fbpx

Projeto autoral quando é a hora certa de fazer?

Carreguei por um longo tempo o desejo de fazer um trabalho autoral. E o que obtive nesse tempo foi somente: carregar. Enfim me convenci de que desejo não produz fotos. O que produz fotos são ações. E foi assim, com uma série de atitudes planejadas que surgiu meu primeiro projeto autoral.

Não pretendi elaborar algo que já houvesse sido feito. Queria algo inédito a começar por minha carreira. Ineditismo nos dias de hoje é um desafio, confesso. Mas o que é a criatividade senão uma fonte inesgotável de ideias? Papel caneta, risca, pensa, analisa, planeja e trazendo tudo de dentro para fora, foi que a ideia do projeto ganhou conteúdo e forma.

Session001LarissaCarmo

O objetivo era fazer uma foto em preto e branco, ou grayscale como gostem de tratar. A temática seria acerca da beleza do olhar feminino. A maquiagem seria no máximo batom nude ou base. As fotos receberiam pós-produção, dentro daquilo que se entende por manipulação não destrutiva. As modelos posariam com os ombros nus, em modo de primeiro plano. O público alvo seriam mulheres comuns e por fim, as sessões deveriam durar no máximo uma hora e meia.

Planejar tudo isso, facilitou a execução. E agora, aproveito pra responder a pergunta desse artigo. A hora certa de fazer um projeto autoral, é quando você com sua inspiração fotográfica, consegue unir pensamento criativo, tempo, planejamento, recursos e execução numa circunstância só.

O resultado do meu projeto Look In My Eyes tem sido maravilhoso. O feedback que as pessoas entregam, até mesmo aquelas que não fizeram parte me fizeram perceber o quanto a sensibilidade fotográfica pode beneficiar a autoestima das pessoas. Apesar de ter algumas mulheres que possuíam certa habilidade em posar, 90% das que fotografei nunca tiveram uma experiência de ensaio fotográfico profissional. Esse foi um critério que procurei manter, a não experiência fotográfica delas.

Session004AdrianaCazeta

Eu poderia fazer um projeto bonito e fácil, reuniria nele somente modelos profissionais. Contudo, escolhi ter um projeto desafiador e bonito. Vê o resultado disso na minha fotografia é extremamente gratificante. Gostaria de deixar como sugestão 3 pontos relevantes ao pensar em um projeto autoral:

Nome e conteúdo

Um nome interessante com um conteúdo pobre, vai matar o progresso dele mesmo. Não tenha pressa na escolha do nome, rascunhe várias vezes, pesquise se o que você está pensando não já foi usado. Escolhido o nome. Defina seu conteúdo. O que você irá fotografar? Se for pessoas? Quem serão elas? Mulheres e homens? Só homens? Só mulheres? De que idade? De que região?

Após isso, você terá um importante norte para as outras vertentes do teu projeto. Fixe sua ideia e não permita que tantas sugestões e pensamentos, te levem a sucumbir num recheio de inovações que nem você mesmo consiga desenvolver alguma coisa. Menos é mais, acredite e siga focado.

Como serão os cliques

Estabeleça os horários que você pretender produzir os cliques e os que você pretende usar em pós-produção no Photoshop, por exemplo (caso use, não é uma regra). É interessante definir o tempo de duração desses cliques. No meu caso, fiz uma sessão inicial como experimento e depois estabeleci um roteiro para a direção das modelos, configurações de luz e tempo de duração de cada sessão.

Se o seu projeto não será feito em ambientes que você possa controlar a luz, é extremamente importante, que você esteja convicto de como funciona a luz disponível no ambiente externo que você irá fotografar. Não negligencie isso! Nem se alimente da ideia de que foto externa é mais fácil.

Divulgação

Se você usa alguma plataforma on-line para divulgação do seu portfólio, aproveite a mesma para inserir o seu projeto autoral. Se você tem um blog ou site, disponibilize um link que conduza o teu público a visitar a página onde estão as fotos do seu projeto. Essa página pode ser alimentada pelo Facebook, Flickr, 500px, Tumblr, Blog, Site, ou qualquer outra forma de visualização on-line.

Acredito que a separação de uma página especifica para o seu projeto, com relação a página do seu portfólio, te ajudará a compreender melhor o público que você alcançará. Tanto quanto eles saberão diferenciar o teu olhar no projeto autoral, do teu olhar nos demais trabalhos do seu portfólio.

É isso, espero ter ajudado você. Qualquer dúvida, sugestão, crítica entre em contato será um prazer atendê-lo. Mais do meu projeto Look In My Eyes, você pode conferir no link abaixo.

http://projectlookinmyeyes.tumblr.com/

Rick Joilly

Rick Joilly fotógrafo baiano, atua no mercado publicitário, ensaios, retratos e editoriais. É formado em Publicidade Propaganda, Gestão de Recursos Humanos, especialista em Marketing Estratégico e professor convidado de fotografia no Senac/BA. Look In My Eyes, é o seu primeiro projeto artístico-autoral. Nesse projeto o artista tem o objetivo de evidenciar através da fotografia a beleza do olhar de mulheres comuns.

Este website utiliza cookies para melhorar a experiência do usuário. Ao clicar em "Aceitar Cookies" ou continuar com a navegação está a consentir a sua utilização. Para saber mais sobre cookies ou para os desativar consulte a
Política de Privacidade.
Aceitar Cookies
Este website utiliza cookies para melhorar a experiência do usuário. Ao clicar em "Aceitar Cookies" ou continuar com a navegação está a consentir a sua utilização. Para saber mais sobre cookies ou para os desativar consulte a
Política de Privacidade.
Aceitar Cookies