Home » Artigos » Dicas » Como dar vida nova à sua câmera antiga

Como dar vida nova à sua câmera antiga 4.33/5 (3)

‘Ressuscitar’ uma velha câmera não é necessariamente uma involução, e algumas coisas podem tornar a ideia bem interessante

 

Vamos ser honestos aqui: ninguém está fabricando câmeras ruins atualmente, e nem todos têm uma boa razão para precisar atualizar seu corpos de câmera. Mas todo mundo percebe a tentação de adquirir uma câmera nova. No entanto, você não necessita de uma. É possível afirmar que é o fotógrafo que cria as imagens, não a câmera. Mas há certamente coisas que podem ser feitas para deixar as imagens com aparência superior, ao menos tecnicamente.

Seleção da objetiva

Uma forma de fazer a imagem saída do sensor da câmera antiga pareça melhor é obter uma nova objetiva. Na maioria das situações, uma nova objetiva pode também ser mais barata do que comprar uma nova câmera. Então o que a objetiva nova faz? Aproveita o antigo sensor e torna sua saída mais nítida, mais saturada, mais contrastante e em geral dá um novo aspecto para as imagens que você andou capturando. A tecnologia em objetivas hoje em dia é tão boa que pode fazer os corpos de câmeras antigas entregarem resultados de imagem com aspecto muito mais moderno.
Como um benefício adicional, as objetivas também duram muito mais do que as câmeras. Ao conversar com fabricantes, a boa notícia é que não é necessário gastar uma fortuna em novas lentes.

Melhoria no desempenho de focagem automática

Você provavelmente não pensou nisso: ao longo dos anos, a focagem automática da câmera começa a degradar-se. No entanto isso pode ser corrigido, desde que haja manutenção adequada. Para fazer isso, será necessário limpar os contatos eletrônicos da câmera e da objetiva para assegurar que estão se comunicando corretamente.
Pense na seguinte situação: você tem um tubo na pia da cozinha que vai para o esgoto. Idealmente, a água segue abaixo sem problema. Mas daí você começa a lavar pratos, despejar óleo, a borra de café, entre outros ali. Conforme continuar fazendo isso, começará a perceber que a água segue abaixo mais lentamente. Então, para corrigir o problema, geralmente obtém-se algum tipo de química, que é despejada abaixo pelo ralo para desentupir a pia. Da mesma forma, quando retira-se as objetivas, elas acumulam sujeira e poeira nos contatos, daí é preciso limpá-las.

Um flash off-camera

Sim, um flash — seja com a câmera velha ou a nova — pode melhorar significativamente a qualidade de imagem da câmera, mas precisa ser feito geralmente com flash exterior. Isto porque se tem não apenas uma maior liberdade criativa desta forma, mas também pode-se acrescentar modificadores de luz que melhoram suas habilidades.
O flash ajuda a entregar o que são chamadas de altas-luzes especulares — estes são detalhes extras que surgem quando a luz está diretamente sobre eles. E aumenta a nitidez geral percebida em uma imagem, podendo deixar as mais antigas das objetivas parecerem como novas.
Sério, não estou brincando. Este é o motivo de os estúdios de teste de câmera terem tanta iluminação envolvida fotografando gráficos. A verdade é que embora não se fotografe gráficos, mas, ao invés disso, seja necessário obter uma imagem melhor e mais nítida. O ingrediente secreto para essa receita é um flash externo.

Adobe Lightroom ou Capture One Pro

As versões mais recentes das suítes de edição fotográfica melhoraram bastante em relação às versões anteriores. Elas permitem manipular cores de modo melhor, incluir novas maneiras de lidar com a distorção e outros problemas que podem ocorrer. É claro, isso apenas significa que precisará se aprimorar no uso do software.

Aplicativos

Às vezes existem coisas que não são possíveis de serem feitas, ou que nas suítes de edição não são simples, e nesses casos existem aplicativos especiais que podem ajudar, como o VSCO ou o Noiseless Pro, que descrevem muitas câmeras diferentes para criar melhores imagens na fase de pós-produção.

 

traduzido de Chris Gampat, publicado originalmente no The Phoblographer
revisado por Alexandre Maia

Ajude-nos, avalie este artigo:

Diogo Guerreiro

Diogo Guerreiro é o fundador do Fotografia-DG e tem como objetivo a divulgação prática e profunda de técnicas, dicas e recomendações de novas tendências da área do mercado.

3 Comentários

Clique aqui para comentar