fbpx

Fotografia de casamento – Entrando no Mercado 5/5 (3)

Você comprou o equipamento, fez o curso e se acha pronto para começar a fotografar casamentos. Mas é neste momento que se depara com um dos maiores paradoxos do mercado de trabalho: Para contratá-lo o casal quer ver seu portfólio. Mas como apresentar um portfólio se você nunca fotografou um casamento? Por sua vez, como fotografar um casamento se você não possui um portfólio?

E é neste paradoxo que muitos fotógrafos ficam presos, alguns chegando a desistir.

Mas acalme-se. Nem tudo está perdido. Assim como você, que está começando agora, eu e todos os outros fotógrafos também tivemos que começar algum dia. A maioria enfrentou os mesmos problemas que você.  E minha série é destinada a ajuda-lo a resolver ou evitar alguns dos problemas mais comuns no universo da fotografia.

Fotografia de casamento

Podemos começar dizendo que não existe uma solução milagrosa para resolver essa questão. Não existe, sequer, uma solução universal. Pode ser que o que tenha dado certo para mim não seja o seu caminho. Vou, no entanto, transmitir minha experiência com a esperança de lhe seja útil no início de sua jornada.

O FOTÓGRAFO PARASITA

Talvez este seja um dos caminhos mais fácil para adentrar o mercado da fotografia de casamento; se oferecer para trabalhar com um fotógrafo experiente.

Pode-se conversar com um fotógrafo já experiente e se oferecer para uma espécie de estágio não remunerado. Nesta conversa de negociação ofereça pra prestar seus serviços como segundo fotógrafo em troca de portfólio, usar as imagens que você fizer para montar seu portfólio. É possível que o fotógrafo não permita que você divulgue as fotos na internet, já que serão de propriedade dele. Mas nada que uma boa conversa não lhe renda a exceção de usar ao menos algumas poucas, sob alguns termos. Porem, mesmo que ele não permita que use suas imagens na internet, poderá levar para mostrar aos casais em alguma visita ou mesmo fazer algum álbum de portfólio. Além disso, estes trabalhos lhe renderão a experiência e segurança necessárias para fotografar seus próprios casamentos.

>> DICA: Como um verdadeiro parasita “sugue” o máximo de conhecimento teórico e prático que puder deste fotógrafo antes, durante e depois do evento. Provavelmente este vai ser o momento mais decisivo da sua aspirante carreira até então.

O CASAMENTO DO MEU MELHOR AMIGO

Todo fotógrafo tem amigos e parentes. Estes também se casam. E esta é uma grande oportunidade para conseguir fotografar um casamento e ainda ganhar pontos com seus amigos/parentes. Você pode explicar sua situação como iniciante para o casal e mostrar suas fotos. É claro que eles terão receio de contratá-lo, pois é um momento único e o mais importante da vida deles. O que fará a diferença neste caso é subcontratar um fotógrafo experiente pra lhe acompanhar e mostrar ao casal as fotos deste fotógrafo. É verdade que você gastará o valor do “freelance” deste fotógrafo. Mas poderá usar as fotos do evento sem problema algum e montar seu portfólio.

>>DICA: NUNCA se aventure a fotografar um casamento sozinho pensando em economizar o valor do outro fotógrafo, mesmo que o casal insista. Isto poderia ser o suicídio prematuro do seu futuro negócio. Leva-se anos pra formar uma carreira, mas basta um casamento para afundá-la. Perder a foto do beijo, da troca de aliança ou outras é algo muito comum a fotógrafos iniciantes. Qualquer descuido e muito provavelmente você vai perder um cliente, indicações e quem sabe até um amigo.

CASAMENTO DO MEU AMIGO

ESTUDE, ESTUDE E ESTUDE

Nunca se acomode. Estude especialmente composição, a regra dos terços, programas de edição… A busca pela excelência é o que faz a diferença entre o bom fotógrafo de casamento e o Zé da esquina, que comprou uma câmera, fez um cursinho e cobra R$ 300,00 pra fotografar um evento só pra compor a renda. Conhecimento e prática são o segredo para se tornar um fotógrafo primoroso. E paixão pela fotografia é o ingrediente principal.

>>DICA: É sempre bom fazer mais cursos e workshops. Mas em início de carreira, muitas vezes não se tem condições monetárias o suficiente para isso. A internet é uma ferramenta extremamente ampla e eficaz para aprimorar seus conhecimentos.

Espero tê-lo ajudado a continuar seus primeiros passos neste ramo tão glamuroso e disputado.

Até a próxima e bons clicks!

Ajude-nos! Avalie, compartilhe e deixe um comentário mais abaixo:

Jota Fernandes

Amante da arte e da fotografia Jota Fernandes se especializou em casamentos e ensaios de casais. Destacando-se por seu olhar artístico e seu clique preciso, em pouco tempo passou a viver da sua paixão.


Nós Ajudamos!