fbpx

A profundidade de campo na fotografia de culinária – Parte 1

A profundidade de campo é um dos principais elementos técnicos e estéticos a disposição dos fotógrafos. Na fotografia de culinária esse artifício ganha importância especial por proporcionar a possibilidade se de conseguir ênfase em um determinado grupo de elementos ou seletivamente em um único ponto.[private]

Não é nossa intenção, nesse momento, falar tecnicamente sobre a profundidade de campo, mas sim sobre sua aplicação na fotografia de culinária, dessa forma não iremos nos aprofundar em seus detalhes. De qualquer forma, vale lembrar, que existem três ferramentas disponíveis para controlar a profundidade de campo

A Distância Focal e a Profundidade de Campo

Sobre a distância focal, podemos sugerir que sejam evitados os valores de grande angular, por causarem a distorção circular e valorização dos primeiros planos.  As teleobjetivas longas e super teleobjetivas também podem ser evitadas por proporcionarem o chamado “achatamento de planos”.

O uso de menor valor de distância focal contribui, para formar imagens, com maior profundidade de campo, de maneira oposta, valores maiores de distância focal tendem a diminuir a profundidade de campo, ou seja, aumentar o desfoque.

Peixe assado na telha
Distância focal 50mm – Imagem com maior profundidade de campo

Folhado com creme de salsa e recheio de atum
Distância focal 105mm – Imagem com menor profundidade de campo

A Distância entre Objeto e Câmera e a Profundidade de Campo

Sobre a distância entre do objeto é importante saber que quanto mais próximo o objeto estiver da câmera maior a tendência da imagem ao desfoque e quanto mais distante, maior a tendência a alta profundidade de campo. Para fotografar a pequenas distâncias será necessário o uso de objetivas macro, que permitem que se focalize mais de perto.

Brownie crocante de chocolate
Maior distância entre objeto e câmera resultando em maior profundidade de campo

Vol au vent de bacalhau
Menor distância entre objeto e câmera resultando em menor profundidade de campo

Visto esses conceitos, devemos agora deixar claro que para determinado enquadramento, distância focal e distância do objeto, praticamente se anulam, pois, quando se aumenta a distância focal (diminuindo a profundidade de campo) necessariamente teremos que aumentar a distância entre objeto e câmera,(aumentando a profundidade de campo), ou seja, se um recurso aumenta o desfoque o outro diminui, e a menos que o enquadramento mude, esses dois recursos se anulam, e a profundidade de campo é mantida.

Por esse motivo podemos admitir que a ferramenta mais poderosa para controlar a profundidade de campo será o valor de abertura do diafragma. Obviamente o resultado final esta relacionado ao uso combinado das três ferramentas, mas esta ultima poderá agir de forma mais independente enfatizando ou suavizando o efeito geral. Vamos falar sobre isso com mais detalhes na segunda parte desse tutorial. Até lá.[/private]

Vamos te mostrar os principais SEGREDOS PARA CRIAR ENSAIOS MARAVILHOSOS.
1º CONGRESSO NACIONAL FOTODG
Saber Mais ➜