Home » Artigos » Dicas » Alquimia fotogênica: revelando fotos com coisas que não deveria

Alquimia fotogênica: revelando fotos com coisas que não deveria

Já imaginou como seria revelar um filme com Coca-Cola? E com amônia? Xarope? Spray para ambientes?…

lemonjuice

via Gizmodo BR

A fotografia é como qualquer outra coisa na vida: há um jeito certo e um jeito errado de fazer. Mas, neste caso, o caminho errado produz resultados bem mais interessantes. Matthew Cetta fez fotografias marcantes ao abusar de seu filme fotográfico usando de tudo, desde absinto até aguarrás. E o resultado ficou impressionante.

coke

Cetta escreve, na descrição do que ele chama de Alquimia Fotogênica, que o projeto começou quando ele converteu uma velha câmera Holga de brinquedo para tirar fotos com filme 35mm. As fotos ficaram boas, mas insatisfatórias. Aí a diversão começou. Cetta diz:

Cheguei a um ponto no qual eu queria explorar o filme em si. Eu embarquei em uma jornada que me trouxe até aqui. Onde é aqui? Aqui é um lugar cheio de “e se”. E se eu eletrificasse meu filme e, em seguida, o congelasse? E se eu colocasse absinto na emulsão? E se eu mergulhasse o filme em Ambien [remédio para tratamento da insônia] antes de tirar as fotos?

absinthe

As respostas vêm a seguir, e elas vão deixar você contente por ter perguntado. Para ver mais deste trabalho de Matthew Cetta, veja: Photogenic Alchemy

[divider]

Vai ter gente dizendo que parece muito com filtros do Instagram. Até certo ponto é verdade. Mas sendo ou não, vejamos: pode-se fazer isso num smartphone ou computador? Sim? Seria mais fácil? Taaalvez… Então qual a maior graça disso? Ora, prolongar a diversão! Sim, se você ama fotografia analógica, e quer brincar/experimentar ao máximo tanto na captura quanto na revelação dos filmes, por que não estender o prazer? Seria exagero dizer que fazer essas experimentações é mais ou menos como sexo tântrico em comparação a sexo “normal”? Acho que nem tanto… ;-)

 agradecimentos a Wedson Marques por repassar a notícia
e a Matthew Cetta por enviar as imagens do post

Agora que leu, avalie o artigo e deixe um comentário mais abaixo:

Alexandre Maia

Clico, viajo, olho, analiso, converso, e repito — em qualquer ordem!

Também estou no blog da D&M Photo.

1 Comentário

Clique aqui para comentar

  • A grande graça está na química. 10 revelações da mesma foto, se tornam 10 fotos com efeitos diferentes. O orgânico da coisa, faz valer tudo.

Abrir Chat
1
Close chat
Olá! Obrigado por nos visitar. Por favor, pressione o botão Iniciar para conversar com o nosso suporte :)

Iniciar