Home » Artigos » Artigos de opinião

Atrás de Canon e Nikon existe uma pessoa 4.71/5 (28)

Bem, vou começar pedindo desculpas por fazer um texto tão grande. Mas, confesso, não seria capaz de sintetizar tanta coisa que acredito ser importante, pois foram para mim.

Vejo em todos os fóruns pessoas, jovens basicamente, preocupadas com modelos de câmeras, megapixels, lentes claras, flashes, full frames e muito mais…

A fotografia, assim como grande parte das profissões, tem dois lados que se destacam: conhecimento e dom. E, para se ter sucesso, que é diferente de fama, tem que desenvolver os dois SEMPRE.

Hoje, fica parecendo que é muito fácil ser fotógrafo… Claro, tecnicamente você tem: view, asa (ISO) puxada até 4000/6000, pode dar um monte de clicks num só assunto, depois photoshop e lightroom e um monte de filtros e efeitos que mascaram uma foto, para, finalmente, entregá-la ao cliente… Não é demérito para quem faz, eu trabalho com essas ferramentas também… Contudo, o que falo é que falta um pouco mais de preparo e desenvolvimento no dom da fotografia. E isto eu tive por ter o “privilégio” de ser velho.

Trabalhei com câmeras mecânicas, com flashes de carga cheia e meia carga, filmes de 36 poses e, depois do evento, você tentava dormir e não conseguia, pois ficava preocupado se acertou o diafragma na hora em que a noiva beijou o noivo… Sim, você não tinha um segundo click… Trabalhava-se com três corpos de câmeras pesadas e barulhentas, se virava em vinte para não perder um momento…

Mas esses sufocos criaram uma “casca”, uma forma de ver a profissão que me dá tranquilidade de pensar antes de clicar, de antecipar o que você verá na hora do trabalho, de planejar e, claro, isto reflete no resultado final. Não sou um profissional famoso que tem somente a fotografia como sobrevivência, mas ganho minha graninha “de boa” como falam hoje… Contudo, estou sempre buscando a informação técnica e emocional para essa profissão… E o que é isto, informação emocional? É buscar referências para a formação profissional que não estão diretamente ligadas à atividade: artes plásticas, história da arte, psicologia, sociologia, tudo onde a imagem tem significado… Um tal de Rafael, da escola holandesa, já sacava de iluminação lá nos anos 1400… Leonardo da Vinci sabia composição lá nos anos 1500!!!

A atividade comercial da fotografia séria não é uma arte. É uma profissão que vem a todos os dias se aprimorando com leitura, estudo, treinos, testes e muita, muita observação do mundo… Quando vejo uma foto legal, que me interessa, pergunto para mim: ”cara, como é que ele conseguiu fazer isto?” e tento responder tecnicamente… E, até mesmo, tentando na prática fazer igual…

Atrás de Canon e Nikon existe uma pessoa

Fotografia tem dois aspectos que se diferenciam bem: dominar e ser dominado pelo assunto. Vou dar um exemplo simples. Pôr do sol, todo mundo faz a mesma foto, de quem tem celular até o último modelo de Hasselblad 3hd mega plus high tecnolgy plus… Agora, se, na mesma cena, o cliente pediu que tenha um casal fazendo um piquenique na contraluz, tendo que realçar uma garrafa de vinho colocado à esquerda, próxima ao primeiro plano, aí a coisa complica… E complica muito MESMO!!!

[highlight]A foto acima (a hora do tigre foi beber água) foi feita com uma contraluz, sombras duras e pele escura. Para registrar o tigre, flash direto sobre o objetivo, uma subexposição…[/highlight]

Vejo muita gente seguindo um caminho curto querendo o sucesso rápido e preocupado entre CANON e NIKON… Moçada, se pedirem para eu escolher entre uma Ferrari ou um Porsche, só saberia escolher na teoria, para mim não adianta nada, não sei dirigir…

Por trás da câmera está a ferramenta mais importante: o conhecimento humano…

Desculpem, falei demais e não ajudei a quem quer decidir entre Canon e Nikon.

Agora que leu, avalie o artigo e deixe um comentário mais abaixo:

Gosta de algum dos artigos abaixo?

  • Aires

    Foi muito útil, mande mais, gostei.

  • walcyr

    Obrigado Gianlabadeca!

  • Adorei seu artigo. Muito bem escrito .

  • walcyr mattoso

    Obrigado a todos os comentários. Isto só me "pressiona" positivamente para escrever melhor. Valeu

  • brunosellmer

    Acertadíssima a opinião. Muitos acham que basta comprar para fazer. Errado, basta comprar para ter, fazer é outra questão. è preciso estudar em livros, fazer cusro de fotografia, e fotografar muito. Me identifiquei com você nas noites sem dormir….

  • Obrigado

  • Edivaldo

    muito show, vc está de parabéns.

  • Rafael Enoch

    Muito bom o seu artigo, porém descordo quando o senhor diz que “A atividade comercial da fotografia séria não é uma arte.”. Nós fotógrafos somos artistas sim e tal como um ator, músico, bailarino fazemos arte. Um artista leva muitíssimo a sério a arte que faz, porque ela nobre senhor autor leva alimento a nossas mesas.

    Tenho orgulho de dizer que eu FAÇO ARTE COM LUZ!

    • Rafael, sua observação foi muito oportuna para mim, acabou como se diz no jornalismo, me pautando. Vou fazer um texto especialmente colocando minha opinião sobre fotografia e arte. Acho que teremos muito que concordar o que acontece é o prisma da discussão e o sentido restrito da palavra arte. Bem, obrigado por seu comentário e até breve.

  • Rafael

    Muito bom o artigo! Conhecimento nunca é demais e não ocupa espaço no cérebro! Parabéns!

  • veronica

    Parabéns! Falou o excencial…

  • Paulo Gonçalves

    Gostei do artigo. Na verdade faz toda a diferença no resultado final de uma foto a experiência e a vivência da pessoa.

    • É rigorosamente isto na minha opinião… O que fica "impresso" na imagem é um somatório da imagem mas a nossa visão… E é isto que me sinto incomodado com esta geração de fotógrafos atuais… Eles precisam amadurecer…

  • Armando J Tanaka

    Muito bom !!! Conhecer a Câmera > Cursos ou Ler Matérias > Clic … Clic e + Clic

Abrir Chat
1
Close chat
Olá! Obrigado por nos visitar. Por favor, pressione o botão Iniciar para conversar com o nosso suporte :)

Iniciar