fbpx

Inspire-se com Renato Stockler 2.5/5 (2)

Crente de que as relações humanas dizem mais sobre nós do que nossas próprias ações, Renato Stockler costuma andar pelas ruas em busca de cenas, cenários e protagonistas. Paulistano, formado em jornalismo e fotógrafo desde 2001, Stockler acredita na capacidade de mobilização social que a fotografia possui enquanto suporte para a comunicação e as artes.

Durante o período em que foi fotógrafo do jornal Folha de São Paulo, entre 2004 e 2007, desenvolveu linguagens interessantes para a fotografia de rua e retratos, e a descoberta de sua vocação para entrar nas histórias de pessoas e compreender seus espaços o levou a transpor as bases do fotojornalismo para projetos institucionais e corporativos, nos quais pudesse se aprofundar nas relações humanas e suas narrativas.

Com essa visão, fundou a “Na Lata Agência de Fotografia”, e dirigiu documentários sobre empreendedorismo socioambiental, além de dirigir a fotografia de uma série de vídeos institucionais e sobre responsabilidade socioambiental de empresas como Santander, Libra Terminais, Fundação Citibank e Google. Foi também o diretor de fotografia do programa “Viva Voz Futebol”, produzido pelo canal GNT em 2014.

Stockler ganhou destaque com o ensaio “Terrão de Cima”, exposto na Mostra Futebol BR de 2014 e posteriormente republicado em países como Rússia, Polônia, Alemanha, Estados Unidos, Itália, Venezuela, França e Noruega.  O projeto, que registrou cerca de 40 campos de futebol em diversos distritos de São Paulo, explora os terrões, campos de várzea que representam espaços de resistência à lógica de especulação imobiliária que atinge muitos bairros da cidade, e que também se erguem como um símbolo do espírito futebolístico brasileiro.

Para o fotógrafo, que realizou os registros de helicóptero em um total de 3 horas de sobrevoo em momentos diferentes, uma partida na várzea mostra o futebol real. “A crueza dos terrões não cabe em um espetáculo midiático. A raça, a paixão que a comunidade tem pelo seu time, a vibração e o amor de uma torcida local faz repensar a forma como o futebol é tratado pelos grandes clubes, pelo marketing de grandes corporações. É algo libertário e também um refúgio. No terrão, quem é, é.”

Outros trabalhos de Stockler como fotógrafo podem ser encontrados em publicações das Editoras Abril, Globo, Trip e New Content, além de revistas internacionais impressas e online como Vice, Domus, Bussiness Insider, entre outras.

Ajude-nos! Avalie, compartilhe e deixe um comentário mais abaixo:

Shelsea Hüsch

Formada em Rádio e TV, Shelsea Hüsch tem um apreço especial por narrativas nas suas mais diversas formas. Trabalha desde 2014 no desenvolvimento de novas experiências de aprendizado através de cursos online para a Escola Saibalá e o Grupo Cerebral.


Nós Ajudamos!