Home » Artigos » Dicas » Qual lente devo comprar?

Qual lente devo comprar? 5/5 (1)

Se você está iniciando na fotografia, talvez até mesmo ates de adquirir um DSRL, esta é uma pergunta bastante comum.

Apesar das DSLR serem concebidas para fazer uso de lentes diferentes, algumas pessoas ainda preferem apenas usar a lente que vem junto com a câmera, mais conhecida como “lente do kit”.

As lentes são sem dúvida a parte mais importante de sua câmera: elas controlam quantidade de luz que é projetada sobre o sensor, definindo a imagem.

É importante saber também que é a lente correta que lhe dará a liberdade criativa para capturar uma boa imagem.

Daí ocorre a pergunta: “qual lente devo comprar?

qual-lente-devo-comprar

Quando compramos uma câmera com o kit, normalmente estamos falando de uma 18-55mm que muitos recomendam ignorar ou até mesmo comprar somente o corpo da câmera. Se você está comprando sua primeira câmera DSLR, não ignore a lente do kit, pois é com ela que você vai aprender a fazer suas primeiras imagens, sem falar que é uma lente bem versátil, leve é prática para a maioria das fotos cotidianas, sem falar, no preço bem atraente.

Com o avanço da prática, você já pode pensar em adquirir lentes complementares, mas antes disso, determine quais imagens você quer fazer. Por exemplo, você não vai conseguir boas imagens de esportes ou vida selvagem com uma 18-55mm, e vai precisar de uma teleobjetiva de pelo menos 300mm.

Há outros detalhes que você deve prestar mais atenção: distância focal, abertura máxima,  montagem e o tipo da lente. Se a lente tem uma distância focal com dois números, digamos 18-135 mm, isto significa que você possui uma grande angular de 18mm e uma tele de 135mm ao mesmo tempo (se sua câmera tiver um sensor full frame), operando entre esta distância focal. No entanto se houver um único número de comprimento focal, por exemplo 50mm, você possui uma lente fixa o que vai exigir de você que se mova para compor a imagem desejada.

Distância Focal

No caso da sua câmera ter um sensor APS-C (DX da Nikon) ele tem um fator de corte de 1.5 – ou seja, você deve multiplicar a distância focal da lente por 1.5 para obter o seu comprimento focal equivalente no formato 35mm. Para câmeras Canon APS-C esse número é de 1.6, para câmeras Micro Quatro Terços é 2.0 e para a série Nikon 1 é 2.7.  Isso significa que uma lente de 35 mm tem um campo de visão equivalente a 56 mm em uma câmera APS-C como uma Canon 70D e equivalente a 70 mm em uma câmera Micro Four Thirds como a Olympus OM-D E-M1.

Abertura máxima

A abertura máxima refere-se a quantidade máxima de luz que a lente permite chegar até o sensor. Por exemplo, uma lente com abertura máxima de f1.4 recebe mais luz que uma f3.5, isto significa que a primeira poderia ser utilizada em situações de baixa luminosidade, sem ter talvez de utilizar um flash, e é capaz de produzir uma profundidade de campo maior, como na imagem abaixo:

abertura-maxima

Algumas lentes de zoom tem uma abertura máxima variável que significa que ele muda de acordo com a distância focal. Assim, enquanto uma lente 18-200mm f3.5-5.6  possui uma abertura máxima de f3.5 em 18 mm e f5.6 em 200mm.

Montagem de lente

Seria equivocado dizer que você ao comprar uma lente, esta irá encaixar em qualquer câmera. Isto é conhecido como montagem de lente. Os fabricantes de câmeras geralmente fazem lentes com montagens únicas que só se encaixam em câmeras de suas marcas. Lentes da Nikon que utilizam a montagem F-mount não é compatível com câmeras de montagem EF ou EF-S da Canon. Atualmente pode-se encontrar no mercado adaptadores que permitem a utilização de diferentes montagens, porém é necessário se atentar para a compatibilidade.

Diferentes tipos de lentes

As lentes são geralmente classificados pela sua distância focal ou função específica. Abaixo os tipos mais comuns de lente e suas principais características:

Micro: estas lentes são especialmente indicadas para fotografias de temas muitos pequenos, os quais são ampliados pelas lentes. Por apresentar profundidade de campo muito reduzida, a perspectiva da fotografia é perdida na desfocagem.

Macro: são indicadas para fotografias de temas de pequena dimensão onde é necessário um grande detalhe. Pode focar objetos a pequenas distâncias, e assim proporciona ao fotógrafo a possibilidade de fotografar os detalhes minúsculos de objetos, pequenos insetos ou plantas.

Olho de peixe: também conhecida por fish-eye, são indicadas para situações onde é necessário capturar uma grande área do espaço ou ambiente. Com características de uma grande angular mais poderosa, podemos obter imagens com ângulo até 180 graus, porém com distorções na imagem. Estas lentes são mais apropriadas para fotos de paisagens ou em ocasiões em que se tem pouca distância para fotografar em recintos pequenos, como por exemplo salas em que precisamos enquadrar o máximo de área possível. Uma outra característica destas lentes é que proporcionam grandes profundidades de campo.

Normal: as mais comuns e produzem uma imagem com perspectiva que se aproxima da visão humana, em que a proporção dos assuntos enquadrados não sofre ampliação nem redução perceptível. Lente perfeita para os assuntos do dia-a-dia.

Teleobjetiva: estas lentes de grandes distâncias focais são apropriadas para fotografar a longa distância. Quanto maior é a distância focal, menos é perspectiva e o achatamento da imagem. Bastante utilizada em esportes e vida selvagem.

Lente zoom: este tipo de lente permite variar a distância focal, e por consequência, variam o campo abrangido e o tamanho da imagem. Devido à sua versatilidade e conveniência, as lentes zoom são talvez as mais populares de todas. Como uma lente zoom tem uma distância focal variável de maneira contínua, ela pode substituir todas as lentes fixas compreendidas entre as suas distâncias focais máxima e mínima, mas não com a mesma qualidade.

Resumo

Diferentes lentes podem dar fotógrafos a liberdade criativa para obter todos os tipos de imagem. Vale a pena lembrar que as lentes muitas vezes podem durar mais tempo do que a sua câmera, e certamente poderá ser utilizada na próxima geração. É por esta  razão que muitos fotógrafos estão dispostos a investir mais nas lente do que a sua câmera. No entanto, a compra de novas lentes não significa ter que investir fortunas nelas. Há objetivas excelentes por preços razoáveis como a 50mm f1.8 mais conhecida como “cinquentinha”.  Você também pode economizar comparando uma lente usada, desde que esteja em bom estado e livre de fungos.

Espero que este artigo não faça com que você  saia comprando todos os tipos de lentes, mas, que lhe dê uma noção daquelas que você realmente vai usar, seja para trabalho ou lazer. Hoje, quando me perguntam qual é a melhor lente, eu respondo que a melhor lente é aquela que é mais útil para meu trabalho.

Agora que leu, avalie o artigo e deixe um comentário mais abaixo:

Fernando L. Monteiro

Sou um fotógrafo generalista, atuando em múltiplos segmentos da fotografia: book, eventos sociais, moda e publicidade. Mesmo pertencendo a era digital e efetuando a grande maioria dos trabalhos nela, ainda fotografo com filmes 35mm como hobby, o que me garante uma excelente base no entendimento do ato fotográfico.

Adicionar Comentário

Clique aqui para comentar

Abrir Chat
1
Close chat
Olá! Obrigado por nos visitar. Por favor, pressione o botão Iniciar para conversar com o nosso suporte :)

Iniciar