Dicas e Técnicas

As melhores práticas para elevar sua foto de nota 5 para nota 10

Créditos: Adriana Mendes

Estes truques e dicas ajudarão você a criar cenários perfeitos com fundos fotográficos.

O fundo fotográfico é a base da sua foto. É a tela sobre a qual você criará sua arte e transportará seu cliente. O backdrop é auto-suficiente e muitas vezes você não precisará de nenhum outro acessório para compor sua foto. Porém, há de se lembrar que a estrela da foto é o cliente e o fundo fotográfico é um elemento de apoio artístico.

Créditos: Dani Bertolucci
Créditos: Dani Bertolucci

O bebê não pode parecer que faz parte do cenário. Para destacá-lo e separá-lo, afaste-o do fundo para obter mais desfoque, independente da objetiva que estiver usando. Deixe um espaço de aproximadamente 90cm entre ele e o fundo.

Créditos: Deborah Demétrio
Créditos: Gizelle Souto

Os props podem ser grandes aliados na composição. No entanto, há de se respeitar a escala dos objetos inseridos no cenário. Nosso olhar é atraído, principalmente, pelos objetos maiores, mais claros e mais próximos. O bebê é o foco principal, portanto, é importante observar se os outros objetos estão roubando os holofotes. Fazendo uma analogia com o cinema, podemos considerar o aniversariante como protagonista, o bolo como coadjuvante e os acessórios como figurantes. Liana Lemos ilustra bem isso na foto abaixo. Em um ensaio Cake Smash, o bolo é colocado na frente do bebê. Porém, o bolo é menor que o bebê e, portanto, a ênfase continua no aniversariante.

Os demais enfeites estão afastados e isto cria a ilusão de mais profundidade.

Créditos: Liana Lemos

O fundo fotográfico escolhido pode literalmente levar você a qualquer lugar! Da cozinha ao Velho Oeste, as possibilidades são infinitas. Complemente o fundo com elementos relevantes que contextualizam a foto. Os fundos temáticos proporcionam variedade e funcionam muito bem para acompanhamentos de bebês de 0 a 12 meses. Outro ótimo recurso para atrair clientes é promover ensaios que replicam as estações do ano e as datas comemorativas.

Créditos: Naldo Miranda
Créditos: Liana Lemos
Créditos: Viviane Barreto

Seja criativo, mas consistente na edição. Nossa arte termina com a pós-produção. Ela é o toque final que define nossa identidade, muito mais que qualquer logomarca. Um grande exemplo que prova isso é o trabalho da Lidi Lopez. No início de sua carreira, insistiam que ela pusesse sua logomarca nas fotos publicadas. Ela bateu o pé e se recusou, pois o objetivo dela sempre foi ser reconhecida pelas imagens que cria. Ao longo dos anos, ela criou uma identidade tão forte que, ao ver uma foto assinada por ela ou por uma das fotógrafas de sua equipe, o nome Lidi Lopez logo nos vem à mente. Resumindo, a mesma linguagem deve ser comunicada ao longo do processo de criação e reconhecida em todo o seu portifólio. Você não pode começar falando português, ter umas ideias em japonês e terminar com um toque de francês.  Exiba seus melhores trabalhos, na certeza de que todos falem a mesma língua, de forma consistente. Assim, você atrairá os clientes que são fluentes no idioma das suas fotos.

Créditos: Lidi Lopez

Utilize fita crepe o chão da casa do cliente para montar um mini estúdio. Para quem usa luz ambiente, é uma ótima alternativa para montar o cenário buscando a melhor luz.

As possibilidades são:

1 – Fundo fotográfico em tecido no chão + parede da casa do cliente

Créditos: Isabella Figueira

2 – Chão do cliente + fundo fotográfico na parede

Créditos: Lidi Lopez
Créditos: Stephanie Robin

3 – Um fundo fotográfico dobrado no encontro da parede com o chão

Créditos: Cinara Piccolo

4- Um fundo fotográfico no chão e outro na parede.

Créditos: Cinara Piccolo
Créditos: Cinara Piccolo

5 – Um fundo no chão para foto de cima pra baixo

Créditos: Stephanie Robin

6 – Um fundo com uma ponta presa no tripé, curvado, com a outra ponta colada no chão para fazer um fundo infinito.

Créditos: Bruna Veratti
Créditos: Janaine Wobeto

Use cores neutras nas composições com props extravagantes. Este equilíbrio permite ousadia, mantendo a foto balanceada e o foco sempre no bebê.

Créditos: Tarcisio Bino

Uma das dúvidas mais frequentes sobre os fundos fotográficos em tecido são as fotos com bebês maiores, que se mexem bastante. Mesmo com o fundo fixado no chão com fita crepe, existe a possibilidade de ele sair do lugar. Recomendo as duas alternativas abaixo:

7 – Posicione o bebê dentro de um prop. Eles adoram ficar apertadinhos em caixinhas e cestos, e isto impede que o piso fique sambando pra lá e pra cá.

Créditos: Dani Bertolucci

8 – Utilize uma placa de acrílico sobre o tecido no chão. O bebê (ou até o pet!) poderá se mexer à vontade!

Créditos: Adriana Mendes
Créditos: Adriana Mendes

9 – Busque harmonia na seleção de cores. Utilize o círculo cromático como referência e ouse nas combinações. Comece com poucas cores e, aos poucos, vá inserindo elementos e acessórios coordenados com as cores presentes no fundo.

Créditos: Janaine Wobeto
Créditos: Liana Lemos

Busque inspiração fora da fotografia. Procure como as cores convivem em harmonia com outras cores na natureza, na decoração e na moda. Se as cores convivem bem juntas nestes ambientes, elas funcionarão na sua foto também. A cor é o fator determinante para indicar o humor de uma fotografia. Por exemplo, o laranja é a cor da felicidade e potencializa os bons sentimentos. Apesar disso, nem todo mundo se sente confortável para usar esta cor em suas composições fotográficas. Estas fotos são prova de que você pode abusar das cores sem ficar over.

Créditos: Liana Lemos
Créditos: Liana Lemos
Créditos: Tarcisio Bino

Promete que me conta se experimentar essas técnicas? Tenho certeza que você sentirá uma diferença enorme no resultado! Estou curiosa para ver suas fotos daqui pra frente! 🙂

Daniela Bertolucci

Sou Dani Bertolucci. Carioca, mãe, casada, apaixonada, inspirada, companheira, desapegada, sincera, humana. Sou fotógrafa desde 2009, professora desde 2001 e feliz em poder unir estas duas paixões em cursos e workshops de Fotografia de Família e Retrato Contemporâneo. Sou proprietária da loja Dani Bertolucci Props and Drops, socio-fundadora do Newborn Carioca e me especializei em divulgação por meio de redes sociais.

30 Comentários

Clique aqui para comentar

  • MUITO OBRIGADO PELAS SUAS ESPLICAÇOES,MUITOS PARABENS ,O MEU TRABALHO BASEIA-SE NO FUNDO PRETO,DESDE +A MUITOS ANOS, MAS DEVIDO Á DEFICULDADE EM ESTAR SEMPRE A COMPRAR FUNDOS USO MUITO O CROMAKEY,ESTE É O MEU COMENTARIO–FOTOGRAFIAJOSEBONITO–PORTUGAL

  • Muito prático, e a simplicidade de suas explicações facilitam o entendimento, dicas fundamentais para quem esta começando. Parabéns!!

  • Parabéns Daniela, adorei as dicas. Amo fotografar, pretendo tornar-me profissional ainda este ano.

  • Amoooo seus backdrops Dani! Além de uma variedade incrível é sempre novidades, também já pude constatar a superioridade do material! Tenho vários seus, queria todos!!!

  • Olá Daniela. É a primeira oportunidade que tenho de ler seu artigo. Gostei muito da forma prática e simples dos fundos. Newborn não é meu assunto preferido, mas o trabalho de vocês está maravilhoso. Parabéns!

    • Julio, eu mesma não trabalho com newborn, sou especializada em retrato contemporâneo, retratos femininos. Os fundos vieram da minha necessidade de variar os retratos.

  • Obrigado, Daniela. Sou apenas amante da fotografia, esse é meu hobby. Excelente artigo. Sucesso em sua caminhada.

  • Parabéns pelo o excelente artigo. Sou estudante do terceiro semestre de fotografia e seu artigo foi para mim uma ótima aula extra classe, obrigada!

    • Que bom, Maria! Fico super feliz! Terei sempre alma de professora e compartilhar conhecimento é o que eu mais gosto na vida! <3

  • Oí lindas fotos e legal a maneira da qual vc se comunica com as pessoas, eu também gosto da comunicação e também sou iniciante de fotografia e vídeos, sou amante de ambos. Espero que estejamos sempre trocando ideias.

  • Ainda sou iniciante na arte de fotografar, mas leio bastante e treino muito. Achei excelente este artigo, me ajudou bastante, inclusive, já vou providenciar os fundos fotográfico.

  • Que Perfeito! Explicou de forma prática e rápida como montar um fundo é um chão na casa do cliente, sem levar aquela mala de coisas.
    Amei. Você é merecedora do seu sucesso e talento.
    Parabéns!

    • Obrigada, Cláudia! Que satisfação ler seu comentário! Sou fotógrafa e os fundos foram uma solução que encontrei para minhas próprias fotos, e me sinto realizada por ter funcionado para tanta gente também.

  • Daniela, muito bom seu artigo e os fundos são maravilhosos!
    Mas me tira uma dúvida.

    Nessa foto da Adriana Mendes que o bebê está deitado de bruços no fundo, o que fazer para ele não sair do lugar ou amassar, ficar com marcas? Digo isso, pois quando fotografo pets, monto o fundo no suporte com grampos, coloco a fita crepe em volta dele, mas quando o pet pisa, ele sai do lugar, da bolhas, amassa… Não sei se entendeu! Não fica retinho retinho… Aí tenho que consertar no photoshop!
    Pois como ele é fino e molinho, acontece isso… Obrigada!

    • Obrigada, Samantha! <3 Ela prendeu como na foto da Bruna Veratti na dica 6 e colocou o acrílico em cima da parte que toca o chão.

Carrinho

llumine Encadernadora

FLASHCLIC: Contratar Fotógrafo

Criar sites com a Wix

eMania sua loja de Foto e Vídeo

Siga-nos nas Redes Sociais

Links Úteis

Receba 15 livros de fotografia

Aprenda DE GRAÇA os principais segredos dos experts em fotografia com os nossos livros digitais.
Insira aqui o seu melhor email

Aprenda DE GRAÇA os principais segredos dos experts em fotografia

Insira aqui o seu melhor email