fbpx

Fotografia de Aviação – Plane Spotting 4.63/5 (19)

O termo Plane Spotting, do inglês, significa basicamente “observar aeronaves”. Isso inclui aviões, helicópteros, planadores e dentre outros veículos aéreos tripulados.

Os spotters, como são chamados, nada mais são que pessoas que observam e, principalmente, fotografam aeronaves em operação ou não. Esse hobby é bastante popular em alguns países e no Brasil não seria diferente.

Mas o que é preciso para ser um spotter?

A primeira a coisa a se pensar é: “Se vou fotografar aviões, preciso estar próximo a um aeroporto”. Sim, realmente é obvio e estar próximo de um aeroporto pode não ser um problema. As pessoas que praticam esse hobby, ainda não são muitas no Brasil e, normalmente, todas se conhecem nas suas cidades e marcam encontros com frequência.

Esses encontros normalmente são nas grades do lado de fora dos aeroportos ou nas cabeceiras das pistas de pouso e decolagem.

Mas e o equipamento que preciso?

Bom, lembre-se que estamos falando de fotografar aviões, logo, estar longe do assunto fotografado será muito comum.

Para começar a praticar o Plane Spotting, a lente do kit (18-55) não será uma boa opção. É praticamente imperativo que a lente 70-300 esteja com você, ou outra teleobjetiva.

Mas se quiser começar no spotting e não dispõe de orçamento para comprar uma DSLR + uma lente tele, a alternativa seria uma câmera superzoom (com 30x de zoom, no mínimo), pois como o mais importante é o alcance do “zoom”, essas câmeras são uma boa opção para quem não quer gastar muito com equipamento e vai, muito provavelmente, gerar bons resultados.

Como faço para saber se uma aeronave está chegando no aeroporto?

Felizmente para os spotters, existe um site que nos ajuda muito nesse detalhe, é o FlightRadar24 que tem sua versão em aplicativo para smartphones.

Esse app basicamente funciona como um radar mostra um mapa de qualquer lugar do mundo e todas as aeronaves em operação. É incrível!

Ao clicar em qualquer um dos ícones de aeronaves, o app mostra informações de matrícula da aeronave, destino, modelo, altura em que se encontra, a rota que está fazendo e muito mais. Esse app é indispensável para o mundo spotter e bastante simples de usar.

Como faço pra chegar mais próximo das aeronaves?

Bom, a não ser que você seja funcionário do aeroporto, isso não será possível em todos os dias do ano. Mas, graças à Infraero Aeroportos, uma vez ao ano ocorre o chamado “Spotter Day”. Esse evento acontece em várias cidades brasileiras e proporciona aos spotters e amantes da aviação algumas horas muito próximo da pista de operação e terminal de passageiros, livres para registrar aeronaves de um ângulo bastante privilegiado. Parece um sonho, não é? Mas, como nada na vida é perfeito, por questões de segurança, as vagas para o evento são limitadas e mais concorridas que vaga de medicina nas Universidades Públicas (risos).

Para participar do Spotter Day, esteja sempre atento às publicações do site e da fanpage da Infraero Brasil para saber quando o evento ocorrerá na sua cidade. O evento conta com toda a segurança possível do aeroporto, equipe da pista de operação, torre de controle, transporte e equipes de bombeiros. Ou seja, é uma ótima oportunidade pra quem deseja iniciar de perto na fotografia de aviação.

Tá, mas o que eu faço com as fotos que fiz?

Além de servir para seu portfolio pessoal e publicação nas redes sociais, existe um site chamado JetPhotos. Este é um dos sites mais acessados pelos spotters do mundo inteiro. É lá que são “upadas” várias fotos das mais diferentes aeronaves de todo o globo e muitas delas são as que aparecem no app do radar que falamos acima.

Para utilizar a plataforma, basta se cadastrar e começar a subir suas fotos. Lembre-se que saber a matrícula da aeronave é indispensável para ser aceito no site. O spotter faz a foto, acessa o site, faz o upload da imagem, preenche as informações do formulário para cada foto e pronto. É só aguardar um email de confirmação para saber se sua fotografia foi aceita e, com sorte, poderá até ser usada no FlightRadar24 com seus créditos.

Já imaginou ter uma foto sua ilustrando uma aeronave no radar? Entretanto devo alertá-lo que, para uma foto ser aceita no site, é importante que a fotografia siga regras de enquadramento, nitidez e distancia focal que são muito rígidas. Então, dê o seu melhor e boa sorte!

Ajude-nos! Avalie, compartilhe e deixe um comentário mais abaixo:

Junio Matos

Junio Matos é manauara, fotógrafo, fotojornalista freelancer, músico, estudante de rádio e televisão, cameraman e editor do canal do YouTube: Saca Soh, amante da fotografia de aviação e fã de cinema.

Chat

Este site usa Cookies & Política de Privacidade para lhe proporcionar a melhor experiência. Clique em "Aceitar" para consentir a sua utilização.