Home » Artigos » Dicas » Backup um BEM necessário – Parte 3 de 9

Backup um BEM necessário – Parte 3 de 9

- Última Atualização a: 13/06/2014

Para quem apenas está a seguir esta série agora recomendo que leia os artigos anteriores onde dei uma introdução ao backup e organização e simplificação do backup.

Backup direto da Câmera

Este deveria ser o primeiro método de backup utilizado (quando possível), através de câmeras que suportam a utilização de dois cartões simultâneos, tais como a D7000, D300s e D3s da Nikon (entre outras).

Essa possibilidade de usar dois cartões simultâneos é excelente quando usado para backup. Essas câmeras liberam algumas configurações para utilização.

  1. Transbordo (Grava no segundo depois que o primeiro lotar).
  2. Backup Fiel (o mesmo arquivo em ambos os cartões).
  3. Backup em formatos diferentes (NEF + JPEG).
A Nikon D300s trabalha com dois cartões, um CF e outro SD.

A Nikon D7000 trabalha também com dois cartões, mas ambos SD

Se você tem uma câmera com essa opção use o modo de “Backup Fiel” e sempre que terminar uma sessão ou encher o cartão faça o seguinte, retire os cartões e entregue um para alguém de confiança da sua equipe e o outro coloque no bolso. Fazendo isso você tem os mesmos arquivos em dois locais diferentes, e se for assaltado possivelmente não vão levar os dois cartões.

Não mova ou apague os arquivos depois de transferir o trabalho que está no cartão para algum computador ou drive de backup. Fazendo isso já vais ter um backup inicial. Deixe para apagar/formatar o cartão antes de iniciar o próximo ensaio e pela própria câmera.

O Cartão de memoria, assim como qualquer hardware, tem vida útil (MTBF), atualmente os cartões atuais tem uma expectativa de vida de aproximadamente 10 anos, só que nesse meio tempo ele está sujeito a falhas por diversos motivos: mau uso, descarga elétrica, oxidação. Infelizmente o mais comum é o mau uso, o meu conselho é de substitui-los depois de aproximadamente dois anos de uso.

Na quarta parte da série, vou mostrar como fazer o backup inicial “CRÚ” através do Lightroom.

brigado a todos e caso queiram ver um pouco mais do meu trabalho podem acessar o meu site www.guilhonfotografia.com.br e me seguir no Twitter @eduardoguilhon juntamente com o @fotografiadg.

Ajude-nos, avalie este artigo:

Eduardo Guilhon

Eduardo Guilhon é brasileiro, nascido no ano de 1981 e residente na cidade de Florianópolis/SC, atua no mercado através Books/Retratos, ele também foi o primeiro Catarinense se especializar em Crianças com Necessidades Especiais através SpecialKids Brasil. Sua marca é a utilização de técnicas de iluminação criativa (Strobist) em conjunto com a luz ambiente. Tem como missão congelar a imagem de forma inovadora, refletindo e registrando com alto desempenho o momento único existente durante todo o trabalho, entregando ao cliente, um pedaço especial de sua vida em forma de fotografias.

3 Comentários

Clique aqui para comentar