fbpx

Calibração de monitores – Perguntas e Respostas

Olá leitores do Fotografia-DG, este artigo será em formato de perguntas e respostas sobre calibração de monitores.

Muitos fotógrafos ficam confusos se é preciso ou não calibrar o monitor, qual o equipamento para calibrar, entre outras dúvidas que surgem. Tentarei neste artigo cobrir as principais. O assunto é bem extenso, pois envolve gerenciamento de cores e espaços de cores, o que requer um curso e muita leitura e estudo.

Acredito que esse artigo seja muito importante para aumentar o nível de conhecimento neste assunto. Dúvidas adicionais podem ser postadas nos comentários que responderei o que eu souber assim que possível.

Figura1 - RGBCMYK
RGBCMYK

 

Listei abaixo as 8 perguntas mais recorrentes relacionadas a calibração de monitores:

1 – Eu preciso mesmo calibrar o meu monitor?

A resposta é sim, caso você for um profissional da área de fotografia ou design e deseja que seu cliente o veja como tal. Já imaginou você buscar um álbum de casamento e descobrir que as fotos estão  amareladas, ou azuladas? Isso pode acontecer se você tiver um monitor não calibrado, pois estará acostumado com os padrões da tela, achando que o que você está vendo na tela está com uma cor adequada aos seus olhos, quando na verdade não está e pode perder tempo e dinheiro tendo que refazer todo o trabalho.

Tudo bem, mas aí você me pergunta: Ah mas eu não vou imprimir nenhuma foto, meus clientes só utilizam as fotos na internet.

O objetivo da calibração é ter certeza de que seus olhos vejam a foto da mesma maneira na tela como os outros vão vê-lo. Para impressão, você pode ter certeza que calibrando sua tela sua foto impressa vai parecer muito mais próxima da imagem dela na tela do computador.

No entanto, quando você edita em uma tela calibrada e, em seguida, posta sua foto on-line, não significa que todas as pessoas irão ver a foto corretamente. A tela delas são mais prováveis ​​não estarem calibradas, mas ainda assim é importante calibrar. Por quê? Porque os fabricantes de monitores se esforçam para que os produtos reproduzam as cores adequadamente, portanto, pela correta calibração de cor, você vai estar em uma zona neutra, mesmo se algumas telas estão fora de uma maneira e outros estão fora de uma outra maneira. (a discrepância será menor)

Há uma ressalva, no entanto. Quase sem exceção, monitores de computador são mantidos mais brilhantes do que uma tela calibrada. Então, se eu editar uma foto em um dispositivo calibrado, ela provavelmente vai mostrar-se um pouco mais escura em monitores não calibrados. A maioria das pessoas gostam de suas telas com muito brilho. A maneira de evitar isso é simplesmente clarear levemente suas fotos no Photoshop ou Lightroom antes de postar na web uma vez que sabemos que a maioria das pessoas estarão vendo a foto em uma tela mais brilhante.

2 – Como saber se meu monitor está “ok” ?

Para responder a essa questão, você pode fazer os testes a seguir:

a) Você consegue distinguir bem os realces desta imagem abaixo?

Figura 2 - Conferindo o ponto branco do seu monitor.
Conferindo o ponto branco do seu monitor.

 

A imagem acima mostra oito blocos de tons de cinza, com uma listra branca pura correndo pelo meio onde está escrito: “Imaging Resource White Point Checker”. Os números em cada bloco mostram o valor de pixel que contém bloco. (Ou seja, o bloco marcado 251 tem valores de pixel vermelho, verde e azul de 251, 251, 251.)

Em um monitor perfeitamente calibrado, você seria capaz de distinguir (mesmo que por pouco) a diferença entre a linha branca central e o bloco rotulado 254. Mais tipicamente, um “bom” monitor permite que você veja a fronteira entre a linha de centro e o bloco 250 ou 251. Quantos blocos você pode ver?

b) Você consegue distinguir bem as sombras desta imagem abaixo?

Figura 3 - Conferindo o ponto preto do seu monitor.
Conferindo o ponto preto do seu monitor.

 

Antes de fazer este teste, sugiro desligar a luz ambiente em que você está, principalmente se estiver em um lugar com muito brilho. Não se apavore ainda! A segunda sugestão é salvar essa imagem para a sua área de trabalho e abri-la no lightroom ou photoshop, ou qualquer software de edição de imagens, em que você consiga ter um plano de fundo 100% preto, pois o contraste com o branco da tela ao redor da imagem assim que você está lendo esse artigo pode afetar a correta leitura.

Em uma sala mal iluminada, um excelente monitor iria deixá-lo ver a fronteira entre a linha central e o bloco “5”. Um bom monitor pode não ir tão longe, mas deve deixá-lo ver a diferença entre o bloco “15” e preto puro (faixa central). Muitos monitores só mostram separação no bloco 30, e alguns poucos podem mostrar nenhuma diferenciação entre os blocos. Se você não pode separar visualmente, pelo menos, o “20” e, de preferência o bloco “15” do fundo, o monitor precisa de ajuste e calibração. (Lembre-se de ajustar a sua luz ambiente e fazer as sugestões que eu listei acima, antes de fazer este teste)

c) Como está o contraste da sua tela?

Há mais para conferir do que apenas os realces e as sombras. O contraste é um item muito importante também.

O olho humano não é muito linear e não vou entrar aqui em muitos detalhes sobre a curva de gama, o que você precisa saber é checar se o seu monitor está devidamente ajustado para o gama de 2.2 (maioria dos monitores sRGB) o padrão abaixo aparecerá com o mesmo tom de cinza quando você vê-lo a alguma distância da tela, ou se você apenas desfocar seus olhos tentando ver de uma distância normal de visualização da tela.

A porção central deste padrão é apenas uma série alternada de linhas pretas e brancas.

Então, se você não vê um cinza uniforme quando você olha para a imagem acima, a defini