fbpx

Peter Zéglis e suas paisagens negras

Nem só de cores vivem as fotos de paisagens, e Zéglis celebra a beleza natural em tons ‘antinaturais’

Quando pensamos em fotografias de paisagens naturais, o que nos vem logo à mente? Imagens de cores vivas, bastante alegres e com muita luz. Em outras palavras, “sombras” não é algo em que pensamos de imediato ao pensar em cliques da natureza. A exceção fica, talvez, para fotos feitas ao pôr-do-sol, mas os tons mais negros certamente ainda perdem nas lembranças para a ocasional presença do Sol no quadro, os tons alaranjados/amarelados e a calma transmitida pela imagem.

Sendo assim, o trabalho de Peter Zéglis nessa área é incomum e inesperado, ainda que não de todo inédito. Mas a marca de Zéglis é evidente em seus tons sombrios bem marcantes — só não deve-se confundir os tons sombrios com natureza sem brilho, perdida nas sombras, porque a luz está presente, e podemos ver até um belo arco-íris, mesmo em tons de cinza (que, curiosamente, ainda é belo). Uma beleza diferente, que não é apenas para apreciação, mas que também pede respeito. Conheçam o talento de Zéglis, e aproveitem depois para ver mais séries dele.

Alexandre Maia

Clico, viajo, olho, analiso, converso, e repito — em qualquer ordem!

Dicas Lightroom
Entre no nosso Grupo Whatsapp e receba 100 Dicas de Lightroom
Clique aqui para entrar