Home » Inspirações » Entrevistas

Entrevista a Rita Barreto, vencedora de vários concursos 5/5 (1)

Ganhar concursos, participar de exposições e ter trabalhos publicados em grandes sites não é fácil. Precisa determinação, foco, otimismo e paixão. Rita Barreto já participou de diversos concursos, dentre eles, o II Salão Nacional de Fotografia de Araraquara, em 2008 onde ganhou o primeiro lugar. Desde criança, ela já gostava de fotografar. Seu pai publicitário tinha uma Yashica e Rita adorava brincar com ela, até gastar todos os slides. Mas foi com 42 anos que decidiu estudar fotografia. Para ela, é preciso buscar inspirações, olhar muitas fotos para ter noção de ângulo. Rita Barreto também revela sua forte paixão pelo Brasil, que é tema de quase todos os seus trabalhos.

1 – Como e quando a fotografia entrou na sua vida?

Desde criança já gostava de fotografar, meu pai publicitário tinha uma Yashica onde usava no trabalho. Pegava escondido sua câmera  e acabava com os filmes, na época   slides. Mas com 11 anos de idade meu amor ficou ainda mais forte. Sempre observei muitas fotos em revistas e livros, costumava copiar os ângulos, comprava vários cartões postais dos lugares que visitava e fotografava igual. Isso  ajudou no quesito enquadramentos e composições. Quando decidi estudar fotografia, tinha 42 anos de idade,. Fiz vários cursos em São Paulo, inclusive o básico de fotografia. Foi a escola Riguardare que me deu base.

 

2 – Boa parte do seu trabalho é voltada para fotos com a temática “Brasil”. De onde partiu a ideia de fotografar a cultura brasileira?

Não é uma idéia, é paixão pelo país. Já troquei viagens para a Europa pelo Brasil. Gosto das cores, do sol e do povo brasileiro e em especial os índios.

3 – Que tipo de equipamento você usa?

Equipamento digital Canon 7D e 50 D –  Lentes básicas teleobjetiva, grande angular, 50 mm e macro.

4 – Você acha que a busca pelo conhecimento em gestão de vendas, comunicação e marketing são indispensáveis para o fotógrafo?

A fotografia era somente  hobby até 2007., depois comecei ganhar dinheiro com a fotografia por acaso, fiz minha primeira imagem para livro didático e gostei do desafio. Fotografo assuntos variados, venho me dedicando diariamente com muito prazer e colaborando com  editoras, algumas revistas e catálogos. Além da comunicação acho também importante a organização. Quanto ao marketing, quero que minha fotografia seja meu cartão de visita.

5 – Quais são 5 características positivas que o fotógrafo deve ter? e as 5 que o fotógrafo NÃO deve ter?

Positivas são:

  • Ética profissional
  • Persistência
  • Paciência
  • Dedicação
  • Organização
  • Planejamento

Negativas:

  • Ser invasivo
  • Falta de respeito
  • Atrevimento
  • “Estrelismo”

6 – Como é a sua rotina de trabalho?

Fiz um curso de Organização e Métodos no Trabalho assim que cheguei a São Paulo em 1983. Depois dele minha vida mudou. A sala de televisão se transformou em escritório, recém-reformado, documento tudo, pedidos, contratos, autorizações e notas fiscais, tudo separado por editoras. Tenho quatro HD’s externos., A busca rápida das imagens  é importante para fluir  a rotina de trabalho. Quando viajo, tem alguém de plantão atendendo as pesquisas.

7 – Como é o seu processo de criação?

Quem fotógrafa para livros didáticos tem olhar no automático, já no autoral deixo fluir minha sensibilidade, não costumo planejar.

8 – O que você acha da geração de “fotógrafos” que está surgindo agora?

A maioria vem se revelando com belos trabalhos, por outro lado tem muita banalidade.

9- Você já participou de muitos concursos e ganhou alguns. Qual é a dica que você dá para quem quer ingressar nessa categoria

Sim, participei de salões, bienais e concursos nacionais e internacionais. Ganhei algumas medalhas e menções honrosas. Sugiro persistência e dedicação. Algumas exposições coletivas e individuais.

10 – Quais são os fotógrafos que te inspiram?

Araquém Alcântara. Hoje, além dele admiro o trabalho do Luciano Candisani (que tem um olhar poético que emociona), de Maureen Bisilliat, de Claudia Andujar e muitos outros.

Agora que leu, avalie o artigo e deixe um comentário mais abaixo:

Gosta de algum dos artigos abaixo?

  • renato

    Fotógrafos conseguem perceber pequenos detalhes e características nas coisas e pessoas, e Rita vai alem destes detalhes
    Parabens uma exelente fotografa e pessoa.

  • Roberto Cardozo

    Realmente, persistência é tudo. Venho buscando oportunidades em áreas diferentes, espero me encontrar em uma delas. Nos concursos, alguma decepções, principalmente nos que priorizam a classificação por voto popular, uma modalidade que seleciona os que dominam os meios de conseguir votos em detrimento de bons trabalhos fotográficos.

  • Nacim

    Concordo com o Reigi.
    Eu também quero mais. Rsrsrs
    não conheço a Rita, Apenas estas fotos. São fantásticas.

  • Parabéns pela escolha de sua entrevistada Yasmine. Rita Barreto é uma fotógrafa com um trabalho e profissionalismo que deveriam ser inspiração para todos.

  • Reigi Martins

    Adorei a entrevista, deixou com gosto de quero mais!!
    :)

  • carlos Gertrudes

    Lindo trabalho.

  • Stalone

    Excelente fotógrafa! admiro ela como estar entre os grandes mestres da fotografia mundial …desde quando a conheci no Flickr (nuca a vi pessoalmente) me apaixonei pela suas fotos…Ela tem um Dom Divino excepcional com seu "Olhar" …

  • Quero parabenizar a iniciativa da entrevista com a Rita Barreto. Profissional capaz e atenciosa. No início dos meus estudos em fotografia, sempre houve o apoio e carinho, inspirando-me a fotografar cada vez mais. Muto merecido esse reconhecimento. Abs.

Abrir Chat
1
Close chat
Olá! Obrigado por nos visitar. Por favor, pressione o botão Iniciar para conversar com o nosso suporte :)

Iniciar