Home » Artigos » Artigos de opinião » Por ser amador, fotografo muito bem!

Por ser amador, fotografo muito bem! 4.5/5 (2)

Vejo a cada dia que passa as pessoas desvirtuando o significado da palavra amador, é muito comum ouvirmos fotógrafos “se desculpando” por certas fotos porque são amadores, quando na verdade eles querem dizer que são iniciantes. Amador é quem ama! Aquele que trabalha sem remuneração. Em contra partida temos os profissionais que são aqueles que exercem, por dinheiro, uma ocupação. E aqui estamos falando de duas artes, a fotografia e a “arte” de viver dela ;-)

Existem muitos concursos onde os fotógrafos podem se inscrever em duas categorias: Amadores ou profissionais, ou seja, são tratadas  como categorias distintas e uma exclui a outra, quando na verdade elas se complementam.

Outra coisa que me assusta às vezes são colegas de profissão reclamando que o mercado está difícil porque está cheio de amadores?! Ou que não adianta você estudar e se dedicar porque vem um “amador” e cobra mais barato! Bom, o mercado não está difícil, existem “clientes” para todos os bolsos e qualidades técnicas, de iniciantes até aos especialistas, mas percebo que o amor dedicado à sua arte muitas vezes convence mais do que a exímia qualidade. Mas também desconfio que isso não é só na fotografia.

No meu workshop que é exclusivamente para amadores, e na sua maioria iniciantes, sempre tem um ou dois alunos que possuem mais de um curso e alguns que já estudaram fotografia até em outros países, mas que querem, justamente por serem amadores, participar  dessa atmosfera de 8 horas de fotografia, estudando, praticando, e também estando junto com outras pessoas que dedicam o mesmo amor que elas a essa arte, são alunos que vem de outros estados, que acordam muito cedo, mesmo tendo trabalhado até tarde, só para poderem compartilhar a sua paixão.

Para se profissionalizar, hoje em dia temos a nosso favor o acesso aos equipamentos cada vez melhores e a Internet com todos os tipos de tutoriais, fóruns, artigos e conhecimento para podermos estudar, nos qualificar e nos especializar.

A única coisa que não se aprende é o amor pela fotografia, esse é resultados de muitas variáveis como nosso meio, os filmes, os livros, os lugares e as pessoas que conhecemos.

Eu realmente acredito que para ser um bom profissional, você precisa ser um bom amador e conseguir manter essa essência na sua carreira.

É preciso ser amador.

Agora que leu, avalie o artigo e deixe um comentário mais abaixo:

Simxer

Simxer é editora e fundadora do Foto Dicas Brasil. Fotógrafa profissional há mais de 15 anos. É empreendedora e apaixonada pelo que faz. Por tudo isso ministra o "Workshop de Fotografia Profissional pra Amadores” em busca de despertar essa paixão em outras pessoas e aprender com outros apaixonados.

25 Comentários

Clique aqui para comentar

  • Oi Taiane!

    Muitíssimo obrigada pelo comentário, fico feliz que eu tenha conseguido passar o que eu queria, concordo com seu amigo e também acho que é aplicável a toda forma de arte!!

    Quanto ao site, tenho certeza que O Diogo (Dono do Fotografia-DG) vai ficar feliz em receber seus elogios, o site é demais mesmo.

    Te convido a conhecer o meu que é voltado exclusivamente para fotógrafos iniciantes e amadores: http://www.fotodicasbrasil.com.br

    Grande abraço,
    Simxer

  • Olá !
    A pouco tempo estava pesquisando sites sobre fotografia e me deparei com uma matéria sua, entrei no site e achei esse artigo..SENSACIONAL. Seu site todo é muiiiito interessante, eu tenho uma paixão por fotografia, sou amadora sim mais não deixou de pesquisar sobre..minha parada é dança mais é incrível como o seu pensamento se em caixa em qualquer área da arte, por amor, com amor, isso ta em falta a tempos ! Um grande amigo meu sempre diz " Se não da pra viver da dança, VIVA a dança " e me conectei muito forte com seus dizeres. Parabéns, ainda to degustando seu site hehe Viva a arte com amor ! Abraços

  • Olá Juliana, fico feliz em ter mais colegas de profissão amadores também! Seja bem vinda.

    Abraços,
    Simxer

  • Tbm gostei do artigo, me identifiquei com amadora, iniciante e futura fotógrafa profissional. Dificilmente alguém possa fazer algo muito bem sem amor! Se há amor há qualidade com certeza!!! Foto sem amor não tem essência, é vazia de sentimento. Parabéns Simxer!

  • Vejo que não sou uma ignorante….eu sempre disse ser uma "amadora em tudo que faço,porque faço tudo que amo,e, com amor"!!!!!!!!!!!!!
    Amei o que voce disse,disse tudo!!!!!!!!!!!

  • Amei o artigo! Sou amadora! Fotografo shows e aos poucos ganho visibilidade…não cobro…faço por prazer, por amor e ganho muiiiiito com isso: amigos, experiência, credenciamentos, ouvir boa música, oportunidades, tesão de ver minhas fotos numa revista com minha marca d'agua…AMO o que faço por HOBBY! E por ser amadora nunca vou ameaçar ninguém, pelo contrário, os vários fotógrafos de shows em Brasília e outras cidades são minha fonte de inspiração constante…não quero ser melhor que ninguém e nem roubar o cliente de ninguém….quero continuar a ter prazer com o escolhi como meu melhor passatempo! Parabéns!

    • Parabéns Karla! É esse entusiasmo que faz a evolução da fotografia! Obrigada pelo comentário!

      Abraços,
      Simxer

  • A paixão pela fotografia é fundamental para qualquer fotógrafo de sucesso, e isso se aplica tanto aos iniciantes, tanto aos profissionais. Como pode um profissional exercer com qualidade os seus serviços se ele detesta o que faz ? Não existe como crescer em uma área se a pessoa não tem o mínimo de prazer pelo que faz. Esse texto é muito útil para que possamos voltar as nossas origens e sermos mais humildes, pois não podemos esperar muito de um fotógrafo profissional que não é amador.

  • Esse foi o melhor ponto de vista que vi e li até hoje!!! Parabéns por essa bela definição! Hoje sou AMADORA e adimito que um dia posso ser remunerada pelas fotos, frutos de um amor pela máquina fotográfica e porque não, com excelente qualidade!!!!!

  • Caramba!!! que delicia ler em um texto tão legal as ideias que eu mesmo tenho sobre o tema. Eu sou um amador, iniciei a brincar com fotos muito atras, por volta de 2003, com uma canon bem simples. E só este ano, eu comprei minha primeira DSLR. A cada máquina que eu comprava, minha maturidade caia, eu tirava fotos que achava horriveis pois eu passava para a categoria de iniciante naquele equipamento. Até pegar a manha do equipamento. E então, eu começava a melhorar as fotos. E começava a gostar delas de novo. Estou apanhando um pouco mais agora da Canon que comprei, pois é mais complexa mesmo, eu sei. Tem o lance das lentes, e a minha presbiopia foi aos poucos piorando e isto atrapalha.. Mas mesmo com estes contratempos, sempre continuava a ser um amador! não quero ser nunca um profissional. Foi ótimo ver o seu texto pois nele eu consegui ver a lucidez novamente. Saber que existem profissionais que enxergam que nós, amadores não somos ameaça alguma, que podemos também ser pequenos artistas. Eu mesmo fico me perguntando, quantos profissionais já não estão fazendo o seu trabalho mais por obrigação, sem um pingo de arte, como tantos médicos, engenheiros, advogados e outros profissionais que ao longo do tempo se bitolam e perdem o amor da profissão que tinham um dia.
    Parabéns!!!

    • Muito obrigada Cassio pelo seu comentário! Muito pertinente suas colocações. Obrigada por ter lido.
      Abraços,

      Simxer

  • Valeu Leonardo, adorei a matéria colocou cada um em seu lugar sem ofender nenhuma das classe, seja iniciante, amador ou profissional. Abraço.

  • Na Língua Portuguesa, a coisa não funciona bem assim:

    amador
    subst amador, amadora [ɐmɐ'dor, ɐmɐ'dorɐ]
    1 pessoa que gosta muito de alguma coisa
    Ele é um amador de cinema.
    2 que não é profissional
    Ele não é um profissional. É um amador.
    adj amador, amadora que não é profissional
    um músico amador

    Ou ainda…

    amador |ô|
    adj. s. m.
    1. Que ou o que ama.
    2. O que, por gosto e não por profissão, exerce qualquer ofício ou arte.
    3. Apreciador.

    Amador não é apenas quem ama algo. É também quem não exerce por profissão.

    É óbvio que existem clientes e fotógrafos para todos os bolsos e gostos e isso é maravilhoso, mas não "percebo que o amor dedicado à sua arte muitas vezes convence mais do que a exímia qualidade". Acho difícil que uma pessoa com excesso de amor mas falta de qualidade, que cobre o mesmo que uma pessoa com excesso de qualidade, convença mais do que esta. A não ser que o cliente não entenda de qualidade ou não se preocupe com isso.

    Acho que a melhor definição da relação amador/profissional é dada por Zack Arias em http://www.youtube.com/watch?v=HbOHbV5Xsn4

    • profissional (sig.)- aquele que trabalha por profissão.

      Profissional é a pessoa que tem tal atividade como profissão tira seu sustento de tal trabalho; ser amador não significa ser iniciante ou não ter conhecimentos técnicos sobre tal assunto.
      No caso inserido nos amadores estão todos que não atuam profissionalmente em tal atividade, ate mesmo os que possuem formação profissional em na mesma! pode ser uma pessoa possuindo formação profissional em tal atividade fotografia no caso e tela somente como hobbie, sendo que exerce atividade profissional em outra área…, portanto os que cobram estão assumindo atividade como profissional fora do âmbito amador (profissional iniciante no caso), muitos fotógrafos com grande capacidade técnica continuam somente no amadorismo, amador não ganha dinheiro com tal atividade OK! separemos bem as coisas, sem rusgas existem fotógrafos de grande capacidade em ambos os lados e pelo mesmo fato existe nos concursos espaço para os dois.

      • Belchior, excelentíssima colocação! Voce descreveu muito bem o que se muito confunde no meio da fotografia.

        Ouve-se muito o termo "amador" como falta de qualidade, e isso incomoda. Fotógrafos por hobby são amadores essencialmente por amarem fotografia. O fato de não terem a fotografia como atividade profissional principal, de onde tiram seu sustento, não significa que estes não investem em conhecimentos e equipamentos, assim como os profissionais. Simplesmente tratam a fotografia como uma forte de arte. Aqueles que cobram barato e entregam um serviço de má qualidade, são apenas profissionais iniciantes, mal preparados, como há em qualquer outra profissão. Estes talvez não sejam nem amadores. Profissionais de verdade sabem essa diferença.

  • Ahhh…mador!
    Um artigo simples e, ao mesmo tempo, brilhante!
    É sem dúvida nenhuma, a melhor definição que já li, sobre o que é ser profissional e amador ao mesmo tempo.
    É a verdadeira essência da fotografia. Parabéns!

Abrir Chat
1
Close chat
Olá! Obrigado por nos visitar. Por favor, pressione o botão Iniciar para conversar com o nosso suporte :)

Iniciar