O temido modo M

Sair do modo automático e começar no temido modo M é uma decisão que precisa ser tomada com consciência e que pode abrir um mundo fascinante de uma maneira irreversível. Além de uma profissão, pode ser um hobby super legal.

Pra quem já começou ou quer se aventurar, mas ainda tem dificuldades de gravar os principais conceitos AQUI uma COLA pra você imprimir e treinar.

Só pra lembrar o básico:

Fotometria, ou seja o equilíbrio das luzes de uma fotografia é feita pelo triângulo ABERTURA X ISO X VELOCIDADE e comparado ao olho humano teríamos:

ABERTURA: Quanto mais aperto o olho, menos luz entra na minha retina, ou seja, a ABERTURA determina a QUANTIDADE de luz que passa pelo diafragma e entra na minha máquina.

VELOCIDADE: Seria o quão rápido ou devagar eu vou piscar. Se eu olhar pra uma imagem em movimento e quiser congelar ela na minha mente é só piscar rapidamente, mas se eu fizer isso devagar, vou gravar o movimento da imagem.

ISO: Imagina uma sala com dimmer, conforme você aumenta a intensidade dessa luz, mais sensível fica seu olho em relação a essa luz. O mesmo acontece com ISO, ou seja, ele determina a SENSIBILIDADE dessa luz. É a capacidade do sensor absorver a luz.

Não sabe por onde começar? A maioria das máquinas que possuem o modo manual possuem um botão de “info” que mostra várias informações sobre aquela foto (o EXIF, mas isso ficará para um próximo post) e nele você poderá ver com que velocidade, ISO, abertura, entre outras informações, mas essas três são as principais.

Então a DICA é: Faça uma foto no modo automático, visualize ela e aperte o botão “info” então decore os três principais dados (Abertura, ISO e Velocidade), vá para o modo manual “M” e repita os mesmos parâmetros, dessa vez comece alterando um dos três com a ajuda da COLA e você irá se surpreender.

Sobre Simxer

Simxer é editora e fundadora do Foto Dicas Brasil. Fotógrafa profissional há mais de 15 anos. É empreendedora e apaixonada pelo que faz. Por tudo isso ministra o "Workshop de Fotografia Profissional pra Amadores” em busca de despertar essa paixão em outras pessoas e aprender com outros apaixonados.

17 Coment.

  1. aconselho escutarem o episodio 5 do Sangue Suor e Foto. Podcast onde falam sobre o "tao temido modo M"
    http://www.sanguesuorefoto.com/2012/06/02/ssf-005

  2. ABERTURA: Quanto mais aperto o olho,(mais e não menos) menos luz entra na minha retina, ou seja, a ABERTURA determina a QUANTIDADE de luz que passa pelo diafragma e entra na minha máquina. –

    • A princípio fiz a mesma leitura que você, mas ele usou a palavra aPerto, não aBerto! Quanto mais apertado, mais fechado está o olho. Está correta a proporção do texto!

    • Prestar atenção antes de criticar é o primeiro passo para diminuir a exposição desnecessária.

  3. Aloisio D. Souza

    Modo "M" é o melhor da máquina pois você trabalha de acordo com seu conhecimento e o resultado é o que você quer e pensa, não o que a maquina determina quando está no automático ,em outras palavras só profissionais se habilitam e conseguem tirar o melhor aproveito do modo M. Sou profissional há 20 anos e sei bem do que estou falando.

    • So profissionais também não, amador significa aquele que ama.
      Ja vi muitas pessoas que levam isso como hobbie e fotografam muito melhor do que os ditos “fotógrafos“.

      • fotodicasbrasil

        É verdade Rômulo, os profissionais só usam o manual como o Aloisio colocou, mas minha experiência me mostra na convivência com os alunos que muuuitos iniciantes e amadores tiram muitíssimo proveito do modo manual!!
        Abraços,
        Simxer

      • Heran Pontes

        Sempre compartilhei da mesma opinião do Rômulo. Muito bom!!

    • Concordo plenamente com vc Aloisio…tb venho dos filmes negativos, logo que houve a transição para digital, vendi todas as minhas Nikons comprei uma Canon que apenas apresentava fotos subspostas no modo Automático, apoenas apresentei o problema num destes forums, pra que….Pessoas como nós tiveram a oportunidade de aprender na raça. Para aprender a fotografia de verdade tem q aprender faze-lo tb no manual senão nunca compreendera bem o principio da coisa.

  4. Harley Ferreira

    sou iniciante no mundo da fotografia e estou cada vez mais apaixonado. comprei há alguns meses atrás uma canon t4i para iniciar nesse mundo fascinante. já li muitos textos, assisti muitos e muitos vídeos no youtube e aprendi o conceito, o básico do modo m. agora só me resta praticar e praticar muito, mas uma coisa que sempre tive curiosidade é na hora da fotografia dinâmica, sem que o assunto esteja parado e tenhamos tempo para muitos ajustes.

    em uma partida de futebol ou cobertura jornalística, por exemplo, quando os objetos se movem e acabam recebendo grande influência de luzes de diferentes intensidades e ângulos o tempo todo, com o fotógrafo se porta ?

    corrige a exposição, iso, etc, a cada foto ou acaba usando algum modo automático como o P, por exemplo, onde ele escolhe só o iso que quer trabalhar e deixa a câmera ajustar o resto ?

    • Boas perguntas, Harley. O modo "M" realmente é o melhor, sem dúvida, mas enqto vc fotometra pode perder algum lance legal do evento ou até mesmo alguma expressão infantil. Eis o dilema: tb é válido usar o modo "P"??

    • fotodicasbrasil

      O fotógrafo profissional sempre irá fotometrar manualmente a cena, mesmo que ela mude constantemente. Na minha experiência de casamentos, por exemplo, eu desenvolvi uns bons calos de tanto girar os seletores 🙂 Não posso falar pelos fotógrafos de esportes, mas a variação, mesmo que em movimento, não chega a ser tão grande assim. Com o tempo a fotometria passa a ficar tão intuitiva que você não precisa "pensar" mais em abertura, velocidade etc, já acontece de forma orgânica, é só questão de treino, como dirigir, por exemplo. O modo P não é proibido, mas com o tempo você vai perceber que ele também é uma pegadinha, porque a máquina pode acetar muitas vezes, mas não vai acertar todas! Nem vai fazer o que você quer, e a questão está justamente aí, quando se treina bastante, você aprende o que quer, e nos modos automáticos e semi-automáticos você vai ter que se contentar com que a máquina quer. Estude e treine bastante e verá que não é tão complicado quanto parece.
      Abraços e obrigada pela leitura,
      Simxer

      • Obrigada pela resposta, Simxer, aliás esse tema é ótimo!! Eu acho que a demora em fotometrar se dá justamente pela falta de prática, por ser iniciante. Como vc disse, as condições de luz em um casamento, por exemplo, não vão variar muito mesmo. Vou experimentar o modo M mais vezes. Quanto ao P, às vezes ele falha mesmo…a foto fica escura ou tremida, isso é frustrante!! Parabéns pelo texto, um abraço!!

  5. Eu acho que o modo A é o melhor para fotos de desfiles e outras onde a situação muda constantemente. O modo M deve ser usando para fotos que exigem tempo e paciência, como a de uma paisagem. Você coloca a máquina faz os acertos e pronto – tem uma foto ótima. Num desfile a situação é outra e nesse caso o modo A , na minha opinião, é o melhor.

  6. Alguém conseguiu a " cola" clico em AQUI e da erro :/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba 15 livros de fotografia

Aprenda DE GRAÇA os principais segredos dos experts em fotografia com os nossos livros digitais.
Insira aqui o seu melhor email

Aprenda DE GRAÇA os principais segredos dos experts em fotografia

Insira aqui o seu melhor email