Home » Artigos » Fotojornalismo » Ali, Schulke e um punhado de fatos curiosos

Ali, Schulke e um punhado de fatos curiosos

Graeme Phelps “Flip” Schulke nasceu em 1930, Minnesota. Começou a fotografar aos 15 anos e trabalhou como freelancer para a revista Life e outras grandes publicações dos EUA e Europa. Ficou conhecido por fotografar Martin Luther King Jr. e o movimento de direitos civis americano na década de 1960. Seu acervo pessoal de 11.000 fotos de King e sua família, hoje na Universidade do Texas, é o maior do mundo. Também fotografou o presidente americano John F. Kennedy, a revolução cubana de Fidel Castro,  Jacques Cousteau e muitos outros políticos e personalidades.

É também o autor da famosa foto de Muhammad Ali feita em Agosto de 1961  para a revista Life, onde o boxeador aparece calmo e resoluto embaixo d’água:

Clique aqui para ver a fotografia

A icônica foto de Muhammad Ali embaixo d’água feita por Flip Schulke

Quando Schulke foi apresentado a  Muhammad Ali em 1960, mencionou que fazia fotos subaquáticas. Sabendo disso, Ali confidenciou que sua rotina de treinamento secreto envolvia treino debaixo d’água e que permitiria ser fotografado desde que as fotos fossem publicadas na revista Life. Somente depois de décadas Ali confessou que tudo tinha sido uma artimanha elaborada por ele mesmo para entrar na revista.

O fotojornalista morreu em 2008, na Flórida. No mesmo ano, em Londres, um amigo inglês me contou ser grande admirador de Ali e revelou se sentir inspirado pelo foto. Na madrugada do mesmo dia recebi uma mensagem desse amigo: “Muhammad Ali can’t swin’. Isso mesmo, Muhammad Ali não sabia nadar.

Em janeiro deste ano, a Time montou um álbum com fotos marcantes de  Muhammad Ali em comemoração ao seu 70º aniversário. São 75 imagens de fotógrafos como Elliott Erwitt, Neil Leifer e Thomas Hoepker. Clique aqui para ver o álbum de fotos.

Ajude-nos, avalie este artigo:

Amanda Perobelli

Formada em jornalismo, começou a fotografar na faculdade e trabalha com fotojornalismo desde então. Trabalhou para jornais, revistas, e sites e em 2008 morou em Londres. Quando estava na terra da rainha, teve uma publicação na revista Millionaire de Toscana, Itália. Além do fotojornalismo, hoje também faz retratos.

Adicionar Comentário

Clique aqui para comentar