Home » Artigos » Dicas

Fotografia, Percepção, Subjetividade 4/5 (3)

Neste meu primeiro post quero compartilhar minha maior paixão: a fotografia em sua plenitude, buscar o êxtase no momento mágico de fotografar. Creio que muito se fala em técnica, equipamento… Quero então expressar um pouco a mais fina sintonia com os leitores e dizer que estou aqui para evoluir e contribuir para que esta arte maravilhosa seja vista com a mais pura emoção e alegria. Hierarquicamente os estados mentais e culturais se articulam nas ações do fotógrafo no seu processo mágico de criação. As mensagens servem para meditar e compreender nossa subjetividade com a fotografia. Agradeço ao Diogo esta oportunidade impar de mostrar como eu enxergo a fotografia.

“Sou fotógrafo porque através do meu visor, me foi permitido ver muito além daquilo que me é mostrado”

Todos somos criativos e quando começamos a entender e a praticar a inteligência emocional e espiritual, nossa vida passa a se expressar com mais firmeza, clareza, gentileza e passamos  a nos comunicar melhor com os outros, passamos a ser mais criativos, mas podemos ir mais além, podemos ser geniais; para sermos geniais precisamos não estar satisfeitos com os talentos que já temos e exercitamos com maestria, precisamos mudar de hábito, experimentar outras aptidões, ampliar nossa percepção.

Existem cinco tipos de criativos:

 1- VISIONÁRIO

Vamos ver como você se encaixa nele; tem o VISIONÁRIO que tem o poder de criar imagens, o visionário consegue criar imagens em sua mente, e estas imagens se tornam propulsoras de idéias geniais, você utiliza esse poder todos os dias, você consegue imaginar o ultimo arremesso do seu time, ver o cabelo de sua samiga (o) ao vento ou como sua sala ficaria pintada de outra cor. Os visionários são orientados pelas imagens em sua mente, visualizam em grande detalhe, mantém essas imagens no decorrer do tempo amplificando-as.

Mozart era um visionário e ele descreve: quando sou completamente eu mesmo inteiramente sozinho e me sentindo a vontade, o tema embora possa ser grande aparece quase por completo e concluído na minha mente eu posso observá-lo num relance de olhos.

2- OBSERVADOR

Eles têm o poder de captar os detalhes, os observadores captam os detalhes do mundo que os circunda e os reúnem para formar uma nova idéia, os observadores pesquisam seu ambiente em busca de informações interessantes e utilizam esses dados para criar avanço.

Quando Walt Disney levou sua filha para brincar no parque, percebeu que os adultos pareciam entediados, os brinquedos estavam quase parados e os operadores não eram simpáticos, ele pensou: não seriam agradáveis onde crianças e adultos pudessem se divertir juntos?

3- ALQUIMISTA

Ele tem o poder de unir domínios, o alquimista reúne domínios separados, deferentes idéias, disciplinas ou sistemas de pensamente e os conecta de um modo singular para desenvolver idéias avançadas os insight do alquimista se originam do aproveitamento ou mesmo do roubo de idéias, eles são motivados a criar uma ampla gama de interesses e levam vidas que unem trabalho e ação. O arquiteto que criou os edifícios mais originais na história da arquitetura americana utilizou as técnicas do alquimista, sua genialidade consistiu em combinar a arquitetura dos edifícios com a natureza local.

Nosso processo criativo está em plena evolução e compreendermos como é nossa criação nos torna uma pessoa melhor e conseqüentemente um fotógrafo genial…

Agradeço o carinho de todos e o mais importante é a integração das pessoas, dos fotógrafos, fotografia é uma nobre arte e cabe á nós dividi-la com todos aqueles que estão dispostos a ver a vida com um olhar mais iluminado. Que o encontro das idéias e sensações eleve nosso espírito e nossas mentes a buscar o néctar que só a fotografia pode emanar. No próximo encontro postarei os outros dois tipos de criativos.

Agora que leu, avalie o artigo e deixe um comentário mais abaixo:

Gabriel Crispim

Fotógrafo com mais de quinze anos de fotografia, Reside no oeste de SC, onde sua maior paixão é a fotografia em sua plenitude. Especialista em fotografia de casamentos, ensaios e book desenvolveu estilo único no registro de suas imagens, tem o lightroom como ferramenta principal para editar seus trabalhos e também tem disponibilidade para fotografar em outros estados brasileiros. Desenvolveu trabalhos em Roraima, Manaus, Porto Alegre, Curitiba. Atualmente dedica-se a fotografia social e ao ensino da fotografia. Minha meta é mostrar meu olhar fotográfico, passar conhecimento para quem tem a fotografia como paixão. Com um olhar privilegiado de beleza plástica e estética, divide contigo a magia que é ser um fotógrafo em sua essência.

2 Comentários

Clique aqui para comentar

Páginas Úteis

Abrir Chat
1
Close chat
Olá! Obrigado por nos visitar. Por favor, pressione o botão Iniciar para conversar com o nosso suporte :)

Iniciar