Home » Artigos » Dicas

Veja bem… Qual o caminho das pedras? 4/5 (1)

Muito bem, você sempre gostou de fotografia e dizia que um dia ainda iria aprender sobre o assunto e tirar belas fotos. “Um dia ainda serei um grande fotógrafo”, dizia você. Como um hobby ou querendo atuar como profissional o fato é que tudo tem que se começar pelos primeiros passos e finalmente você se matriculou naquele cursinho básico de fotografia. Ou mesmo preferiu ser auto-didata e pesquisou sites na internet, comprou livros, revistas, leu artigos.

Aprendeu alguns conceitos, algumas técnicas, pegou o manual da sua câmera nova (ok, ok, você não lê manual porque é mais fácil, mais rápido e mais prático sair pressionando aquele monte de botões e ver o resultado que causam…) e começou a tirar fotos e mais fotos. “Ahh Agora sim, agora farei fotos lindas…”, “Hummm Essa aqui ficou mais ou menos…”, “Olha essa, não ficou muito como eu tinha imaginado, mas até que ficou bonitinha, né?”, “Wow, olha esse por do sol, mas como vou fotografa-lo? Deixe-me lembrar do que estudei…”, “Qual técnica mesmo devo utilizar agora?”, e assim por diante. Parecem que todas as dúvidas resolvem aparecer ao mesmo tempo e justamente na hora que você mais precisa, no “momento decisivo” como já dizia Henri Cartier Bresson.

 caminho-das-pedras

Bresson também não nasceu sabendo fotografar, mas estudou, praticou, estudou, praticou e estudou e praticou novamente e transformou-se num grande fotografo. Enquanto você não se transforma num novo Bresson, como dar os primeiros passos? Basta aprender as técnicas? Mas como elas interagem entre si? Qual devo utilizar? Existe algum roteiro para cada situação? Pois é, são perguntas que os fotógrafos iniciantes se fazem, dúvidas que aparecem quando você sai a campo com a câmera na mão e se vê frente a frente com o que você deseja fotografar. “Puxa, mas eu sei que a abertura é expressa em número f, que quanto menor esse número, maior é a abertura, mas será que devo configurar o ISO antes? Posso regular o fotômetro para medir a luz pela média ou parcialmente, mas qual usar?” E tudo isso tendo que ser pensado e feito rapidamente pois o “momento decisivo” não espera.

Você, fotógrafo iniciante pode sentir-se inseguro nessas situações, ou mesmo os fotógrafos com um pouco mais de experiência podem melhorar ainda mais suas aptidões. Não deve-se apenas conhecer as técnicas e seus conceitos, como eles agem isoladamente, qual botão da câmera apertar, mas também, e talvez até principalmente, como ter uma sequência de ações que gerem os resultados desejados. E como usar “tudo ao mesmo tempo agora”.

Quando você estiver em casa naquele sábado à tarde ensolarado e resolver pegar a câmera para “fazer umas fotos”, quando você resolver fotografar a formatura da sua prima ou quando pensar em registrar o jogo de futebol do seu filho na competição da escola dele, comece a “fotografar” muito antes de fazer o click…

Escreva um roteiro e siga-o sempre:

  • O que irei fotografar?
  • Quais as condições que encontrarei no local?
  • Que equipamentos serão necessários?
  • Quais efeitos quero para aquela(s) foto(s)?
  • Como devo fazer isso?
  • O que devo fazer primeiro?
  • Para tudo isso, qual botão devo apertar/regular na minha câmera?

Bem, como vocês podem ver, a foto começa a ser feita muito antes do click e se uma ou mais dessas fases não for pensada, preparada e bem resolvida, as chances do resultado final não sair como você esperava são muito grandes ou mesmo nem sair…

Posso detalhar cada um desses passos e dar dicas para vocês, mas isso fica para uma outra vez!

Agora que leu, avalie o artigo e deixe um comentário mais abaixo:

Gosta de algum dos artigos abaixo?

Abrir Chat
1
Close chat
Olá! Obrigado por nos visitar. Por favor, pressione o botão Iniciar para conversar com o nosso suporte :)

Iniciar