“Save the Memory Project” restaura 90 mil fotos no Japão

Ação denominada “Save the Memory Project” restaura 90 mil fotografias perdidas no tsunami de 2011 no Japão e ainda há mais de 300 mil imagens na espera para serem devolvidas a seus donos

A Ricoh, fabricante japonesa de câmeras e hoje detentora da marca Pentax, realizou uma ação chamada “Save the Memory Project” com o intuito de recuperar fotos perdidas e danificadas no terremoto de 11 de março de 2011 que afetou várias cidades da ilha de Honshu, a principal do arquipélago que compõe o Japão. Este terremoto atingiu a magmitude 8,9 graus na escala Richter tornando-se o pior da história do Japão e o sétimo pior em toda a história mundial, ao todo foram mais de 18 mil mortos e desaparecidos.

Fotografias muito danificadas após o tsunami de 2011
Fotografias muito danificadas após o tsunami de 2011

 

O projeto envolve voluntários, entidades públicas e privadas (como NEC e Fujitsu) do Japão e faz parte de uma série de atividades de reconstrução e apoio aos sobreviventes que acontece até hoje, e a Ricoh faz parte deste projeto que recolheu cerca de 400 mil fotografias danificadas (o número exato segundo o PetaPixel é de 418.721 fotografias) com o propósito de limpeza, restauração, digitalização e armazenamento em nuvem para que estas fotografias sejam devolvidas como novas aos seus donos. Agora, 4 anos após o terrível desastre que envolveu milhares de famílias que até hoje ainda estão tentando se reerguer, pouco mais de 90 mil fotografias já foram entregues aos seus donos através de centros de fotografia distribuídos em cinco localidades diferentes.

Fotos já restauradas e digitalizadas para que os donos possam solicitar o envio das imagens impressas
Fotos já restauradas e digitalizadas para que os donos possam solicitar o envio das imagens impressas

 

O árduo trabalho manual dos voluntários nestes 4 sofridos anos tem sido compensado com a alegria destas famílias que consegue, através das imagens restauradas, recuperar um pouco de sua história resgatando o passado dos entes queridos que se foram de forma brutal e dando mais força para se reerguerem. Algumas imagens abrangendo todo o processo de restauração das fotografias desde o recolhimento até o final do processo para devolução a seus donos podem ser vistas no site oficial da Ricoh para o “Save the Memory Project”. Ao todo são 518 colaboradores de 17 companhias do grupo Ricoh que estão envolvidos neste gratificante e duro trabalho.

Via Quesabesde e Empresas Hoje

Ajude-nos! Avalie, compartilhe e deixe um comentário mais abaixo:

Rodrigo Jordy

Fotógrafo amador que estuda muito sobre fotografia, principalmente equipamentos, e gosta de compartilhar o conhecimento que adquire.

Abrir Chat
1
Close chat
Olá! Obrigado por nos visitar. Por favor, pressione o botão Iniciar para conversar com o nosso suporte :)

Iniciar