Home » Artigos » Dicas » 12 fontes onde é possível lucrar com fotografia

12 fontes onde é possível lucrar com fotografia 4/5 (1)

Pode ser uma tarefa assustadora quando inicialmente se procura por caminhos para fazer dinheiro no mundo da fotografia, ou encontrar trabalhos relacionados. Por um lado parece haver e há muitos caminhos diferentes que podem ser seguidos para atingir uma renda, mas por outro lado cada um destes caminhos pode ser difícil de começar.

A intenção é ajudar a focar no próprio caminho para encontrar a maneira correta de conseguir renda através do trabalho. Considerar o próprio nível de habilidade, localização, situação, objetivos de curto prazo e objetivos de longo prazo, tudo em conta, e escolher as estratégias que pensa que serão as mais eficazes. Não há necessidade de desperdiçar o valioso tempo em outras coisas.

1 – Amigos, colegas e família

Band photography

Há poucos fotógrafos que não ganharam seus primeiros trabalhos de fotografia através de amigos e família. Os próprios amigos, colegas e família já conhecem o fotógrafo e sua ética de trabalho.

Eles confiam e estarão dispostos a recomendar o profissional conhecido. Alguns até contratarão o mesmo. Todos precisam de fotografia, e as pessoas muitas vezes desejam trabalhar com uma pessoa que já conheçam.

O fotógrafo deve pensar sobre como sua rede pode ajudar a impulsionar onde deseja ir. Quem poderiam conhecer que ajudaria sua carreira? Peça uma introdução. Se desejar fazer negócios ou retratos para empresas de advocacia, peça aos amigos que trabalham para este tipo de empresa lhe colocarem em contato com a pessoa que contrata os fotógrafos. Além disso, as pessoas influentes (conectores) podem ser um grande benefício para o negócio. Entre em contato com estas pessoas que poderá conhecer ou procure apresentação por um amigo que pode conhecê-las.

Envie um anúncio oficial sobre o próprio negócio. Crie uma lista de correspondência e envie um email de visual profissional que fale sobre serviços e como pode ajudar as pessoas. É algo a conversar de passagem com seus amigos e família, mas é para ser oficial e explicar como pode ajudá-los ou às pessoas que conheçam enquanto mostra seu trabalho de acompanhamento.

2 – Assistência e estágios

business_portrait2

Além da sua rede pessoal, assistência e estágios são outra maneira principal pela qual o fotógrafo pode efetivamente entrar no negócio da fotografia. Esteja preparado para fazer café e varrer pisos (dica: se aprender a fazer um café forte e bom, todos numa sessão de fotos o amarão). Fazer isto permitirá aprender sobre como um negócio real de fotografia funciona mais rapidamente do que qualquer escola de fotografia. Isso oferecerá uma percepção que não se consegue de outra forma.

Se auxiliar um fotógrafo de retratos, aprenderá sobre iluminação realmente bem, porque estará encarregado de configurar as luzes. Se auxiliar um fotógrafo de casamento, será provavelmente um segundo fotógrafo. Neste papel, ganhará experiência inestimável em casamento, sem o risco de fotografar um casamento pela primeira vez desprovido de qualquer apoio.

Isso permitirá ao fotógrafo desenvolver uma nova rede ao redor de si. Os fotógrafos passarão trabalhos que não poderão comparecer. E fará amizade com outros assistentes, sendo possível ajudarem-se uns aos outros no futuro quando começar a fotografar profissionalmente. Os relacionamentos e a construção de habilidades que acontecem nestes ambientes são inestimáveis.

3 – As pessoas que precisam de fotografias para sua parede

framed_print

Se estiver visando vender as próprias fotografias, é possível vender diretamente para empresas, restaurantes, galerias locais, pessoas recorrentes, colecionadores e sua rede pessoal. É possível ser a pessoa recorrente para presentes. No entanto, mantenha em mente que esta é uma maneira muito difícil de fazer dinheiro. Pode levar anos de trabalho dedicado para construir, e será necessário vender-se ativamente.

Estudar marketing e vendas é importante para qualquer coisa que fizer com as ideias apresentadas aqui, mas particularmente se estiver visando vender o próprio trabalho. A maioria dos fotógrafos escolhe outras formas para fazer a maior parte da renda deles de início, enquanto constroem um negócio de vendas de impressão ao longo do tempo.

4 – Negócios locais

business_portrait

Você conhece bem as necessidades dos negócios em sua localidade, e provavelmente já conhece as pessoas que são as proprietárias. A idéia é descobrir do que podem precisar, sejam retratos corporativos, fotografias de seus alimentos ou produtos, fotografia de evento ou conferência, ou trabalho para exibição em suas paredes.

Aborde essas pessoas com um plano em mente, e peça para marcar uma reunião a fim de discutir suas ideias e como eles podem se beneficiar. Melhor ainda, se conhecer alguém que trabalhe para o negócio ou tem um relacionamento com alguém que o faça, peça por uma apresentação inicial. As apresentações darão uma imensa vantagem ao fotógrafo.

5 – Fotografia de casais, casamento e noivado

engagement_photograph

A fotografia de casamento é um grande negócio para os fotógrafos. Leva muito tempo para aprimorar-se e é muito difícil fazer bem, mas é uma das melhores formas de lucrar com fotos. Se estiver com o objetivo de começar com fotografia de casamento, uma sugestão é tentar ao menos trabalhar como um segundo fotógrafo por um período, para ganhar um portfólio e habilidades.

Mas há outras formas possíveis de tirar vantagem disto também. Não é necessário ser fotógrafo de casamento para ser um profissional de noivados. A fotografia de casais e família é um negócio muito viável onde quer que se viva, e os compromissos são grande parte disso, quer se trate de um fotógrafo de casamento ou não.

Ter conhecimento dos melhores locais na própria área para fotografar e fazer negócio com famílias e recém-casados. Isto pode também ser um bom passo inicial para transição ao mundo do casamento.

6 – Viajantes

batman_couple

O fotógrafo que está em área que recebe turismo tem a possibilidade de se tornar um líder de oficina (workshop) e fazer passeios fotográficos. Aprenda sobre os melhores lugares na área e os melhores momentos para fotografar.

Aprenda história também. Apenas por estar fazendo um passeio fotográfico não significa que a história não seja importante. As pessoas devem ser capazes de saber mais do que estão fotografando. E desejam aprender sobre isso. Faça marketing de si através de empresas de turismo, hotéis, e Google.

7 – Atores, artistas e estudantes

dancer

Há uma completa subindústria da fotografia que atende os estudantes e criativos. Estes gêneros geralmente não pagam tanto como trabalhar para empresas de negócios, mas eles podem fazê-lo conforme o fotógrafo melhore e eleve o nível. A ideia é anunciar onde essas pessoas se encontram.

Ache uma conexão nas escolas locais. Aprenda quais dos amigos têm filhos em idade escolar que precisam tirar fotos, e então comece a trabalhar com sua própria rede de amigos. Tente entrar nas escolas de atuação e arte.

8 – Conferências e eventos

facebook

Fotografia para eventos é outra maneira pela qual os fotógrafos podem começar a fazer dinheiro imediatamente. Este tipo de fotografia está na extremidade mais fácil e menos estressante do espectro da fotografia, contanto que o fotógrafo esteja bem em socializar.

Não há tanta pressão envolvida ao trabalhar em casamento, e as habilidades técnicas não são tão difíceis de dominar como outros tipos de fotografia. Aprenda a usar a própria câmera, flash, como capturar com pouca luz, e como fazer as pessoas sorrirem nas fotos, e estará bem.

9 – Comércio e exibição de arte

trade_show

Procure em todas as feiras comerciais em que se pensa que os membros possam trabalhar em união. Quer se trate de negócios relacionados a exposição ou um evento de turismo, muitos dos presentes precisarão dos serviços do fotógrafo. Encontre pessoas, conheça-as, sem forçar a barra, e deixe-as saber que está por ali caso precisem dos serviços de fotógrafo.  Quanto mais participar destes eventos diferentes, mais pessoas lhe (re)conhecerão. Essa exposição por si só pode ser muito valiosa a longo prazo. Além disso, muitas áreas têm feiras de artesanato e artes e exposições. Esta é uma maneira incrível de mostrar o próprio trabalho para a comunidade.

E demanda bastante trabalho, então se planeje com calma. Faça sua pesquisa chegando por lá, e use o tempo na exposição não só para vender seu trabalho, mas para conhecer pessoas em sua comunidade. Mesmo que as pessoas não estejam prontas para comprar o trabalho do fotógrafo, isso não significa que não desejarão no futuro ou para um presente. Conheça-as, e observe se desejam inscrever-se para sua lista de correspondência, podendo manter o trabalho à vista delas no futuro.

10 – Orgânico: Google e mídia social

gstar_fashion_show

Devido a toda a competição, classificar-se bem no Google é mais difícil do que costumava ser. Mas com foco e tempo, é muito factível. Aprender a como ser bem ranqueado no Google envolve muita informação, mas é dever seguir recursos e sites como problogger.com, que podem ajudar no aprendizado para lucrar mais através da internet.

Será necessário um website. E também manter em mente que, além de uma variedade de fatores únicos, os links da internet são a alma para bons rankings no Google, então é necessário descobrir como conseguir que as outras pessoas façam ligações para seu site e mencionem seu trabalho.

Além da lista de email, desenvolver uma página de negócios no Facebook, e um perfil no Instagram para crescer. Isto ajudará a manter o trabalho na frente das pessoas, para que elas se lembrem na próxima vez que precisarem dos serviços de fotografia.

11 – Marketing de internet local

business_portrait3

É possível comercializar o próprio trabalho para todos os tipos de negócios na internet. No entanto, os websites locais podem ser mais importantes. Os sites de notícias locais, blogs, ou onde quer que a comunidade fique na internet são importantes para se integrar.

Pense sobre como poderia ser capaz de trabalhar com estes websites ou ter valor aos mesmos. Ao se juntar a determinadas comunidades, o fotógrafo não deseja comercializar sem controle com as mesmas.

Junte-se à comunidade inicialmente, e seja um membro de valor, responda questões e ofereça conselhos, simplesmente conheça as pessoas. Isso é como se comercializa nessas situações. Se fizer da forma correta, eles gostarão e confiarão em você e desejarão trabalhar com você no futuro.

12 – Outros fotógrafos

Há muita competição entre os fotógrafos, o que pode ser incrivelmente frustrante. Outros fotógrafos compartilham as mesmas paixões, e eles passam pelas mesmas provações e tribulações. Busque os bons e torne-se amigo. Ofereça ajuda se precisarem. E passe trabalhos que não seja possível você cumprir. Crescer juntos, esta é a ideia.

Com o tempo, o fotógrafo vai estar cercado por uma comunidade inestimável e estarão mais fortes juntos. Os fotógrafos que são muito competitivos para oferecer tempo não terão as vantagens que o restante tem. Lucrar com fotografia pode ser desafiante e difícil, especialmente quando se está começando. Estas dicas devem oferecer ideias para avançar com sua carreira na fotografia.

Conclusão

Ganhar dinheiro na fotografia pode ser muito difícil, principalmente quando se está iniciando. Estas dicas devem lhe dar uma idéia para avançar na sua carreira de fotografia. Se você tiver outras idéias que funcionaram com você compartilhe connosco nos comentários abaixo.

 

Este artigo é uma tradução do 12 Sources Where You Can Make Money in Photography que originalmente foi publicado no portal digital-photography-school.com pelo autor James Maher.

Agora que leu, avalie o artigo e deixe um comentário mais abaixo:

Diogo Guerreiro

Diogo Guerreiro é o fundador do Fotografia-DG e tem como objetivo a divulgação prática e profunda de técnicas, dicas e recomendações de novas tendências da área do mercado.

5 Comentários

Clique aqui para comentar

Abrir Chat
1
Close chat
Olá! Obrigado por nos visitar. Por favor, pressione o botão Iniciar para conversar com o nosso suporte :)

Iniciar