Home » Artigos » Dicas » Criando um estúdio a céu aberto em tempo nublado

Criando um estúdio a céu aberto em tempo nublado

- Última Atualização a: 16/07/2010

Nesta nova coluna resolvi abordar um assunto que julgo ser importante para quebrar o tabú de que só se faz fotografia se houver luz… logicamente, sempre é melhor que assim seja, mas, temos que cumprir objetivos com o cliente, caso contrário, o prejuízo será no bolso dele e assim perdemos uma chance fantástica de mostrar a nossa capacidade técnica e criativa diante de um desafio profissional.

Esse foi um trabalho feito recentemente para uma marca Ursula Hjordie de beachwear e o tempo estava chuvoso, podem acreditar … :-) … eu juro!!! :lol:

Como sempre faço para motivar os talentos fotográficos que vou encontrando em minhas turmas de formação, convidei 4 dos meus melhores alunos do IPF para serem meus assistentes e pudessem, assim, ganhar um dinheiro extra aprendendo na prática com a responsabilidade de um trabalho real.  Quando chegamos até a locação, chovia, tudo parecia uma tragédia e eu disse-lhes que adorava aquela luz porque conseguia controlar os pormenores das altas luzes (vem dai a textura do chapéu)  ao contrário do que acontece com o céu aberto e que iríamos construir juntos uma luz de verão autêntica … hahaha!

E aí está nosso trabalho de equipe com uma cabeça de flash do lado direito que cria esses brilhos (altas luzes) com +2 de sobrexposição em relação â luz de enchimento que está apontada na mesma direção do enquadramento e com um refletor dourado ao lado esquerdo criando um tom mais warm na casa dos 4.000 K que fica coerente com a luz parasita proveniente do sol que não existia nesse momento e acabava por funcionar com luz de preenchimento do segundo plano. Há alguns fotógrafos da era digital que defendem que “fotômetro/flashmeter” é algo do passado e usam o histograma da câmera como referência … cuidado, não acreditem nisso!!!

Como a produção era realmente grande e a previsão de duração era de 3 dias inteiros, construí a iluminação de forma a poder ficar coerente com o que faríamos caso a chuva desse uma trégua no dia seguinte … e foi o que aconteceu como mostra esta foto feita em condições mais fáceis com o sol bombando sobre nossas cabeças.

Modelo: Ursula Hjordie
Makeup/Hair: Tinoca
Assistentes: Rita Braga, Marcio Oliveira, Daniel Camacho e Alexis Silva.

Abraços a todos os fotodgnianos e até breve! :lol:

Fernando Bagnola

fotógrafo profissional de Moda & Publicidade www.fernandobagnola.com

O Fotografia DG não se responsabiliza pelas opiniões emitidas
e imagens divulgadas pelos seus Colunistas”.

Ajude-nos, avalie este artigo:

Fernando Bagnola

Fernando Bagnola, nascido em São Paulo, fotógrafo profissional atua desde 1984 nas áreas de Moda e Publicidade. Vive e trabalha em Portugal há 8 anos e também desenvolve formações de Técnica Fotográfica Avançada e Edição no Photoshop em Workshops e Cursos Online “One to One” por SKYPE tendo alunos formados no Japão, Inglaterra, Brasil e Portugal através da EFO – Escola de Fotografia Online Fernando Bagnola www.escoladefotografiaonline.com/testemunhos

6 Comentários

Clique aqui para comentar

Carrinho