Home » Artigos » Artigos de opinião » As 10 câmeras mais utilizadas por brasileiros no Shutterstock

As 10 câmeras mais utilizadas por brasileiros no Shutterstock 3.35/5 (26)

O Shutterstock, líder no fornecimento de imagens comerciais e músicas, revelou em um gráfico quais foram os 10 modelos de câmeras mais utilizados por colaboradores brasileiros em 2014

Para quem ainda não está familiarizado com o Shutterstock, trata-se de um grande banco de dados de imagens (fotos, vetores, ícones, ilustrações), vídeos e músicas em que você paga por uma assinatura para ter acesso ao conteúdo do site. Aqui você pode conferir os planos e preços oferecidos pelo Shutterstock. E o site costuma divulgar uma série de infográficos sobre o conteúdo armazenado por lá e um que me chamou atenção logo que vi foi o das 10 câmeras mais utilizadas por usuários brasileiros em 2014, estatística montada de acordo com os dados EXIF das imagens enviadas para o Shutterstock.

2015-05 Brazil EXIF Data Shutterstock

É inevitável entrar em um assunto que detesto: a briguinha Canon vs. Nikon que acontece de forma um tanto exacerbada (e injustificada) aqui no Brasil. Os fãs defendem suas marcas de preferência com unhas e dentes gerando grande quantidade de ofensas mútuas como se estivessem ganhando algo para isso, mas sabemos que não é bem assim, eles fazem isso de graça mesmo e as duas marcas agradecem a enorme propaganda gratuita. Voltando ao gráfico, ele ilustra bem o que se tornou o mercado fotográfico brasileiro: os três modelos que estão disparados na frente são três DSLR “full frame” e todos da mesma marca: Canon 6D, Canon 5D Mark II e Canon 5D Mark III, e há explicação para isso.

Canon 6D, full frame"popular" da Canon
Canon 6D, full frame”popular” da Canon

É costumeiro da Canon há anos possuir modelos de câmeras mais baratos aos equivalentes da rival Nikon, talvez isso faça os usuários brasileiros (conhecidos pelo imediatismo) optarem pela câmera mais barata sem se importar com o que vem depois. E instaurou-se nos últimos 3 anos uma opinião geral de que “só full frame serve para fazer algo e todas as outras câmeras não servem para nada”, até porque os modelos mais baratos que agora existiam facilitavam isso. Isso aconteceu primeiro com as câmeras DSLR em geral, pois falava-se muito que “compacta não serve para nada” e aí começou o que eu chamava de patrulha da reflex. Agora essa patrulha refere-se muito mais às FF e vejo muita gente que nunca teve contato algum com câmera DSLR já começar com uma full frame devido a essa patrulha, ou mesmo gente que fotografa apenas por hobby ignorar a existência de câmeras com sensor “cropado” (outro termo que não gosto muito, mas é necessário) pois, segundo a patrulha atual, elas não servem para nada.

E fora as 3 Canon FF que lideram o gráfico, temos outras 4 DSLR da mesma marca com sensor APS-C fechando as 7 primeiras posições, talvez baseado naquilo que falei sobre as DSLR Canon serem um pouco mais baratas. Porém, estou percebendo uma tendência de mercado que pode mudar um pouco este panorama, as DSLR de entrada da Nikon estão ficando mais baratas que as Canon (pelo menos nas lojas aqui do Rio de Janeiro) e isso poderá ocasionar uma grande mudança em um gráfico semelhante referente ao ano de 2015. O que também pode reforçar esta hipótese é o fato de que atuo como colaborador em um curso de fotografia do Rio de Janeiro e sempre percebi um equilíbrio entre os que iniciavam com Canon e com Nikon, às vezes percebia uma ligeira vantagem para os usuários da primeira, mas na última turma vi uma imensa maioria de novos fotógrafos iniciando com uma Nikon. A proporção era de 3 Nikons para cada Canon, nunca vi diferença tão gritante assim.

Nikon D700 ficou durante muito tempo no mercado
Nikon D700 ficou durante muito tempo no mercado

No gráfico aparecem apenas duas Nikon, uma em oitavo lugar (D700, uma FF já fora de linha há algum tempo) e outra em décimo lugar (D5200, uma excelente DSLR de entrada). Em nono lugar uma grata surpresa, talvez até uma aberração em meio a tantas “patrulhas” querendo determinar o que os outros devem usar: uma Panasonic TZ31 (modelo europeu que não possui equivalente aqui no Brasil, o mais próximo seria a ZS20) que já teve 3 substitutas.

Finalizando: a Canon domina o mercado brasileiro, mas esse domínio parece ter um prazo de validade, e as full frame tem empurrado as APS-C cada vez mais para o limbo. As compactas perdem seguidores de forma que em breve os smartphones tomem seu lugar completamente. E isso porque o mercado de câmeras mirrorless não “pegou” no Brasil. Já escrevi outros textos semelhantes como podem ver aqui no meu blog pessoal.

Agora que leu, avalie o artigo e deixe um comentário mais abaixo:

Rodrigo Jordy

Fotógrafo amador que estuda muito sobre fotografia, principalmente equipamentos, e gosta de compartilhar o conhecimento que adquire.

26 Comentários

Clique aqui para comentar

  • Muito bom o texto… gostei da "patrulha da reflex"… kkk… sempre gostei de fotografar… mas só no ano passado resolvi realmente me dedicar… e o que eu acho mais engraçado é a quase hegemonia canon/nikon… e a total insignificância que os fotógrafos profissionais… professores e sites de fotografia brasileiros em relação as outras marcas…só pra constar…eu aprendi a usar uma "REFLEX" usando SONY… e existem excelentes opções fora do universo Nikon/Canon

    • Rapaz, vou te contar uma coisa: hoje sou um FELICÍSSIMO usuário de reflex Sony, e antes era usuário Minolta. Faz tempo que Canon e Nikon abusam da falta de respeito com seus clientes, me afastei completamente dessa dupla.

      Infelizmente o nosso mercado fechado impede que as pessoas conheçam outras marcas.

  • Acho o texto muito válido sobre o uso de FF devido ao preço ser mais economico, mas, acrescento algo, tenho uma Nikon® D7200, e com certeza nao troco por nenhuma FF Canon®, a diferença entre FF e DX é ridicula para justificar o investimento. Tem muito mais a ver com gosto do que com qualidade. A foto de uma D7200 Nikon® é fantastica.

  • Pelo discurso achoque vc prefere a Nikon a Canon, só acho que vc como profissional e professor não deveria ter tendencias as marcas a não ser que seja patrocinado por uma delas, e quanto a preços são bem parecidas de ambas as fabricantes a grande diferença principalmente para quem esta iniciando é que a Canon é bem mais fácil de usar que Nikon, já tive ambas e digo com propriedade!!

    • Jamais tive uma Nikon em toda a minha vida.

      Não sou profissional. Apesar de já ter trabalhado com fotografia, me dá muito mais prazer fotografar por hobby.

      Não sou professor.

      Concordo que Canon é mais fácil do que Nikon para usar, o menu é bem mais intuitivo, fácil de entender na primeira vez em que se vê. Coisa que não acontece na Nikon.

      Apenas escrevi um texto baseado no que o gráfico mostra. Sou totalmente contra alguém escrever um texto sobre tecnologia sendo patrocinado por alguma marca, isso não é honesto.

      Agora mostre-me na matéria onde fui tendencioso, por favor.

  • Sempre tive Canon desde os anos 80. Muito boa mesmo. Hoje tenho a 5D Mark III e creio que só a trocaria por algo como uma Leica boazuda ou uma Hasselblad (coisinhas que eu não tenho dinheiro para comprar). A única variada que dei mês passado foi em Los Angeles onde comprei uma Lumix GH4 por razões óbvias: 4K espetacular.

  • Boa tarde, estou interessada na Canon GX1 MarkII. Sou só uma iniciante no mundo da fotografia. O que vc acha desta câmera?

  • Estou lendo sua matéria e acabei ficando com dúvidas mas preciso de uma direção. Sou iniciante em fotografia e procuro um bom equipamento para realizar fotos com qualidade profissional (bem, pelo menos que chegue perto) sem muita complicação. Meu foco são fotos de aventura em meio a natureza e noturnas com pouca ou quase nenhuma iluminação (sou chefe Escoteiro), então a câmera deve possuir características de disparo rápido para congelamento da ação e que filme em FullHD e salve em RAW (eu edito). Sistema que evite fotos tremidas e que tenha uma ampla gama de lentes intercambiáveis. Minha estimativa de investimento inicial é de R$ 3 mil reais. Abraços e desde já agradeço.Estou lendo sua matéria e acabei ficando com dúvidas mas preciso de uma direção. Sou iniciante em fotografia e procuro um bom equipamento para realizar fotos com qualidade profissional (bem, pelo menos que chegue perto) sem muita complicação. Meu foco são fotos de aventura em meio a natureza e noturnas com pouca ou quase nenhuma iluminação (sou chefe Escoteiro), então a câmera deve possuir características de disparo rápido para congelamento da ação e que filme em FullHD e salve em RAW (eu edito). Sistema que evite fotos tremidas e que tenha uma ampla gama de lentes intercambiáveis. Minha estimativa de investimento inicial é de R$ 3 mil reais. Abraços e desde já agradeço.

    • Com qualidade profissional só sendo profissional mesmo, então você precisará estudar bastante. Não se cobre fotos com qualidade profissional já que é iniciante, faça tudo no seu tempo e com empenho conseguirá as fotos que procura. E junto aos seus estudos virão a habilidade para as fotografias com congelamento de ação. O Full HD e o RAW você encontra em qualquer câmera DSLR, te indico Canon T5i ou Nikon D5300. As duas são equivalentes e seria bom se você pudesse ir a uma loja e testar a ergonomia e os controles de cada uma para ver qual lhe agrada mais.

  • Eu dou aula de fotografia e, nas turmas dos cursos básicos, houve uma mudança muito grande nos últimos 2 anos.

    As turmas tem 12 alunos em geral, e normalmente era algo tipo 5 superzooms, 5 Canons e 2 Nikons. Hoje, 1 ou 2 superzoom, 7 Nikon e 3 Canon.

    Mas acredito que isso vá emparelhar de novo, já que a Canon está fazendo a T5 no Brasil e o preço está bem competitivo.

  • tá parecendo que rolou um Ciuminho ai por não ter nenhuma nikon entre os 3 primeiro lugares .. muitos amigos meus tem nikon mas quase todos eles estão voltando para a Canon por um simples fator . ( A Manutenção Das Maquinas ) o serviço da nikon brasil é simplesmente Péssimo . a demora para entregar um maquina é de 1 Mês até seis meses . Assistência técnica da Nikon fala que tem muita demanda de conserto das maquinas .. isso quer dizer que as nikon quebra muito ou porque os usuário não tem muito cuidado com as maquinas . ainda bem que eu uso a sony que tem Assistência técnica em cada esquina kkkk

  • Achei muito interessante que a 5D MkII ainda esteja à frente da 5D MkIII, mostrando que essa câmera ainda se mantenha competitiva, após tanto tempo.
    Quanto à (idiota) rixa Canon vs Nikon, acho que também seja uma questão de disponibilidade. Eu tenho visto muito mais câmeras da Canon à venda do que da Nikon, apesar do desempenho de ambas seja equivalente.

  • Estou gostando bastante dessas dicas, não entendia nada de câmera, mas agora estou ficando mais curioso para aprender alguma coisa.

  • Boa Antonio! Eu tenho uma HX 300. Embora eu não seja profissional e saiba que essa câmera não é para uso profissional, fico imaginando se a gente voltasse uns trinta ou quarenta anos no tempo, com essas câmeras, qualquer fotógrafo ajoelharia para tirar uma foto com elas. Fotógrafos bons, muito melhores do que os que ficam torcendo o nariz porque a foto apresenta ruído quando aplicado um zoom 7000000X na tela do computador ou porque o zoom 50X não entrega a mesma performance de uma lente cambiável, etc…

  • Acho até graça de quem acha que a câmera faz o fotografo. Esquecem que antigamente, fotógrafos fizeram fama e ÓTIMAS fotos (em BW) com equipamentos que hoje ninguém quer. Fotografo com uma Sony CyberShot HX-400V (lente ñ cambiável) e que me atende bem demais, dentro daquilo que eu preciso. Ótima lente Zeiss, zoom fantástico e sem distorção (50x), F 2.8, …). Já tirei fotos até em celular (2003) e que foram para matérias em site. Enfim, o ser humano sempre será a grande estrela e a maquina a sua aliada…

Abrir Chat
1
Close chat
Olá! Obrigado por nos visitar. Por favor, pressione o botão Iniciar para conversar com o nosso suporte :)

Iniciar