Home » Artigos » Dicas » Elementos da Composição Fotográfica: Textura e Espaço – Parte II

Elementos da Composição Fotográfica: Textura e Espaço – Parte II 4.64/5 (11)

Olá pessoal, hoje continuaremos do ponto onde paramos no artigo anterior sobre composição fotográfica e os elementos formais da linguagem visual.  Vamos lá?

Textura

Textura pode se apresentar nas nossas fotografias de diversas maneiras. Elas podem se apresentar como um conjunto de pontos, linhas retas, curvas ou sinuosas. A textura pode ser macia, áspera, lisa, enrugada, etc. e pode nos transmitir sensações e sentimentos, como por exemplo:

a textura lisa nos transmite tranquilidade, suavidade, frio.
a textura áspera nos transmite raiva, calor.
a textura macia nos transmite conforto, aconchego.
e já a textura enrugada nos transmite tristeza, sofrimento, umidade.

Textura

Espaço

Em fotografia trabalhamos com o espaço bidimensional  (altura e largura, sendo plano em sua essência) onde representamos o espaço do mundo real que é tridimensional (altura, profundidade e largura, o que na prática indica relevo).  Para representá-lo trabalhamos com a ilusão através de alguns recursos como:

* Sobreposição:  sabemos que as formas estão sobrepostas, pois, a que tem o contorno completo é a que está na frente, e isso nos dá a impressão de existirem vários planos.

Espaço-Sobreposição

Nesta imagem sabemos que o colar está à frente dos outros dois objetos pois eles estão incompletos, não vemos os outros dois objetos por inteiro, e, sabemos também que a caixa é o objeto mais distante pois o vidro e o colar estão sobrepostos à ele.

* Tamanho das formas: as maiores parecem estar mais perto de nós e as menores, mais distantes. 

Tamanho das formas

* Perspectiva linear: é a ilusão de que os objetos parecem convergir para um ponto de fuga. Esse ponto de convergência pode ser visível ou imaginário.

Perspectiva-linear

Perspectiva-linear-2

* Luz e sombra: ressalta volume do objeto retratado e dá a ele tridimensionalidade.

Luz-e-sombra

Comece a observar o mundo à sua volta com o olhar mais atento às inúmeras possibilidades. O ingrediente principal é a sensibilidade, é perceber o mundo como se fosse a primeira vez, que é o que eu chamo de “olhar de estranhamento”, como se todas as coisas fossem extraordinárias, porque de fato, elas são.

Estranheza:  s.f. 1 .Qualidade, propriedade ou aparência do que é estranho, extraordinário ou fora do comum.

Estranhamento:  s.m. 2. Surpresa ou admiração provocada por algo que não se espera ou não se conhece;

Bom pessoal, espero sinceramente que o artigo tenha utilidade para os vossos estudos!

Um abraço à todos e até a próxima.

Agora que leu, avalie o artigo e deixe um comentário mais abaixo:

Tatiane Maria

Tatiane Maria é fotógrafa e professora de fotografia, photoshop e lightroom. Atua em casamentos, aniversários, books e editoriais de moda em Santa Maria, RS e região e também em Minas Gerais.

5 Comentários

Clique aqui para comentar

Abrir Chat
1
Close chat
Olá! Obrigado por nos visitar. Por favor, pressione o botão Iniciar para conversar com o nosso suporte :)

Iniciar