por nos visitar. Por favor, pressione o botão Iniciar para conversar com o nosso suporte :)

Iniciar