fbpx

A fotografia invadiu o celular

E pensar que uma das primeiras fotografias foi produzida a partir de placas revestidas de peltre com betume e obtida por exposição direta de papel sensibilizado em câmera escura sem lente. Um processo demorado e complexo que foi “evoluindo” e hoje está até neste pequeno aparelho que utilizávamos apenas para ligações.

Existem muitos aplicativos para o celular, provavelmente mais de 3.000, inclusive para o iPhone, e neste artigo compartilho a utilidade de algum deles. Não servem para aposentar a máquina fotográfica, claro, mas com alguns apps dá para ter um resultado muito mais satisfatório. Começando pelo famoso Instagram (gratuito): um serviço de compartilhamento de fotos via celular que está integrado as principais mídias online (twitter, facebook, foursquare, flickr, tumblr), virou uma “rede social” de “fotógrafos”, com a possibilidade de seguir os autores favoritos, curtir as publicações e possui até um ranking de fotos populares. Além disso, há a possibilidade de aplicar efeitos nas imagens, são dez filtros bem variados, desde os que simulam fotos antigas (Polaroid, Lomografia…), até os que ressaltam cores ou sombras.

Outro app bem interessante é o Camera+ que como pode ser visto no vídeo a seguir, é bem completo: com zoom digital, configuração de qualidade e resolução da imagem e uma série de recursos para edição, também tem a opção de compartilhamento online.

O PhotoCalc em conjunto com a sua máquina fotográfica pode ser útil: ele ajuda a calcular a distância focal, profundidade de campo e exposição de flash.

Há também os mais específicos

AutoStitch, 360 Panorama e Pano: Fazem fotos panorâmicas, a diferença é que o Pano e o 360 Panorama são mais explicativos, neles as fotos são contínuas e conforme o primeiro clique é feito a base está pronta para os próximos quadros se adequarem perfeitamente;

CameraBag – Possibilita o uso de filtros que simulam o efeito de diversas câmeras diferentes (Holga, por exemplo);

Hipstamatic – Representa distintas câmeras antigas, gerando resultados bem mágicos e muitas vezes nostálgicos. No Flickr tem um grupo exclusivo para as fotos desse app. Só de olhar já dá vontade de usar, e a intenção é exatamente essa, já que você paga por filmes, flashes e lentes extras;

ProHDR – O iPhone 4 já possui uma função para HDR, mas esse app oferece mais configurações, favorecendo o resultado. Também é compatível com o 3G;

Tiltshift – Basta fotografar e selecionar uma área para aplicar a técnica que produz o famoso efeito de miniatura.

Para os que não querem gastar, algumas possibilidades gratuitas

Adobe Photoshop Express – Reúne um breve resumo das funções básicas (cortar, corrigir a exposição, aplicar alguns efeitos, filtros e bordas, etc.), serve para uma edição leve e costuma ser efetivo.

BlendCam – Mescla fotos e cria imagens alucinantes.

Dash of Color – Gera o efeito cutout: selecione a área que ficará colorida e o resto ficará branco e preto. Não é muito fácil selecionar, mas vale o desafio.

Para os que querem aprofundar a busca por um app ideal, veja a listagem: iTunes Photography Apps, ou procure um no extenso acervo gratuito do iTunes.

*As imagens que ilustram este artigo foram retiradas do site da Apple – 14/01/2011.

Este website utiliza cookies para melhorar a experiência do usuário. Ao clicar em "Aceitar Cookies" ou continuar com a navegação está a consentir a sua utilização. Para saber mais sobre cookies ou para os desativar consulte a
Política de Privacidade.
Aceitar Cookies
Este website utiliza cookies para melhorar a experiência do usuário. Ao clicar em "Aceitar Cookies" ou continuar com a navegação está a consentir a sua utilização. Para saber mais sobre cookies ou para os desativar consulte a
Política de Privacidade.
Aceitar Cookies