Home » Artigos » Dicas

A Fotografia de Arquitetura 5/5 (2)

Uma das fotografias que mais gosto de praticar, e também das que mais sou chamado profissionalmente para executar, é a fotografia de arquitetura.

Este tipo de fotografia envolve diversos aspectos pois a imagem pode servir a dezenas de objetivos distintos, por isso é necessário desde o conhecimento de lentes diversas para obter enquadramentos adequados até o domínio completo da luz em suas mais diversas possibilidades, como luz natural, artificial, flash, e mesmo a mescla de todas estas fontes de luz para se obter um registro adequado da arquitetura, seja ela a fachada de um imponente edifício até uma pequena sala e sua decoração.

Este tipo de fotografia envolve também o conhecimento da área em si, dos estilos de arquitetura, da história e do trabalho de arquitetos, da importância social da arquitetura e de como as obras se inserem em períodos e sociedades, pois é este conhecimento que irá orientar o fotógrafo no que é importante ressaltar em cada obra. 

Citei que esse trabalho pode servir a dezenas de propósitos, podemos imaginar desde o fotógrafo autoral, que inspirando-se na realização arquitetônica criará sua própria arte, passando pelo fotógrafo que atende a um arquiteto para registrar as obras que irão ser apresentadas no portfolio do cliente, chegando por exemplo ao registro de uma residência que será colocada à venda, entre outros.

Cada um dos objetivos citados determina a tomada de um grupo diferente de decisões técnicas e estéticas pelo profissional, pois se o fotógrafo autoral tem toda a liberdade para criar sua própria arte, o que atende ao escritório de arquitetura terá de entender os objetivos de comunicação do cliente e atuar dentro desses limites e por fim o que irá registrar a casa à venda fará as fotos pensando nos compradores, em como eles irão ver a residência através das fotos. Muda o público da imagem, o conceito, a técnica, os objetivos, tudo.

Por esses motivos a fotografia de arquitetura é uma área ampla que exige um grupo de conhecimentos igualmente vasto tanto em fotografia mas também em cultura geral e história da arte.

Seja qual for o objetivo, a fotografia de arquitetura é sempre um trabalho de releitura, no qual o fotógrafo, com seus conhecimentos, cultura, técnica e habilidades, irá interpretar, ressaltar e apresentar o trabalho arquitetônico através de fotografias.

Diferentemente de uma fotografia realizada em estúdio, na qual o fotógrafo é como um pintor que parte de uma tela em branco e adiciona elementos até complementar sua composição, aqui o fotógrafo lida com o que existe, que é sólido e palpável, e que é obra de outra pessoa, daí o sentido de releitura que mencionei.

Ilustro este artigo com panorâmicas que produzi no Memorial da América Latina, em São Paulo, obra do genial mestre Oscar Niemeyer. Estas fotos seguiram um objetivo autoral, mas ao mesmo tempo de homenagem, pois admiro e sou influenciado em minha fotografia pela arquitetura moderna e minimalista de Niemeyer. 

Por ser um trabalho autoral, poderia fazer o que quisesse, até um completo abstrato se fosse essa a intenção, mas por outro lado eu queria prestar homenagem, e isso fez com que eu buscasse elementos comuns entre a arquitetura dele e a minha fotografia.

Pode parecer estranho, mas de fato sou um fotógrafo influenciado por um arquiteto (e também por cineastas, pintores, mas isso não vem ao caso agora), o fato é que uma das características de Niemeyer são os grandes espaços sem nenhuma obstrução, e em minha fotografia sempre busquei o uso de objetivas grande angulares para ampliar a sensação de espaço e distâncias, assim sendo para casar a obra do arquiteto com meus ideais fotográficos eu deveria fazer uso de grande angular. Vejam como a interpretação dos estilos do arquiteto e de minha fotografia decidiram a escolha de uma lente, é o que costumo dizer sobre o equipamento servir às idéias, que deve ser o objetivo de todo fotógrafo e nunca o contrário.

Outra característica que partilho com a arquitetura de Niemeyer é a simplicidade, ele nunca coloca formas demais ou elementos em demasia na fachada de um edifício, e eu também aprecio fotos simples, com poucos elementos que permitam concentrar a atenção do observador em poucas coisas de cada vez, e aí vem uma decisão sobre a estética das fotos que fiz no memorial, elas deveriam ser simples, com a menor quantidade de informação possível e uma palheta de cores restrita aos brancos e cinzas dos prédios somados ao azul do céu e só, sem pessoas nem movimento.

Com essas idéias em mente produzi as panorâmicas apresentadas aqui neste artigo e fiquei satisfeito de ter dentro do meu estilo, homenageado um grande mestre das artes.

Caso vocês que seguem meus artigos gostem deste tema, poderei pensar em uma série sobre o mesmo e gerar um novo eBook, assim como foi com o de Fotometria + Flash, desta vez sobre fotografia de arquitetura, que acham? Postem comentários sobre o que vocês gostariam e se houver interesse geral irei produzir a série e um novo eBook.

Ainda sobre este tema, darei um curso de fotografia de arquitetura no IIF, em São Paulo, os detalhes podem ser vistos neste link: www.iif.com.br/site/cursos/interiores-e-design

Nos vemos em breve, siga-me no Twitter @VernagliaJr

Agora que leu, avalie o artigo e deixe um comentário mais abaixo:

Gosta de algum dos artigos abaixo?

  • Armando Vernaglia Jr

    Olá pessoal, a todos que estão pedindo um ebook dentro do tema, e para aqueles que estejam em São Paulo ou possam se deslocar para cá, tenho um curso no tema. Um curso presencial é mais indicado neste tema pois a analise do material arquitetônico é vista no ambiente, e discutida com os alunos, o ebook é possível, assim como vídeo aulas, mas não tem a mesma profundidade e por isso optei por não fazer ainda, não é que seja impossível, mas só queria registrar essa explicação pois o tema é bastante amplo e técnico e se resumido muita coisa pode ser perdida.
    Obrigado pelos comentários de todos,

    • Sérgio

      Boa tarde Sr. Armando Vernaglia, não me conhece mas serei breve e o porque de estar a escrever este texto.
      Sou de Portugal e tenho QUASE em mão o diploma de fotografia, MAS preciso de fazer apenas um trabalho final, passei a tudo só me falta isso, ando no instituto profissional de fotografia do porto ( IPF ). E o tema que eu mais gosto é arquitectura, mas acho que em Portugal somos pobres nisso, precisava de uma ideia para executar mas quase que já não tenho cabelos em pensar sobre que tema irei apresentar.
      Cumprimentos se me poder ajudar agradeço bastante

  • Seria maravilhoso um Ebook sobre esse tema, pois é muito difícil encontrar cursos
    que ensinem e aprimorem a fotografia de arquitetura,
    ficarei aguardando,
    Parabéns pelo seu trabalho,
    o admiro muito,
    Obrigado

  • Estão sempre de parabéns.

    Photo A – cabine de fotos http://www.photoa.com.br

  • vanderley

    sou fã tbm do armando,acompanho vc desde quando conheci o sait fotografia-dg, ha 3 meses, sou cinegrafista proficional a 5 anos,to aprendendo fotografia sou amante da fotografia desde sempre,armando e um otimo proficional exempro para todos nos,sou de brasilia seria uma boa ideia fazer um workshop aqui, como comentou o nosso amigo nelson ,como sempre otimo tema, um grande a braço a todos.

  • Fernando Grillo

    Seu fã.

  • Armando Vernaglia Jr

    Olá pessoal, mais uma vez obrigado pelos comentários. Sobre um ebook nesse tema, infelizmente nõa estou tendo tempo para escrever, para quem se interessa pelo tema, tenho um curso nesse assunto, em São Paulo, no IIF, e em Recife no Instituto Candela, então entrem em contato com essas escolas se forem perto de onde vocês vivem para maiores informações. Obrigado novamente.

  • Walquiria

    Para mim, uma principiante na arte de fotografar, considero as fotos de arquitetura as mais difícéis por envolver vários fatores conofrme bem explanados em seu texto. Creio que depois dessa leitura minhas fotos de arquiterura serão bem melhores. Aguardo o eBook sobre o tema. Parabéns!

  • cynthia

    Adoro fotografia de arquitetura e um ebook seria muito bem vindo!

  • nuno

    Sou um aficionado da fotografia de arquitectura por razões profissionais, e neste momento o meu maior problema é a luz exterior, ter de mesclar duas exposições.

    Caso venha um novo ebook, gostaria que esta minha dúvida pudesse ser esclarecida já que este problema está em todas as fotos de exterior (dependendo da hora do dia).

  • RICARDO PERON

    UM NOVO EBOOK SOBRE FOTOGRAFIA DE ARQUITETURA SERIA ÓTIMO…
    ESTOU NA EXPECTATIVA…

    ABRAÇOS.

  • Carlos

    Um e-book sobre este tema seria fantástico! É um tema sem muito material, além das próprias fotografias.

  • Sergio Villa

    Olá Armando,

    Muito interessante a forma como você congregou a simplicidade de Niemeyer ao seu estilo fotográfico.

    Creio que o eBook sobre o tema será um bom texto.

    Abraços,

  • Sergio Villa

    Olá Armando…

    Muito interessante a formar como você congregou as visões simplistas da arquitetura de Niemeyer ao seu estilo fotográfico… realmente interessante.

    Acho que vale sim um eBook do assunto…

    Abraços,

  • Gleisson Amaral

    Muito bom!

    O tema arquitetura é muito de meu interesse e disponibilizar um ebook sobre o tema será com certeza de grande proveito! Não sendo possível, e de vez em sempre postar um artigo, ficarei agradecido! Parabéns pelo trabalho!

    Grande abraço!

  • Olha, sou uma grande admiradora de fotografia urbana/arquitetura. Assim como o seu eBook foi de grande ajuda (fotometria + flash), eu mais do que nunca gostaria que houvesse um com essa temática pois além de gostar, quero especializar na área.

    Quanto as fotos e a matéria só posso dizer que estão maravilhosas!

    Parabéns pelo grande trabalho.

  • Armando Vernaglia Jr

    Olá pessoal, muito obrigado pelos comentários, que legal que gostaram!

    Tati, conheço o trabalho do Julius Shulman, é fenomenal. Obrigado por citá-lo aqui, assim mais gente conhecerá.

    Ainda não sei se terei tempo e condições de fazer um ebook nesse tema, mas vez por outra voltarei ao tema em artigos.

    []'s

    Armando

  • Tati Duarte

    Olá Vernaglia,

    voltei para comentar novamente.

    Acabei de assistir Visual Acoustics, um filme sobre o fotógrafo de arquitetura Julius Shulman.

    É simplesmente incrível.

    Quis apenas indicar/compartilhar, caso não conheça. E espero que esse tipo de fotografia esteja presente em mais posts do site.

    Abraço!

  • deia sinatora

    parabens pelo post! me ajudou bastante e o ebook vai ajudar ainda mais!

  • Olá Vernaglia!

    Sou de Goiânia, havia me inscrito em teu curso no IIF em SP, porém tive que cancelar devido a alta despesa financeira que eu teria por ficar vários dias em SP.

    Seria muito interessante sua idéia de fazer um ebook sobre este tema!! Ou se possível, fazer um workshop intensivo sobre este assunto. Seria possível!??

    Já pensou na idéia de vir fazer um workshop em Brasília? Que tal?

    Grande abraço

    Nelson Pacheco

  • Adorei o tema, Armando!

    Moro em Brasília. Aí já viu, né?!

    Beijos e sucesso!!!

  • Claudio Spinola

    Grande mestre Vernaglia. Prescisamos de profissionais que além da experiencia e conhecimento da arte fotografica, tenha a humildade de trasmitir esses conhecimento com conhecimento de causa. Este é um assunto(fotometria) que a todos interessa Um grande abraço.

  • Ricardo Neves

    Parabéns Armando Vernaglia, não é a toa que adimiro o seu trabalho. Quando eu comecei com fotografia, nunca imaginei que esse lance de História fosse influenciar tanto na carreira de muitos fotógrafos, e desde então acho muito interessante e prezeroso esse conceito. Na minha opinião Fotógrafos com boas idéias devem sim se deixar influenciar pela História, e se aprofundar no assunto.

    grande abraço ! :-)

  • Muito bom, eu apoio a idéia, acho muito legal, mesmo não sendo profissional da área, mas o que falou é algo que também gosto, fico no aguardo da continuação =)

  • Parabéns!
    Era tudo o que eu tava precisando ler… Muito obrigada!
    A parte 2 é super bem-vinda :)

  • Nara Serra

    Aguardarei ansiosamente.

  • André Fernandes

    Muito bom Vernaglia!

  • Adorei o post, Vernaglia. E é claro que seria muito bem vindo um eBook pois daria a chance aos leitores de se aprofundar no tema.

Abrir Chat
1
Close chat
Olá! Obrigado por nos visitar. Por favor, pressione o botão Iniciar para conversar com o nosso suporte :)

Iniciar