Home » Atualidade » Wedding Brasil 2014: o que rolou

Wedding Brasil 2014: o que rolou

Julio Trindade relata como foi a edição deste ano do congresso Wedding Brasil, dedicado a fotógrafos de casamento, com estrelas brasileiras e de fora

 

Esta, foi a 6ª edição que participei e gostaria de dividir aqui, com os leitores do Fotografia DG, as minhas considerações e experiências, sobre este mega evento da Fotografia de Casamento Brasileira e cada vez mais, Internacional.

Organizado pela Editora Photos, já é indiscutivelmente, o maior Congresso sobre o tema na América Latina. Ocorrido entre os dias 13 a 17 de Abril de 2014 no Anhembi Parque: Palácio das Convenções • São Paulo • SP • Brasil.

Foram, três dias intensos de imersão, discutindo sobre vários assuntos ligados ao nosso ramo. Além dos Workshops individuais, ocorridos nos dias anteriores ao evento principal. Em paralelo, para um público menor, ocorreu o Núcleo de Tecnologia, com assuntos mais específicos.

Um detalhe importante, é que para um evento deste porte, é natural que algumas palestras se sobressaiam mais que outras, ou que algum palestrante interaja de uma forma mais natural que outros, impactando positivamente ou não na plateia. Mas, fica aqui, uma dica para os curiosos em participar, tanto para os que estão iniciando na profissão, querendo se preparar para encarar o mercado, quanto para os profissionais experientes, que muitas vezes, pelo fato de fotografar há muitos anos, não acreditam que irão se reciclar, aprendendo algo diferente: SEMPRE VALE A PENA!!!

 

0001_#weddingbrasil2014

Fotografo casamentos há dez anos, e a cada vez que retorno do Wedding Brasil, sinto que estou começando, que tenho muito a desenvolver. Não só na forma de olhar as coisas, e perceber o que fotografar durante um evento, mas na atenção dada aos meus clientes, técnicas de venda, pós-produção, etc… A evolução é contínua, e a troca de experiências e aprendizado é enorme, principalmente, entre os participantes e os novos amigos e colegas, que conhecemos a cada evento. Ou seja, vale a pena sim participar, acredite!

Então vamos às palestras no palco principal:

 

DIA 1 – 15.04.14

Rafael Benevides

Transforme ambientes simples em cenários perfeitos

0005_#weddingbrasil2014

Sem dúvida nenhuma, um dos pontos altos de todo o Congresso. Rafael com sua simpatia e humildade, iniciou com nota 10 o evento, mostrando todo seu talento. De forma clara e objetiva, demonstrou na prática com suas imagens, as formas de aproveitamento da luz, composição criativa, bom gosto estético, e deu um show com dicas preciosas como: “Não acredito em talento, mas sim no trabalho”.

Citou Joe McNally – “Se quer que algo fique interessante, não ilumine tudo” – como uma de suas principais referências. Aqui, concordo plenamente, pois após ler os dois livros dele, mudei totalmente a minha maneira de pensar sobre a luz e o uso do flash.

Mostrou como trabalha usando várias fontes de luz: flash, lanternas de led, acessórios, janelas e molduras, além de um bom aproveitamento do ambiente disponível, com suas linhas e direcionando o fluxo da imagem.

Vale ressaltar, a importância que ele dá a lente 24mm como uma das mais importantes em seu kit.

Foi uma aula de fotografia! É um artista, inclusive com dois livros editados. Aproveitou para realizar o lançamento do seu segundo livro no palco do WB. Eu já adquiri o meu exemplar, com autógrafo e tudo!!!

 

Fabio Laub, Manuk Poladian, Robison Kunz, Nellie Solitrenick e Renato Dpaula

Um negócio chamado fotografia de casamento

0025_#weddingbrasil2014

Esta foi uma mesa redonda, um bate papo. O encontro entre várias gerações, da fotografia de casamento brasileira.

Manuk Poladian é um representante da velha guarda. Fotógrafo das antigas, permanece atuante no mercado paulista há várias décadas. Com certeza, é um dos principais personagens na personificação do fotógrafo bem sucedido. Pois até então, o fotógrafo de casamento era considerado um zero a esquerda, praticamente nulo.

Nellie Solitrenick e Fabio Laub, já fazem parte de uma segunda geração. Vindos do filme fotográfico, possuem uma clientela seleta e atuam em um nicho específico do mercado. Uma experiência única, para passar aos que estão querendo ingressar neste nicho de mercado.

Já os fotógrafos Renato Dpaula e Robison Kunz, fazem parte da nova geração. Estão com todo o gás e são os principais agentes transformadores deste novo mercado que se inicia.

As opiniões divergem, mas independente do ponto de vista, o que vale é o respeito entre os profissionais. Afinal, estamos todos no mesmo mercado.

Discussões sobre a entrega dos arquivos digitais em alta resolução ou a venda dos mesmos. Tipos de serviços oferecidos e formas de apresentação dos mesmos, nunca será padrão. É natural que cada um, dentro de seu próprio contexto, região ou até de sua estrutura, tente adequar a melhor maneira de produzir seu próprio fluxo de trabalho.

Álbuns, mídias digitais, até o tempo de trabalho durante o evento ou a roupa que o profissional deverá usar são assuntos que merecem reflexão. Porém, cabe a cada um, saber como quer ser visto e lembrado. Afinal, quando o casal contrata o seu fotógrafo, além das imagens produzidas, ele compra a ideia da personificação, ou seja, ele deseja aquela pessoa contando a história do seu casamento. Esta pessoa poderá ser você! Pense nisto quando for atender seus futuros clientes, quando for preparar seu website, seu portfolio impresso, etc…

 

Beto Riginik

Fotógrafo e fotografado: Uma relação de cumplicidade

É um profissional super respeitado e com uma larga experiência na fotografia de moda, publicidade e casamento. Falou sobre o relacionamento entre o cliente e o fornecedor. Embora, a meu ver, um pouco polêmico com seu ponto de vista crítico sobre este assunto. Comenta que é necessário, manter certo distanciamento para que o trabalho seja realizado com independência e perfeição.

“A fotografia de casamento está mais próxima da publicidade do que do jornalismo”.

“Antes de tudo você está lá para fazer o que o cliente espera receber”.

Esta é a mais pura verdade. Na maioria das vezes, nem sempre o que o fotógrafo gostaria de fazer é o que deverá ser realizado, pois as necessidades de cada cliente são particulares e específicas. O papel do profissional é tentar unir estes dois elos: o seu olhar, com as necessidades de seus clientes.

Beto comenta que: “Fotografar e trabalhar com fotografia, são coisas totalmente distintas”. Questiona também, de onde vem a formação real de um fotógrafo? Vem do conteúdo que o profissional carrega, sua experiência de vida.

Foi uma palestra para refletirmos sobre nossa formação não só na fotografia, mas na vida.

 

Rodrigo Zapico

Luz, poesia e encanto: elementos que contam uma história

0033_#weddingbrasil2014

Rodrigo é um sonhador. Percebe-se isto no primeiro vídeo que apresenta na palestra.

Subiu no palco como se fosse um veterano, apesar de ser um jovem fotógrafo. Encantou o público com o seu sorriso e suavidade. Com direito até a prática ao vivo, soube conduzir o tempo todo, principalmente ilustrando muito bem para quem está principiando na carreira e tem muito a aprender neste lado humano do business. Que ele domina muito bem.

O Wedding Brasil é um choque de culturas e de opiniões. Vê-se claramente o quanto um profissional pensa diferente do outro. Isto é o mais interessante. “Todos somos especiais” disse Zapico. Sendo assim, isto só reforça a teoria de que, ao dirigirmos nosso negócio para o nosso perfil, nossa personalidade, não seremos facilmente comparáveis a outros concorrentes. Pois, cada fotógrafo se venderá de uma maneira única.

E notem que usei a palavra “vender”, pois acreditem, embora alguns não concordem, mas o que fazemos também é uma prestação de serviços.

Finalizando, refletiu sobre o porquê você se contrataria? E sobre a questão de que devemos nos doar, dar o máximo, afinal o casal é único e aquele momento não se repetirá.

“O FOTÓGRAFO ACONTECE PARA O CASAMENTO, NÃO O CONTRÁRIO”. Rodrigo Zapico

 

DIA 2 – 16.04.14

Joe Buissink

Liberte o artista que está em você

0042_#weddingbrasil2014

O que falar do MESTRE!!! That’s the guy!!! Empolgante, lúdica, emocionante e totalmente persuasiva foi a sua apresentação. Talvez, por sua formação em psicologia e tendo começado a fotografar somente aos quarenta e quatro anos. Atualmente, com a sabedoria dos seus sessenta e três anos, nos contou sobre sua trajetória, sobre as dificuldades de sua infância e como isto influenciou em seu trabalho como fotógrafo de pessoas.

“YOUR STYLE IS YOU”!!! – Esta frase fala exatamente o que devemos fazer. Sermos nós mesmos. Só assim conseguiremos ser diferentes. Percebam como parece até cliché, pois todos os palestrantes falaram sobre este tópico. Mas mesmo parecendo fácil, nem sempre na prática acontece. Como ouvi durante os intervalos do congresso: Treino é treino, jogo é jogo! Na prática as coisas sempre são mais complexas que na teoria.

Joe deu uma aula de paixão e de sabedoria, falando sobre PASSION & LOVE!

Na apresentação ele comentou: “Eu não vendo, o trabalho se vende sozinho”.

Atenção nos portfolios para mostrar o quanto você é #DIFERENTE.

“Estar num momento especial da vida das pessoas, foi algo que mudou a minha vida” Joe Buissink

Entre tantas frases especiais, Joe arrematou com: “Click first, focus later!

 

Rafael Bigarelli

Enfrente as situações adversas com soluções criativas

0049_#weddingbrasil2014

Gostaria muito de iniciar com a frase mais marcante dita pelo homenzinho de Jaú (sua cidade natal em SP). Seria algo tipo: “Pau…..do ISO”. Uma referência ao fato de que pouco importa o ISO que se usa, o importante é o resultado.

Esta palestra, foi um capítulo a parte. Irreverência, improvisação, criatividade, humildade e bom humor são as principais características desta figura ímpar. O RAFA, é um fotógrafo de primeira categoria. Porém, é aquela história, ame-o ou deixe-o. Pois seu estilo é marcante e com certeza não irá agradar a todos.

Porém, sua fotografia é consistente e sabe do que fala. Tem um talento nato, afinal é filho de fotógrafo e cresceu no meio de filmes fotográficos e câmeras. Fotografa casamentos desde os treze anos. Jovem mas experiente.

Comentou sobre o perfil de seu público e como cativar sua clientela de forma radical. Seu novo website possui alguns termos bem peculiares, vale a pena conferir.

Falou sobre seu sistema de atendimento, que funciona de forma integral. Realiza coberturas fotográficas das nove da manhã até o final do casamento. Coisa de louco!!! Diz, que a foto do batom, qualquer um pode fazer, porém aquela que antecede e conta a história real, ninguém terá. Aqui, está literalmente o exemplo do que já falamos. Seja você mesmo e será único.

O Rafael Bigarelli já é com certeza!!!

 

Marco Costa

Tenha um posicionamento vencedor no mercado

O Marco é um orador nato. Tem o dom da palavra, fala com propriedade e com naturalidade. Possui um carisma especial e que envolve. Acredito que esta é a principal razão do seu crescimento profissional, além é claro da sua fotografia consistente. Pois tem realizado muitos casamentos, inclusive no exterior.

Atendendo um público de alto poder aquisitivo, seu objetivo na palestra, foi o de passar o caminho das pedras para a galera.

Usando o termo #‎quemfazcomamorfazmelhor, trabalhou em cima da temática de que cada indivíduo possui personalidade própria e usou a teoria “Hermann Brain” como exemplo.

Brain foi um cientista que desenvolveu o Modelo de Preferências Cerebrais (HBDI – Herrmann Brain Dominance Intrument).

Que consiste numa ferramenta que poderá auxiliá-lo principalmente no modelo de negócios e forma de atendimento específica para cada perfil de cliente.

Dividindo em cores as personalidades: pode ser amarelo, azul, vermelho e verde.

De acordo com o seu perfil psicológico e personalidade. Seu “jeito de ser”.

Vamos aos significados de cada cor:

-Azul: lógico, analítico, baseado em fatos e quantitativo

-Vermelho: interpessoal, sentimental, sinestésico e emocional

-Verde: organizado, sequencial, planejador e detalhista

-Amarelo: holístico, intuitivo, sintetizador e integrativo.

 

Vale a pena dar uma estudada neste assunto mais a fundo.

 

Denis Reggie

O poderoso Marketing

Uma lenda viva da fotografia americana. Porém, talvez um pouco impessoal demais para nosso povo brasileiro. Tanto que, foi o único palestrante a se apresentar de terno e gravata. Ou será que foi apenas sua forma de mostrar a importância da apresentação pessoal para seus clientes? Marketing pessoal é claro!

Falou basicamente sobre a forma de pensar de cada classe social e seus perfis de consumo.

Porém, deixou claro uma realidade: Se você quer atingir a “Classe A”, comporte-se e vista-se como “Classe A”. #ficaadica

 

DIA 3 – 17.04.14

Sergio Photographer

Pensar, ver e sentir

0058_#weddingbrasil2014

Sergio foi uma aula de simpatia e de bom humor. Falou repetidamente em como é importante sentir prazer no que fazemos. No prazer de viver a vida, dos amigos, dos relacionamentos amorosos. Do tempo livre para poder criar e recarregar as energias.

Mas o que mais marcou na sua apresentação foi a seguinte frase:

“I let my ego at home. I’m here for you my clients”. Nós fotógrafos precisamos domar o nosso maior inimigo. O Ego!!! Quem conseguir fazer isto será recompensado com muitos clientes felizes e fiéis.

 

Mike Colon

Faça as escolhas certas e obtenha um resultado impressionante

0074_#weddingbrasil2014

Sou profundo admirador da simplicidade e da classe do trabalho deste fotógrafo. Acompanho-o há muitos anos. Possui um olhar apurado, uma simetria na composição invejável e um domínio da luz como poucos. Ele domina como poucos a fotografia de moda e aplica estes conceitos nos casamento em que fotografa.

Fez um questionamento constante sobre prestarmos atenção ao sujeito das imagens, aos fundos, profundidade de campo e sua função. O uso de molduras e principalmente uma aula de composição e de uso da regra dos terços. Mas também, soube mostrar como quebra-las. Afinal, regras são para isto!

Linhas de horizonte, texturas, padrões e linhas guias foram temas abordados e com belas imagens exemplificando.

Sinto que esperava um pouco mais de descontração por parte dele como comunicador, visto que é um veterano da WPPI e tantos outros eventos internacionais, porém nós latinos somos mais expansivos. Diferente dos estadunidenses que são um pouco mais contidos.

Mas foi uma grata surpresa, assistir ali ao vivo e a cores um dos meus maiores ídolos na fotografia de casamentos – Mr. Mike Colon!!! Parabéns, eu curti muito.

 

David Beckstead

Quem é você e para onde vai seguir? Vamos descobrir!

0124_#weddingbrasil2014

Como falei, o povo dos EUA normalmente é mais contido e existem algumas exceções. Pois bem, este Mr. Beckstead é uma exceção. É o americano mais brasileiro que já conhecemos.

Responsável pela entrada no palco mais empolgante e divertida, ele encerrou o evento com chave de ouro. Animou a galera já vestindo a camiseta da seleção brasileira, chutou bolas de futebol para a plateia e com certeza foi a palestra mais animada de todo o evento.

Descreveu os seus maiores erros na sua carreira e orientou, passo a passo, com dicas preciosas os novatos. Desde a escolha da logomarca até como criar um cartão de visita, personalizado e diferente do convencional. Mas principalmente, mostrou o que não devemos fazer.

Show de bola!!!

 

Sobre o Núcleo de Tecnologia, não consegui acompanhar todas as apresentações, mas ouvi bons comentários sobre os destaques: Sandro Andrade arrasou, Marcelo Schmoeller falou sobre a sua técnica em deixar seus clientes à vontade e os irmãos Vanassi e Frankie Costa já são experientes, pois apresentaram-se na edição anterior.

Então é isto pessoal, espero que tenha passado pelo menos um pouquinho do que foram estes três dias intensos de muita informação. O Wedding Brasil, cada vez mais, marcando época. Parabéns a Editora Photos, a todos os participantes da produção, palestrantes e principalmente aos congressistas, pois sem eles de nada adiantaria toda aquela estrutura.

 

Espero todos vocês lá na próxima edição!!! #weddingbrasil2015

Um forte abraço, obrigado!

0026_#weddingbrasil2014

Agora que leu, avalie o artigo e deixe um comentário mais abaixo:

Julio Trindade

O Fotógrafo gaúcho Julio Trindade, reside em São José e atua na região da Grande Florianópolis em Santa Catarina, Brasil.
Vem se destacando no cenário nacional na área da fotografia de casamentos, tendo ficado entre os top finalistas em vários concursos nacionais e com matérias em revistas especializadas do ramo.

Com uma linguagem própria, busca sempre a inovação e aprimoramento através de Palestras, Cursos e Workshops com os melhores fotógrafos do mundo, tais como: Vinicius Matos, Joseph Victor Stephanchick (JVS Pictures), Walter Firmo, Sebastião Salgado, Pedro Martinelli, Yervant, David Beckstead, entre outros.

Adicionar Comentário

Clique aqui para comentar

Abrir Chat
1
Close chat
Olá! Obrigado por nos visitar. Por favor, pressione o botão Iniciar para conversar com o nosso suporte :)

Iniciar