Home » Artigos » Dicas

20 dicas de fotografia para você testar em seus projetos 4.75/5 (8)

“A fotografia é uma forma de ficção. É ao mesmo tempo um registo da realidade e um auto-retrato, porque só o fotógrafo vê aquilo daquela maneira.” Gérard Castello Lopes

Um dos exercícios que todo o fotógrafo deve fazer ao longo da sua existência é desenvolver o poder de observação, pois uma fotografia para contar uma história, deverá sempre partir de algo existencial ou conceptual para poder exercitar a imaginação do espectador.

Neste artigo, apresentarei 20 dicas de fotografia que você, enquanto fotógrafo ou amante da fotografia poderá utilizar como referência e como introspecção fotográfica, afinal você deverá sempre perguntar a si mesmo O QUE É SER FOTÓGRAFO antes mesmo de pensar em qualquer composição fotográfica.

[divider]

DICA 1 – Se quer ter o controlo total das suas fotografias, fotografe sempre no MODO MANUAL. Se não possui um equipamento DSLR, utilize o Modo CENA . Geralmente este modo fornece, por parte do fabricante, uma otimização de definições para que possa obter o melhor resultado possivel.

DICA 2 – RAW vs JPEG. Fotografe sempre em RAW se tiver essa opção de gravação na sua máquina, pois este tipo de ficheiro é o equivalente na era digital, ao filme da era analógica, o que lhe permite gravar toda a informação sem compressão, logo, sem perda de informação.

DICA 3 – Quando o assunto está em movimento, decida antes de clicar no obturador, se você quer congelar a acção ou desfocá-la. Consoante a sua opção, assim serão também diferentes, as definições da sua máquina.

DICA 4 – Certifique-se que possui o assunto enquadrado. Recorra-se das regras em fotografia para obter resultados espantosos e com impacto.

DICA 5 – Foque o assunto antecipando a ação. Uma das técnicas mais utilizadas é pressionar o obturador até meio para obter uma pré-focagem.

DICA 6 – Geralmente todos os equipamentos vem, por defeito com alguns modos de disparo:

SINGLE – Melhor para fotografar Paisagens,

TEMPORIZADOR – Melhor para fotografar paisagens com a técnica de Longa Exposição

BKT – Por definição em alguns equipamentos compactos, permite, na pós-produção obter fotografias HDR com impacto Como Funciona? Neste modo, você tira um número especifico de fotografias, geralmente 3 ou 5 fotografias com exposições diferentes, sendo que, respectivamente, a fotografia nº 2 e/ou nº 3 são as que apresentam uma exposição perfeitamente equilibrada. No final, a junção de todas vai proporcionar um HDR perfeito.

DICA 7 – Na fotografia Macro, procure sempre: CRIATIVIDADE, FOCO, COMPOSIÇÃO e LUZ NATURAL. Estes são os 4 mandamentos para uma fotografia Macro cheia de impacto.

DICA 8 – LUZ, OBJECTIVAS E COMPOSIÇÃO – São estes os três pilares de uma boa fotografia de Paisagem. Um dos segredos para captar fotografias poderosas de paisagens é procurar a melhor iluminação natural possivel do local a ser fotografado. Procure utilizar uma objectiva ultragrande-angular, pois este tipo de objectivas alcançam grandes áreas, permitindo que você destaque certos aspectos da sua composição. Ao utilizar teleobjectivas, consegue isolar certos elementos e preencher o enquadramento. E não se esqueça, que em fotografia, as regras regem todo o processo fotográfico.

Durante algum tempo, enquanto aprendia o básico da fotografia, sempre pensei que bastava apontar e clicar. Nada mais errado. Pense, primeiro, componha a seguir e só depois dispare. Experimente as duas formas e veja a diferença.

DICA 9 – Se pretender enveredar pela fotografia de paisagem a “sério”, então pense na obtenção de tripé e filtros. São equipamentos indispensáveis para obter aquelas fotografias que lhe mostrarão a diferença entre fotografia e imagem.

DICA 10 – Quanto aos filtros existem de três tipos:

FILTROS DE DENSIDADE NEUTRA – que servem para diminuir a quantidade de luz que entra pela objectiva;

FILTROS DN EM GRADIENTE – que servem para equilibrar os niveis de luz entre, por exemplo, um céu luminoso e um primeiro plano escuro, sem afectar as cores. Tê várias intensidades e a transição pode ser “forte” ou “suave”. Utilize o “suave” para obter uma transição subtil entre o horizonte e o céu;

FILTROS POLARIZADORES –  que permitem eliminar os reflexos em superfícies não metálicas e aumentar o contraste entre as nuvens e o céu.

DICA 11 – Se pretende compor uma imagem com pessoas numa paisagem, tenha em atenção o seguinte:

 – A figura humana deve aparecer em tamanho pequeno;

 – Evite mostrar o rosto, pois isso pode provocar uma distração no espectador;

 – Recorra a  silhuetas criativas para que a figura humana pareça bidimensional e anónima no contexto final da sua fotografia;

DICA 12 – Uma das maiores dificuldades de fotografar com névoa e nevoeiro é conseguir a exposição perfeita. Experiemente aumentar a exposição entre ½ stop e 2 stop, dependendo da luminosidade da cena. Procure também ajustar o Balanço de Brancos para a definição “Nublado” para obter tonalidades mais quentes.

DICA 13 – O  truque da fotografia numa manhã de nevoeiro é saber onde ir e quais os melhores elementso da paisagem a abordar. Por isso, observe e experimente.

DICA 14 – Quando se utilizam Longas Exposições na fotografia de paisagem, o movimento tem a capacidade de proporcionar vida a uma cena estática, dando dinamismo e um tom surreal á sua imagem.

DICA 15 – Lembre-se que as velocidades de obturação mais rápidas são as ideais para criar linhas-guia, enquanto que as mais lentas permitem criar aquela sensação de arrasto e simplificar a sua composição. Por isso, um bom ponto de partida, é procurar elementos sólidos que contrastem com a suavidade gerada pelo movimento.

DICA 16 – Crie fotografias panorâmicas.

DICA 17 – Na fotografia de retratos, concentre o foco no olhar do modelo.

DICA 18 – Procure explorar e aumentar o seu conhecimento em fotografia, seja a partir da observação do trabalho de outros fotógrafos seja através da leitura de fotógrafos famosos, seja ainda através da participação em workshops temáticos.

DICA 19 – Tenha muita moderação na edição das suas fotografias, principalmente se o objectivo é imprimi-las para as expôr numa galeria. Nem todos os efeitos funcionam.

DICA 20 – Mostre o seu trabalho. Esta talvez seja a dica mais importante que lhe indico. Mais do que todas as dicas sobre técnicas e criatividade, você tem de mostrar o seu trabalho, seja on-line seja off-line expondo numa galeria, individualmente ou colectivamente. Só assim irão conhecer as suas capacidades e a forma como você interpreta a arte de pintar com a luz.

Siga as dicas e…EXPERIMENTE.

Agora que leu, avalie o artigo e deixe um comentário mais abaixo:

Gosta de algum dos artigos abaixo?

Abrir Chat
1
Close chat
Olá! Obrigado por nos visitar. Por favor, pressione o botão Iniciar para conversar com o nosso suporte :)

Iniciar