Home » Artigos » Dicas » Fotografia de Casamento: Check-list para não se atrapalhar na hora “H”

Fotografia de Casamento: Check-list para não se atrapalhar na hora “H” 4/5 (2)

- Última Atualização a: 16/06/2016

Muitas pessoas estão entrando atualmente no mercado fotográfico, principalmente para ensaios e cerimônias de casamento, mas, grande parte não sabe o que fazer na hora “H”. O que realmente faz a diferença é bastante experiência e preparo. Então como fazer para melhorar? Muita calma nessa hora. Com essa lista você vai ficar fera na hora dos cliques e vai fazer muitos casais felizes quando entregar as fotos!

Fotografia de Casamento Hora H

1 – Você sabe o que vai fotografar?

Pode parecer uma pergunta boba, mas quantas vezes você já não se perdeu no meio da confusão e saiu disparando sua câmera para todos os lados? Antes de se engajar na ação, tenha certeza do que você vai fazer. Faça uma lista, um roteiro dos momentos da cerimônia (geralmente já está pronto com a cerimonialista), para você começar a criar um modelo mental do que você vai precisar registrar no casório. Dia da noiva/noivo, chegada dos convidados, entrada dos padrinhos, madrinhas, hora da aliança, beijos, etc. Assim é bem mais fácil e você não é pego de surpresa!

2 – Você conferiu seu equipamento?

Essa é a mais fácil de cair, e a mais perigosa. Quem nunca precisou usar a câmera e só lembrou que a bateria estava baixa, ou o cartão de memória estava cheio e sem backup no dia D? É disso que eu estou falando: confira seus equipamentos com antecedência, de preferência um ou dois dias antes, quando você ainda pode tomar decisões como comprar ou substituir algo que falhou. Não esqueça também de testar a câmera, o flash, e tudo o que você vai levar de importante.

3 – Você sabe o que o noivo/noiva querem?

Isso é um ponto importantíssimo, mas que poucos fotógrafos fazem: você já conversou com o seu cliente? É muito comum alguns chegarem no dia do ensaio e não saberem nem sequer o estilo, gosto, ou até o nome do casal! Não façam isso. Conversem com antecedência, até mais de uma vez, para acertarem os detalhes. O que pode e o que não pode, o que vai ser feito e o que não vai ser. Essa aproximação também ajuda a criar intimidade entre o fotógrafo e os noivos, e ajuda muito nos momentos decisivos da cerimônia.

4 – Você conhece o lugar que vai fotografar?

Pode parecer difícil, mas não tenha preguiça: faça uma visita ao local (igreja, salão, casa de festas) para conhecer melhor. Eu já estive em uma situação que eu não fiz isso, e quando chegou na hora da cerimônia, o lugar era muito apertado e eu não conseguia fazer ângulos interessantes. Tive que improvisar, pedir licença, e outros milagres para conseguir boas fotos. Foi estressante! Nesses casos é importantíssimo ver a iluminação (é de dia ou de noite?), espaço, decoração, para você não ficar com a câmera na mão, desesperado.

5 – Você vai chegar na hora certa?

É fundamental que o fotógrafo seja o primeiro a chegar. Você pode ter visitado antes, se planejado, mas se você não estiver lá para se preparar adequadamente e ver o que mudou (sim, muitas coisas mudam em cima da hora), você está perdido. Chegue com uma, ou até duas horas de antecedência para se planejar, se ambientar, converse com as pessoas para se informar e aproveite para fazer aquela última checagem no seu equipamento!

6 – Você domina sua câmera e equipamentos?

Esse pode ser um erro fatal que poucos admitem. Você pode ter comprado a melhor câmera, o melhor flash, mas se não souber operá-los, suas fotos vão ficar medíocres. Acredite em mim: você vai ficar tão desesperado que vai colocar a câmera no modo automático e sair disparando como quando você tira fotos comuns com um celular. Aprenda a mexer (bem!) na sua câmera. Uma dica interessante para os iniciantes é: use mais o modo de prioridade de abertura! Eu quando fotografo casamentos uso este modo em 80% do tempo com uma abertura bem grande (minha preferência para criar fotos com bokeh, e ressaltar o assunto principal) e deixo o resto com a própria câmera. Muito mais fácil para prestar atenção no que interessa, que são os noivos!

7 – Você está preparado para capturar os momentos e emoções certas?

Checando todos os tópicos acima, não se esqueça de registrar emoções e momentos únicos na cerimônia. Conheço muitos fotógrafos que são ótimos em fazer isso, e este é o caminho para deixar os noivos felizes com o resultado final. O sorriso de uma madrinha, uma brincadeira dos pajens, a lágrima do pai da noiva. Essa é a essência do casamento! Perceba os pequenos sinais de alegria e surpresa da noiva e do noivo e registre, assim suas fotos vão ficar bem mais cheias de espírito e emoção.

Então pessoal! Preparados para o próximo casório? Espero que tenham gostado, e se tiverem alguma dúvida confiram o videozinho abaixo do meu canal!

Um abraço, e até mais!

Ajude-nos, avalie este artigo:

Aproveite este desconto na nossa lojaAdquira o Photoshop e o Lightroom por apenas R$35,00/mês

Luiz Carlos Junior

Fotógrafo brasileiro de paisagens e viagens. Começou sua paixão por fotografia em 2005 com uma pequena Sony W5 e hoje roda o mundo em busca da imagem perfeita.

1 Comentário

Clique aqui para comentar