Home » Artigos » Dicas

Técnica de Iluminação com Flash Portátil 4/5 (2)

FOTOS NOTURNAS COM FLASH PORTÁTIL SINCRONIZADO COM A LUZ DISPONÍVEL
(com explicação do tratamento da imagem)

Olááááááá, Caríssimos Fotodgnianos!!! :-)

Tudo em cima por ai?!!

Resolvi seguir em frente com meus tutoriais de técnica de iluminação com flash portátil porque tenho recebido muitas mensagens de gente dando pulos de alegria porque começa a entender melhor como utilizar uma ferramenta tão importante na configuração de um esquema de iluminação bem equilibrado. Como também sei que além do flash há um grande interesse pela fotografia noturna e de moda, junto os 3 assuntos e torno as coisas mais estimulantes para Vocês!

Hoje, além da técnica fotográfica, também vou explicar como podemos conseguir efeitos realistas na pós-produção … hoje eu estou muito bonzinho, né?! :-)

Então bóra lá começar!!!

A imagem a seguir é o resultado final que eu queria!

Parte 1: A Técnica Fotográfica

A Construção da Luz:

 

Passo 1: Medir a Luz Ambiente Disponível

Escolhi uma avenida que tem boa iluminação para poder utilizar ISO não muito alto evitando ruído exagerado e velocidade de obturação entre 1/30 e 1/60 (neste caso, o ISO foi 400 e a velocidade 1/30, abertura 4 em 18 mm numa objectiva 18-55 original).

 

Passo 2: O Flash no Primeiro Plano

Aqui há alguns detalhes muito importantes:

Usar o difusor 14 mm que suaviza um pouco a luz e distribui a iluminação numa área maior (aquela peça de plástico transparente com textura que se puxa e fica “escondida” na parte de cima do flash portátil).

Usar o flash fora da sapata da câmera (com trigger) para poder controlar o ângulo da iluminação e os brilhos pontuais nas áreas brilhantes que sejam pontos de distração na composição (manter a distância ideal para que todo o assunto fique coberto pela luz).

Usar o flash em modo Manual (M) e ir ajustando (½, ¼,…, etc) a potência até que a exposição fique correta com a velocidade do Passo 1 (1/30 nesse caso) procurando manter uma distância mínima de 5 metros do assunto para que a luz espalhe uniformemente ao redor dele.

Usar tripé abaixo de 1/60 de velocidade (principalmente para os que não tem lentes com estabilizador).

Seguindo esses passos, Você vai ter total controle sobre a exposição e o sincronismo entre os planos inseridos no enquadramento, ou seja, quando clicar tanto a luz ambiente (avenida) como aquilo que o flash estiver a iluminar ficam bem exposto e em equilíbrio.

Leia o e-Book “Técnica de Iluminação com Flash Portátil” hoje!

Se gostou da parte inicial do e-Book do Mestre Fernando Bagnola pode adquirir o livro digital por um valor simbólico de R$ 5,00 na nossa Loja.

Clique aqui para comprar!

Agora que leu, avalie o artigo e deixe um comentário mais abaixo:

 

Gosta de algum dos artigos abaixo?

  • Fernando

    otimas dicas

  • eder

    ótimo blog! sou super iniciante, tenho muitas idéias de enquadramento, porém, entender luz e flash sou terrivel. Obrigado pela ajuda!

  • Marcelo Verdial

    Muito bom e completo. Parabéns!

  • Cleusa

    Obrigada! que aula!

  • webson

    muito boa valeu a dica!

  • Andreia Costa

    Adoreiiiiiiiiiiiiiiiiiiii!!!

  • Francisco Eduardo

    clap, clap, clap (apalusos) Adorei esta aula.

Abrir Chat
1
Close chat
Olá! Obrigado por nos visitar. Por favor, pressione o botão Iniciar para conversar com o nosso suporte :)

Iniciar