Home » Artigos » Dicas » Diferenças entre os tipos de filmes – P&B e Cor

Diferenças entre os tipos de filmes – P&B e Cor

Dando sequência ao meu artigo anterior A fotografia analógica hoje, irei discorrer sobre a diferença entre os tipos de filmes P&B e coloridos. Pois bem, a diferença, ou melhor, a semelhança fica apenas na forma de introduzir o filme na câmera fotográfica, daí em diante só existirão diferenças. Diferenças na exposição, diferenças em filtros que possam ser utilizados e seus respectivos efeitos, diferenças de latitude, diferenças no olhar do fotógrafo, diferenças na revelação e diferenças de ampliação. E finalmente e talvez a mais importante diferença; a diferença no olhar e nos sentidos de quem observa o resultado final de uma foto colorida ou de uma foto em P&B.

Utilizar um filme fotográfico é um procedimento muito mais trabalhoso do que o digital, mas para os que não o conhecem ou para quem pretende utilizá-lo por saudosismo, razões profissionais ou artísticas segue abaixo uma lista de filmes (não sei dizer quais ainda podem ser encontrados) e suas respectivas funções, sensibilidades e câmeras nas quais se adaptam.  É bom fazer uma visita nos sites das empresas: navegue no site da Kodak (sim, ela ainda existe),  da Ilford, da Fuji ou da Agfa  para conhecer um pouco mais sobre seus produtos que ainda estão em linha e até mesmo algumas novidades no campo das películas fotográficas.

diferencas-entre-os-tipos-de-filmes-pb-e-corMas o filme é mesmo tão misterioso?

Filmes são grandes folhas de acetato, emulsionadas de acordo com o que se pretende de seu resultado final. Em sua produção, o filme é originalmente uma grande folha, que é cortada, fazendo com que haja emulsão em toda ela; sendo assim, o que determina a área da imagem é a janela da câmera em que o filme é exposto. Quando saem para a venda já estão cortados em diversos formatos e tamanhos para as câmeras respectivas, seja em rolos ou em placas.

Em câmeras da década de 80 em diante, encontramos o código DX, o qual dispensa a preocupação do fotógrafo quanto ao acerto da sensibilidade, pois as câmeras leem o código de barras contido no cartucho que informa o ISO correto. Hoje parece um detalhe sem muita importância, mas não era raro um fotógrafo realizar todo um trabalho para ao final descobrir que havia esquecido de informar o ISO correto para o filme utilizado.

São três os formatos básicos dos filmes

– Os filmes de pequeno formato – 35 mm produzem negativos de formato 24 × 36 mm. Estes filmes oferecem várias possibilidades: 12, 15, 24 e 36 poses para cópias coloridas e P&B e 24 e 36 para slides. Servem para algumas câmeras compactas e SLRs.

– Os filmes de médio formato – 120 mm podem produzir negativos de 4,5 × 6,0 cm, 6 × 6 cm ou 6 × 7 centímetros, normalmente. Servem para câmeras de médio formato como a Hasselblad e câmeras de objetiva dupla como as antigas Rolleyflex.

– Os filmes de grande formato – 4 × 5 – tem esta denominação pois referem-se a filmes na forma de chapa única, utilizado em câmeras de estúdio, de formato 4 × 5 polegadas.

Tipos de Filmes P&B

KODAK – P&B

  • T-Max – Iso 100, 400 até 3.200.
  • Plus-x – Iso 125
  • Tri-x – Só existe Iso 400. Bom para alto contraste.

Ilford (sempre gostei desses filmes P&B)

  • FP4 PLUS – 125 ISO
  • HP5 PLUS – 400 ISO
  • DELTA 100 / 400 e 3200 ISO

Existem outros, porém mais difíceis de encontrar (ver site da empresa)

Tipos de Filmes Coloridos

FILMES CROMOS DAY LIGHT

Cromos: São slides que gravam a imagem com muita precisão. Ótimos para se trabalhar em computação ou para scanear. As gráficas e editoras costumavam exigir que as fotos fossem realizadas com esses filmes em razão de sua maior fidelidade às cores. Existem 3 formatos: cromo 35 mm; cromo 120 mm; cromo 4×5.

Desde 2012 a Kodak não fabrica mais a sua linha de filmes EKTACHROME (reversíveis em cores).

Filmes KODAK – São bons para fotografar o céu, a cor azul é realçada e as cores ficam mais vivas.

Filmes FUJI – São bons para fotografar a natureza, a cor verde é realçada. É responsável por alto contraste, acentua a densidade das cores e permite um grande detalhamento na ampliação. Fuji Crome Velvia é um cromo que deixa muito mais verde. Fuji Super G Iso 800 era utilizado em para desfiles – a noite sem flash é muito bom.

PROVIA Iso 100 – neutro.
VELVIA (+ frio) rende + o verde.
ASTIA (+ quente).

Detalhe: Alguns plug-ins para Photoshop e/ou Ligthroom produzem os efeitos de cor dos filmes acima

Filmes AGFA Ultra – São bons para fotografar pessoas, a pele fica mais rosácea, as cores ficam mais naturais.

Já existiram diversos outros tipos de filmes, possuindo uma ampla gama de ISOs e temperaturas de cor, pois não tínhamos na época a facilidade do digital e tínhamos que escolher o filme de acordo com o trabalho a ser registrado.

Enfim, diferenças e semelhanças à parte existe um filme (nem todos o conhecem) que terá como resultado final belas fotos em P&B, mas que poderá ser revelado e ampliado como o filme colorido, no tradicional processo C41. Esse filme é o Kodak BW400 CN.

Cuidado: ao adquirir ou utilizar seu filme sempre observe a sua data de validade. Vem marcado na caixa “revelar antes de …..” . E conserve-os em local adequado.

Boas fotos!

Agora que leu, avalie o artigo e deixe um comentário mais abaixo:

Erico Mabellini

Erico Mabellini, com mais de trinta anos de experiência como fotógrafo, trabalhou nas mais diversas áreas: moda, fotojornalismo, publicidade, eventos, documental.... É também jornalista e graduado em Direito, com especialização em Direito Autoral e Direito Ambiental. Leciona Fotografia e História do Direito. Fundador a editor da ONG Tribuna Animal, atualmente dedica-se à fotografia de animais e natureza.

3 Comentários

Clique aqui para comentar

  • Diferenças na exposição? não entendi , então se for fotografar com a mesma luz mesma câmera num mesmo ambiente com um filme iso 100 color terei uma exposição e com um iso 100 pb terei outra ?

  • Olá Justino. Obrigado pelo comentário.

    Nada contra o digital e as facilidades do Photoshop e outros programas que realizam rapidamente muito do que levávamos horas no laboratório.
    Verdade, alguns acham que estão inventando a roda…rssss….
    O digital também merece uma reflexão no âmbito profissional. Será que foi melhor para os fotógrafos? No meu ponto de vista perdemos com relação ao tempo. A fotografia acabou entrando no circulo de loucura aonde o resultado final tem que estar pronto para ontem.
    A manipulação sempre existiu, seja aquela feita por nós mesmos em nossos laboratórios caseiros ou a foto que era enviada para um Bureau de Imagens para aquele acabamento final que iria para os anúncios. Hoje escolhemos entre passar algumas horas diante do computador tratando as fotos ou então envia-se para um profissional de tratamento de imagens. Enfim, acho que perdemos mesmo foi com relação ao prazo de entrega do resultado final, o que gera muitos dos absurdos imagéticos (em ambos os sentidos) que vemos hoje.

    Mas voltando ao assunto filmes ou digital, temos que parabenizar aos engenheiros do ramo, pois o digital já ultrapassou o filme e até mesmo os nossos olhos no quesito resolução e nitidez da imagem. Sendo que muitas vezes temos que retirar um pouco da nitidez para que uma imagem tenha maior "realidade" ou para que seja mais agradável aos nossos olhos de antiga concepção biológica.

  • NOSSA, ÉRICO, DÁ SAUDADES DESSE TEMPO. A GENTE FAZIA TUDO E SABIA CONDUZIR O RESULTADO MAIS APROPRIADO PARA O ASSUNTO. DEPOIS ESSES LABORATÓRIOS POPULARES – CURT – PADRONIZARAM ATÉ ALGUNS FORMATOS E ESTRAGARAM PARTE DO ARTISTA. NESSE TEMPO PASSEI A FAZER MEU MATERIAL NA PROCOLOR, QUE ALÉM DO BOM SERVIÇO, A RECEPÇÃO E O ATENDIMENTO ERAM ÓTIMOS. SOBRE OS FILMES ILFORD, SEMPRE GOSTEI MUITO PARA SERVIÇO EM P&B QUE EXIGIAM MAIS QUALIDADE. PARABÉNS. É SEMPRE BOM REAVIVAR A HISTÓRIA, POIS TEM MUITO PROFISSIONAL QUE ACREDITA QUE TUDO O QUE EXISTE HOJE É FRUTO DESSA NOVA ONDA DIGITAL; ESQUECEM QUE PAR SE CHEGAR AO PATAMAR, ONDE ESTÁ HOJE A FOTOGRAFIA, MUITOS PROFISSIONAIS FORNECERAM DICAS E INFORMAÇÕES SOBRE O QUE PRECISAVAM PARA MELHORAR SUAS ATIVIDADES.

Abrir Chat
1
Close chat
Olá! Obrigado por nos visitar. Por favor, pressione o botão Iniciar para conversar com o nosso suporte :)

Iniciar